Saltar para o conteúdo

Sobre a manifestação semanal do PCP

12 Julho, 2013

Ontem um grupo organizado do PCP, controlado por Ana Avoila e Mário Nogueira, interrompeu ilegalmente a sessão do Parlamento. Este grupo organizado do PCP foi descrito em alguns órgão de comunicação como “cidadãos”, “povo” e “pessoas”. A opinião pública ficou muito indignada com o que disse a presidente do Parlamento e com a possibilidade de passar a haver um controlo mais apertado nas entradas do público.

51 comentários leave one →
  1. Aqui ao Sul! permalink
    12 Julho, 2013 08:31

    Você consegue provar isso ou acha que foi o PC que organizou? É que eu também acho muita coisa sobre o seu governo e os grupos organizados que estão dentro dele. E nenhum deles corresponde aos interesses das pessoas.

    Gostar

    • jose permalink
      12 Julho, 2013 10:49

      Mas qual é a dúvida que são do PCP ou da esquerda caviar? O que eles foram ali fazer, foi tentar perpetuar as suas mordomias de Funcionários Públicos e Sindicalistas, à custa do desemprego e/ou dos impostos, que cobram àqueles que trabalham no duro no setor Privado da Economia, afinal o que vai mantendo esses Palhaços. E não se trata de ser este, ou qualquer outro Governo, o Ministro A ou o Ministro B. Se tiver alguma honestidade intelectual, apele à sua memória e, diga se nos últimos 38 anos desta paródia de Democracia, já ouviu alguma daquelas sinistras personagens, a apoiar algum Governo? Pois, repetidamente há 38 anos, pedem a queda dos Governos e a dissolução das sucessivas Assembleias da República e Presidentes, a partir do 1ª dia da tomada de posse dos mesmos. Semeiam a Anarquia e o Terrorismo Negocial, para condicionarem os Políticos fraquinhos, que sempre tivemos, para assim ainda agravarem mais o fosso, entre as condições oferecidas aos trabalhadores privilegiados da FP, comparativamente às que podem obter os verdadeiros trabalhadores no setor privado. O que se está a passar é uma guerra civil declarada dos parasitas do setor público, contra os direitos de igualdade de tratamento, dos trabalhadores do setor privado, porque se julgam sempre um caso à parte, que merecem um tratamento excecional. QUANDO O VERDADEIRO POVO ACORDAR; ACABA-SE-LHES A MAMA !.

      Gostar

      • 12 Julho, 2013 12:58

        Não é verdade. Apoiaram o governo do camarada Vasco Gonçalves, que para minha supresa vi na Manuel Tavares Lda ali na Rua da Betesga ser o autor do célebre “Licor de Merda”.

        Gostar

      • jose permalink
        12 Julho, 2013 13:05

        Meu caro “fado alexandrino”, na minha contagem de tempo desta paródia de Democracia, usei como referência o 25 de Novembro de 1975, não contabilizei os períodos imediatamente anteriores de dita Ditadura ou proto Ditadura….

        Gostar

      • tic0 permalink
        14 Julho, 2013 15:01

        São os «parasitas do público» que devem 11 mil milhões ao fisco. Também quero igualdade para poder declarar o que bem me apetece e meter ao bolso o resto. Palhaço.

        Gostar

      • jose permalink
        14 Julho, 2013 20:06

        E quem lhe disse que eu aprovo ou pratico qualquer fuga ao Fisco?. Eu até sou dos que peço faturas, o que não deve ser o seu caso.
        Parasitas, existem em todos os setores, sejam do público ou privado. No entanto, existe tendencionalmente um parasitismo institucional no setor Público e um Parasitismo criminoso no setor privado.
        E, quanto a isso, que se cumpra a lei. Por mim, até já tinham sido aprovadas as Leis: de Criminalização da Fuga ao Fisco, do Enriquecimento Ilícito – esta vetada pelo PS…) e, da incompatibilidade de recrutamentos na Administração do Estado, que prenunciem Nepotismo.
        Quanto a Palhaços, não se atrase e vá para o Circo, onde o seu espetáculo estará para começar.

        Gostar

    • Carlos Miranda permalink
      12 Julho, 2013 12:05

      Continuem a esticar a corda e não tenham cuidado. O povo ainda não saiu para a rua, mas se sai e se enche o copo pode ser que ainda haja alguns Mários Nogueiras e Anas Avoilas que acabem por ir ao pontapé à frente do povo.

      Gostar

    • Duarte de Aviz permalink
      12 Julho, 2013 22:16

      E aquela pergunta de quanto é que custa ao orçamento do estado os gastos com sindicalistas destacados para a central do mal (CGTP) e para o reino da branca de neve (UGT)? Quando é sai o número?

      Gostar

  2. PiErre permalink
    12 Julho, 2013 08:50

    Ana Avoila, Mário Nogueira e Assunção Esteves estão todos bem uns para os outros. E, já agora, o João Miranda também se pode juntar ao grupelho para formar parelha.

    Gostar

  3. 12 Julho, 2013 09:27

    Carrascos?!
    A imberbe reformada, Assunção Esteves, já mandou preparar as guilhotinas?!

    Gostar

  4. 12 Julho, 2013 09:27

    Carrascos?!
    A imberbe reformada, Assunção Esteves, já mandou preparar as guilhotinas?!

    Gostar

  5. Grunho permalink
    12 Julho, 2013 09:47

    Achei interessante ver a Assunção Esteves com um ataque de histeria.

    Gostar

  6. YHWH permalink
    12 Julho, 2013 09:50

    Obviamente que a presidente da AR perdeu o pé ante a situação, talvez por não ter tomado o calmante do dia.

    E depois lá vem a típica receita-diarreia desta élite de 3ª categoria: a citação que tenta enquadrar o Rossio na Petesga…

    Gostar

    • 12 Julho, 2013 10:03

      Entre tantos deputados caros e pantomineiros, foi a Presidente o mais insolente!

      Gostar

      • YHWH permalink
        12 Julho, 2013 11:31

        Esteve infeliz.

        Mas o mais infeliz foi tentar, a posteriori, foi tentar travestir tal infelicidade.

        Tem futuro político com tal arte e manha demonstrada no triste remendo exibido…

        Gostar

  7. 12 Julho, 2013 09:52

    Well, eu não sou do PCP ou qualquer outro Partido, mas sempre julguei que as pessoas dos Partidos, também eram isso mesmo pessoas, ou cidadãos e obviamente povo.
    Não estou a perceber a discriminação joanina.
    Quanto ao que disse a Presidente do Parlamento, foi manifestamente infeliz.
    Já é a terceira vez que Assunção utiliza publicamente aquela frase de Simone Beauvoir : Não podemos deixar que os nossos carrascos nos criem maus costumes.
    Deve ser uma das suas frases muletas. Há quem cite Pessoa ou Camões e até provérbios populares. Ela cita a mulher de Sartre. Chiquérrimo.
    O exagero deslocado da citação está em comparar os manifestante, sejam do PCP ou do SLB, a carrascos!?
    Toda a gente sabe que “carrasco” é um executor da pena de morte e foi nessa definição que Beauvoir a utilizou referindo-se aos nazis que ocupavam o seu país e não um grupelho numa galeria aos gritos de protesto. É desproporcionado e indigno de quem preside ao Parlamento. Diria mesmo desprestigiante.
    Pode meter a viola no saco e ir cantar o fado com letra de Beauvoir para a Place du Tertre.

    Gostar

    • jose permalink
      12 Julho, 2013 10:40

      Qual a diferença em aplicar a dita citação a “Nazis de uniforme Negro ou de vermelho”, quando os métodos de atuação no silenciamento e apoucamento dos que pensam diferente deles, são precisamente os mesmos?
      Só foi pena que a Sr.ª Presidente da AR não o tivesse assumido. Nem que as forças policiais não tenham sido mais firmes, com os mesmos “arruaceiros profissionais” de sempre, que estrebucham por manter o jugo das suas benesses , sobre os que labutam no dia a dia no setor privado, ou sofrem a privação de oportunidades de trabalho, em nome e por causa, dos excessos de garantismos e acomodação, da classe minoritária mas parasitariamente dominante: Sim, a Administração Pública !

      Gostar

      • Antonio Lopes permalink
        12 Julho, 2013 10:50

        O meu apoio total ao seu post!

        Gostar

      • piscoiso permalink
        12 Julho, 2013 11:33

        jose – Os métodos de actuação que vi na galeria da AR foram apenas verbais e arremesso de papéis. Se quer comparar isto com os métodos de tortura física e matanças maciças utilizados pelos nazis, é capaz de ser desproporcionado.
        O que mais me preocupa é uma tal desproporção ter sido feita por uma juíza.
        Felizmente está reformada.

        Gostar

      • coiso permalink
        12 Julho, 2013 12:21

        Caro “piscoiso” …reformada e bem reformada, essa senhora devia ter vergonha na cara, mas ao invés, os tugas vêm para aqui ciriticar quem relamente trabalha e manifesta o seu descontentamento por esta corja política que não larga o tacho nem por nada.

        Gostar

      • jose permalink
        16 Julho, 2013 10:48

        Não também este meu comentário?:

        Atenha-se ao que está aqui em questão, que é o respeito que é devido à Instituição Assembleia da República, mesmo, que muitos dos que por lá andam, não se deem ao respeito.
        Porque, se é para falar de reformados do Tribunal Constitucional – o tal que toda a esquerda aplaudiu, quando alegou falta de equidade de leis mais do que óbvias, ignorando olimpicamente, que eles próprios personificam a Iniquidade, com escandalosas regalias e mordomias, acima do comum dos mortais, já que se consideram Deuses na Terra ?!?! – podemos e devemos também falar, das condições de exceção no acesso facilitado à reforma, com menos anos de trabalho e menores contribuições, para proporcionalmente maiores valores de pensão, de que beneficiam os trabalhadores da função pública e a classe política. E, nisso estou contra, devendo todas as regras serem equiparadas àquelas por que coercivamente se regem todos aqueles, que trabalhando no setor privado, descontam para a Segurança Social.
        Ou será, que os que lá estavam a fazer arruaça na AR, mais não querem, do que perpetuar os seus direitos especiais de Funcionários Públicos, e “por cause”, também as dos doutos Magistrados dos diversos Tribunais, obviamente os do Constitucional incluídos???,
        Não entre em contradição……

        Gostar

      • deluci permalink
        12 Julho, 2013 14:37

        E porém os que pensam diferentemente desse pequeno círculo de protestantes, contra a corja do poder na AR, em maioria, que dita as leis e saca os mais pobres, por o dar, com os parceiros de poder centrão, há muito, aos mais ricos, mais poderosos, é que são abusadores e os executores carrascos. Você, Joseph, da cor que lá queira, não passa do demagogo, intriguista, manhoso, do tremendo cúmplice de taiss carrascos .

        Gostar

      • jose permalink
        12 Julho, 2013 22:14

        Pelas suas intervenções, só se pode estar a ver ao espelho quando vocifera, que os outros – nos quais me incluo – que não os da pequena minoria, ” não passa do demagogo, intriguista, manhoso, do tremendo cúmplice de tais carrascos”. Pois eu não diria melhor de si mesmo!

        Gostar

    • zezito permalink
      12 Julho, 2013 11:31

      Quem conhecer um pouco da história do que foram os primeiros anos da década de 30, no seculo XX, sabe que era frequente as sessões de Reichstag da chamada República de Weimar, serem interrompidas por hordas selvagens do partido Nazi, então em ascenso, até chegarem ao poder em 1933.

      Gostar

    • jose permalink
      12 Julho, 2013 13:00

      Para resposta do seu comentário ao meu post, leia o comentário abaixo do zezito às 11:31.
      Os métodos são precisamente os mesmos ! E a continuarem assim, acabarão nas mesmas torturas físicas e matanças maciças. Oxalá o verdadeiro Povo acorde e, perceba que está a ser manipulado, pelos demagogos do costume, com a ajuda da caixa de ressonância, dos Media,

      Gostar

    • licas permalink
      12 Julho, 2013 15:54

      BOA PIADA, Piscoiso, BOA PIADA . . .
      Piscoiso HIPERLIGAÇÃO PERMANENTE
      12 Julho, 2013 09:52
      Well, eu não sou do PCP ou qualquer outro Partido …

      Gostar

    • licas permalink
      12 Julho, 2013 23:49

      Nesta de citações . . .
      Portugal jamais terá uma Assembleia Burguesa ______Álvaro Cunhal

      Gostar

  8. Juromenha permalink
    12 Julho, 2013 10:14

    Uma casa de espectáculo cada vez de mais baixo nível, na verdade.
    Tanto por parte dos ” artistas ” como dos assistentes, diga-se em abono da verdade…

    Gostar

  9. Fincapé permalink
    12 Julho, 2013 10:23

    Independentemente de se concordar ou não com a atitude das pessoas nas galerias, a presidente do parlamento esteve(s) muito mal. A quase apoplexia ficou-lhe mal e as palavra ainda pior.
    Mas tenho uma sugestão a fazer à senhora presidente: aqui vai um parlamento mais adequado às suas pretensões de firmeza. Basta-lhe fazer o que o seus mentor PPC tem dito aos jovens portugueses – emigrar:
    http://pt.euronews.com/nocomment/2013/06/26/agressoes-no-parlamento-de-taiwan-/

    Gostar

  10. 12 Julho, 2013 10:41

    João, a indignação não foi da opinião pública mas da publicada…

    Gostar

    • jose permalink
      12 Julho, 2013 10:46

      Touché ! Mas digo mais: Indignação encomendada, Interessada, manipulada e por isso PUBLICADA !

      Gostar

      • Antonio Lopes permalink
        12 Julho, 2013 10:55

        O que mais me espanta e até certo ponto me causa apreensão é como os meios de c.social,designadamente a Tv do Estado que eu,infelizmente,tenho de sustentar,continuam a dar tempo de propaganda a arruaceiros manobrados pelos nogueiras,avoilos,BE e PCP!E até dá para perguntar:afinal esta gente não faz qualquer coisa na vida,que justifique o que ganha?E a PSP,o que estava lá a fazer?

        Gostar

      • 12 Julho, 2013 11:19

        Os ditos arruaceiro são os donos (deviam) da AR!
        Os deputados e governo são efémeros ocupantes!

        Gostar

      • jose permalink
        12 Julho, 2013 12:48

        Então para si, “aqueles” 45 maduros/arruaceiros que enchiam a galeria, representam os “Donos” da Assembleia. Estamos então conversados, quanto ao seu entendimento do que é a Democracia. Por isso estamos como estamos.

        Gostar

      • deluci permalink
        12 Julho, 2013 14:29

        E tu não és manipulado, ó José, na tua saga de sujeito empanturrado ?!

        Gostar

      • jose permalink
        12 Julho, 2013 21:43

        Oh deluci, empanturrado, só se for da estupidez alheia. Não, não sou manipulável em questões de caráter e de princípios éticos. Mas também é verdade, que não me importo nada , que parceiras selecionadas do sexo oposto, me manipulem fisicamente.

        Gostar

  11. Castrol permalink
    12 Julho, 2013 11:01

    É simples!

    Ou se comportam, ou proibem o acesso ás galerias!

    Quem quiser assistir, que ligue o Canal Parlamento.

    Regras são regras! Num estado de direito e democrático, as regras e as Leis são para cumprir. Caso contrário temos o caos e o País entregue a meia dúzia de radicais.

    Gostar

  12. zezito permalink
    12 Julho, 2013 11:27

    O nº 4 do artigo 84º da Lei nº 169/99 reza concretamente:
    ” A nenhum cidadão é permitido, sob qualquer pretexto, intrometer-se nas discussões e aplaudir ou reprovar as opiniões emitidas, as votações feitas e as deliberações tomadas, sob pena de sujeição à aplicação de coima de 20 000 escudos até 100 000 escudos pelo juiz da comarca, sob participação do presidente do respectivo órgão e sem prejuízo da faculdade ao mesmo atribuída de, em caso de quebra da disciplina ou da ordem, mandar sair do local da reunião o prevaricador, sob pena de desobediência nos termos da lei penal”

    Se há esta norma aplicável a uma uma sessão de uma qualquer Assembleia Municipal, deve seguramente haver uma norma semelhante aplicável às sessões da Assembleia da República, um órgão de soberania do Estado democrático.
    A sua Presidente não terá mais que fazer aplicar uma tal norma. Sem mais tergiversações, sem mais complexos ou sem mais covardias. As pessoas que vão assistir às sessões do Parlamento podem ser perfeitamente identificadas, quer pela imagens televisivas, quer pelos registos das sua entradas.

    Gostar

    • PiErre permalink
      12 Julho, 2013 14:33

      Ó zezito, “trabalhaste” na PIDE?

      Gostar

      • licas permalink
        12 Julho, 2013 16:09

        Óh PiErre que tal se está na KGB???

        Gostar

      • Zezito permalink
        12 Julho, 2013 19:23

        Ó PiErre…tu só não trabalhaste na PIDE porque andavas de cueiros quando ela exstia, Só sabes da PIDE por umas coisinhas que deves ter lido num qualquer almanaque de bolso. Mas se as coisas evoluirem de tal forma que volte a haver uma PIDE, uma KGB ou uma STASSI, estou certo que irás lá procurar trabalho.
        As camaras de televisão servem, em todos os países democráticos, para identificar energúmenos ou criminosos. Por exemplo, já têm servido para identificar assaltantes a bombas de gasolina.

        Gostar

    • 12 Julho, 2013 15:35

      As revoluções foram sempre ilegais. Sem elas, as sociedades estariam podres, a caminho da extinção.
      Pela ocorrência da contestação na AR, o que não discuto, estamos a tentar compreender a política. Caso contrário: “moita-carrasco”.
      Será precisa uma nova pide, prezado Zezito?!

      Gostar

  13. Geomartir permalink
    12 Julho, 2013 11:36

    Dizem as má línguas, que o Mário Nogueira foi lá para ãprender como a democracia funciona e se se volta a lembrar como se dão aulas passados 22 anos de “luta” comunista, perdão democrática.

    Gostar

  14. deluci permalink
    12 Julho, 2013 14:26

    Eh, foi, tal qual, uma nazi prepotente, dizem, clamou fora, que se retirassem quanto ali clamavam por justiça, que se demitisse a corja do poder que nos desgraça, enquanto não cessa de nomear mais boys a 3000 e cinco mil euros ao mês no cargo especialistas, a esmo, como quem manda no pote, não encurta um cêntimo aos vencimentos e benesses que distribui, mas não cansa e não esmorece de mais e mais cortar em quem é que o paga todo, do roubo e dívida dos governos e comparsas, máfias. Ao que uma de presidenta, por defender a seita, os disse carrascos, ai,histérica e prepotente nazi, saiam, saiam, quem manda aqui sou eu, eu e o passos, lá vejam só, qual carrasca .

    Gostar

  15. PiErre permalink
    12 Julho, 2013 14:29

    Respeitem a velhinha, coitadinha, que ela já está REFORMADA e portanto deve viver com dificuldades, obviamente.

    Gostar

    • jose permalink
      12 Julho, 2013 22:05

      Atenha-se ao que está aqui em questão, que é o respeito que é devido à Instituição Assembleia da República, mesmo, que muitos dos que por lá andam, não se deem ao respeito.
      Porque, se é para falar de reformados do Tribunal Constitucional – o tal que toda a esquerda aplaudiu, quando alegou falta de equidade de leis mais do que óbvias, ignorando olimpicamente, que eles próprios personificam a Iniquidade, com escandalosas regalias e mordomias, acima do comum dos mortais, já que se consideram Deuses na Terra ?!?! – podemos e devemos também falar, das condições de exceção no acesso facilitado à reforma, com menos anos de trabalho e menores contribuições, para proporcionalmente maiores valores de pensão, de que beneficiam os trabalhadores da função pública e a classe política. E, nisso estou contra, devendo todas as regras serem equiparadas àquelas por que coercivamente se regem todos aqueles, que trabalhando no setor privado, descontam para a Segurança Social.
      Ou será, que os que lá estavam a fazer arruaça na AR, mais não querem, do que perpetuar os seus direitos especiais de Funcionários Públicos, e “por cause”, também as dos doutos Magistrados dos diversos Tribunais, obviamente os do Constitucional incluídos???,
      Não entre em contradição……

      Gostar

  16. licas permalink
    12 Julho, 2013 16:37

    O valor profissional foi sempre alvo dos incapazes, ____
    ____principalmente na Tugolândia . . .
    (há séculos . . . ).

    Gostar

  17. A. R permalink
    12 Julho, 2013 23:44

    O regresso dos rapazes de Lenine

    Gostar

  18. licas permalink
    12 Julho, 2013 23:54

    . . . ou a eficiência de um Movimento mede-se em Decibéis . . .

    Gostar

Trackbacks

  1. Untermenschen? | O Insurgente

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: