Saltar para o conteúdo

Menino de 9 anos acusado de abuso sexual

1 Março, 2020

Aconteceu nos EUA. Um menino de 9 anos foi conduzido ao gabinete do Director da escola básica de Hillsborough,  e posteriormente foi-lhe instaurado um processo  de “assédio sexual” – sem ainda sequer ter idade para saber o que isso significa.  “Gosto de ti. Gosto do teu cabelo porque não é desajeitado. Gosto dos teus olhos porque brilham como diamantes”, terá escrito o menino num dos muitos bilhetes de amor dirigidos à sua paixão. Isto é demencial e muito perigoso para os homens de amanhã.

Como mãe de um menino há muito que ando assustada com esta sociedade doente, completamente doida, de mulheres  que se dizem “feministas” e exigem que se veja  crime de assédio sexual e violação em toda a atitude que parte dos homens. Dou por mim a questionar-me como posso  ensinar o meu filho a defender-se disto. Jamais me passou pela cabeça que um dia teria de lhe dizer: “meu filho, tem cuidado com as mulheres porque podes ser preso inocentemente”. Jamais.

Guardo ainda todos os bilhetes de amor  que recebia na escola e depois mais tarde, já adulta que me deixavam entalados na porta do carro à saída da discoteca ou me eram entregues à mesa do café pelo empregado. Devo depreender que, à luz daquilo que se defende hoje e com estes bilhetes como “meios de prova”, posso queixar-me de “assédio sexual” por não ter desejado aquela situação e interpor processo judicial, mesmo passados estes anos todos? É isso, não é? Que mundo doido.

Tenho olhado para os desenvolvimentos sobre Harvey Weinstein, Plácido Domingos, Bill Crosby, Cristiano Ronaldo e outras figuras públicas masculinas milionárias, com reservas e muita preocupação. Não, não vou negar o assédio sexual que alguns terão feito junto das mulheres que quiseram seduzir para ter sexo com elas.  Também não vou negar que a posição privilegiada de alguns também fez com que tivessem acesso a mais mulheres e pudessem assim exercer mais poder sobre elas. Mas questiono-me até que ponto tudo o que é dito por estas senhoras é 100% verdade. Até que ponto não foi mesmo consentido por algumas delas e agora, já bem lançadas na vida, trouxeram estes casos a público. E até que ponto os nossos filhos um dia bem-sucedidos – sim porque só vejo estas coisas  acontecerem a homens milionários –  não se cruzam com mulheres capazes de tudo para atingir os seus  fins, arruinando-lhes a vida com narrativas construídas. Como se prova depois  que o envolvimento foi consentido, desejado por ambos e que não houve abuso nem violação durante a relação? Como pode um homem totalmente inocente livrar-se disto?

Tenho medo, muito medo  pelo meu filho, que não sei como proteger desta nova geração de mulheres radicalizadas. Porque se hoje tudo pode ser considerado “assédio sexual criminoso”, mesmo sem o ser de facto,  desde que a vítima seja uma mulher e diga “MeToo”, um dia o  meu filho só poderá ter um envolvimento desde que antes tenha assinado um  contrato de consentimento, desde que ligue o gravador do telemóvel  nos encontros sexuais, não dirija piropos nem elogios, não escreva bilhetes de amor  e marque encontros só em locais públicos, para um dia não ver a vida terminar num inferno, mesmo passados alguns anos.

Chocados? A continuar assim  será esta a educação que as mães darão aos meninos no futuro.  Não duvidem.

 

25 comentários leave one →
  1. Velho do Restelo permalink
    1 Março, 2020 08:32

    De pequenino se torce o pepino …

    Gostar

    • Gonçalo permalink
      3 Março, 2020 09:25

      Ao que parece, o que se pretende é cortá-lo, não torcê-lo.

      Gostar

  2. Mauritano permalink
    1 Março, 2020 10:57

    Está tudo doido.

    Liked by 2 people

  3. Carlos Teixeira permalink
    1 Março, 2020 11:05

    Tenho acompanhado e partilhado alguns dos textos importantes, interessantes e corajosos que aqui tem publicado muitas vezes baseados na sua própria experiência.
    Esta notícia, embora de 2015, é de grande actualidade dado que algo pouco saudável está a acontecer a nível das relações entre sexos.
    Os pais vão ter que educar os filhos num contexto diferente como escrevi em http://educaremdialogo.blogspot.com/search?q=a+condi%C3%A7%C3%A3o+masculina

    Liked by 1 person

  4. Tiradentes permalink
    1 Março, 2020 11:31

    Ainda não apareceu aqui o gajo que veja (“leia”) nestas palavras da Cristina o “fássismo” de que antigamente é que era bom com o machismo e a homofobia ?

    Gostar

  5. jfm permalink
    1 Março, 2020 11:41

    Parabéns. Há-de chegar o dia que um homem só poderá ter relações sexuais com uma mulher depois de ir ao notário para reconhecer a assinatura num documento da parceira afirmando que a próxima (e só essa) relação é consentida.
    “Espera aí querida, vou ali ao notário…”
    E nem se atreva a tentar conquistar uma mulher. Isso é “assédio sexual”.

    Liked by 1 person

  6. 1 Março, 2020 11:51

    Cartas de amor,
    Quem as não tem?
    Cartas de amor,
    Pedaços de dor
    Para usar além…

    Estou lixado!

    Liked by 1 person

  7. 1 Março, 2020 11:54

    Andamos em tempos de pré totalitarismo. Informalmente, e formalmente (como no caso relatado) a parvoíce impera por todo o lado. Já pouco se olha à substância das coisas. A excitação breve, o ‘ofendidismo’ e a irracionalidade das lógicas de grupo generalizam-se e afirmam-se demagogicamente por todo o lado…
    O que anteontem se passou em Paris com o filme do Polanski é um exemplo do que digo: O homem pode ser uma besta, mas o J’accuse é um ótimo filme. Num festival de cinema, apreciava-se o filme e pronto! Em vez disso, transformou-se a entrega dos Césares num julgamento popular!
    Nesta lógica moralista, o que seria dos pintores do Renascimento? do Tchaikovsky? Do Camilo Castelo Branco?
    Está tudo parvo!

    Liked by 1 person

  8. Velho do Restelo permalink
    1 Março, 2020 11:55

    Se o catraio fosse acusado de plágio ou fraude eu até entendia, porque ou copiou as “cartinhas” de algum livro ou enganou a secretaria e tem mais de 9 anos …
    Mas na pior das hipóteses, se for condenado, o Trump amnistia-o e ainda o convida para assessor, porque esse gaiato tem muito potencial!
    Já mostrou ser imune ao “vírus” do politicamente correcto 🙂

    Liked by 1 person

    • 1 Março, 2020 12:03

      O catraio ainda fez mais do que isso: a reação imbecileca da direção da escola à queixa apresentada pelo gesto do catraio é um dos factores que promovem os Bannons e os Trumps deste mundo.

      Gostar

      • Tiradentes permalink
        1 Março, 2020 19:50

        ai é? e eu a julgar que eles eram retrogrados machistas mas afinal são da nouvelle vague esquerdista dos géneros e coisa e tal.

        Liked by 1 person

  9. 1 Março, 2020 15:03

    Eles sabem que quando chegarem à vossas crianças, e vocês lhes deixarem fazer o que eles quiserem com elas. Que vocês estarão totalmente domesticados. E num estado de escravidão moral total.

    Liked by 1 person

  10. EMS permalink
    1 Março, 2020 15:31

    Ena Cristina. Foi desenterrar uma noticia com 5 anos.
    Mas enfim, adiante.
    Nos Estado Unidos acreditam que ser-se de tenra idade não é desculpa para se prevaricar.
    Que o diga a jovem Kaia Rolle. Os seus 6 anos não impediram que fosse algemada e detida por ter uma birra.
    Alguns americanos acreditam que é de pequenino que se torce o pepino ou são apenas estúpidos. Não sei nem vou discutir isso.

    https://www.jn.pt/mundo/nao-me-ponha-algemas-menina-de-6-anos-detida-numa-escola-na-florida-11863998.html

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      1 Março, 2020 16:29

      Mas se um menino pode ser detido por escrever cartas de amor e acusado de assédio. Porque é que uma menina que agride a socos e pontapés não pode ser algemada?

      Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      1 Março, 2020 19:40

      Quando não sabem o q criticar dá nisto. Até podia ter 10. Não deixa de ser uma realidade factual.

      Gostar

  11. ricardo permalink
    1 Março, 2020 17:01

    Devia ter mandado o bilhetinho a um colega e recebia uma medalha.

    Liked by 1 person

  12. Regina Nabais permalink
    1 Março, 2020 18:13

    Tenho receio pelas pessoas que têm garotinhos para educar nestes tempos que correm.

    RIDÍCULO!

    Liked by 1 person

  13. 1 Março, 2020 20:23

    Não se preocupem. Quando os muçulmanos tomarem conta disto, já estaremos parcialmete preparados para seguir a Sharia…

    Liked by 1 person

  14. 1 Março, 2020 21:59

    Eu, com 50 anos, posso dizer que fiz sexo com uma miuda de 17 anos. Tinha 17 também, posso ser preso?

    Liked by 1 person

  15. JgMenos permalink
    2 Março, 2020 01:11

    Parecem ter uma proveta nos cornos!

    Gostar

  16. lucklucky permalink
    2 Março, 2020 01:29

    Consequências do jornalismo de cultura marxista.

    Liked by 1 person

  17. Zé Manel Tonto permalink
    2 Março, 2020 06:40

    “desde que ligue o gravador do telemóvel nos encontros sexuais”

    Isso não o safa.

    Se o procurador se recusar a olhar para essas provas, como já aconteceu no UK num caso de uma vaca mentirosa que acusou um homem de violação, havendo centenas de mails e mensagens entre ambos, com ela a dizer que tinha gostado e queria que estivessem juntos mais vezes.

    Se o juiz não considerar a gravação admissível (há jurisdições em que uma conversa só pode ser gravada se as duas partes consentirem previamente.

    Liked by 1 person

  18. Liberal de Bancada permalink
    3 Março, 2020 10:03

    No último ano lectivo, um aluno de 7 anos de uma escola do Oeste obrigou uma aluna a tirar as saias para ver o que lá estava por baixo.

    As reacções da Cristina a este caso, que não apareceu na CMTV, seriam duas:

    “isto é a prova da decadência dos valores e do 25 de Abril;”
    “os relatos de que ele o obrigou são mentira, a menina provavelmente colaborou.”

    É só escolher.

    Gostar

  19. Liberal de Bancada permalink
    3 Março, 2020 10:13

    Mas é muito curiosa esta abordagem da Cristina. Uma abordagem verdadeiramente católica diria que as crianças não têm de brincar aos namoricos e que há idades próprias para isso.

    Veja lá se não está a ceder à pós-modernidade sem se aperceber. Eles têm é de estar em escolas separadas.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: