Saltar para o conteúdo

Vidas que não contam

22 Setembro, 2020

Uma portuguesa de 63 anos foi violentamente agredida num assalto à mão armada à sua residência no norte do KwaZulu-Natal, África do Sul, acabando por morrer no hospital, disse hoje o cônsul honorário de Portugal em Durban. Segundo Elias de Sousa, “vários indivíduos assaltaram a casa” da mulher, que foi violada, tendo sido transportada ainda com vida para o hospital, onde acabou por morrer. A “portuguesa de 63 anos” chamava-se Filomena Santos. As agressões de que foi vítima e a sua morte não interessam a ninguém.

 

28 comentários leave one →
  1. chipamanine permalink
    22 Setembro, 2020 09:22

    Fosse ela negra e os ladrões agressores violadores assassinos de uma outra “etneia descolorida” e teria nome e vários “artigos” de “opiniães” , quicá mesmo manifestações internacionais.
    A propósito. Já conseguiram mudar a causa de morte daquele americano para asfixia ou ainda continua a valer a segunda autópsia independente por overdose?

    Liked by 3 people

  2. Oscar Maximo permalink
    22 Setembro, 2020 09:26

    Querem importar áfrica, isto será como áfrica, só não sei quando.

    Liked by 1 person

  3. Ausente52 permalink
    22 Setembro, 2020 09:28

    Se a Filomena Santos fosse preta, nascida em Portugal e o abjecto crime tivesse acontecido em terras lusitanas, os telejornais abririam com a noticia. Como a senhora Filomena é branca e o crime aconteceu na South Africa, tudo normal.
    Que nojo de CS existe em Portugal. Estão – dizem – á beira da falencia. Ontem já era tarde.

    Liked by 1 person

    • Arnold Schwarzenegger permalink
      22 Setembro, 2020 11:11

      O Zimbabwe está a pedir aos brancos (sobretudo antigos agricultores) para voltarem e fazem concessões enormes aos tais brancos, que isso suceda.

      Sem o homem branco aquilo vai tudo abaixo.

      E com o homem amarelo (comunista chinês) nada funciona também. O chinês trabalha lá mal, muito mal, apresenta uma factura grande e falsa, para depois chantagear o país africano, de um modo nunca visto, fazendo pagar os pretos cada tostão que devem.

      E as obras feitas em África, dizem, são quase todas feitas só com pessoal chinês. Empregos para pretos? Quase nada!! LOL!!

      Sem o homem branco aquilo vai tudo abaixo.

      Os racistas pretos por enquanto preferem continuar a matar brancos a eito.

      Liked by 1 person

      • 22 Setembro, 2020 15:30

        Os trabalhadores chineses a trabalhar em África são na sua maioria prisioneiros e é essa a melhor opção à do corredor da morte. Sei do que falo.

        Gostar

      • Arnold Schwarzenegger permalink
        22 Setembro, 2020 17:00

        @Palhota-da-Malamala, eu partilho o dito por si.

        Não estava consciente, que esses porcos comunistas chineses fizessem isso. O mau trabalho não será devido aos prisioneiros. Pelo contrário.

        Eu estou muito bem informado, sobre o que se passa na china comunista. É uma razão pela qual eu odeio esta esquerda cúmplice e cobarde dos assassinos chineses comunistas.

        E não é só a África. O país que actualmente é explorado e chantageado pelo esterco humano comunista, duma maneira impertinente, dizem ser o Equador, na América do Sul. Até pagarem as tais dívidas (artificialmente altíssimas), até barcos chineses andam à pesca em território do Equador, de maneira ilegal. Mas o governo do Equador cala-se, por motivos evidentes. E os chineses pescam tudo, sem respeito pelas respectivas leis.

        Em África dizem ser pelo menos dois países.

        Gostar

  4. lucklucky permalink
    22 Setembro, 2020 11:35

    O assassinato da senhora não é útil à narrativa Marxista.

    Liked by 2 people

  5. Expatriado permalink
    22 Setembro, 2020 11:35

    Tempos atrás dizia-se: “África para os negros”.
    Ora bem. Devíamos fazer-lhes a vontade. Como? Assim:
    Tirar de lá todos os brancos e cercar todo o continente com arame farpado de maneira a que ninguém pudesse entrar ou sair. Esperar uns 50 anos, abrir um buraco no arame e ver o resultado evolutivo da seleção natural das espécies. Qual seria?

    Gostar

    • lucklucky permalink
      22 Setembro, 2020 12:04

      Se estiverem protegidos das ideias Marxistas provavelmente a evolução será positiva.

      Gostar

      • Expatriado permalink
        22 Setembro, 2020 12:36

        Lamento ter de lhe dizer que não conhece África. Que aconteceu desde que as potências coloniais deixaram de controlar os territórios delineados na Conferencia de Berlim? Simplesmente voltaram ao que eram antes, com a diferença de terem fronteiras físicas criadas artificialmente por outros. Tribalismo, meu caro, tribalismo é o que define o continente africano.

        Liked by 2 people

      • lucklucky permalink
        22 Setembro, 2020 16:41

        Até parece que não há tribalismo na Europa, tivemos 2 guerra mundiais a propósito. Produzimos coisas como o Marxismo e Nazismo.

        Botswana é um país que depois da descolonização não caiu nas estupidez Marxista. Tem sido uma democracia desde esse período. GDP PPP 18000 divida publica baixa 25% GDP logo não populista como nós.
        Portugal é GDP PPP 34000 e a dívida que sabemos.

        Da wikipedia:
        Botswana is the least corrupt country in Africa and ranks close to Portugal and South Korea.[60]

        Gostar

      • Andre Miguel permalink
        22 Setembro, 2020 16:43

        Lucky, explica lá o que tem o marxismo a ver com estes animais?

        http://praag.org/?p=838

        Chamemos-lhe tribalismo para sermos educados…

        Gostar

      • chipamanine permalink
        22 Setembro, 2020 17:04

        André Miguel . O caso que reporta também não aconteceu em VN Gaia faz uns anos e ainda,,,,, atiraram a menina ao rio?
        Não vá por aí.
        O lucky tem alguma razão quando liga o tribalismo ao marxismo que infestou quase toda a África e destruiu qualquer possibilidade de o ultrapassarem tornando-se sociedades civilizadas.
        Lamento dizer mas houve uma parte do colonialismo que apesar de todos os seus defeitos ainda conseguiu uns avanços mas logo foi atacado em força pelo marxismo internacionalista que desde sempre considerou os africanos como incapazes de alguma evoluirem ……e conseguiram.

        Gostar

      • Zé Manel Tonto permalink
        22 Setembro, 2020 18:10

        chipamanine,

        “mas houve uma parte do colonialismo que apesar de todos os seus defeitos ainda conseguiu uns avanços”

        Tem razão. Vi há uns anos um documentário que acompanhava as relações entre uma empresa Chinesa que estava a fazer a obra de uma estrada, e os nativos no Congo.

        O responsável Chinês dava sermões aos Africanos, que o caminho de ferro no Congo, contruído pelos Belgas nos anos 30, era tecnologia de ponta para a época, que linhas contruidas na mesma altura ainda são usadas por todo o Mundo, e no Congo está a cair de podre e não conseguem fazer circular comboios.

        A estrada que estava a ser reconstruída acompanhava o traçado de uma estrada construída no tempo do colonialismo, que não viu manutenção durante 50 anos.

        No fundo a chamar-lhes estúpidos e incompetentes, e a dizer-lhes que não deviam ter corrido com os colonizadores antes de estarem preparados para manter um país a funcionar.

        E os Africanos comiam e calavam porque, no fundo, sabiam que ele tinha razão.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        22 Setembro, 2020 18:32

        Quais foram os países que saltaram pelos seus próprios passos da miséria e porquê? Japão, Coreia (do Sul), Singapura etc. porque copiaram em boa parte o Ocidente Capitalista.
        Agora olhemos para a a Coreia do Norte Marxista. O que temos?

        Coreia do Norte Vs Coreia do Sul. Apesar de serem a mesma raça e se quisermos a mesma “tribo” a diferença é avassaladora.

        A Coreia do Sul faz produtos que todo o mundo quer, está em paz, os seus habitantes vivem bem em geral.
        Na Coreia do Norte Marxista temos um estado policial, com fomes de tempos a tempos, a única coisa que exporta é armas.

        Gostar

  6. João Brandão permalink
    22 Setembro, 2020 12:12

    O primeiro transplante de coração foi realizado na África do Sul, pelo Dr. Christiaan Barnard, em 3 de Dezembro de 1967.

    Hoje, sob o chapéu da grande civilização para lá levada pelo comunista mandela e amigos, as crianças brancas de 3 e 4 anos são estupradas e crucificadas nas cozinhas das suas habitações e na presença dos pais.

    Grande avanço civilizacional este, proporcionado pelos comunas lá do sítio.

    Liked by 1 person

    • Andre Miguel permalink
      22 Setembro, 2020 14:21

      O Coração das Trevas. Conrad não escolheu este titulo para a sua obra prima por acaso…

      Gostar

  7. Maria José Melo permalink
    22 Setembro, 2020 12:23

    Claro! White lives don’t matter…
    Que raio de media que nós temos! Só passam a mensagem do politicamente correcto.
    Temos de mudar esta mentalidade de rebanho.

    Liked by 2 people

  8. André Silva permalink
    22 Setembro, 2020 14:44

    Com o fim da governação por brancos, a África do Sul segue no mesmo caminho dos que fizeram o mesmo: tornou-se um “sh it hole” completo, à boa maneira não-branca.
    O meu único conselho aos poucos brancos que ainda lá restam é fujam enquanto é tempo, porque ontem já era tarde e amanhã pode ser tarde demais.
    E se nós na Europa não arranjarmos forma de impedirmos a contínua importação de africanos, daqui a poucas gerações estamos no mesmo ponto.

    Liked by 1 person

    • Zé Manel Tonto permalink
      22 Setembro, 2020 18:15

      ” fujam enquanto é tempo”

      Conheço bastantes sul africanos que fugiram.
      Mas os que não têm qualificações, como é que conseguem um visto?

      É que são avaliados como todo o resto de África.
      Os nossos bem pensantes que fazem as leis acham que lá porque estão habituados a leis, religião e língua de origem Europeia, não serão melhores imigrantes.

      Gostar

    • chipamanine permalink
      22 Setembro, 2020 17:09

      Qual foi a parte que vc não percebeu? A da portuguesa sem nome no título que por ser branca não comoveu os jornalistas dos jornais como comoveu aquele rapazola americano que teve uma overdose? Foi isso que não percebeu?

      Gostar

  9. Prova indirecta permalink
    22 Setembro, 2020 16:04

    Oh Miguel , bora lá marcar uma manif ?

    Gostar

  10. 22 Setembro, 2020 16:20

    O Costa, vê lá se tratas disto! O cônsul ainda não fez queixa? e o Correio da Manhã também não ? e o Blasfémias também não ? E a Dona Matos também não.
    É um crime público, têm todos que levar um bom puxão de orelhas! sabiam e não fizeram nada!

    Gostar

    • chipamanine permalink
      22 Setembro, 2020 17:13

      O Kostacavanni está a tratar de abotoar a esquerda com os milhares de milhões da UE nos proximos anos ate nos tornarmos a Venezuela da Europa

      Gostar

  11. voza0db permalink
    22 Setembro, 2020 21:17

    Nós, habitualmente, já não nos importamos com as mortes de ninguém, só com as dos “famosos”, e então este ano de CUVID é que não queremos mesmo saber de mais nenhum tipo de morte que não seja a morte com selo de falsidade “CUVID-19”.

    Temos de reconhecer o mérito das SFD & Bilionários!

    Gostar

  12. A. R permalink
    22 Setembro, 2020 22:59

    Esta é a África do Sul deixada pelo campeão da paz o Mandela -grande amigo da tirania castrista- cujo partido chacinou em atentados e dizimou o movimento inkata com atrocidades como o laço com pneu a arder.

    Mas o Mandela é adorado no altar progressista

    Gostar

    • Arnold Schwarzenegger permalink
      23 Setembro, 2020 08:41

      Antes desse idiota, cobarde, trafulha, incompetente Mandela, a África do Sul, tinha uma das melhores leis do mundo, em defesa dos bebés, da vida, na véspera do nascimento.

      Qual foi, dizem, a primeira, a primeira acção, desse parvo Mandela? A primeira assinatura dele no poder, foi mesmo, destruir essa lei preciosa e permitir a chacina à vida, ao bebé.

      Por isso, Mandela será sempre o grande porco e assassino da história da África do Sul.

      Não há crime pior!!

      Muitos pretos são pior que os animais, sem cultura, sem piedade. Porque eles o assim querem.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: