Saltar para o conteúdo

Toda a actividade económica é suspeita até prova em contrário

16 Junho, 2019

As entidades que exercem atividades imobiliárias têm partir do próximo dia 26 novas obrigações de identificação, controlo e comunicação de operações de compra, arrendamento, venda ou permuta de imóveis. Por exemplo,   as entidades com atividade imobiliária passam a estar  obrigadas a ter um registo escrito das informações recolhidas, que deve ser mantido por sete anos, e a definirem modelos de gestão de risco de forma a identificar operações suspeitas de branqueamento ou de financiamento do terrorismo.

Têm também de estar atentas a “indicadores de suspeição”, sendo que a legislação passa também a prever uma “pesada” moldura penal e contraordenacional que pode implicar penas de prisão entre os dois e os 12 anos e multas de milhares de euros.

As empresas do setor com mais de cinco colaboradores passam também a estar obrigadas a ter um Responsável pelo Cumprimento Normativo (RPN).

Anúncios
14 comentários leave one →
  1. André Miguel permalink
    16 Junho, 2019 14:24

    PVEC. Processo de Venuelização em Curso.
    Dois conselhos aos portugueses de bem: quem puder que emigre, quem não puder faça greve aos impostos. São as únicas formas de parar de alimentar o monstro.

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      16 Junho, 2019 15:26

      Lutar, nada?

      Emigrar? Para onde? E o preço da emigração?

      Só fala assim, quem nunca emigrou.

      E correr com esses filhos das putas, que andam só a foder gatos?

      Entre num partido, informe, lute, não desiste, faça melhor. Aprende a ensinar. Perceba melhor, como esses ladrões trabalham, manipulam. Informe, lute. Criticar do sofá é barato. Para nada serve. Nada muda ou pouco.

      Um dos problemas é Bruxelas. Os cabrões de Bruxelas.
      Mas Bruxelas já está a tremer.
      Bruxelas vai cair.
      E muito mais.

      Aprende é a consolar-se com água e pão, para sobreviver.

      Asnos nunca faltaram. Lá fora também há muitos. E os herdeiros estão a dar cabo de tudo. Tudo.

      Os nossos cabrões comunistas, obrigam o povo a pagar IMI, mas eles, o partido mais rico de Portugal, não pagam IMI. Isto está bem?

      Quando aqueles que vão ao cu um do outro, podem govervar, porque os outros os deixam, as coisas tornam-se assim. Lógico.

      Você lá fora nunca será bem-vindo. Não sabia?

      Gostar

    • Velho do Restelo permalink
      18 Junho, 2019 08:35

      Aprenda André, o Jornaleco sabe do que fala. Ele emigrou e deu-se mal. É por isso que vem para aqui chatear a malta. Tenho lido os comentários dele, e aprendi montes de coisas, e a mais importante é que ele não bate bem da bola! Mas até os doidos têm direito a indignar-se …

      Gostar

  2. Luis permalink
    16 Junho, 2019 16:21

    Basicamente com multas a matar e penas de prisão as pessoas vão começar a ter medo de investir em Portugal. E a emigração vai certamente aumentar. Dentro de dois ou três anos teremos nova bancarrota à porta.

    Gostar

    • André Miguel permalink
      16 Junho, 2019 17:10

      Só na última década sairam de Portugal cerca de 100 mil por ano, estamos a falar de 1 milhão de jovens, qualificados, empreendedores e com espírito de iniciativa. A Bolsa de Lisboa continua a perder empresas, depois do BPI e SAG a próxima é a Compta. A dívida bate recordes. Concordo que daqui a 2 anos, mais coisa menos coisa, temos nova bancarrota, é inevitável.

      Gostar

      • Luis permalink
        16 Junho, 2019 17:27

        Esta lei é das mais estúpidas que já vi nos últimos tempos mas o mais absurdo é que isto não causa indignação e a oposição esteja caladinha. Pelo que se percebe um agente imobiliário que tenha o azar de vender um imóvel a alguém suspeito de lavagem de dinheiro corre o risco de ir para a cadeia. É óbvio que nenhuma imobiliária tem meios para saber de onde vem o dinheiro. Vamos ter gente com medo a denunciar clientes a torto e a direito. Vamos ter clientes que sem saberem estão a ser investigados porque compraram uma casa. E vamos ter muita gente a mudar de ramo ou a emigrar por medo. Basicamente, cria-se um clima insuportável nesta actividade, com muita bufaria, suspeição, medo. Nunca houve nada disto em Portugal a não ser num dado momento da nossa História. Foi com a Inquisição.

        Gostar

      • Velho do Restelo permalink
        18 Junho, 2019 09:04

        O Socas também está muito chateado com aquele processo pidesco que os bancos usam para detectar “branqueamento de capitais”! O facto do nome que consta na assinatura da lei que o determina ser igual ao dele, é uma mera coincidência …

        Gostar

  3. Isabel permalink
    16 Junho, 2019 17:56

    Não li o diploma que refere. Mas pergunto-me se não seria mais útil que pensassem em modelos de gestão de risco para evitar que se repita o financiamento a caloteiros da banca. Para os nossos impostos, seria melhor. Para o conjunto de pessoas que têm o privilégio de nos espoliar legalmente, é igual ao litro. Quando querem mais “money”, é simples: aumentam-nos os impostos.

    Gostar

  4. Weltenbummler permalink
    16 Junho, 2019 18:17

    isto é uma urss à monhé

    Gostar

  5. Jornaleco permalink
    16 Junho, 2019 20:54

    Desde o 25 de Abril este país é governado por asnos perfeitos. Ninguém pode ser mais inteligente que essa gente. Ninguém, não existe. Por isso, eles têm sempre razão. Sempre.

    Liked by 1 person

  6. Mauritano permalink
    16 Junho, 2019 21:12

    Vamos lá a ver. O Estado não consegue, ou não quer, o que vai dar ao mesmo para este assunto, controlar a origem do dinheiro de quem, ainda, negoceia em Portugal. Vai daí e sai com a brilhante ideia de promover a Inspector do Ministério Público todos os que trabalham no sector imobiliário.
    “Palmas, muitas palmas” para esta ideia que se viesse de um partido (um pouquinho mais que fosse) de direita e logo diriam que a PIDE estava de volta e era o regresso do fasssismo (erro prepositado).
    O que me entristece é que não há ninguém que encha o Campo Pequeno com estes estalinistas de merda. Dasss. Vivo fora de Portugal há 12 anos e a cada vez tenho menos vontade de regressar.

    Gostar

    • André Miguel permalink
      16 Junho, 2019 23:04

      Enquanto lá fora, pelo menos nos países civilizados, o que interessa é atrair capital e incentivar o comércio, na tugalandia faz-se exactamente o contrário, tratando cada investidor ou comerciante como delinquente tendo de provar a inocência. Continuem, que a Venezuela está ao virar da esquina. Também sou emigrante há uma década e não penso voltar enquanto aquilo for governado por lunáticos.

      Gostar

      • Jornaleco permalink
        17 Junho, 2019 03:50

        @ André Miguel
        Você vive lá fora?

        Já (ou)viu como a canalha espanhola trata os proprietários?
        Se alguém, um vigarista, ocupar uma casa em Espanha, que não seja habitada, e (!) o dono (!) dessa casa, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, dois dias (o que é isso? Nada!!!!!!!), não reagir, está feito ao bife. Sabia? Já não os pode pôr fora de casa como quer. Tem que ir a tribunal e esperar muito, muito tempo.

        Na França não sei como é. Mas lá também há demasiado estado. Os franceses já fodem gatos, faz muito, muito tempo.

        Na Alemanha a Venezuela já lá está!!!!
        Querem roubar imobiliário a uma empresa de sucesso, em Berlim. Quem? Os ladrões do costume: comunistas, esquerda toda, os (comunistas) verdes. Desde o casamento para todos, eles convidaram todo o mundo para ir para a Alemanha. Agora sucedeu, a malta vêm, e de que maneira.

        Mas como a esquerda fascista é malandra, invejosa, ladrona, incompetente, burra, esqueceram-se de fazer casas para essa gente toda. A consequência é: o preço da renda a explodir. É muito difícil encontrar uma casa, um apartamento em bons sítios, onde haja trabalho. Perverso. Situação totalmente perversa. Há trabalho, mas não há casa, que se pague, sem empobrecer.

        Depois os mesmos macacos, esses que adoram os macacos, os mesmos asnos, no passado, em nome do ambiente, tornaram a construção de casas cada vez mais caras. É um insulto. E sem necessidade alguma.

        Como as rendas dos apartamentos explodem, os burros fizeram uma lei para o impedir, à força.

        Consequência? Ninguém quer construir casas.
        O que é que os asnos se queixam? Não haver casas para todos.

        E assim para a frente. Aquilo é a evolução das asneiras do carago.

        Esta Europa está cada vez mais só a foder gatos. Não é só em Portugal.

        Os alemães já não são capazes de construir um aeroporto. Veja Berlim. As estradas estão a degradar, as outras infra-estruturas na mesma. Escolas. Os turcos fizeram o maior aeroporto (do sistema solar, arrogam-se os gajos!!) em muito pouco tempo. Os alemães asnos, não o conseguem, e é mais pequeno, muito mais pequeno.

        Internet com fibra? Na Alemanha? Hahahahahahahahahahahaha.

        O emigrante lá fora não é bem-vindo. Esqueça isso. Existe exepções, mas […]

        Gostar

  7. Velho do Restelo permalink
    18 Junho, 2019 08:56

    Lá estamos nós com esse péssimo hábito de atacar tudo o que o outro faz ou diz. É como jogar ténis contra uma parede! Eu sei, há quem o faça, mas não é um jogo muito inteligente.
    Até agora, o discurso do governo defendia que continuamos a ser a zona mais segura da UE! Mas parece que a sorte está a mudar, e já devem circular por aí uns rumores que afinal era segura porque “lhes” convinha que assim fosse!
    Se isto deixar de ser um ponto de “captação” de fundos, o “status quo” muda e é melhor estarmos preparados para o que aí vem …

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: