Saltar para o conteúdo

É importante que as crianças aprendam as “novas” tecnologias

26 Agosto, 2014

Sabemos que a educação é um mero pormenor eleitoral quando, e além da jactância dos avelhados que se auto-promovem à gineta, produzimos produtos destes, cujos requisitos são Microsoft Windows Vista ou superior e leitor de CD-Rom e apresentam na capa um iPad e o texto “consulta e explora o manual que levas para a escola no teu computador ou tablet”.

manuelparreira_2014-Aug-26

A Leya Educação deve vender tablets com leitor de CD-Rom. Pergunta: já contempla cópia privada?

Anúncios
13 comentários leave one →
  1. Anónimo permalink
    26 Agosto, 2014 15:13

    Por razões que serão óbvias daqui a nada, irei, por uma vez, comentar de forma anónima.

    Apesar de estar tudo menos claro nesse texto, a Leya tem três (ou quatro, vá) versões dos seus leitores de livros (e caderno, e conteúdos multimedia): uma versão web, uma versão desktop (lá está, Windows Vista, leitor CD) e uma app (duas: uma para Android, outra para iOS).

    Esta informação é seguríssima. Como em criador-seguríssima.

    Gostar

  2. 26 Agosto, 2014 15:44

    Coloco-me no lugar da Leya.
    Querem obter lucro (são privados) usam e abusam de todas as maneiras possíveis.
    Fazem bem.
    Coloco-me no lugar do Estado.
    Devia produzir leis para proteger os seus cidadãos.
    Nas as faz.
    É natural é Portugal.
    O Governo podia também fazer qualquer coisa para impedir este desbulho.
    Não faz.
    É natural, é um Governo socialista disfarçado.
    O pobre consumidor-mexilhão, aguenta, claro que aguenta.

    Gostar

  3. joao lopes permalink
    26 Agosto, 2014 16:24

    acho que o governo fez muito bem:já chega de piratear pessimos filmes e pessima musica pimba.pagem mas é o bilhete e vão vêr bom cinema:scorsese e o seu lobo de wall street é um bom exemplo

    Gostar

    • ameliapoulain permalink
      26 Agosto, 2014 17:22

      Ui…. já começou a gostar deste governo?

      Gostar

      • joao lopes permalink
        26 Agosto, 2014 18:08

        eu gosto deste governo,quer o PM se chame passos coelho ou antonio costa.mudam as caras,ficam as mesmas politicas de M….da

        Gostar

  4. Nightwish permalink
    26 Agosto, 2014 17:26

    É o mercado… mas há gente que não quer perceber no que dá.
    Quanto aos tablets, lá está, é o mercado outra vez, só nas lojas das plataformas é que se pode comprar aplicações para os donos das plataformas lá irem buscar os seus 30%.

    Gostar

    • 26 Agosto, 2014 17:51

      Engraçado: só na escola pública se podem ir buscar os cheques-ensino para os donos da plataforma irem lá buscar os seus alunos.

      Gostar

  5. Carlos Dias permalink
    26 Agosto, 2014 22:27

    Os tablets são o futuro deste país,
    (não me consigo lembrar de mais nenhum futuro)

    Gostar

  6. Carlos Dias permalink
    26 Agosto, 2014 22:29

    Por falar nisso, o nosso comentador com capacete de trolha já teve alta?

    Gostar

  7. JCA permalink
    26 Agosto, 2014 23:40

    .
    Já lá vão 6 anos perdidos. A Inovação, o NOVO, ainda continuam enredados algures que reconfirma-se a cada minuto que passa levam a nenhures de cada vez é mais empobrecimento. Falhou tudo não obstante tantos acreditarem e agirem de boa fé. Nem interessam detalhes. Se seriam coisas da nova germanização ou não. Ou se os americas alguma vez perceberam realmente esta coisa da Óropa.
    .
    Por isso tranquilamente repito:
    .

    .
    .
    “(publicado em 2008).
    .
    As 9 REFORMAS pacificamente revolucionárias’ MAIS 3 ADICIONAIS para instaurar o LIBERALISMO AVANÇADO (ou se preferirem o “Socialismo de rosto humano, ou de veludo”) com sustentação dos DIREITOS CIVILIZACIONAIS IRREVERSÍVEIS DOS PORTUGUESES (universalidade da Educação, Saúde, Pensões, Idade de Reforma razoável e Solidariedade com os Desempregados) para se RESOLVER PORTUGAL:
    .
    É um Programa tão simples do CAPITALISMO para aplicar em pacote duma vez só na acanhada Democracia Portuguesa e atrapalhada elite que surgem desorientadas e inseguras perdidas em divagações academico-catedráticas.
    .
    .
    -APROVAÇÃO PELA AR e EVENTUAL INCLUSÃO POSTERIOR NA CONSTITUIÇÃO (embora não necessária):
    .
    1) RACIO máximo PIB/Carga Fiscal.
    .
    2) RACIO máximo PIB/Despesas do Estado (*)
    .
    (*) Provocadora da Reforma séria da estrutura de Governança, da Burocracia Publica e do Orçamento Geral do Estado. Eventualmente permitir caso a caso a ultrapassagem destes racios mediante aprovação por maiorias de 2/3 ou ¾ de votos na Assembleia da Republica.
    .
    .-BANCA EM PORTUGAL e GARANTIA DOS DINHEIRO DOS DEPOSITANTES:
    .
    3) SEPARAÇÂO ABSOLUTA da Banca Comercial de quaisquer actividades especulativas nomeadamente Sociedades de Investimentos Financeiros ou Hedge Funds, para protecção absoluta das Poupanças e Dinheiro dos Depositantes para regresso da confiança nos Bancos.
    .
    4) TAXA PARA GARANTIAS BANCÁRIAS calculada sobre todos os negócios e receitas da Banca robustecendo financeiramente o Fundo de Garantias Bancárias para devolver a qualquer momento os Depósitos dos Cidadãos, Empresas e Entidades Publicas que confiaram no Banco que ficou inviabilizado, faliu ou fechou.
    .
    .
    -IMPOSTOS E FISCALIDADE:
    .
    5) ABOLIÇÃO de todos os Impostos substituindo-os por um único: INU – Imposto Nacional Único colectado sobre tudo o comprado e facturado dentro de Portugal (**)
    .
    (**) Pagamento dos Ordenados Brutos aos Empregados pelas Entidades Patronais.
    .
    6) AMNISTIA Fiscal para estancar o estado de falência do Tecido Económico Nacional e a insolvência dos Cidadãos, já praticado antes e depois do 25 de Abril.
    .
    .
    -SEGURANÇA SOCIAL:
    .
    7) ABOLIÇÃO dos Descontos mensais de Empregadores e Empregados substituindo-os pelo IUSS – Imposto Único de Segurança Social colectado sobre tudo o comprado e facturado dentro de Portugal (***)
    .
    (***) Pagamento dos Ordenado Brutos a todos os Empregados pelas Entidades Patronais.
    .
    8) Instauração da PENSAO NACIONAL UNICA, igual a 2 ou 3 vezes o SMN-Salario Mínimo Nacional, universal e igual para todos os Reformados Portugueses (****)
    .
    9) Criação do Fundo Nacional de REFORÇO DA PENSÃO NACIONAL UNICA, gerido pelo Estado, para quem queira depositar mensalmente um valor incerto a qualquer momento para assegurar um reforço publico do valor mensal da Pensão Nacional Única atingida a idade de reforma até ao falecimento (****)
    .
    (****) Na transição do velho para o novo Sistema, passariam para o Fundo de Reforço da Pensão Única, os valores já descontados por Empregados e Empregadores correspondentes à diferença entre o valor da Pensão Única e a Pensão em vigor no momento da Inscrição na Segurança Social
    .
    .
    -MEDIDAS ADICIONAIS PARA REFORÇO DA SUSTENTAÇÂO DOS DIREITOS CIVILIZACIONAIS IRREVERSIVEIS DOS PORTUGUESES na Civilização Europeia avançada no Mundo:
    .
    a) BAIXAR A IDADE DE REFORMA PARA cerca de 55 ANOS para desempastelar POSTOS DE TRABALHO PARA OS JOVENS, NOVOS LICENCEADOSe DESEMPREGADOS: admissão obrigatória de jovens ou desempregados até ao limite do ordenado que o reformado auferia.
    .
    b) Libertar os Encarregados de Educação, CHEQUE-EDUCAÇÃO de valor fixo e único como instrumento de racionalização da Despesa Publica para o Estado: cada um endossa-o depois à Escola com vagas que LIVREMENTE escolha para os filhos seja publica, privada ou cooperativa, naturalmente blindando legislativamente para evitar o abuso da privatização da Escola.”
    .
    .
    Não há nada de especial nisto, ou de ideologico. Apenas Libertação perante o Estado e respetivca Desregulamentação. Se queremos ser alguém a sério no Mundo. E já lá vão 6 anos a olhar para o boneco. Tanta “solução”, tanta ‘salvação, tanto ‘catedratismo’ que reviraram Portugal de pernas para o ar. E nada. Tudo na mesma aparentemente. Porque realmente bem pior. Quando querem ir ao essencial e deixarem-se de tretas ? 6 anos de paninhos quentes ainda não chegam ???
    .
    Querem o quê ???
    .

    .

    Gostar

  8. 27 Agosto, 2014 03:12

    as crianças tem de aprender tudo não só tecnologia, se aprenderem linguás agora seria melhor para seu futuro, hoje em dia tudo funciona com tecnologia, mas para saber é bom aprender o básico de inglês

    convido-lhes a visita meu blog http://artofclick.wordpress.com/
    e ver meu conto Uma História da Diocese – Destino http://wp.me/p2E7zU-Rg

    Gostar

  9. JCA permalink
    27 Agosto, 2014 17:02

    .
    .
    Um jornal de Economia titula hoje em primeira pagina: são as diretivas europeias boas?
    .
    Errado ou certo conforme os gostos, longe de servir para ‘abençoadoS’ chapeus de chuva para desculpar oportunismos internos que meteram àgua até dizer chega, estes dizem que não e sobre é preciso refletir tal como sobre “os que vendem o peixe” da concorrência pois é preciso formar opinião ‘tuga’ certa, avançada e segura no meio dos escolhos e das modas academico-inteletualoides baratas para os produtores que dizem de autenticos vãos de escada:
    .
    =Sovereign debt for territory: A new global elite swap strategy
    .
    “OK: happy, secure and working populations cannot be defined as a formula that can be readily integrated into “expert” economists’ spreadsheets. However, there’s a basic truth that should be obvious by now: Finance (which is the virtual world of bankers, investments, speculation and usury) should always be fully subordinated to the Real Economy (which is the world of work, production, buildings, milk & bread and services). “
    .
    “Then you ask them: What happens when countries default on their unpayable sovereign debts – as they invariably and repeatedly do – not just in Argentina, but in Brazil, Spain, Venezuela, France, Costa Rica, Peru, El Salvador, Portugal, Russia, Bolivia, Iceland, Turkey, Greece, Cyprus, Thailand, Nigeria, Mexico, and Indonesia? “

    .
    http://rt.com/op-edge/179772-sovereign-debt-for-territory/
    .
    =Colonization by Bankruptcy: The High-stakes Chess Match for Argentina
    .
    For Argentina, says Salbuchi, the likely prize is its very rich Patagonia region, long a favorite settlement target for ex-pats. When Argentina suffered a massive default in 2001, the global press, including Time and The New York Times, went so far as to propose that Patagonia be ceded from the country as a defaulted debt payment mechanism.
    .
    http://www.globalresearch.ca/colonization-by-bankruptcy-the-high-stakes-chess-match-for-argentina/5397548
    .

    Gostar

Trackbacks

  1. A jactância dos avelhados – Aventar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: