Saltar para o conteúdo

Um homem de cabeça perdida

4 Outubro, 2019

PS apresenta queixa-crime contra homem que acusou Costa de estar de férias nos incêndios

Acusação de Tancos. PS acredita em conspiração política do Ministério Público

António Costa não tem qualquer capacidade para fazer campanhas eleitorais. Não sabe conviver com o povo, em qualquer situação menos favorável só vê conspirações.
Foi um homem de cabeça perdida que acabou esta campanha. Qualquer outro lider teria resolvido o incidente de hoje de forma cordata e simpática. Ele desatou numa berraria, a empurrar quem o interpelava.
António Costa não esteve de férias durante os incẽndos de Pedrogão, fez bem pior: foi de férias depois dos incẽndios de Pedrogão. É óbvio que percebe agora que não devia ter ido.
Escusa de gritar, empurrar, esbracejar. O homem que paralisa nos maus momentos para o país e reage despropositadamente perante as criticas pessoais não dá tranquilidade como titular de cargos de responsabilidade. O PS fecha os olhos perante esta deriva bolivariana como fechou perante Sócrates. Vai ser medonho.

11 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    4 Outubro, 2019 23:30

    Tancos ficou para a semana, mas este assunto já está a ser preparado. Nota-se aqui um profundo sentido de estado e de gestão de prioridades. Se a máquina do partido tivesse trabalhado assim quando Costa foi apertado no parlamento, com meia dúzia de telefonemas tinha deslindado o caso à PJ. E já agora, para quem não reparou, pareceu-me que Lobo Xavier disse ontem na circulatura que há postos em empresas do estado que são atribuídos a partir de mesas do café Velasquez e por quem. Ou se calhar ouvi mal.

    Liked by 1 person

  2. Arlindo da Costa permalink
    4 Outubro, 2019 23:39

    O que caracteriza Costa é a sua fleuma e a sua extrema calma perante as adversidades.
    O que faz enervar os críticos e detractores do senhor primeiro-ministro.

    Liked by 1 person

    • 5 Outubro, 2019 01:19

      Se tivesse sentido de estado não desatava numa berraria aos empurrões a um idoso! É malcriado parvo e nem para presidente de junta de freguesia serve!

      Liked by 3 people

    • Perigoso Neoliberal permalink
      5 Outubro, 2019 05:12

      Juro que soltei uma gargalhada genuína com este comentário, e nem sequer conheço os detalhes do caso em apreço (uma das grandes vantagens de viver fora do retângulo é não ser bombardeado com o chorrilho de minudências que aí se passam e ter a opção de continuar sem as conhecer). A palavra “fleuma” associada ao Costa é de um nível humorístico refinado. Substimei o Arlindinho.

      Liked by 3 people

  3. 5 Outubro, 2019 01:18

    LOL … a vitoria que possa ter saberá a derrota!

    Gostar

  4. Luis permalink
    5 Outubro, 2019 01:28

    Queixa-crime só por causa de uma pergunta? Que exagero. Depois falam em democracia…

    Liked by 3 people

    • MJRB permalink
      5 Outubro, 2019 02:41

      O conceito e prática de Democracia pelo AC-DC & seus é só conforme as circunstâncias e para algumas pessoas. Impera o quero, posso e mando acrescido do “quem se mete com o P’S’ leva !”.
      O AC-DC não tem “sentido de Estado” nem competência para exercer o cargo de PM. Vai estando, vai estando…
      Sem trela será perigoso.

      Perigosa poderá tornar-se uma zona da freguesia de Benfica se um seu novel habitante continuar interpelado a contra-gosto, nervoso e irado…

      Liked by 1 person

  5. MJRB permalink
    5 Outubro, 2019 02:44

    Este P”S” é prepotente, DDT e sente-se “pai” da Democracia. Pensa e age como se todos os tugas lhe devam favores e reverências. Uns trastes, escroques.

    Liked by 2 people

  6. 5 Outubro, 2019 09:12

    António Costa vai para férias poucos dias depois de dezenas de pessoas morrerem às mãos da inépcia estatal, muito provavelmente devido a, dois meses antes, o governo PS ter substituído metade do comando da Protecção Civil por boys. O jornalismo e o komentariat de serviço dizem que não, não há nada para ver, o senhor até já tinha as férias marcadas com antecedência.

    Passos Coelho, quando era primeiro-ministro, foi a um concerto depois de ter anunciado ao país um aumento de impostos. O jornalismo e o komentariat de serviço disseram que sim, havia muito para ver, foi uma falta de respeito para os contribuintes ir a um concerto depois de anunciar tais sacrifícios. Nem se preocuparam em saber se Passos Coelho tinha comprado o bilhete do concerto com antecedência…

    Liked by 3 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: