Skip to content

O que tem uma coisa a ver com a outra?

8 Abril, 2016

8 de Abril de2016: Câmara de Lisboa reduz o passivo em 14 milhões de euros

 8 Outubro 2015: A Câmara Municipal de Lisboa vai cobrar no final deste mês a nova taxa de protecção civil aos proprietários de imóveis na capital. A autarquia liderada por Fernando Medina espera arrecadar entre 18 e 19 milhões de euros com este novo tributo,

Advertisements
14 comentários leave one →
  1. 8 Abril, 2016 16:57

    Adoro coincidências…

    Liked by 1 person

  2. Arlindo da Costa permalink
    8 Abril, 2016 17:14

    Optimização de recursos e boa gestão autárquica.
    Felizmente há autarcas que não provocam a falência dos seus municípios.
    Felizmente Lisboa não é Gaia nem Fornos de Algodres!!!!!!!

    Gostar

    • 8 Abril, 2016 17:16

      Nem outras autarquias presididas por “socialistas”…Que endividaram os municípios.

      Gostar

    • JgMenos permalink
      8 Abril, 2016 18:02

      Manter clientelas é muito caro.
      Não havendo rendas vai-se à poupança.O saque é sempre boa gestão para a canalha socialista.
      Por bons motivos usam o nome

      Liked by 2 people

      • 8 Abril, 2016 20:13

        Nalguns casos, manter a pirataria partidária torna-se caríssimo e devastador.

        Gostar

  3. 8 Abril, 2016 17:14

    Nada, nadinha tem a ver a cobrança da taxa com a redução do passivo.
    Os 14 milhões caíram duma árvore das patacas ou dum milagre de Santo António.

    Agora lembrei-me por causa de redução de passivos/dívidas: como estará a redução da dívida do P”S” após a chegada do AC-DC ao Rato e a São Bento ?

    Liked by 2 people

  4. procópio permalink
    8 Abril, 2016 17:33

    A caminho da expropriação da sua residência “au ralenti”.
    Atentos ao manifesto do pcp, um dos apoios do kosta.
    “A moderna propriedade privada burguesa é a expressão última e mais consumada da geração e apropriação dos produtos que repousam em oposições de classes, na exploração de umas pelas outras. Neste sentido, os comunistas podem condensar a sua teoria numa única expressão: supressão [Aufhebung] da propriedade privada.
    Será que o trabalho assalariado, o trabalho do proletário, lhe cria propriedade? De modo nenhum. Cria o capital, i. é, a propriedade que explora o trabalho assalariado, que só pode multiplicar-se na condição de gerar novo trabalho assalariado para de novo o explorar. A propriedade, na sua figura hodierna, move-se na oposição de capital e trabalho assalariado. Consideremos ambos os lados desta oposição.
    O capital não é um poder pessoal, é um poder social. Se, portanto, o capital é transformado em propriedade comunitária, pertencente a todos os membros da sociedade, a propriedade pessoal não se transforma então em propriedade social. Só se transforma o carácter social da propriedade. Perde o seu carácter de classe”.

    A expropriação é pois a primeira medida do poder comunista. O mal tem suas raízes na propriedade privada. É preciso arrancar do povo a idéia de propriedade e submetê-lo completamente ao novo poder, a expropriação de casas, contas bancárias, terra, lojas, empresas privadas é uma consequência lógica. Aos poucos, fica-se com a roupa e móveis. O direito, estando ligado à propriedade privada, desaparece subitamente, restando apenas as decisões ‘jurídicas’ do partido.

    Estas decisões convém serem tomadas em período revolucionário. O medina sabe que por agora não é aconselhável. Avança então para o sistema compressivo, gradual mas igualmente asfixiante. A seu tempo teremos mais provas.

    Curiosamente a nwo comunga dos mesmos princípios.
    1) Abolição de todos os governos nacionais dos países;
    2) Abolição da propriedade PRIVADA;
    3) Abolição do direito de herança;
    4) Abolição do sentimento de patriotismo;
    5) Abolição da família;
    6) Abolição das religiões (e de Deus);
    7) A CRIAÇÃO DE UM GOVERNO MUNDIAL ÚNICO.

    Estamos assim no meio de uma tenaz de que não será fácil sair.

    Liked by 1 person

  5. maria permalink
    8 Abril, 2016 17:36

    Há opinadores cegos para o que lhe convém. A minha conta da água de 2014 para 2015 aumentou 47%. Assim se saca uns milhões. Se fosse em Gaia caía o Céu.

    Liked by 2 people

  6. LTR permalink
    8 Abril, 2016 17:47

    O que tem uma coisa a ver com outra?

    – Costa promete 1400 milhões para a reabilitação urbana
    – Fernando Medina prevê a construção ou reabilitação de cinco mil a sete mil fogos
    – Câmara de Lisboa inicia em junho primeiras obras em praças da cidade

    Obviamente, nada.

    Liked by 1 person

  7. LTR permalink
    8 Abril, 2016 17:54

    Outras coincidências:

    – Foi esta decisão que levou a Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal (ASFIC) da Polícia Judiciária a emitir um violento comunicado contra o governo de António Costa. Dizendo-se “perplexos”, falando numa “subtração” e numa “mutilação”, os sindicalistas da PJ dizem que o objetivo do governo não tem a ver com a luta contra o terrorismo. “São muitos anos a investigar os frequentadores dos corredores e dos gabinetes do poder e a ‘estudar’ as suas idiossincrasias, manhas e habilidades”. Por isso, a ASFIC fala numa “aversão à PJ” que “cresceu na proporção em que cresceram os processos por corrupção e criminalidade económica e financeira e outros bem conhecidos” e que transformou a PJ “num alvo prioritário a abater” porque “a única investigação criminal que estes poderes apreciam é a que podem de alguma forma controlar e sabem bem que a única que podem controlar é a que depende, sem capacidade de crítica e autonomia, de uma rígida e obediente cadeia de comando”.

    – Casos pendentes

    – Caso Eurojust (noticiaram na altura que o papel chegou e andou a “pairar” durante meses)

    Liked by 2 people

  8. Tiradentes permalink
    8 Abril, 2016 18:08

    Nos “mérdia” habituais as nu-ticias são dadas assim como esta.
    Se por acaso a Câmara não fosse socialista até aposto que seria qualquer coisa como:
    “O Brutal aumento de “impostos” (taxas e taxinhas) cobrado aos pobres dos munícipes lisboetas, que como se sabe são velhos e desprotegidos, permitiu à Câmara arrecadar uma receita bruta superior à do ano de 2014 em mais de 15% pelo segundo ano consecutivo batendo o recorde de cobranças”
    Socialistando a cu-municação su-cial fala em “receitas” ( provavelmente de caril de camarão) e de redução da dívida.

    Liked by 1 person

  9. LTR permalink
    8 Abril, 2016 18:46

    “prazo médio de pagamento é de três dias”

    A ver se percebo: a câmara compra, a factura chega fisicamente, e passadas 72 horas está registada, conferida, autorizada e de facto paga, em média. É isso?

    Gostar

  10. Duarte de Aviz permalink
    9 Abril, 2016 02:22

    O pessoal de Lisboa tem o que mereçe. Não nos esqueçamos que aquele bom povo votou no kosta poucachinho para presdiente duas vezes, não foi?

    Liked by 1 person

  11. A. R permalink
    9 Abril, 2016 22:49

    (19-15=4 milhões). Vai parar aos cofres de um depauperado partido

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: