Saltar para o conteúdo

Descubra o sem-abrigo

9 Junho, 2020

 

Onde estão os carenciados a que o tal centro de apoio aos sem-abrigo, carenciados dava apoio? Há mais fotos aqui.

63 comentários leave one →
  1. 9 Junho, 2020 12:15

    Desconfio que há por ali ativista menino de boas famílias…

    Gostar

    • carlos rosa permalink
      9 Junho, 2020 23:23

      Portugal Socialista no seu esplendor.

      Nas ruas de Lisboa um deboche de malandragem do Bloco de Esquerda;
      Na TV a múmia paralitica Graça Freitas fala de facto mas não diz nada, obviamente.
      Aos privados na TAP o ministro Pedro Nuno Santos ordena: Baixem a bolinha senão eu vou aí e parto essa merda toda.
      E o António Costa faz de conta que governa, optimista, na esperança que os palermas da UE o aguentem com uns largos milhões.

      Entretanto os polícias levam umas bordoadas enquanto o ministro Cabrita abana as trombas em frente ao microfone.

      Liked by 1 person

  2. The Mole permalink
    9 Junho, 2020 12:23

    Não há lá nenhum sem abrigo.
    A prova dos nove: se houvesse havia também uma marcelfie…

    Liked by 3 people

  3. Mario Figueiredo permalink
    9 Junho, 2020 12:35

    Estes livros do Waldo estão cada vez mais difíceis.

    Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      9 Junho, 2020 12:37

      Ainda estou para conseguir encontrar os anti-racistas no volumes anteriores. Encontro de tudo menos gente contra o racismo.

      Liked by 1 person

      • Luis permalink
        9 Junho, 2020 16:47

        O Bloco está a criar um grave problema que já existe há alguns anos em Barcelona. Milícias urbanas anarquistas, revolucionárias. Em Barcelona começou assim, e acabou com gente a partir lojas e carros, a ocupar edifícios de pessoas emigradas ou que tinham partido de férias, a atacar turistas nas ruas e a doutrinar nas escolas e universidades.

        Liked by 1 person

  4. chipamanine permalink
    9 Junho, 2020 12:36

    Como não? A totalidade dos fotografados foi e é sem abrigo mental, educacional e de vivência real. Aqueles cérebros nunca tiveram um abrigo.
    O exemplo é dado pelo menino da mamã do Porto que estuda numa das melhores escolas da cidade (particular) e das mais caras que nunca teve abrigo nem educacional quanto mais outro qualquer em termos morais. É filho de uma geração rasca que produziu descendentes ainda mais rascas que eles
    Não admira que todos eles sejam antifa. Foi a única coisa que lhes doutrinaram, na escola e em casa, Não admira que sejam todos do Bloco são filhos de “historiadores” criados no ódio.
    Também não admira que sejam utilizadores da maconha recreativa pois desabrigados mentalmente sempre foi preciso uma substância para não conectar os dois hemisférios cerebrais.
    São filhos dos rosas e dos sousas santos

    Liked by 3 people

  5. castanheira permalink
    9 Junho, 2020 13:38

    ” Sem abrigo” !!??

    ou

    “vagabundo”

    Novas linguagens vieram formatar os cerebros que escolheram novos “blocos” de comando.

    Liked by 2 people

  6. Expatriado permalink
    9 Junho, 2020 13:42

    Os ocupas não usaram a arma mais eficaz para motivar grande impacto nacional e até, eventualmente, internacional: pretos.
    Nas fotos só vi dois pretos que me pareceram ser da empresa de segurança, a julgar pelas vestimentas iguais, que lá foram “ajudar” os “coitadinhos” a fazerem-se à vida.
    Sugiro que a PSP inclua agentes não caucasianos, que os há, na próxima vez que isto aconteça. Vai acontecer, lá isso vai!!

    Gostar

  7. MJRB permalink
    9 Junho, 2020 13:50

    Adrenalina à solta. Mais manifs vão suceder, sobre qualquer coisa.
    “Acho” que carenciados (de quase tudo) são todos os que estão nas seis fotografias (as outras não as vi), incluindo os polícias, estes, carenciados de mais ordenado, horas extra pagas, melhores condições, coletes à prova de bala, etc., etc.

    Liked by 3 people

  8. MJRB permalink
    9 Junho, 2020 14:02

    Com as semi-finais e final da Liga dos Campeões mais as fronteiras abertas, deficientes exames a quem entra no país por via aérea ou terrestre, oxalá eu esteja a prever mal, mas Lisboa e a sua área metropolitana corre o risco de a partir de Agosto crescer a quantidade de atingidos pelo vírus.
    Mais uma cereja em cima do bolo para este desgoverno: futebol ao mais alto nível mais hipnotismo, propaganda, etc.

    Gostar

  9. Andre Miguel permalink
    9 Junho, 2020 14:05

    Quando as pessoas perceberem onde os Estados gastam os seus impostos estes teatros acabam num ápice.

    Gostar

    • 9 Junho, 2020 14:18

      Os que pagam impostos já perceberam ! O problema está nos que não pagam mas têm direito de voto, e são muitos!
      Daí a minha proposta : voto indexado ao contributo fiscal !

      Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        9 Junho, 2020 17:29

        Concordo inteiramente.
        Mas o voto, depois de dado, já não se tira sem utilização de métodos ditatoriais.

        Ninguém que não pague importos, ou que pague menos que o que recebe de volta, vai votar em quem propuser tirar o voto a quem não for contribuinte líquido. E como são a maioria…

        Quando toda a população pode votar, o melhor que um governo pode fazer é gerir a decadência. E como Portugal não tem governos bons vais para muito tempo, dá nisto.

        Gostar

      • becas permalink
        9 Junho, 2020 19:07

        Não . Todos, mas todos os Portugueses tem que pagar impostos ( IRS) nem que seja 1 euro. Só provando o seu pagamento se tem direitos, incluindo o direito a voto, e ao SNS, e por aí.fora.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        10 Junho, 2020 07:08

        becas,

        que importa pagar 1€ de IRS se receber 100 ou 200 de RSI?
        ou se tiver casa da câmara que, por pior que seja o bairro, representa sempre algumas centenas de €?

        Tudo o que a pessoa recebe do Estado tem que ser contabilizado e, se for superior ao que paga de impostos, não vota.

        Gostar

      • 10 Junho, 2020 08:26

        Eu compreendo-vos é até já defendi isso. Porém, se isso de apenas votar quem contribui for realizado – – – o que aliás vai contra a Constituição que só se invoca quando dá jeito – – – um populista como o Costa teria um grande estímulo para parar a ascensão social, protegendo quem contribuiu numa coutada de votos e governando apenas par manter privilégios injustos nesses.

        O estatismo tem de acabar sem se tocar no direito de voto de todos os cidadãos conscientes não condenados por qualquer crime. Qualquer que ele seja. Mesmo que seja um imbecil ainda no limiar da consciência, desde que dê bom comportamento perante a lei deve poder votar.

        O assistencialismo deve acabar já, ou como em Roma, na Grécia e em Florença, acabará a sociedade assistencialista. Quem não sabe história repete o passado e admira-se de o repetir.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        10 Junho, 2020 09:04

        “um populista como o Costa teria um grande estímulo para parar a ascensão social”

        É possível.
        Mas sem impedir de votar quem vive dos impostos dos outros, não só não vejo como esses impostos um dia poderão baixar, como más decisões e maus governos estarão sempre na ordem do dia, desde que haja aumento de 10€ nas pensões.

        Gostar

      • 10 Junho, 2020 21:59

        Prefiro, pesando tudo, que as pessoas possam ascender socialmente do que, como apos a queda da monarquia, em que so podiam votar os literatos, a ascensao social na I República era quase imposivel. Quem estivesse na mo de cima não ia votar em quem pudesse aceitar que os que estavam na mó de baixo se pudessem melhorar.

        Ora, sendo raro eu elogiar o Estado Novo, especialmente fora da área económica, aqui tennho de lhe fazer o maior elogio: foi o Estado Novo quem lançou as bases da alfabetização quase universal. Nessas décadas, a taxa passou de menos de 25% para mais de 75%. E quem tinha direito a voto? No fim, até as mulheres, vejam lá!

        Gostar

    • MJRB permalink
      9 Junho, 2020 14:28

      As “pessoas”, incluindo as atentas e interessadas só qb, sabem onde os Estados gastam sem controle e abusivamente a massaroca. Mas…não se importam, não reagem, e se alguma dessa massaroca lhes cair na algibeira, o Estado (afinal) é um “amigo”. E siga o baile, incluindo com manifs.
      AMiguel,
      Como sabe, parte do dinheiro do Estado é entregue a partidos políticos. E estes, sem excepção, apoiam com algum desse dinheiro, manifs : para os activistas profissionais e funcionários “no terreno”, a compra de material, alimentação, deslocações, etc.

      Liked by 1 person

    • Andre Miguel permalink
      9 Junho, 2020 14:45

      Velho e Mjrb, bem visto e concordo com os v/ comentarios.

      Gostar

      • Jornaleca permalink
        9 Junho, 2020 17:48

        @Andre Miguel,

        ambos não viram nada. Ambos são uns fala baratos que estão à espera de Godot.

        A solução viável, é dar o voto completo ao emigrante DE VOLTA. Porque a esquerda tem medo dele.

        É um crime, o que o fdp do PS e as ovelhas corruptas decidiram, no passado.

        Mas também esta solução não funciona, porque o número das putas vão aumentando e o caminho da auto-destruição está para ser percorrido, até doer a quem doer.

        Hahahahahahhaahaaha.

        Quiseram liberdade, agora tem o contrário. Hahahahahaha.

        Esperar por Godot. Não há coisa mais atrasada mentalmente neste mundo.

        Toda a crítica desses palhaços e todas as soluções, tem a premissa, que apareça Godo. Hahahahahahahaah.

        Eles até hoje não perceberam, que foram os valores deles, que eles tanto defenderam sempre, que levaram a esta situação. Hahahahahahaa.

        Godot não existe. Hahahahahaha.

        P.S.:
        Você emigrou para um país, com 25 milhões de habitantes. Correcto? Lá tambẽm não deve ser melhor, se a premissa for verdadeira. E eu penso saber, em qual área você lá trabalha.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        10 Junho, 2020 07:16

        “A solução viável, é dar o voto completo ao emigrante DE VOLTA.”

        Não concordo.
        Se acho que quem recebe mais do Estado que aquilo que paga em impostos não deve poder votar, não posso concordar que quem nem sequer vive no país tenha o mesmo tipo de influência que quem vive.

        Pode discutir-se se 4 deputados nos círculos da emigração são adequados, mas quem vive em Paris ter a mesma influência que quem vive no Porto parece-me má ideia.

        Gostar

  10. 9 Junho, 2020 14:19

    Ouvi dizer que quando as pessoas perceberem onde os Estados gastam os seus impostos estes teatros acabam num ápice.

    Dizem que é o “estatismo”, que são os “socialistas” e o “marxismo cultural”….

    Gostar

    • 9 Junho, 2020 14:38

      Esta cacetada que o seu filho genocida colonizador europeu branco levou na cabeça, tem o patrocinio da Playstation, em nome do combate ao racismo sistémico de que ele é herditariamente culpado.

      Gostar

      • Andre Miguel permalink
        9 Junho, 2020 14:48

        Mg, o camarada Arnaldo é que tinha razão: isto é tudo um putedo…
        Isso que aqui expões, e bem, já Hayek enunciava no Caminho para a Servidão. E também se ensina nos cursos de marketing…

        Gostar

      • 9 Junho, 2020 16:28

        A mim parece-me que a coisa é mais perniciosa e pervertida do que os bordeis do putedo.

        O Hayek já anunciava isso no caminho para a servidão ? Devo ter lido um livro diferente então. Ou então cheguei a uma outra conclusão.

        É que sabe, por falar em servidão, quando se aceita as permissas dos autores de mão beijada, as conclusões que chegamos são sempre aquelas que eles nos pretendiam persuadir inicialmente.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        9 Junho, 2020 17:32

        A PlayStation é vendida maioritariamente a jovens, os jovens são maioritariamente de esquerda, estão apenas a agradar ao cliente.

        O problema é as pessoas de direita não boicotarem as empresas que se metem nestas tretas.

        Gostar

      • 9 Junho, 2020 18:20

        “A PlayStation é vendida maioritariamente a jovens, os jovens são maioritariamente de esquerda”

        Gostar

      • 9 Junho, 2020 18:34

        “…estão apenas a agradar ao cliente.”

        Perdoai-os senhor, pois eles são retardados …

        Gostar

    • chipamanine permalink
      9 Junho, 2020 16:02

      O mg não pára de nos demonstrar que a esquerdalhada afinal está comunada e financiada pelo grande capital “fássista” explorador

      Gostar

      • 9 Junho, 2020 16:55

        Eu acho mais, que você quando era miúdo deve ter falhado completamente aquele jogo cognitivo, de encaixe de formas geométricas.

        Gostar

      • chipamanine permalink
        9 Junho, 2020 19:35

        verdade , o jogo era perfeito para si porque as formas não se encaixavam. Descobri isso mais tarde quando o “conheci” e verifiquei a sua dissonância cognitiva

        Liked by 2 people

      • 9 Junho, 2020 20:49

        Experimente novamente com o Pocoyo. Pode ser que desta vez com a ajuda do Pocoyo e os seus amiguinhos consiga lá chegar. Depois disso é que passa para a formação de sentenças inteligíveis.
        Já a sua tentativa retardada de querer ironizar, é digamos uma consequência do primeiro problema ainda não resolvido.

        Boa sorte

        Gostar

      • chipamanine permalink
        9 Junho, 2020 21:45

        Bata uma que isso passa-lhe e talvez saia do armário

        Gostar

      • 9 Junho, 2020 22:23

        Vá não desista. Tente outra vez. O Pocoyo é seu amigo, o Pocoyo ajuda …

        Gostar

      • chipamanine permalink
        10 Junho, 2020 09:14

        Largue a substância recreativa que o afecta

        Gostar

  11. Velho do Restelo permalink
    9 Junho, 2020 14:44

    O Celito, armado em porta-voz do governo, justifica a proliferação de novos casos de contágio covid-19 na zona de Lisboa com um efeito de “retardo” !?!?
    Já o presidente da Câmara de Sintra tem uma explicação mais perceptível :
    » “Sintra tem muitos imigrantes …”!
    Eu diria mesmo que Sintra está definitivamente “africanizada”, e a questão covid-19 é só o topo do iceberg!

    Liked by 1 person

  12. Luis permalink
    9 Junho, 2020 16:44

    Já o Aquilino de Ribeiro, quando andou pela Alemanha, viu o modo de actuar dos acólitos da Rosa de Luxemburgo. Encher ruas para parecer que são muitos, ser notícia a toda a hora para dar a falsa sensação que há revolta e insatisfação social transversal a toda a sociedade, e estar sempre a recusar qualquer cedência, pedindo mais e mais, pois o objectivo final não é o acordo mas a revolução total.

    O BE aprendeu nesta escola, mas os acólitos agora não são operários. São jovens urbanos classe média entre os 20 e os 40 que vivem à custa dos pais e dos avós, não trabalham, estudam eternamente e não constituem família. São «minorias» politizadas pela política de identidades, com frequência no Ensino Superior: homossexuais, transexuais, imigrantes, feministas.

    Liked by 3 people

    • MJRB permalink
      9 Junho, 2020 17:07

      Também isso !
      Óptima síntese a sua.

      Gostar

    • Andre Miguel permalink
      9 Junho, 2020 17:24

      Essa tecnica foi ensaiada e aprimorada pela URSS em África levando às independências e estilhaçando o continente, feito este trabalho era hora de exportar a técnica para o ocidente, alvo final da revolução total marxista. Faltando as causas das independências houve necessidade de criar outras, sempre com o mesmo modus operandi: as minorias e suas causas. Como é se acaba com isto? A mal. Arendt explicou porquê. Quando a maioria se vê condicionada e manipulada por uma minoria auto-excluída (se estiver incluída deixa de ser minoria) a reação é violenta. Não vai ser bonito. Estamos a viver o caldo perfeito que fará surgir a extrema direita nacionalista e conservadora, agressiva na defesa das identidades nacionais, culturas e valores ancestrais. Eles já andam por aí.

      Gostar

      • MJRB permalink
        9 Junho, 2020 17:34

        “Eles já andam por aí” e, tal como o Coelho,Jorge diz, “hadem” continuar.

        Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      10 Junho, 2020 09:12

      Concordando com a síntese do Luís acho que na caracterização dos ditos cujos faltou uma característica de grande expressão entre eles. A grande maioria é consumidora de substâncias recreativas e que elas ajudam nas restantes características.

      Gostar

  13. MJRB permalink
    9 Junho, 2020 17:28

    Mais “isto” que não se consegue perceber: a DGSaúde reafirmou hoje que até final da I Liga de Futebol não está prevista a presença de público nos estádios.
    Porém, tudo indica que Lisboa vai ter as semi-finais e a final da Liga dos Campeões. Com muitos milhares vindos de além-fronteiras terrestre, aérea e certamente marítima, tantos certamente sem controle por causa do vírus, à chegada. E se lhes juntarmos s tugas…
    Entretanto não será oportuna a reabertura de estádios ao público, mais que não seja para testar e “ensaiar” todos os espaços circundantes mais entradas, presenças e saídas ?
    Esta gente ainda não pensou nisso ?
    A polícia, o INEM e outros “agentes” de saúde pública, o patético, imberbe e manobrado (!) secretário de estado dos Desportos não sabe de nada ? O governo desconhece as consequências desses dias de Agosto e não quer preparar a recepção do evento ?
    Será que interessa sobretudo ao governo (e ao MCThomaz) a propaganda, as receitas, hipotética retoma de turismo, e os concidadãos que se lixem com novo surto da pandemia ?

    Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      9 Junho, 2020 17:35

      Os direitos de circulação de estrangeiros são mais importantes que os direitos dos nacionais (todos).

      Estiveram meses para proibir voos da China, mas antes disso já estavam a restringir a vida aos cidadãos nacionais. Isto foi válido para toda a Europa.

      Gostar

      • MJRB permalink
        9 Junho, 2020 18:54

        É a ambição destrambelhada pela “retoma” de receitas, de turistas — venham !, venham !…E os tugas que se lixem.

        Há cerca de dois anos, disse a vários amigos (alguns especuladores imobiliários) que “se houver uma qualquer causa grave que afecte repentinamente esta massificação de turistas, Portugal vai sofrer durante algum tempo”. Ei-la, o C-19.
        (Vale-nos o clima, a relativa paz social, a gastronomia, o entranhado sentido social de cedência vulgo simpatia, algumas paisagens e poucos monumentos).
        “Somos os melhores dos melhores dos melhores” e assim se anestesia o pagode.

        Gostar

  14. Luis permalink
    9 Junho, 2020 17:44

    É curioso como em momento de crise económica surge uma manobra de distracção vinda da Esquerda cultural. Em 2010, com o país à beira da bancarrota, andou-se meses a discutir casamentos entre pessoas do mesmo sexo. Vejamos. Os homossexuais valem 2 a 3% da população, e a maioria não casa com pessoas do mesmo sexo e muito menos adopta. Mas a discussão ocupou durante meses parte substancial do espaço mediático.

    Agora, com o país à beira de ver o seu endividamento explodir e de ter mais uma ou duas décadas perdidas se der um passo em falso, andamos a discutir racismo, como se isso fosse um problema nacional. Ora não é. A população portuguesa é das mais homogéneas do mundo. É na sua larguíssima maioria caucasiana, europeia, cerca de 80% declara-se católica e mais de 90% é cristã. O mesmo não se pode dizer dos EUA, com a clássica divisão hispânicos, afro-americanos e brancos. Ou da África do Sul, onde há os boers (descendentes de holandeses), os descendentes de ingleses, descendentes de tribos bantus e os descendentes das tribos nativas originais.

    Liked by 2 people

    • MJRB permalink
      9 Junho, 2020 18:31

      Oportuno e correcto post.
      As agências de comunicação ao serviço do P”S” quase sempre foram eficazes para iludirem, manobrarem a alarve, indigente opinião pública.

      Liked by 1 person

  15. Luis permalink
    9 Junho, 2020 17:50

    Existe um dado a ter em conta. O Bloco desde a sua génese sempre teve uma exposição mediática totalmente desproporcional face à dimensão do partido. No final dos anos 90 ainda nem tinha 1% das intenções de voto e já era presença regular nas TV’s. com as suas manifestações e palestras a favor do aborto, da legalização das drogas leves ou dos casamentos gay. Em pouco tempo o Bloco tinha uma presença e exposição maior que o CDS-PP e por vezes até que o PCP:

    Fenómeno idêntico viu-se meses atrás com o Livre. A comunicação social ignorou durante semanas o candidato eleito da IL, enquanto dava farto espaço de antena à Joacine. E de Ventura, fala-se para atacar e fazer troça.

    Não conheço na Europa uma comunicação social tão enviesada a favor da Esquerda radical como a nossa.

    Liked by 3 people

    • MJRB permalink
      9 Junho, 2020 18:41

      Exacto.
      O BE sempre teve e terá “boa imprensa” mais TV’s e rádios. Para além de estarem “na moda” e p’rá frenteX, de certeza muitos desses jornalistas, editores, directores, são militantes, simpatizantes e/ou comprados !

      Liked by 2 people

    • Zé Manel Tonto permalink
      10 Junho, 2020 09:07

      “a favor do aborto, da legalização das drogas leves ou dos casamentos gay”

      E conseguiram tudo.
      Durante os 20 anos anteriores andaram a infiltrar-se nas universidades e redações.
      Depois foi colher os frutos.

      Gostar

  16. Expatriado permalink
    9 Junho, 2020 17:58

    A cena dos ocupas e da ultima manif insere-se nesta crónica do Alberto Gonçalves

    https://observador.pt/programas/ideias-feitas/coisas-de-fachos-a-esquerda-e-o-culto-da-violencia/

    Provocam a violência e depois queixam-se quando levam na cornadura.

    Liked by 2 people

  17. Leunam permalink
    9 Junho, 2020 18:41

    Luis

    Bela e nítida fotografia.

    Caso houvesse um governo que governasse, podia implementar-se a seguinte receita terapêutica para toda esta rapaziada que fosse apanhada na rua, nestes preparos de algazarra:

    a) Dois dias a pão e água com chá (de marmeleiro que é mais económico) num ambiente sossegado e tranquilo, em quartos individuais, para permitir e facilitar a meditação.

    b) Seis meses na apanha da batata, da azeitona ou na pesca (seguidas ou alternadas, conforme as disponibilidades e época do ano) mas com formação adequada.
    Alternativa:
    Formar equipa com os cantoneiros municipais das limpezas urbanas por doze meses.
    Caso o desempenho deixasse a desejar, repetir mais um estágio na alínea a).

    c) Serviço militar obrigatório por quinze ou vinte meses.

    Notas – Não seria permitido às famílias destes jovens, qualquer apelo e o Estado assumia a responsabilidade total pelo bom andamento da terapia.

    No final, encaminhamento dos jovens para qualquer sector onde, manifestamente houvesse falta de pessoal para trabalhar.

    Nessa fase cada jovem receberia a formação adequada e seria avaliado, periodicamente, no comportamento e no desempenho, para receber a justa remuneração.

    Os refractários ao tratamento destinavam-se a colónias penais onde se praticasse a agricultura e/ou a pecuária.

    Liked by 3 people

    • PORTUGA permalink
      10 Junho, 2020 01:04

      Então mas que merda é esta. Há 46 anos que andam a falar que a Pide/DGS era isto e aquilo, do pior, ainda não se calaram, e agora querem tratar mal os coitados dos dissidentes políticos. Deixem lá a rapaziada impor as suas ideias!
      Pronto já sei qual vai ser a resposta a esta questão.

      Gostar

  18. MJRB permalink
    9 Junho, 2020 21:39

    Leu-se há minutos no SAPO e não surpreende porque feita pela Eurosondagem, a tal. Surgida precisamente no dia –oh, coincidência !…– em que é apresentado o Orçamento de Estado cujo autor renuncia ao cargo: MCThomaz e AC-DC voltam a subir na consideração dos tugas. Depois vê-se o sobe-e-desce dos partidos e dos seus líderes e…está conforme a encomenda, manobrada e bem paga. Assim, é muito fácil hipnotizar o maralhal e manterem-se no Poder.
    Cambada !, incluindo o maralhal alarve.

    Gostar

  19. Expatriado permalink
    9 Junho, 2020 22:56

    Aqui falou quem tem muitos anos de experiência naquelas ruas. Acabem com a policia para verem como será então.

    https://video.foxnews.com/v/6162816955001?playlist_id=6097749916001#sp=show-clips

    Gostar

    • Jornaleca permalink
      9 Junho, 2020 23:12

      Para enganar é preciso sempre um mentiroso, que engana, e um, que quer, deseja ser enganado.

      Eles sabem como é. Nada de novo.

      A nova geração de asnos do New York Times (NYT) ficou indignada, que o chefe da secção permitiu a um amigo de Trump, um senador, de publicar uma opinião, não censurada.

      Consequências? Despediram o chefe da tal secção.

      O senador escreveu, sem censura, que Trump teria todo o direito em chamar as tropas, para impedir que a Antifa andasse a matar e a pilhar e assim a desestabilizar parte do país.

      Quem é que sabe, que a Antifa assassinou no total 17 polícias e seguranças? Por cada Floyd, neste caso um, um autêntico porco e criminoso, o braço militar da esquerda fascista matou 17 (dezassete) seres humanos preciosos, pretos e brancos.

      E Trump queria as tropas só contra a Antifa. Lógico.

      Mas as putas, que ainda fazem nas calças, a geração nova radical do NYT andou a mentir ao pessoal, que Trump queria impedir a demonstração de seres humanos normais, que não participavam em pilhagens. Isto é um crime mentir assim.

      O filho de John Lennon, que ainda tem carácter, veio condenar os asnos do NYT, fazendo escárnio deles e anunciar a morte do NYT.

      Na Alemanha também espalharam esta mentira, para incendiar o povo alemão contra Trump. Isto é um acto de guerra.

      Uns dias atrás a mesma NYT mentiu, dizendo, que uma espécie de antigo porta-voz do Bush, afirmou, que Bush não iria votar em Trump. O próprio Bush veio acusar a NYT de mentir sem vergonha na cara.

      Eles vão desestabilizar o país até às eleições. Mal Trump perder, tudo acaba num instante.

      Se ele perder. Porque a esquerda não é só criminosa e malvada, mas sempre profundamente burra.

      O futuro é incerto e não obedece às putas.

      Gostar

  20. PORTUGA permalink
    10 Junho, 2020 00:46

    Isto tudo tem um nome e uma data: Traição 25/4/74

    Gostar

  21. Jornaleca permalink
    10 Junho, 2020 00:58

    O que o braço militar da esquerda putana, que quer levar no cu e nos cornos, causou. Reparem na última frase do primeiro parágrafo, por favor.

    Citação:
    “[…]

    It’s bad stuff, given that the losses throughout Minneapolis have been horrendous. According to the Minneapolis Star-Tribune, 500 businesses that it knows about have been damaged or destroyed by fire, property damage, or looting. Of this group, 67 were burned to the ground, and the figure keeps getting progressively higher with each successive news report. The charming Lake Street area, which is known for its international blend of businesses, its “Landmark of Diversity,” was hit extremely hard. And those businesses are mostly tiny, making recovery very hard for most of them. They’re about to start looking like Van Nuys, California, or South Central Los Angeles, still trying to recover from riots of more than two decades ago.

    Here are some of the 67 that were totally annihilated by fire, over the supposed spontaneous rage in the streets over a white cop killing a black suspect, provoking a supposed race riot: Addis Ababa (probably a restaurant), 7 Mile Fashion, Bismillah Grocery and Coffee, Bling Bling Beauty Supply, El Nuevo Rodeo (probably a restaurant), El Sabor Chuchi (same), Fatima African Hair Braiding, Gandhi Mahal Restaurant, Mirasol Express, Paraiso Lounge, Popeyes, Rongo’s Auto Service, U2 Nails. Bole Ethiopian Restaurant.

    […]”

    Gostar

  22. Desalinhado permalink
    10 Junho, 2020 07:10

    Só o voto no André por(Ventura) acabará com isto de vez!

    Gostar

  23. José Reis permalink
    10 Junho, 2020 07:16

    Ora cá está o Bloco de Esquerda das lêndeas e dos piolhos!

    Gostar

  24. José Reis permalink
    10 Junho, 2020 07:23

    Ocuparam um prédio ilegalmente.
    Quando foram despejados acharam a medida ilegal.
    Haja paciência e pachorra para aturar esta esquerdalha rafastana!

    Gostar

  25. A. R permalink
    10 Junho, 2020 09:38

    Há sempre esses corajosos que hoje demonizam as instituições que ajudam os pobres como o banco alimentar, por essas ajudas terem rosto e serem voluntárias, para amanha darem o rosto para fazer pretensa caridadezinha com os bens retirados aos outros.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: