Skip to content

Mais direitos para quem?

9 Abril, 2016

Centenas de amigos dos animais reclamam mais direitos e mais respeito

 

Advertisements
66 comentários leave one →
  1. JgMenos permalink
    9 Abril, 2016 19:46

    Gente estúpida|
    Vivam os touros capados e nos jardins zoológicos seria o slogan correcto.
    Palermas!

    Gostar

  2. Arlindo da Costa permalink
    9 Abril, 2016 20:09

    Mais direitos para os animais, claro!
    Deus quando fez o Mundo foi para todos.
    Não vejo onde está dúvida.

    Gostar

    • 9 Abril, 2016 21:34

      Vá, prontos prontos camarada, vá acabar de comer descansado a costeleta de porco que está arrefecer no prato.

      Gostar

      • Sem Norte permalink
        10 Abril, 2016 00:50

        Camarada mg isso é uma ofensa ao costa pois a religião dele não permite comer recos, aliás a religião do socialismo proíbe todas as carnes caras de animais, no socialismo só podem comer galinha 3 vezes por mês como em cuba. os restos é arroz.

        Gostar

      • 10 Abril, 2016 11:41

        O Costa descende de goeses, maioritariamente católicos.

        Há muita coisa por onde o atacar. O seu nascimento ou extração não são destas.

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      10 Abril, 2016 07:28

      A dúvida está em como um materialista dialéctico invoca Deus. o ópio do povo, na sua materialista religião.
      A dialéctica assim o permite. “Deus é um vilão e Deus é um santo”
      Não há é duvida nenhuma sobre quem pratica este tipo de religião.

      Liked by 1 person

    • licas permalink
      10 Abril, 2016 14:44

      Em proveito próprio . . .
      (és tão bronco que não entendes)

      Gostar

  3. manuel branco permalink
    9 Abril, 2016 20:19

    bater na mulher, nos filhos e nos cães é um direito natural, inalienável.

    Gostar

    • Sem Norte permalink
      10 Abril, 2016 00:52

      O que é que os muçulmanos te fizeram, estás sempre a falar de Maomé.

      Gostar

  4. PiErre permalink
    9 Abril, 2016 21:32

    Os esquerdos exigem cada vez mais direitos mas querem continuar a ser esquerdos.

    Gostar

  5. maria permalink
    9 Abril, 2016 21:40

    Direitos das pessoas primeiro. Com que direito 2 vizinhos do prédio ao lado põem os cães na varanda ladrando tirando a Paz e o sossego que preciso?
    Com que direito borram os passeios e as esquinas dos prédios?
    Uma vergonha gente nova e homens atrás de cães.Patetas.
    Há tantos doentes nos hospitais “pessoas” melhor praticassem o voluntariado.Isso sim!

    Liked by 2 people

    • 9 Abril, 2016 21:50

      É uma loucura e já acompanhei de modo próximo pessoas a ficarem assim malucas sem que toda a vida se tivessem alguma vez preocupado com os animais.

      Gozavam até comigo por ter sido criada com cães e gatos à solta num quintal grande que tínhamos.
      Passa-lhes a idade de terem filhos e começam a compensar coleccionando cãezinhos. Não há mais nenhuma explicação. Porque depois tratam os bichos por filho e filha e aquilo torna-se um tipo de relação patológica.

      Ora eu só me lembro dantes de isto acontecer a velhas sozinhas. Nunca a gente com 20 e poucos anos e está a tornar-se uma praga porque as ruas estão um nojo e o barulho que os bichos fazem, naquela tortura de apartamento em que os deixam fechados, é insuportável.

      Gostar

    • 9 Abril, 2016 21:53

      E os animais ficam obesos que até faz impressão. Fechados em micro apartamentos como se fossem periquitos na gaiola.

      Depois quando os levam a cagar à chuva e de saco de plástico na mão a anedota é total. A bosta derrete, sujam os pés na merda e as escadas dos prédios ficam a feder.

      Gostar

      • oscar maximo permalink
        10 Abril, 2016 00:29

        È fazer uma manisfestação com o slogan: cidade para as pessoas, animais para o campo. Quem quer ter animais que vá para o campo. Se calhar tambem há direitos adquiridos nisto, incluindo as clínicas veterenárias.

        Gostar

    • 9 Abril, 2016 21:57

      Ah e pior. Não sei se já assistiu a outra tara que esta malta agora tem. Levam um caniche pequeno e cruzam-se com um tipo com um rottweiler e vá de aproximarem os bichos pela trela para o pequeno poder ir lá enfiar o nariz no cu do grande ou até noutra parte mais sensível.

      Daí a nada está o grandalhão a atacar, os imbecis enrolam-se nas trelas e já assisti a ter de vir um polícia para separar aquela anormalidade.

      Se alguma pessoa normal for a passar ainda é abalroada pela cena kinky e imbecil desta juventude mal-parida.

      Gostar

      • 9 Abril, 2016 21:59

        E eu acho que os imbecis fazem isto em nome da igualdade. É tudo igual, o pequeno e o grande e ninguém tem o direito de impedir a auto-determinação sexual dos bichos ou a “livre exploração dos afectos”.

        Gostar

  6. 9 Abril, 2016 21:41

    Pessoas não humanas?

    ahahahaha
    Não dá para acreditar como em menos de 10 anos esta tara atacou.

    E é lobby malthusiano. Lobby da ética à Peter Singer que até já defendem infanticídio porque bebé à nascença é menos que cão ou gato.

    Liked by 1 person

    • 9 Abril, 2016 23:48

      e que deveres é que os animais terão para acompanhar os direitos ,Zazie ? cá para mim vão proibir os tubarões de morderem os outros bichos e as moscas de picarem e assim . que é que achas ?

      Liked by 1 person

    • oscar maximo permalink
      10 Abril, 2016 00:17

      Não meta o Malthus ao barulho. Ou pensa que A Origem das Espécies tinha sido escrita se Darwin não lesse Malthus ? . Costuma-se dizer, para acreditar em crescimento infinito só sendo maluco ou economista. Esta teoria já deu provas em muitas zonas de áfrica, e está adormecida enquanto se verificam as migrações. O resultado é que a sobre-população vai revelar-se mais tarde mas de forma mais forte e global.

      Gostar

      • oscar maximo permalink
        10 Abril, 2016 00:31

        Queria dizer, enquanto se verificam as migrações e o rapar do tacho.

        Gostar

  7. 9 Abril, 2016 22:21

    Aborto e eutanásia para as pessoas bípedes.
    Casamento e adopção para as pessoas quadrúpedes!
    E as pessoas verdes? Sim, as árvores, as plantas e as ervas?

    Os manicómios devem estar vazios…

    Gostar

  8. Luis permalink
    9 Abril, 2016 22:58

    Os portugueses urbanos seguem todas as pancas da moda. Só não sabem criar riqueza e ter uma economia decente. Somos muito modernaços no que diz respeito a abortos, feminismos, animais, gays. Mas da pelintrice de endividados sem um cêntimo não passamos.

    Gostar

    • 9 Abril, 2016 23:03

      Luis: “da pelintrice de endividados sem um cêntimo não passamos” porque a panca da moda, e não é só de agora, é viver à custa de subsídios!

      Gostar

    • Sem Norte permalink
      10 Abril, 2016 00:56

      Disseste tudo

      Gostar

  9. procópio permalink
    9 Abril, 2016 23:33

    O tuga nem de si sabe tratar quanto mais dos animais.
    Como diz a zazie, é uma lástima ver como muitos apaixonados pelos animais os tratam.

    Gostar

  10. 9 Abril, 2016 23:49

    Ouve alguém que nos trambolhões da história teve a estúpida ideia de pensar que dar às massas idiotas o direito ao voto era o caminho para uma sociedade desenvolvida…

    Liked by 1 person

  11. oscar maximo permalink
    9 Abril, 2016 23:57

    Eu tambem ia, se o refrão fosse:
    Cidade para as pessoas, animais para o campo !

    Gostar

    • 10 Abril, 2016 00:32

      Olha, mais outro idiota que acha que a fruta e o feijão que compra na cidade nasce nas prateleiras do supermercado…
      E parece que os pombos e os pardais não o acompanham no manifesto…

      Liked by 1 person

  12. Expatriado permalink
    10 Abril, 2016 00:02

    Est@s gaj@s sao todos vegetarianos. Já alguem lhes lembrou que as plantas têm sentimentos?

    “Scientists conduct a plant experiment that may make you rethink those veggie burgers.”

    http://www.smithsonianchannel.com/videos/do-plants-respond-to-pain/12151

    Gostar

    • 10 Abril, 2016 00:07

      Claro que as plantas têm sentimentos.
      Já viram o que acontece à relva mijada pelos cães e pelas cadelas (igualdade de género canino, oblige)? A relva fica queimada!!! É porque não gosta, não é…

      Liked by 1 person

      • Sem Norte permalink
        10 Abril, 2016 01:03

        No actual Portugal socialista-comunista acho de bom tom o óscar máximo não deixar de nomear os cães homossexuais e os cães travesti.

        Gostar

    • 10 Abril, 2016 11:27

      JÁ ALGUÉM SE PREOCUPOU COM O GRITO DAS ALFACES APRISIONADAS NO FRIGORIFICO!!!

      Gostar

      • licas permalink
        10 Abril, 2016 20:21

        E a decapitação das cabeças de nabos?
        E a capações dos tomates?
        E a desvirginação das couves de olho?
        E o massacre dos grelos?

        Gostar

  13. Sem Norte permalink
    10 Abril, 2016 01:07

    Foda-se puta que pariu, desde anteontem sempre que entro neste site e no do insurgente o meu brouser (é assim que se escreve?) diz sempre site maléfico ou maligno não sei, isto é culpa minha ou vossa?

    Gostar

  14. Artista Português permalink
    10 Abril, 2016 13:44

    Não se percebe a autora… Ainda pergunta “direitos para quem?”. Helena, olhe à sua volta! É evidente que é para quem os reclama! Olhe só este exemplo: “Não prescindo do meu direito à expressão de opinião”. Isto é que são os verdadeiros direitos dos animais, tipo “Bola de Unto Fanfarão” que ainda por cima pede “desculpa se assustou alguém”. Como se uma animal daqueles assustasse alguém…

    Gostar

  15. Expatriado permalink
    10 Abril, 2016 13:55

    Por falar em ‘animais’… http://observador.pt/especiais/jose-pacheco-aulas-no-seculo-xxi-sao-um-escandalo-aulas-ninguem-aprende/

    …ou de vegetais!

    Gostar

  16. procópio permalink
    10 Abril, 2016 13:59

    “António Costa diz que reformas de Draghi não dizem respeito a Portugal”.
    Se continuarem a dar mais direitos a este animal, verão a porcaria que ele faz.

    Gostar

    • Expatriado permalink
      10 Abril, 2016 14:44

      Do mesmo artigo:

      “…Diogo Lacerda Machado, advogado e o “melhor amigo” de António Costa – segundo o próprio – foi outro dos grandes temas da entrevista. Questionado sobre o envolvimento do seu amigo, que não faz parte do Governo, nas grandes negociações do Estado como a TAP ou os lesados do BES, António Costa defende que ele disponibilizou “sempre para colaborar em tudo aquilo que fosse útil” e que “a sua expertise negocial tem ajudado a resolver bastantes problemas”. Segundo o primeiro-ministro, Lacerda Machado já terá um contrato com o Estado para poder mediar certas negociações…”

      No mesmo folego @’nhoka’ diz que Lacerda “sempre se disponibilizou para colaborar em tudo aquilo que fosse util” (coração ‘bondoso’…) para depois sair com a chave do esquema:

      “Lacerda Machado JÁ TERÁ UM CONTRATO COM O ESTADO para… (o costume!!).

      Liked by 1 person

  17. Expatriado permalink
    10 Abril, 2016 14:52

    Haverá por aqui alguém que saiba traduzir isto?

    «Primeiro-ministro garante que aguarda pela avaliação da UE, no início de Maio, com “toda a confiança”. E deixa claras as medidas que não vai tomar. O IVA não subirá… para bens essenciais.»

    Gostar

  18. procópio permalink
    10 Abril, 2016 15:50

    Expatriado, um animal tem quatro patas e não tem tradução racional.
    Quando diz as medidas que não vai tomar está a acalmar os que votam nele.
    O protetorado está na miséria em termos financeiros.
    Vai chegar o momento D em que vai ter que pagar as contas
    Conclusão: os que não votam nele as pagarão.
    Segue-se a extorsão de bens mediante todas as formas.
    Depois se verá.

    Passe ao de leve por alguns passos para implantação do sistema do tio Marx

    1 – Expropriação da propriedade fundiária
    2 – Imposto fortemente progressivo
    3 – Abolição do direito de herança
    5 – Centralização do crédito nas mãos do Estado por meio de um banco nacional com capital do Estado e com o monopólio exclusivo
    6 – Centralização dos meios de transporte nas mãos do Estado

    Como vê as medidas que o kosta pretende tomar já estão em curso. Prepare-se.

    Gostar

  19. piscoiso permalink
    10 Abril, 2016 16:16

    Só falta dizer que as pessoas que vivem e alimentam o seu caniche, levando-o a excrementar os passeios… são de esquerda!

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      10 Abril, 2016 16:51

      não vá longe piscoiso…..já encontrei donos de cães perigosos com eles soltos na rua, (sem açaimo) criando perigo para crianças, carros, e outros cães e……
      e os donos “justificaram” porque o cão precisa de “liberdade” e que não foi para isso (andar com trela) que se fez a “democracia” em Portugal..
      “agente” sabe que os donos dos cães que “excrementam” na rua, são perigosos reaccionários “fássistas” neoliberais

      Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        10 Abril, 2016 17:34

        Eu não classifico as pessoas que defendem os “direitos dos animais” como sendo de direita ou de esquerda. A minha tia Francelina é de direita e não gosta de touradas.

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        10 Abril, 2016 22:00

        quem classificou? ou só encontrou umas coincidências ? entre certo tipo de “activismo” e certo tipo de “activismo”?

        Gostar

    • Expatriado permalink
      10 Abril, 2016 17:10

      São de esquerda quando a bicha vai passear o bicho.

      Não é o que o coiso faz?

      Gostar

      • piscoiso permalink
        10 Abril, 2016 17:29

        Não tenho nenhum cão, nem sequer com o nome expatriado.

        Gostar

  20. PiErre permalink
    10 Abril, 2016 16:44

    Arre Lindo do Kosta

    “Mais direitos para os animais, claro!
    Deus quando fez o Mundo foi para todos.
    Não vejo onde está dúvida.”

    Também acho. E até deviam ter direito a um Serviço Nacional de Saúde Veterinária, tal como tem o Arre Lindo.

    Gostar

    • Expatriado permalink
      10 Abril, 2016 16:48

      kkkkkkkkkkk

      Gostar

    • oscar maximo permalink
      10 Abril, 2016 17:06

      Não é verdade, só se for na religião budista. Na católica, os animais existem para usufruto do Homem. Nas outras religiões do Livro, idem.

      Gostar

  21. Luís permalink
    10 Abril, 2016 18:32

    Os portugueses nisto da bicharada são de extremos.

    Ainda conheci Vila Real de Santo António com cocó de cão por toda a cidade. Era a cada passo um cocó. Havia cães vadios com fartura e um sujeito que era figura típica da terra, cuja alcunha não me recordo, vivia com 200 cães e gatos num armazém abandonado. Era a bicha das ruas, passeava-se com malinha e insultava as mulheres com ordinarices.

    Nas aldeias das serras no final da época de caça os caçadores abandonavam os cães mais velhos, que faziam até matilhas, atacando galinheiros para se sustentarem. Os aldeões iam a Espanha comprar a mezinha, venenos que misturavam com carne. Havia de vez em quando uma «limpeza» do género, em que apareciam mortos por vezes mais de dez cães.

    Nos montes onde havia caçadores havia também por vezes canis com matilhas. O cheiro era obviamente nauseabundo e o barulho insuportável durante a noite, o que gerava e ainda gera desavenças entre vizinhos.

    Os turistas há umas décadas, quando começaram a chegar ao Algarve, ficavam escandalizados quando viam os cães nos montes e sítios atados de trela toda a vida, cheios de carraças e carrapatos, e escanzelados. Queixavam-se do barulho dos cães do montes, do cheiro a cocó dos montes de estrume de cão. Recordo que uma vez fui ao Pego do Inferno, nos anos 90, e passei por um destes montes com rafeiros à solta. Resultado: levei uma mordidela e deu-se um trinta e um entre os meus pais e o casal do monte, por terem os cães à solta junto a um caminho público.

    Como nestas coisas somos 8 ou 80, já antevejo que vamos virar para o outro extremo.

    Liked by 1 person

  22. 10 Abril, 2016 19:29

    Conheço uma vegan ortodoxa e parva, que incute noutras pessoas a necessidade de não comer carne, não beber leite, não saborear queijo, peixe só qb, vinho nem pensar, etc.,etc. Mais os peidos das vacas que poluem a atmosfera muito mais do que a indústria.
    Em três ocasiões e num almoço, apanhei-a a comer carnunça da boa. Resposta: “de vez em quando tenho de me alimentar”. Sei que alimenta-se bem, com carne regularmente.
    Apoiante acérrima do Partido dos Animais, vai às manifs contra touradas.
    Tem um cãozarrão e dois gatos em casa. Não os liberta. Apanhar a merda do cão na rua, dá uma trabalheira do carago. Estamos conversados há muito sobre. É uma castiça.

    Liked by 1 person

    • 10 Abril, 2016 20:03

      Castiça? É mas é uma…

      Gostar

    • O Bronco permalink
      10 Abril, 2016 20:52

      Caro MJRB,

      Cuidado com os pleonasmos: »…vegan ortodoxa e parva…«. Estou em crer que terá usado a frase para realçar o grau de parvoíce da senhora e, nesse caso, aceite as minhas desculpas pelo reparo.

      Não sendo um especialista em medicina veterinária, não me atrevo a sugerir uma vacinação preventiva da parvovirose para a conhecida. Mas fica a sugestão.

      Gostar

      • 10 Abril, 2016 22:20

        Caro Bronco,

        Efectivamente, vegan ortodoxa e parva. Está novamente realçado…

        Da minha parte aplico à vegan a vacina riso, humor e troça. Tenta ripostar sem humor e logo amua.

        Gostar

  23. 10 Abril, 2016 22:23

    Num almoço, à sua frente, comi propositadamente dois enormes bifes para a irritar. Não achou piada.

    Gostar

  24. Arlindo da Costa permalink
    11 Abril, 2016 00:28

    Ainda não percebi o que é que vocês têm contra os animais, vossos iguais???!!!!

    Gostar

  25. honi soit qui mal y pense permalink
    11 Abril, 2016 12:08

    Já estou a tratar disso …

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: