Saltar para o conteúdo

Pelas almas não saiam daí

24 Maio, 2011
Anúncios
26 comentários leave one →
  1. 24 Maio, 2011 11:31

    Sócrates engana-se até nos objectivos que anota como os mais importantes do seu programa…
    http://notaslivres.blogspot.com/2011/05/socrates-falha-escolaridade-obrigatoria.html

    Gostar

  2. Cardoso permalink
    24 Maio, 2011 11:43

    Pois, eu sei bem o que é que lhes fazia…

    Gostar

  3. J.J Pereira permalink
    24 Maio, 2011 12:15

    Mas a CML não tem um serviço de recolha de lixo ( tanto inerte como falante…) ?

    Gostar

  4. Morcao permalink
    24 Maio, 2011 12:51

    nacionalizem e tragam-me a massa e a comida. Podem ficar com a corda, pode ser útil para se enforcarem.

    Gostar

  5. 24 Maio, 2011 14:20

    2 notas:

    – o tipo do megafone e’ velho para cara¢as;
    – nestes sitios apesar o abandalhamento geral has sempre umas miudas que depois de lavadas sao bastante apresentaveis.

    grouchomarx

    Gostar

  6. 24 Maio, 2011 14:21

    2 notas:

    – o tipo do megafone e’ velho para cara¢as;
    – nestes sitios apesar do abandalhamento geral ha sempre umas miudas que depois de lavadas sao bastante apresentaveis.

    grouchomarx

    Gostar

  7. 24 Maio, 2011 14:28

    nota final, em tom de servico publico…

    a rapariga que falou no final estava bastante arrepiada, em especial a partir do minuto 6’03”, apesar do calor que se fazia sentir em Lisboa.

    grouchomarx

    Gostar

  8. Carlos Dias permalink
    24 Maio, 2011 15:08

    Não aparece a minha intervenção em que peço que tragam MAIS cerveja, sandes, guarda-sóis, protector solar e preservativos.
    O MAIS é extremamente importante pois já estamos fartos que só apareçam rissóis, croquetes e outras pelintrices comestíveis.
    Quanto aos preservativos eles são sempre necessários (se duvidam perguntem à Abraço).
    Fui muito aplaudido.

    Gostar

  9. 24 Maio, 2011 15:35

    Se houver um problema com um esgoto na Rua Saraiva de Carvalho (é um exemplo) aparece logo uma Comissao de Moradores da Rua Saraiva de Carvalho que ninguém sabe quem elegeu e que começa logo a ser ouvida pela “comunicação social”.
    É como esta bela rapariga, devia ser vitalícia em todas as ruas saraivas de carvalho.

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    24 Maio, 2011 16:14

    Aquele moço há dias viu-o numa acção de campanha com o Relvas.
    Bom disfarce…aqueles óculos…

    Gostar

  11. Tiradentes permalink
    24 Maio, 2011 16:56

    Pois tenho a impressão (ou quase a certeza) que ele é filho ou mesmo um dos indianos siks que compareceram em Èvora a troco de umas sandocas.
    Dos Olivais não era?.
    Olhem para a barba e vejam se ele não a aparou.

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    24 Maio, 2011 17:22

    Ele deve ser filho bastardo dalgum gajo da Coelha…

    Gostar

  13. jojoratazana permalink
    24 Maio, 2011 18:03

    Estás incomodada?
    Macacona.

    Gostar

  14. Fredo permalink
    24 Maio, 2011 19:11

    Na fotografia não vejo o emplastro.

    Gostar

  15. Arlindo da Costa permalink
    24 Maio, 2011 19:54

    Se repararem bem há ali um tipo da JSD.
    Bem disfarçado, por sinal.
    Puxem pela vossa cabecinha e descobrirão!….

    Gostar

  16. cipriano permalink
    24 Maio, 2011 20:52

    Será legal usar o espaço publico para dormir e colocar lixo??? pediram licença para a protesta ???

    Gostar

  17. licas permalink
    24 Maio, 2011 21:32

    Inventiva da rquipa Socretina:
    não há nada como ENSANDESCER . . .

    Gostar

  18. licas permalink
    24 Maio, 2011 21:39

    É a lei da oferta e da procura
    Quanto mais esfomeado estivermos como Povo, melhor se tolerarão
    sandes grátis com menos quantidade de proteina animal . . . E MAIS BARATO
    FICARÃO AO PARTIDO . . .

    Gostar

  19. Fredo permalink
    24 Maio, 2011 21:56

    Correcção ao meu comentários das 19:11: Afinal vejo o emplastro, não vejo senão emplastros.
    Há pouco só quis dizer que não via o emplastro original, apenas sucedâneos. O original vi-o noutras imagens.

    Gostar

  20. 24 Maio, 2011 23:06

    A parte final é um apelo ao saque e ao roubo. Por mera distracção esqueceram-se de atribuir a culpa da crise ao complô entre o pérfido capitalismo agiota, a judiaria internacional e o maquiavélico sionismo.

    Gostar

  21. Caceteiro permalink
    25 Maio, 2011 11:15

    Deus nos livre de isto ser poder, em qualquer lugar do mundo. Se é este teatro rançoso o aprofundamento da democracia, que não se aprofunde mais, senão chegamos à fossa da coisa. É, no entanto, coisa sempre edificante ouvir uma beta de esquerda, em tom indignado, proferir a expressão “…mamar à conta do Estado.”

    Gostar

  22. S Correia permalink
    25 Maio, 2011 11:16

    O tipo do megafone está a pedir cordas? O melhor é não as levar, penso eu, se não os tipos ainda se penduram todos nos postes da Av. da Liberdade e depois é uma chatice para os tirar de lá.

    Gostar

  23. Tiradentes permalink
    25 Maio, 2011 11:39

    O Arlindo também estava lá. Controlando de chicote escondido na cabeça. Ainda pensou em dar uns apertos no cachaço mas como era gente teve medo de levar troco e remeteu-se a descobrir coelhinhos no meio da multidão anacleta.
    Ora puxem pela cabeça e digam lá quem é o Arlindo. Está um pouco “moreno” mas é ele.

    Gostar

  24. 25 Maio, 2011 11:43

    não, o moreno é o monhé de 1957 e estas imagens têm quase 40 anos!

    Gostar

Trackbacks

  1. A Comuna da Puerta del Sol – e a do Rossio « BLASFÉMIAS
  2. Depende de ti | Aventar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: