Saltar para o conteúdo

As pessoas estúpidas

8 Dezembro, 2019

As pessoas estúpidas querem recuperar a naturalidade dos gestos.  Querem comprar uma camisola este Natal sem ter de pensar em todos os dramas do mundo. Querem que comer seja simplesmente comer e não um manifesto em prol da saúde, do ambiente e do comércio um pouco justo ou muito injusto.
As pessoas estúpidas querem levar os filhos e os netos ao Jardim Zoológico sem antes terem de fazer mea culpa.

A importância das pessoas estúpidas tornou-se-me óbvia não sei se a culpa foi do marido de Penélope Cruz gritando “estúpido” na Marcha do Clima, em Madrid, se do marido da filha do dr. Louçã transformado em profeta do apocalipse ambiental. Mas de algum deles foi certamente pois ambos com o seu particular e bem sucedido modo de vida fizeram-me perceber a importância das pessoas estúpidas. Ou seja aquelas pessoas que, com os seus impostos em ordem e desejo de viver em paz e sossego, mantêm a funcionar um sistema que o senhor Bardem e o marido da filha do dr. Louçã declaram abominar.

21 comentários leave one →
  1. Manuel Assis Teixeira permalink
    8 Dezembro, 2019 11:05

    Só nos faltava agora ter que aturar a filha do Dr Louçã a perorar! Já não nos bastava a sinistra figura do pai, que confortavelmente amesendado nas diversas sinecuras a destilar seráficos discursos de ódio de classe, com que nos brinda, para termos agora ainda que aturar o rebento de cuja existência nem estávamos, felizmente, informados! Quem nos salva da família Louçã ?

    Liked by 3 people

  2. 8 Dezembro, 2019 11:09

    Força “pessoas estúpidas” como eu! O futuro é nosso!! Que a esquerdalha caia pela greta abaixo e se afunde no “loucura abissal” de Neptuno !!!

    Liked by 3 people

    • 8 Dezembro, 2019 14:15

      … diz o tipo que não foi à escola.

      Gostar

    • 8 Dezembro, 2019 14:15

      … diz o tipo que não foi à escola.

      Gostar

      • Alex.soares permalink
        8 Dezembro, 2019 21:27

        E diz o tipo que … que diz o tipo que não foi à escola.
        E mais não diz.
        Valente valentinho
        Levas onde gostas
        E levas no focinho.
        Anda, valentão.

        Liked by 2 people

      • 9 Dezembro, 2019 10:53

        … ehehehehe … e acrescento:
        “E mais não diz.
        Valente valentinho
        Levas onde gostas
        E levas no focinho.
        Anda, valentão”
        Fala Paulo Curtão

        Liked by 1 person

      • Velho do Restelo permalink
        9 Dezembro, 2019 11:26

        Isto de ir ou não ir à escola tem muito que se lhe diga !
        Há os que nunca foram à escola,
        Há os que passaram por lá,
        Há os que ficaram lá,
        E ainda há os que vivem lá … porque não sabem fazer mais nada 🙂

        Liked by 1 person

      • 9 Dezembro, 2019 12:09

        Oh Velho! Sabe o mais cómico? É que eu pertenço ao grupo III, em 37 anos depois de sair da licenciatura (perdão, porque as nossas licenciaturas são Doutoramentos de Bolonha) em 10 desses 37 anos dei aulas em dois institutos superiores e uma Business School …. LOLOLOL

        Gostar

    • A. R permalink
      8 Dezembro, 2019 14:51

      Militam na causa como a URSS militou piamente nas teorias do Dr. Lysenko. Apenas as sementes não são colocadas no frio; são as inteligências raras que beberricam na jurisprudência científica de Louças, família e ortodoxia bafienta comunista e afins. Haja pachorra

      Liked by 2 people

  3. Rão Arques permalink
    8 Dezembro, 2019 12:00

    A propósito não posso deixar de plantar o meu comentário ao editorial do expresso sobre o tema.
    Sra. D. Marta, é com o humor que começa a liberdade, e tem o descaramento de vir acusar a cena do burro de procurar protagonismo.
    Mete-se na palhaçada e nem nota as grandes palhaçadas de protagonismo que a rodeiam.
    Pare, escute e olhe!
    Nem sei se deva rir ou chorar com a sua estridente prosa, sra. diretora.

    Liked by 1 person

  4. 8 Dezembro, 2019 12:08

    eu faço as compras olhando para as questões importantes do Mundo, por exemplo coisas chinesas evito devido à falta de respeito pelo ambiente e pessoas por esses lados, veículos alemães não porque mentem na informação ao público. Acredite Dona Helena, é fácil e nem é preciso ser inteligente.

    Gostar

  5. A. R permalink
    8 Dezembro, 2019 14:47

    Esta geração de snow flakes é do piorio de todas a gerações: lastima o seu passado, vive o presente em sobressalto e arrependimento por causa de um futuro que os seus oráculos advinham pior.

    O que o sistema de ensino pós-68 criou é um dejecto puro: entram nas universidades e não sabem colocar parêntesis nas equações matemáticas mais simples mas tornaram-se especialistas de clima, alterações climáticas, aquecimento global, emergência, climática, etc. Cada dia que passa se confirma que há uma fonte única que cria factos e opiniões que espalha globalmente para massas acríticas sorverem sem agitar os neurónios.

    Badamerda

    Liked by 2 people

  6. Procópio permalink
    8 Dezembro, 2019 15:36

    Sim sou mais estúpido do que eu pensava.
    Agradeço ter-me chamado à atenção. Tenho uma desculpa esfarrapada.
    Não sou só eu, são milhões que continuam a alimentar esta palhaçada.
    Xuxialistas a echer os bolsos enquanto vociferam contra os que lhe pagam os vícios.
    Cofres cheios, montes incendiados seguidos de autorizações para o minério e das eólicas, via férrea do Tua destruída mortes por esclarecer e robalos por cozinhar, jogadas de mestre na Cruz Vermelha, perdão Rosa, idílios maduros com lulas ao almoço.
    O desbaratar de um país de séculos.
    Em lautos jantares aventalados festejam os amigos.
    No topo do bolo nauseabundo, vai o rei nu.
    Um velho com esgares em diferentes lugares, em situações singulares, com os seus vagares, reedição de farsas seculares, a lembrar lupanares.

    Liked by 1 person

  7. pitosga permalink
    8 Dezembro, 2019 17:50

    Das piores coisas que pode suceder a um homem é não ser conhecido pelo seu nome, mas ser conhecido como o marido duma mulher.

    Gostar

    • 8 Dezembro, 2019 17:57

      Então fui bem aplicado no texto pela Helena !!!

      Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      8 Dezembro, 2019 19:02

      Pior anda é acrescentar o apelido da mulher ao nome, como o marido da Madame Curie, e ainda antes destas modernidades.

      Liked by 1 person

    • 8 Dezembro, 2019 19:44

      Pior mesmo, é aquele tipo que aparece sempre ao lado ou um pouco atrás da Rainha e que nem sequer o conhecemos, e pensamos que é o seu mordomo real, e depois lá nos dizem que é o seu marido.

      Gostar

      • 9 Dezembro, 2019 10:57

        Só os esquerdalhos não reconhecem Lord Mountbatten mg … viu como você sabe quem é?

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: