Saltar para o conteúdo

Não basta nada!

15 Março, 2011

Pergunta Álvaro Santos Pereira«se nós hoje temos a dívida pública mais elevada dos últimos 160 anos e a dívida externa mais alta dos últimos 120 anos, o que é que nos teria acontecido se não tivessemos tido a sorte de ter um governo tão competente à frente dos destinos do país?» – Eu que como anunciei só vejo agora o mundo por aquilo que foi anunciado até digo mais: devemos estar muito agradecidos a um Governo tão competente  por ter conduzido o país para esta modernidade. Onde estaríamos nós sem este Governo que tem uma equipa tão boa mas tão boa que até impressiona? Não se esqueçam que nós não podemos ter outro governo pq os outros partido, sobretudo o PSD não tem equipa. Ora tendo nós esta equipa tão capacitada à frente do país não devemos embarcar em aventuras. Só por anti-patriotismo se faria uma coisa dessas. Nenhum país pode abdicar duma plêiade de estadistas como José Sócrates, Santos Silva, Silva Pereira, Teixeira dos Santos,  Helena André, António mendonça, Alberto Martins, Rui Pereira, Mariano Gago… Já viram o que seria? Mais uma vez faço minhas as palavras de Santos Pereira : o que é que nos teria acontecido se não tivessemos tido a sorte de ter um governo tão competente à frente dos destinos do país?

17 comentários leave one →
  1. balde-de-cal permalink
    15 Março, 2011 10:58

    vai tudo de tgv em popa. este apitta para receber a paneleirada modernaça.
    que seria do rectângulo sem o sapatilhas

    Gostar

  2. campos de minas permalink
    15 Março, 2011 11:09

    bem visto!
    imagine que tinhamos este governo
    PM: cavaco silva;

    M Finanças: oliveira e costa(o conselho de ministros reuniria na prisão,por solidariedade com este)

    M. Administração Interna: dias loureiro

    M Comunicações: Ferreira do amaral, secretariado por arlindo carvalho e Daniel Sanches

    and so on…

    Gostar

  3. lucklucky permalink
    15 Março, 2011 11:12

    Parece ser essa precisamente a opinião do PSD.

    Gostar

  4. certo permalink
    15 Março, 2011 11:59

    O Álvaro, confesso, não conheço, mas num ponto estou com ele, é servil o gajo, ele é maluco.

    Gostar

  5. 15 Março, 2011 12:00

    Já devíamos ser o Zimbabwe da Europa…

    Gostar

  6. esseantonio permalink
    15 Março, 2011 12:22

    Para certo: Álvaro Santos Pereira é português e professor na Universidade de Vancoucer no Canadá.
    Lamento que não tenha percebido a ironia dos textos; tanto o da Helena Matos como as citações do texto de Álvaro . Dou-lhe uma sugestão: vá ao blogue “Desmitos” e leia os textos com atenção. Depois peça desculpa dos insultos que lançou ao professor.

    Gostar

  7. Dédé permalink
    15 Março, 2011 12:30

    Guerra de poleiro PS PSD. Em relação às politicas nem pio, ou seja o PSD na melhor das hipóteses faria um pouco pior.

    Gostar

  8. lucklucky permalink
    15 Março, 2011 12:40

    Dédé por “piores políticas” suponho que seja daqueles que gosta de endividar as próximas gerações.

    Gostar

  9. certo permalink
    15 Março, 2011 12:42

    E então a Suécia, a Dinamarca, a mesma Alemanha… o mal dessa gente é não ter o sókras e o teixeira. E tenho que esse terá sido o mal de um país do Oriente, não obstante o afinco e bondade da sua gente. Mas penso igual que meio Terreiro do Paço deitado abaixo curava mais os males de Portugal que o assalto aos reformados e velhinhos. Que mil institutos e mais mil instituições erigidas aos boys deste país e amigalhaços acabava a dar a volta à desgraça. E ora então não me admira que lá longe o Álvaro Pereira não veja boi disto, para assim cantar loas descabidas.
    Abaixo o governo que nos mente a toda a hora, que nos levou à dívida maior de há século e meio mais dez anos, segundo o Álvaro Santos Pereira, e não pára de a aumentar, a bem desses institutos .

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    15 Março, 2011 16:21

    O mais caricato é o paleio de alguns «economistas» – chamo-lhes «economistas» para não lhes chamar fdps, parafraseando o Alberto João – que há tempos andam a fazer propaganda contra Portugal e pela vinda do FMI.
    Gente sem espinha, que se verga ao capital e à agiotagem internacional.
    Vão para a Líbia seus, caiordas!

    Gostar

  11. A. R permalink
    15 Março, 2011 21:19

    Eh, Eh, Eh … este país não seria visto por um circo de Aldeia como é visto de Bruxelas. Passou-se do pontapé da incubadora até “cortarem as pernas ao país”: tanto sangue, tanta dor, tanto drama que dava para escrever uma tragicomédia de filme Indiano rasca.

    Gostar

  12. 15 Março, 2011 21:58

    Fantástico!
    Onde chega a demagogia, a mentira descarada, a podridão de carácter, o negar a realidade da
    MAFIA COM EXPERIÊNCIA NA MAÇONARIA.
    e seus lacaios.

    Gostar

  13. campos de minas permalink
    15 Março, 2011 22:00

    está visto que, os aqui Torquemadas, vão ter de levar com o sócrates, que nem ginjas: o homem está para dar e durar!
    o queque do passos que se cuide!

    Gostar

  14. campos de minas permalink
    15 Março, 2011 22:02

    é que o sujeito é tipo lapa: não desgruda!

    Gostar

  15. jpfg permalink
    15 Março, 2011 23:16

    Eu por acaso acabei de ler um livro do professor Álvaro Pereira de 2009. Até são lá feitos uns elogios ao Sócrates, além de tentar inspirar alguma confiança no futuro… acho que agora também ele se fartou, basicamente, e não me parece um caso de boyismo, que a milhares de quilómetros de distância não faz sentido…

    Gostar

  16. J. Madeira permalink
    15 Março, 2011 23:34

    Pode estar segura, felizmente para o País, mesmo que provoquem a críse, levarão com
    José Sócrates, hoje garantiu que não desiste de salvar Portugal!
    Até será bom haver eleições, o BE vai desaparecer, o PCP mantem a sua posição (- 1 deputado),
    quanto ao CDS está a caminhar para voltar aos tempos do táxi! A grande chatice é se o
    Sócrates obtem a maioria absoluta !?! Vai ser aberta uma linha de exportação de profes,
    juízes, procuradores e todos os incomodados e insatisfeitos!!!

    Gostar

  17. 16 Março, 2011 09:14

    Simples, o buraco não era tão fundo. Este governo é especialista em cavar…Cava em torno do TGV, em vez de manter linhas de comboio internas, que realmente fazem falta a populações isoladas, cava em torno de um aeroporto que dadas as circunstâncias actuais terá mais uns 10 anos de folgado que tinha antes da crise, cava atrás de um deficit que só se parar de cavar conseguirá estancar mas sobretudo cava-nos com impostos. Hei-ta governo para fazer buracos.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: