Saltar para o conteúdo

Parem com a hipocrisia!

4 Junho, 2020

A ouvir

27 comentários leave one →
  1. Expatriado permalink
    4 Junho, 2020 14:26

    Vou esperar que o Ribas, e outros correspondentes, reporte isto nas notícias da SIC.

    Já puxei uma cadeira para me sentar…

    Liked by 2 people

  2. 4 Junho, 2020 16:39

    Será que podemos comprar a moça na troca por duas mortaguas e uma catarina martins ?

    Mas não parece que a coisa vai lá com palavras, nem com apelos à racionalidade…

    No entanto por falar em hipocrisia ou melhor em subversão, fica a “questão”. Já conseguem se aperceber do padrão e juntar os pontinhos, ou ainda não conseguem fazer o desenho, por dissonância cognitiva politica, hum ?

    Gostar

    • Filipe Bastos permalink
      4 Junho, 2020 17:12

      É escusado, MG: para o direitalha o problema é sempre o ‘socialismo’. O ‘marxismo cultural’. A esquerda.

      O Goldman Sachs também é esquerda. A restante máfia banqueira é esquerda. Os ‘mercados’ são esquerda.

      Do fundo do Texas às montanhas de Plutão, tudo é esquerda. Esquerda, esquerda, esquerda. Eles são os únicos resistentes neste mundo hostil. Os heróis anti-esquerda.

      Gostar

      • lucklucky permalink
        4 Junho, 2020 20:50

        Há ignorantes que julgam que “capitalistas” são necessariamente de direita.
        A maior parte dos empresários não tem ideologia nenhuma, algo que fica claro com quem contactar com a maioria deles.

        Na grande maioria a razão até é prosaica, não têm tempo para terem ideologia e só seguem o ar do tempo.

        Liked by 2 people

      • Jornaleca permalink
        4 Junho, 2020 21:27

        @lucklucky

        A conclusão da metralhadora mg e do Filipe Ignorante Bastos só pode ser, que a filha putana do já falecido Hugo Chavez é uma grande capitalista.

        O Figo também. A Isabel dos Santos igual.

        A família do condutor de camionetas, Maduro, o terrorista, é um cabrão de capitalista.

        O PCP é o partido mais rico de Portugal: fdp de capitalistas. E não pagam IMI, essas putas.

        Todos os cantores, quase todos, também. Todos os artistas, quase todos.

        Bill Clinton cobra 250.000 dólares americanos por cada leitura de burro. Obama cobra 400.000 dólares americanos pelo mesmo, na variação de asno racista. Ambos capitalistas, do pior que se já viu.

        A metralhadora e o ignorante têm de facto razão. Afinal.

        Liked by 1 person

      • Mario Figueiredo permalink
        5 Junho, 2020 10:43

        E lá vão eles. Confundindo oposição ao socialismo com uma qualquer defesa de valores de direita. Ainda não perceberam o que se faz aqui no Blasfémias.

        Combater o estado geral da bovinidade necessariamente aborrece os bovinos.

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        5 Junho, 2020 10:47

        E enquanto se entretêm a pregar os males do capitalismo, nem uma palavra para o que aquela mulher estava a dizer. Nada.

        Gostar

      • 5 Junho, 2020 12:02

        Olhe para o que a mulher está a dizer e não para os financiadores do terrorismo de que ela protesta.

        Lucky é sempre muito gosto em ouvir as palavras de um corajoso liberal radical anti-estatista funcionario publico.

        Saudações Libertarias, do Mises e companhia Lmt , o estado é o inimigo.

        Gostar

      • 5 Junho, 2020 12:03

        É preciso combater o socialismo…

        Gostar

      • 5 Junho, 2020 12:11

        É preciso lutar contra o estado porque o estado é socialista, e com o racismo sistemático dos brancos. ass :kosher (((koch))) brothers …

        Gostar

    • chipamanine permalink
      4 Junho, 2020 19:47

      Um banco mamão ultra-capitalista explorador sangue-suga dos pobres ? Porra pá pareces o socialista Kosta que vai chamar um petroleiro do aquecimento global dos combustiveis fósseis para seu planeador do futuro pá

      Gostar

    • 4 Junho, 2020 23:01

      Os bancos e grandes corporações têm só um objectivo. Quando vêem que há procura de algo arranjam logo maneira de providenciar a oferta.
      É o que têm feito sempre. Já viu o “The Planet of the Humans”?
      Recomendo vivamente!!

      Liked by 1 person

      • 4 Junho, 2020 23:55

        Você é tão anjinho , que Deus o abençoe…

        Gostar

    • 4 Junho, 2020 23:50

      É isso mesmo Diogo , as corporações só têm um objetivo. Na Hungria de Orban tenho a certeza que a Coca Cola só queria aumentar as vendas, ou na promoção da transexualidade juvenil da Sprite na Argentina…

      Gostar

      • 5 Junho, 2020 00:17

        Foi uma campanha exclusiva para a Hungria?

        Gostar

      • 5 Junho, 2020 00:26

        É que existe enorme procura no que toca à reinvindicação de direitos específicos para grupos “oprimidos”.
        É possível que seja um anjinho (abençoado sou certamente) e que as corporações procurem poder acima de lucros (se bem que esses dois andam de mão dada), mas a verdade é que tudo o que acaba em ‘sexualidade’ “vende” – excepto a heterosexualidade, claro.

        Gostar

      • 5 Junho, 2020 01:14

        Suponho então que por exemplo quando as corporações do google, youtube o twitter o facebook que são veiculos de informação e comunicação e transferencia de dinheiro como o paypal , ou o patreon, e praticam politicas discriminatorias nos seus quadros e de censura à descarada e manipulação politica sempre num determinado sentido, é porque elas só estão interessadas em providenciar oferta e vender, certo ? Eles tem lucro quando bloqueiam e diminuem o tráfego de toda a gente que eles eliminam das redes deles, certo ? Tão anjinho…

        Gostar

  3. 4 Junho, 2020 18:53

    Esta mulher está a dizer a verdade, mas nesta situação a verdade não interessa para nada, porque não serve os propósitos da esquerdalha
    Enquanto não nos livrarmos desta cambada sórdida e desonesta, eles irão sempre aproveitar-se da ignorância do povo para passar as mensagens de ódio

    Gostar

  4. chipamanine permalink
    4 Junho, 2020 19:51

    A verdade é que quase 80% das mortes de negros nos EUA são “executadas” por negros
    Por cada morto negro pela polícia esta mata 5 brancos

    Liked by 2 people

  5. 4 Junho, 2020 21:08

    A D. Helena não distingue os cidadãos americanos genuinamente chocados com o acto do bandalho que se fez passar por policia para matar um preto com calma e souplesse (uma coisa mesmo feita como convém: com imensa classe), dos bandidecos com maus instintos que aproveitam as manifestações para aumentar o seu património material ou dos arrivistas a la Mamadou lá das américas (antifas, ou lá como se chamam…) que aproveitam estas ocasiões para aumentar o seu capital político.

    A D. Helena também não distingue os coletes amarelos franceses dos marginalecos dos arredores de Paris.

    A D. Helena, por outro lado, tem visto despertar em si, por ação da emérita e benemérita D. Zita, uma paixão sem par pelo destino atroz do desgraçado do ucraniano que morreu às mãos do SEF.

    Neste ímpeto, e fazendo os jogos de associação whataboutistas a que as senhoras se dedicam, permito-me verificar que nos últimos 3 meses, nem a D. Zita, nem a D. Helena se mostraram muito preocupadas com o destino de milhões de ucranianos que morreram às mãos de um ex camarada da D. Zita.

    …Zé Estaline, chamava-se o referido rufia encartado.

    Vai daqui que não acredito que a D. Zita queira promover uma vigília em honra de um ucraniano qualquer à porta da Sé de Lisboa. Também não acredito que a D. Helena tenha essa ideia. Não, não digo que seja por hipocrisia, afinal, sei que estamos em tempos de pandemia…

    Gostar

  6. A. R permalink
    4 Junho, 2020 21:49

    ” Joyce Whaley, Patricia Nibbe, and Nettie Spencer – three middle-aged white women who were brutally stabbed to death by a black killer at a Tennessee truck stop in early April;
    Heather Perry, a 21-year-old white woman who was shot to death in a Denver alleyway on May 9 by Cornelius Haney, a convicted armed robber who had just been released from prison in order to protect him from contracting the coronavirus;
    Logan Allen Stacks, a 17-year-old white boy who was gunned down by two black teens on March 27 in Lancaster County, South Carolina;
    Dr. Beth Potter, a 52-year-old white physician who dedicated her career to helping “underserved communities,” and her husband, educational consultant Robin Carre, who were shot execution-style by a pair of black teens on March 30 in Madison, Wisconsin; and
    Kristopher Dacus, a 33-year-old white man who on February 26 was shot multiple times and killed by four black teens in the North Little Rock, Arkansas cemetery where he worked.

    Let us assume for a moment that Ahmaud Arbery – who quite obviously was a volatile and menacing character with a criminal history – was in fact the innocent victim of a horrific, wholly unjustifiable murder. Even if that were the case, why should his death garner more attention from American media outlets and civil rights activists, than, say, the deaths of the 13 aforementioned whites whose lives were mercilessly snuffed out by black killers in 6 different states? Perhaps a case could be made in favor of such a double standard if white-on-black killings were commonplace in American society – on the theory that the condemnation of such occurrences might help raise people’s collective consciousness about the deadly ramifications of white racism. But in fact, white-on-black homicides in the U.S. have been exceedingly rare for many decades.”

    Liked by 1 person

    • Jornaleca permalink
      4 Junho, 2020 23:04

      Mais uma prova, da falsidade de toda a esquerda e de muita raposa, que anda por aí. Mas eles perdem a batalha na mesma. Nenhum desses porcos vai poder escapar à justica. Nem as raposas altivas e burras.

      Uns dias atrás, na Alemanha, perto de Offenbach no Meno, 50 (cinquenta) bárbaros muçulmanos chamaram a polícia para lhes preparar uma armadilha, o que conseguiram. Imaginem a cena. Mais detalhes não sei. A esquerda ficou toda contente. O vinho espumoso correu.

      Eles querem levar nos cornos, a esquerda podre e burra. E eles vão levar nos cornos, porque são malvados e cobardes ao mesmo tempo. Eles têm medo, daqueles que os não temem.

      Gostar

  7. 5 Junho, 2020 00:42

    O que diz esta americana é muito claro, muito simples e é a verdade objectiva.
    Mas ela só o pode dizer sem ser agredida e impedida de falar porque é … negra !
    Mesmo assim, é um acto de uma grande coragem tendo em conta o ambiente de unanimismo e caça às bruxas que se vive.
    Apesar da enorme desinformação, propaganda e lavagem cerebral que existe (repare-se que este tipo ou outro qualquer discurso que seja minimamente critico ou dissidente do actual discurso pretensamente anti-racista pura e simplesmente não aparece, é abafado, não existe), estou convencido que há muitas pessoas, incluindo negros como ela, que pensam e sentem o mesmo que ela.
    Mas é muito dificil e complicado sair da “clandestinidade” no mundo do “politicamente correcto” e dizer sem receios o que deve ser dito.
    Eu prefiro homenagear esta fulana do que um George Floyde, que infelizmente perdeu a vida ao ser interpelado pela policia de forma musculada e eventualmente desapropriada e excessiva (a justiça dirá exactamente o que aconteceu e condenará eventuais culpados), mas que não deixou por isso de ser um delinquente, com um cadastro criminal bem preenchido, traficante de notas falsas, drogado e provávelmente envolvido no comércio local de estupefacientes (quando os “herois” glorificados de hoje são personagens deste calibre algo está errado).

    Gostar

    • chipamanine permalink
      5 Junho, 2020 07:40

      O Rac-cismo esquerdalho social fascista é uma das armas usadas para os fins últimos que sempre almejam, o de manietar as sociedades no pensamento único.Financiado pelo grande capital que vê nisso uma oportunidade de explorar sem controlo esses idiotas. (Ricardo Salgado financiava o socialismo tuga -exp) Este capitalismo desenfreado (como o da China) é o suporte maior dos “valores mais elevados”. Os seus integrantes, dos “movimentos” das ONGs e de mais uns milhares de “organizações benfazejas” são apenas os cornudos delas. Não as integram pelos supostos “valores mais elevados”, porque um social fascista pode ser cornudo mas não é totalmente burro. Ele alimenta-se desse capital, promove-se com ele. O seu lugar no mundo é ser mamão e como mamão é tratado pelo grande capital.

      Gostar

  8. Filipe Bastos permalink
    5 Junho, 2020 01:57

    Coisa rara, concordo com o Fernando: nunca um vulgar criminoso como Floyd pensou vir a ser um herói nacional, quanto mais mundial, e um ícone de tanta gente. Ainda acaba beatificado.

    Quantas pessoas decentes morrem todos os dias, algumas às mãos de Floyds, sem uma lembrança. É o mundo que temos.

    Costumo fazer pouco das alucinações direitalhas da malta, mas é verdade que esta histeria PC tem uma força imensa. O tsunami do ‘anti-racismo’ varre tudo e exige submissão absoluta. Quem não ajoelha e repete o mantra é logo racista, nazi, canibal e daí para baixo.

    Tudo isto desgasta ainda mais o que resta da esquerda; vai reduzi-la ainda mais a fanáticos e hipsters da identity politics. Não admira que os mamões delirem com isto e se desdobrem em anúncios ‘inclusivos’. Como o mg tem demonstrado, mas ninguém aqui ouve, só eles ganham.

    O Fernando devia era estar contente: é isto que os seus caros mamões querem. Enquanto a ‘esquerda’ berra pelo Floyd, queima o carro do Zé e chama nomes à maioria branca, eles sabem que o que interessa ficará na mesma.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: