Skip to content

Apelo à Deco

22 Maio, 2008
by

Cara Deco

Anda por aí uma empresa especializada em marketing agressivo que já me telefonou 3 vezes para casa, sempre nas horas mais inconvenientes. Querem vender-me um produto qualquer. Essa empresa chama-se Deco. Os métodos utilizados por essa Deco são impertinentes e sinto-me confortado por saber que existe uma entidade, a Deco, que nos defende destas empresas com falta de ética.

Da penúltima vez que me telefonaram, a meio de um jantar de família, pedi-lhes para não me ligarem mais. Disse-lhes que ia fazer queixa à Deco.

Esta semana, ligaram-me outra vez. Que grande lata tem esta Deco. Perguntei-lhes como é que arranjaram o meu telefone. Disseram-me que está na base de dados. Pedi-lhes para eliminarem o meu nome dessa base de dados. Que não me liguem mais.

Cara Deco: Esta empresa de maus métodos, a Deco, já mostrou que ignora os nossos pedidos para não sermos importunados com tentativas de venda de produtos à pressão. Esta empresa não nos respeita. Detesto ser acossado por estes telefonemas para impingir coisas e como eu haverá milhares de portugueses que se sentem incomodados. É por isso que vos peço: façam aquilo para que estão vocacionados, defendam os consumidores e ponham essa desavergonhada Deco na linha.

Antecipadamente agradecido pelos vossos esforços
jcd

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. anti-comuna permalink
    22 Maio, 2008 15:32

    Mas Vc. já apresentou queixa ao Deco, ou não? Aproveite agora que ele está em Viseu. Depois vai ser mais dificil o encontrar…

    Gostar

  2. 22 Maio, 2008 15:36

    Subscrvo inteiramente.

    E mais, tenho dados para acreditar que essa tal Deco “cede” as suas bases de dados a outras empresas.

    Gostar

  3. 22 Maio, 2008 16:04

    Pois…eheheheh…Viseu? Claro!
    Lapidar.
    Bom feriado.

    Gostar

  4. Luís Lavoura permalink
    22 Maio, 2008 16:20

    Bom post. Concordo.

    A Deco deixou de ser uma associação de defesa dos consumidores para passar a ser ela própria uma empresa comercial, com métodos de atuação dos menos éticos.

    Gostar

  5. MJP permalink
    22 Maio, 2008 20:22

    Como no meu nome na lista da DECO aparece um erro impossível de repetir, vou reparando nas “cedências” que faz da sua base de dados, e que vejo repetido em mailings que nunca pedi.

    Gostar

  6. 22 Maio, 2008 21:27

    e enviam para casa, impressos de adesão para vender as assinaturas das revistas oferecendo calculadoras-Melga e outros fantásticos Brindes-Melga, daqueles que nem os Bazares Chineses vendem já, por falte de qualidade.

    Gostar

  7. Nemo permalink
    22 Maio, 2008 21:59

    Mas o pior é arrogância (e ignorância) como alguns dirigentes abordam alguns assuntos.

    Gostar

  8. Sem Anestesia permalink
    22 Maio, 2008 22:35

    A Deco é a entidade que mais me envia junk (snail)mail.

    Gostar

  9. A. R permalink
    22 Maio, 2008 22:42

    Pois .. a porra é que não é só a DECO. Há umas meninas que ligam para casa, voz angelical e “prateleira” desconhecida, que dizem ser da PT e oferecem planos de preços imbatíveis. O pior é quando se pergunta o preço: começam por dizer que é de borla e depois é a pagar (passado mês e meio). Eu digo que não (o plano tem mensalidade maior que as chamadas que faço) mas logo vem ter a casa pelo correio a “adesão” que não quis. Sempre sugiro para baixarem o aluguer da linha mas … nada.

    Gostar

  10. Curiosamente permalink
    22 Maio, 2008 22:46

    Tenho que concordar com o JCD. Infelismente a Deco está a tornar-se uma empresa, e não uma entidade que tem que ter algo comercial para viver.
    A diferença é grande.

    Conheço uma senhora que teve um problemazito de nada, mas como sócia contactou a Deco. Foi-lhe postas tais dificuldades, e penso que preços, que no final ela desistiu de ser sócia.
    Já um senhor , vitima de certos negócios daqueles “enfim” em que aparecem assinaturas , foi a Deco, e teve um atendimento tal que se tivesse autorização, publicaria aqui, pois valia a pena. Ainda ficou pior do que quando se dirigiu a deco.

    Gostar

  11. Curiosamente permalink
    22 Maio, 2008 22:49

    “Eu digo que não (o plano tem mensalidade maior que as chamadas que faço) mas logo vem ter a casa pelo correio a “adesão” que não quis. ”

    Se tiver envelope RSFF, escreva nos papeis “Eu disse que não queria isto ao telefone. E digo outra vez que não quero. ” Tire uma fotocópia, e envie para lá.

    Gostar

  12. Curiosamente permalink
    22 Maio, 2008 22:50

    Pelo menos, já fiz isso, e numca tive problemas. Mas isto fui eu, certo ?

    Gostar

  13. 23 Maio, 2008 01:09

    Ou então queixa na CNPD (www.cnpd.pt), após pedido de eliminação por escrito ao qual os senhores não tenham ligado patavina…

    Gostar

  14. Carlos Gonçalves permalink
    23 Maio, 2008 18:02

    As campanhas de marketing da DECO são em tudo semelhantes às dos vendedores agressivos de colchões e aspiradores.
    Também sou da opinião de que se trata de uma instituição muito pouco ou nada respeitável, que em muitos casos se limita a traduzir para português estudos comparativos que não fizeram realmente (realizados por organizações congéneres de outros países) e quando os fazem (recordo-me, por exemplo de um sobre canetas de tinta permanente) são muitas vezes hilariantes.
    Desconfio que aquela tropa devia ser investigada …

    A.R (em 9):

    Não me pede conselho, mas aqui vai mesmo assim:

    1. Se quer passar um bom bocado, pegue no telefone e ligue para a PT.
    Ponha em alta voz para que toda a gente em casa possa divertir-se.
    Diga à senhora de “prateleira” desconhecida que já não quer mais telefone fixo e portanto, “venho dar baixa da coisa.”
    Oiça a resposta tipo: Oh, mas então porquê? Já não gosta de nós?
    Diga-lhe que é isso. Ou então que não é bem isso mas…
    Oiça as propostas mais extraordinárias que pode imaginar. Parta sempre do princípio que a mocinha está industriada para o enrolar e a coisa torna-se mais patusca do que uma viagem a Marrocos.
    Se não acredita, vale a pena experimentar.
    Nós aqui em casa fizemos isso duas vezes seguidas. Foram dois serões bem catitas, com os catraios a porem a mão na boca para que a mocinha não percebesse a galhofa que por aqui ia.

    2.Ponha termo ao contrato de prestação de serviço de telecomunicações com a PT.
    Tem de ser presencialmente (eu tenho a impressão que os gajos obrigam um gajo a ir lá). O que lhes dá imenso jeito porque a nós nunca nos dá jeito.
    Veja o que diz a rescisão do contracto no que respeita a prazos. Conceda-lhes o prazo contratado para rescisões e anule a autorização de débito automático se a tiver. Os gajos continuam a petiscar na sua conta se o não fizer.

    Quem o avisa seu amigo é.

    Resumindo: o que é absolutamente essencial ao seu bem-estar e ao da sua família é que os mande à m**da!

    Gostar

  15. icsouza permalink
    23 Maio, 2008 19:46

    Telefonemas Impróprios
    Temos também na Índia problema de telefonemas à hora imprópria e indesejáveis. São uns números que já sabemos. Toca, anuncia que se quisermos o material no telemóvel teremos de pagar quinze rupias, só para ouvir custa cinco rupias. É importuno o telefonema. Não sei como é que se pode evitar, só desligando o telemóvel ou também enviando a queixa a qualquer agência? Há também mensagens constantes que recebemos, mas temos de eliminar porque são indesejáveis. São problemas que nascem com a informática moderna e o progresso tecnológico ligado à globalização.

    Gostar

  16. 23 Maio, 2008 23:51

    Há 4 anos que reclamo à Deco por esse facto (ver aqui), mas nada mudou…

    Gostar

Trackbacks

  1. O marketing agressivo da DECO « O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: