Skip to content

A ler: (actualizado)

21 Abril, 2008

«Um patinho nada patusco», por Pedro Sales, elucidativo sobre o papel desempenhado por este senhor:

Também será útil consultar os recentes:

1) Relatório da Auditoria à SAD do Boavista + 2) Relatório de auditoria ao Boavista F.C.

(via blogdabola)

Actualização: «Boavista demarca-se da auditoria tornada pública»

Anúncios
28 comentários leave one →
  1. maispraiaspopuarto permalink
    21 Abril, 2008 18:56

    Laurentino Dias defendeu ainda que o Estado tem a “obrigação de apoiar quando está em causa o nome de Portugal e a presença de Portugal”. público
    Safou-se o boavista! Agora só terá de preencher um requerimento…!

    Gostar

  2. Anónimo permalink
    21 Abril, 2008 19:10

    Não descobrirão um brasileiro,venezuelano ou mesmo colombiano, rico, que queira um lugar de consul “honorário”?
    Olhem que isso já foi chão que deu uvas…

    Gostar

  3. José permalink
    21 Abril, 2008 19:24

    Ah! Bom…

    É possível enganar muita gente durante algum tempo; pouca durante muito e ninguém o tempo todo.

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    21 Abril, 2008 19:27

    Mas nao há nenhum sítio onde nao estejam políticos! Xiça, que aparecem em todo o lado. Depois há desemprego. Pois. Os mesmos ocupam milhentos lugares.

    Gostar

  5. Luis Moreira permalink
    21 Abril, 2008 19:37

    Tudo por amor ao Boavista.Vejam o que aconteceu em todos os clubes, quando os negócios de compra e venda de terrenos,obras de construção dos estádios e imobiliário estavam ao rubro.Equipas de dirigentes que apareceram nessa altura e nunca mais foram vistos.Deixaram para traz quem apagasse a luz e sempre que perdem uma eleição, e são afastados do “cofre”, a batota vem ao de cima!

    O melhor exemplo é o do Vale e Azevedo.Se tivesse ganho as eleições ainda hoje nada se sabia.Pimenta do Guimarães.O Sporting com passivo e sem jogadores,e sem património!Só resta a Academia e o Estádio que nem por sombras valem o Passivo! LFV agarra-se ao lugar como lapa ao rochedo.O Glorioso já bateu no fundo.O que virá dalí?

    O Lello não deve saber de nada, como habitualmente…

    Gostar

  6. José permalink
    21 Abril, 2008 20:04

    Quem foi um dos maiores, senão mesmo o maior promotor, dessa ideia fantástica dos dez estádios para o Euro, para engrandecer Portugal?

    Ficou grande, Portugal, com essa magnífica ideia que muitos contestaram?

    O que acontece a quem a defendeu? É promovido politicamente.

    Gostar

  7. gauss permalink
    21 Abril, 2008 20:15

    é linchar este gajos, num pais a sério já estariam a jogar a sueca de xadrez:
    o Valentim,
    A Fátima,
    o Ferreira Torres
    e talvez o Isaltino.

    o Vale e Azevedo faz as honras da casa,

    Gostar

  8. deuladeu permalink
    21 Abril, 2008 20:25

    é linchar este gajos, num pais a sério já estariam a jogar a sueca de xadrez:
    o Valentim,
    A Fátima,
    o Ferreira Torres
    e talvez o Isaltino.

    o Vale e Azevedo faz as honras da casa,

    é lanchar esses gajos,
    todos e mais o bieira,
    que além do mais pensa
    qu’é rijo e ninguém
    pára ò benfica.

    Gostar

  9. deuladeu permalink
    21 Abril, 2008 20:28

    Deixa lá, Zé, que ao menos dessa vez ainda olhou portugal de alto acima e daí em diante não se apartou mais de Lisboa, a Belém, onde tem palácio de menistro.

    Gostar

  10. anti-comuna permalink
    21 Abril, 2008 20:31

    O desastre ao virar da esquina…

    “A receita efectiva do subsector Estado ascendeu a € 8 967.3 milhões, apresentando um crescimento em termos homólogos de 3.7%.

    No primeiro trimestre de 2008, a receita fiscal registou um crescimento de 1% relativamente a igual período do ano anterior. Para este resultado contribuíram os impostos directos com um crescimento de 5.1%, e os impostos indirectos com um decréscimo de 1.1%.”

    “A despesa do subsector Estado no primeiro trimestre do ano de 2008 situou-se em € 9 833 milhões, representando um decréscimo em termos homólogos de 0.7%. O grau de execução da despesa situou-se em 21.6%.

    A tvha da despesa no primeiro trimestre do ano é justificada, em grande medida, pelo comportamento dos juros e outros encargos e pelo impacto da alteração do modelo de financiamento da rede rodoviária nacional a cargo da EP – Estradas de Portugal, S.A.. De referir, relativamente a esta última componente, que, até Março de 2007, o levantamento de verbas inscritas no Orçamento do Estado por aquela entidade correspondeu a 56.5% da dotação total, pelo que o efeito negativo na despesa no
    primeiro trimestre foi mais acentuado do que é esperado
    para o conjunto do ano.”

    In http://www.dgo.pt/Boletim/0308-ind.html

    O desastre financeiro é inevitável. Mal a economia começou a patinar as receitas fiscais começam a soluçar. E a despesa só aparece como controlada por causa das… Desorçamentações!

    O Pinócrates dizia que o défice estava controlado? Pois está. Tanto está que está explicado o atraso da publicação deste boletim. É que o Estado está na mesma situação que em 2001. Receitas fiscais a caminho do colapso e as despesas do Estado marteladas, para enganar o Zé Povinho.

    Oxalá que não venhamos a ser expulsos da Zona €uro.

    Cambada de incompetentes… Glup!

    Gostar

  11. Gabriel Silva permalink*
    21 Abril, 2008 20:32

    «Quem foi um dos maiores, senão mesmo o maior promotor, dessa ideia fantástica dos dez estádios para o Euro, para engrandecer Portugal?»

    José Sócrates?

    Gostar

  12. Saloio permalink
    21 Abril, 2008 20:39

    Como este assunto mete uns “boys” do PS, já todos sabemos que não vai acontecer nada em termos de responsabilidades.

    Esperto foi o Dr. Vale e Azevedo, que se pirou para Inglaterra para não ir preso e para não devolver dinheiro a ninguém. Acaba de ser conhecido o acórdão do tribunal constitucional que mantém os sete anos e meio de prisão no Caso Antas da Cunha, e qué dele?????

    Digo eu…

    Gostar

  13. Luis Moreira permalink
    21 Abril, 2008 20:53

    Como pode o PS reformar o Estado se vive dele,é pai e mãe?

    As desorçamentações são mais que muitas.Mudam-se as regras a meio do caminho.Auto estradas,hospitais EP,tudo milhões que são retirados.E o que está encoberto com a tramóia do BCP? Quantos milhões estão inscritos nas contas referentes aos prejuízos em off-shores e nas aplicações das empresas do Estado?

    O Estado no centro dos negócios!Como diz Menezes “uns poucos influenciam todos os interesses”!

    O PS e o PCP são os dois partidos mais conservadores,acompanhados pelos barões do PSD que se servem deste Estado para fazer negócios!

    Precisamos de um partido liberal,que lute por um Estado fora da economia.
    http://www.mudarportugal.org
    Vai emergir no final de Maio!

    Gostar

  14. José Barros permalink
    21 Abril, 2008 21:09

    José Lello obviamente sabia de muita coisa. Não me esquecerei da cara de terror dele e de João Loureiro quando alguns sócios em Assembleia Geral exigiram a realização de uma auditoria externa às contas do clube. Só espero que o Boavista denuncie estas situações e que o Ministério Público abra os competentes inquéritos. Se o clube descer, ao menos que os responsáveis paguem – com o seu património e, se for caso disso, com a sua liberdade – por isso.

    Gostar

  15. Luis Moreira permalink
    21 Abril, 2008 21:16

    Saloio não é preciso fazer juz ao nome.O Vale anda a responder em tribunal,ali na Boa Hora!

    Gostar

  16. José Barros permalink
    21 Abril, 2008 21:40

    Nem de propósito:

    http://www.maisfutebol.iol.pt/noticia.php?id=943199&div_id=1464

    Espero que isto seja só o início do fim desses mafiosos.

    Gostar

  17. Luis Moreira permalink
    21 Abril, 2008 21:47

    Os maus negócios para os administradores estão como os maus contratos para os ministros.É preciso saber quem ganha com o mal de todos!

    Passa o prazo de nojo e fica tudo á vista, mas já prescreveu.

    É a tropa fandanga!

    Gostar

  18. samarkand permalink
    21 Abril, 2008 21:51

    E o ainda está
    muito por baixo,
    digo eu, que é que
    o vendo a esses míseros
    117 dólars o barril,
    autêntica pipa dele.

    Gostar

  19. samarkand permalink
    21 Abril, 2008 21:52

    sim,
    o pitroil,
    cum caramba

    Gostar

  20. samarkand permalink
    21 Abril, 2008 21:53

    está a colocar comentários de uma maneira muito rápida, tenha calma

    obrigado

    Gostar

  21. Gabriel Silva permalink*
    21 Abril, 2008 21:59

    José Barros,
    quando será a próxima assembleia geral?
    o presidente, face a estes relatórios deixa a coisa assim?

    Gostar

  22. 21 Abril, 2008 22:33

    Na SIC Notícias João Loureiro disse dois coisas que são relevantes, caso sejam verdadeiras:
    1) a venda foi realizada anos antes da escritura, que só foi feita muito depois porque só nessa altura se conseguiram as licenças que eram necessárias;
    2) O Boavista vendeu o espaço em tosco, que depois foi revendido com o ginásio já completamente montado.

    Gostar

  23. 21 Abril, 2008 22:41

    Refiro-me à venda do espaço para o Holmes Place, claro.

    Gostar

  24. Gabriel Silva permalink*
    21 Abril, 2008 22:59

    Tiago,

    Num dos relatórios diz-se: «uma das limitações com que nos deparamos no trabalho realizado nesta área residiu na ausencia de pastas anteriores a Agosto de 2001, que, por não se encontrarem devidamente salvaguardas em arquivo, impossibilitou a conferencia documental dos registos»……

    Gostar

  25. 21 Abril, 2008 23:03

    Gabriel, eu não estou a defender os Loureiros 😉
    Apenas acho que é informação relevante, nada mais.

    Gostar

  26. Gabriel Silva permalink*
    21 Abril, 2008 23:35

    eu sei, apenas recomendo a leitura daquilo. É um espectáculo!
    O holmes é peanuts….

    Gostar

  27. José Barros permalink
    22 Abril, 2008 01:07

    José Barros,
    quando será a próxima assembleia geral?
    o presidente, face a estes relatórios deixa a coisa assim? – Gabriel Silva

    Caro Gabriel Silva,

    Esse é um dos pontos importantes. Espero que os sócios exijam o quanto antes uma Assembleia Geral para discutir as auditorias.

    Não se trata tão só de exigir que a actual direcção apresente queixa criminal contra os Loureiros e quejandos e que preste toda a colaboração necessária ao Ministério Público. Trata-se também de prosseguir civilmente contra os anteriores administradores e penhorar-lhes tudo o que for penhorável. E, além disso, pode haver negócios – como estes que foram divulgados – que sejam impugnáveis, o que no futuro permitiria a reversão dos referidos imóveis para o clube e a possibilidade de vendê-los por um preço superior, pagando aos compradores o preço que estes pagaram e fazendo da diferença lucro.

    Enfim, neste domínio acho que tudo dependerá dos sócios, na medida em que julgo – embora possa estar enganado – que a actual direcção não terá grande vontade de agir contra a anterior. Pode haver ligações pessoais ou de negócios entre as pessoas das duas direcções ou pode pura e simplesmente faltar a coragem aos actuais dirigentes. Pode também ser sinal disso o facto de esta direcção renegar as auditorias hoje publicadas. Não sei. De qualquer forma, como, em tempos de crise, os sócios têm muita força, acho que podem forçar a direcção a agir. Se calhar, é uma questão apenas de lhes dar um empurrão.

    Gostar

Trackbacks

  1. Relatórios das Auditorias ao Boavista (SAD e clube) « O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: