Saltar para o conteúdo

Ventura marca golo; o resultado passa então a ser 0-0

8 Janeiro, 2021

Estava convencido que não iria assistir a mais debates, mas a mórbida tentação demoníaca de ver pessoas estripadas após um acidente ferroviário levou a melhor e assim se tornou irresistível assistir ao debate entre Ana Gomes e André Ventura.

Devo dizer que gostei bem mais do que esperaria gostar. Por um lado, porque sei que o desempenho de Ventura irritou muita gente, mais até à velha convenção de direita do que à tradicional esquerda. Por outro lado, porque já é tempo de alguém escandalizar o que imagino ser uma horda obesa de auto-proclamados senadores detentores da moral e bons costumes de um regime do qual apenas se limitaram a cheirar a partir da escadaria o apetecível odor das iguarias oriundas da cozinha.

O respeitinho não entrou aqui, e ainda bem. Ana Gomes esteve no seu melhor desempenho de sempre, portanto de cabeça completamente perdida em deambulações nos chavões gastos de uma burguesia que usa “a esquerda” como um russo usa tatuagens da prisão. Uma espécie de Manuel Alegre mas sem o milhão de votos inúteis no bolso e a ocasional rima. Ventura esteve normal, até parecia um autêntico Mário Soares na Primavera de 1983 a repetir o papel já típico da direita: o atirar da toalha de Balsemão nessa altura e o desta, o de deixar Rio sozinho e desgovernado abdicando da crítica interna e transitando para a liga menor, a do isolamento em pequenos clubes numa convicção teimosa de grande ética e superioridade moral mas que no fim não traz de comer a ninguém (é um hobby).

Ventura tem demonstrado fragilidades, nomeadamente uma tendência do choque pelo choque sem valor acrescentado. Contudo, quando surge a oportunidade e lhe metem o alvo à frente, a seta espeta bem na mosca. A única recomendação que tenho, quer para a esquerda, quer para a direita, é para que não parem de gritar “fascismo” a cada oportunidade. Vivemos tempos interessantes. Claro, não vai dar em nada porque o nosso destino está há muito traçado, mas vai aquecendo os corações neste Inverno de prepotência que não leva ninguém a gritar “fascismo”.

15 comentários leave one →
  1. Tiago Luis Pinto Toregao permalink
    8 Janeiro, 2021 22:49

    O Chega tem tido uma estratégia de comunicação de não deixar ninguém sem resposta. Parece que tem funcionado melhor do que pior.

    Gostar

  2. maria permalink
    8 Janeiro, 2021 22:51

    É lamentável como Anselmo Crespo e o Pincel Sousa Tavares comentaram o debate! Não enxergar que a culpa de não se ter falado de Economia Saúde Ensino é dos comentadores que não o fizeram e acusar sobretudo o André Ventura é demagógico. Mais, não reconhecer que os ignóbeis ataques pessoais começaram com Marisa Matias e Ana Gomes. Espumavam odio!

    Liked by 1 person

  3. 8 Janeiro, 2021 23:11

    A grande vantagem destes “debates” do AV com as Anas, Marisas (e até Tiagos ) destas vidas é verificar ao vivo e a cores que a grande argumentação da intelectualidade esquerdista (e, vi com surpresa, também da direitinha fofa da IL) se esgota em ver quem é que conhece mais palavras feias para chamar ao Ventura, desde o simpático troca tintas até ao estafado fascista, já muito visto, mas sempre arremessado com entusiástico vigor.
    A partir daí começa o catálogo dos lugares comuns da cartilha louçanista só amenizado pela repetição das qualidades do abominável Ventura. Só se aguenta com muita paciência, ajudada por dois dedos de Logan. Parece que acabou, Deo Gratias…

    Liked by 1 person

  4. LTR permalink
    8 Janeiro, 2021 23:16

    Para sobremesa sugiro que veja o Sexta às 9 hoje transmitido ou, em alternativa, um episódio da série “O Polvo” dos anos 80.

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    9 Janeiro, 2021 01:39

    “Ventura marca golo; o resultado passa então a ser 0-0”

    Quando se lê as notícias de jornalistas tem de se dar logo o desconto do Jornalismo Marxista.

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      9 Janeiro, 2021 11:42

      Caracterização dos candidatos pela “empressa marxiana”:
      1- João Ferreira (PCP) não tem problema nenhum pertencer a um partido cuja ideologia “promete” uma ditadura do proletariado (chamado hj de “socialismo pleno” e apoiante da “democracia norte coreana , da cubana e do socialismo bolivariano madurista. Nada tem a “emprenssa” a criticar (expor)
      2- Marisa Matias não tem problema nenhum mesmo que o BE seja a conjugação de todos os partidos de extrema esquerda apoiantes da luta armada contra a burguesia fascista integrando até nos seus “quadros” ex-FP 25. Nada a “emprenssa” tem a dizer sobre tal.
      3- Ana Gomes não tem problema nenhum ter sido apoiante indefectível de José Sócrates e ter andado o tempo todo a falar e culpar todos os outros sobre os submarinos só pedindo desculpa das suas mentiras em “privado” na comissão de inquérito. Vinda do MRPP e da praia do Meco continua com a verborreia populista que a “emprenssa” nada tem a criticar (expor)
      4- Martelo Rebelo de Cousa o azeiteiro em funções que ainda aguarda tudo mas tudo dos incêndios , tudo mas tudo de Tancos, que se cala nas mentiras e escândalos do Min. Adm Interna com assassinato pelo meio e com as mentiras da ministra da justiça e que promoveu a tomada do estado de direito com a mudança da procuradora geral da república (regra inventada) com a substituição do presidente incómodo do tribunal de Contas, com a transferencia do ministro para presidente do Banco de Portugal. Candidato esse que enquanto presidente tira fotos com apedrejadores da polícia (Jamaica) e não telefona sequer à viúva do assassinado pelo SEF para “não se meter na investigação”. Nada a expor pela “emprenssa”
      5- André Ventura “fássista” populista de extrema direita perigosa “expõe a emprenssa” e nem precisa dizer mais nada
      Deixo o Mayan e o Timo de fora pela irrelevancia de votos que vão ter.

      Liked by 3 people

      • FreakOnALeash permalink
        11 Janeiro, 2021 12:10

        Excelente caracterização!

        Gostar

  6. marão permalink
    9 Janeiro, 2021 07:33

    A parte mais engraçada é ver jornalistas e comentadores que não só cheiram, mas comem a merda onde habitam, a acusar Ventura de chafurdar na lama, onde eles próprios metem e cagam o pé até à testa.

    Liked by 3 people

  7. Desalinhado permalink
    9 Janeiro, 2021 07:52

    André Ventura não tem só de enfrentar com quem está a debater, mas também com quem está a moderar e depois a comentar.
    Esta dupla de assaltantes, de cara destapada e de imparcialidade muito duvidosa, são escolhidos a dedo para tentarem encurralar o brigão insubmisso que vai à luta, que diz as verdades que magoam, que desmascara os guiões da hipocrisia e da sonsice, que põe em estado de sítio o reino bafiento do politicamente correcto.
    O que conforta André Ventura e irrita de sobremaneira os seus inimigos de estimação, é o exército cada vez maior que convictamente o acompanha, deixando em sobressalto a corja maçónica que domina e influencia tudo, até o próprio ar que respiramos.
    Não tenham medo, porque ele é apenas uma circunstância de um receio infundado.

    Liked by 2 people

  8. Olympus Mons permalink
    9 Janeiro, 2021 14:10

    Alguém que o diga (!) – Quem quiser perceber o que é o FCE (fascismo cultural de esquerda) é só ouvir os comentadores após os debates. Ventura não pode ganhar, e quando marca um ponto é descrito pelos comentadores, em todos os canais, como uma pena e infortúnio, um calamidade que ele tenha colocado o outro contra as cordas. – Não há um, um que seja, que o defenda.
    Contudo, os debates dele têm uma audiência enorme e as pessoas não são todas, todas, assim tao estúpidas.

    Ps: Para quem quiser ler mais um dos posts sobre “aquecimentos”
    https://barradeferro.blogs.sapo.pt/o-melhor-aquecimento-de-todos-73376

    Gostar

  9. FreakOnALeash permalink
    11 Janeiro, 2021 12:16

    Algumas tiradas que vou comentar:

    “(…)o desempenho de Ventura irritou muita gente, mais até à velha convenção de direita do que à tradicional esquerda.(…)que imagino ser uma horda obesa de auto-proclamados senadores detentores da moral e bons costumes de um regime do qual apenas se limitaram a cheirar a partir da escadaria o apetecível odor das iguarias oriundas da cozinha.” – Retrato fiel aos energúmenos que todos os dias desfilam nos mass media a dizerem-nos como devemos pensar e julgar.
    “Ventura tem demonstrado fragilidades, nomeadamente uma tendência do choque pelo choque sem valor acrescentado.” – A grande fragilidade, aquela de cortar as mãos…eu que não a disse até a mim me doeu, cringe ao mais alto nível!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: