Skip to content

“Sou de Gestão e Marketing, mas o que mais gosto de fazer é nada”

15 Abril, 2016
Graças ao Eduardo Cintra TorresEduardo Cintra Torres descobri esta frase “Sou de Gestão e Marketing, mas o que mais gosto de fazer é nada”, proferida segundo o ECT por uma das «moças larocas concorrentes ao novo reality da TVI, ‘Love on Top’»
Isto não é uma frase. é um modo de vida. A bem dizer o retrato do país: “Sou de Gestão e Marketing, mas o que mais gosto de fazer é nada”. Esta rapariga merece um prémio.
Anúncios
48 comentários leave one →
  1. Almeida permalink
    15 Abril, 2016 10:44

    Claro que é o “retrato de um país”, porque é um dado adquirido que os portugueses não fazem nenhum e trabalham pouco. Ai, estas generalizações…

    Gostar

  2. procópio permalink
    15 Abril, 2016 11:02

    Afinal não sou só eu!

    Gostar

  3. procópio permalink
    15 Abril, 2016 11:11

    As 10 desculpas mais esfarrapadas para não fazer nada. No superviral,
    Assim se começa desde pequenino.
    Chegado aos 18, toca a inscrever na jotaxuxa.
    Emprego garantido.

    1. Tenho de ir ver o mail

    2. Estou à espera dos apontamentos do meu colega

    3. Dói-me a cabeça

    4. Tenho tanto para fazer que não sei por onde começar

    5. Tenho de me organizar e decidir o que fazer antes de começar

    6. Antes de começar, tenho só de fazer uma pesquisa na Internet

    7. Primeiro queria mesmo ver o programa que está a dar na TV

    8. Descansar também é uma forma de promover a produtividade

    9. Preciso de ir comer primeiro

    10. Não sei, não percebo nada disto, ninguém me explica

    Gostar

  4. Baptista da Silva permalink
    15 Abril, 2016 11:12

    Só sou solidário com a causa se “nada” significar “sexo”.

    Gostar

  5. 15 Abril, 2016 11:16

    Para os que ” não gostam de fazer nada ” a geringonça que nos governa tem emprego nas suas fileiras. Basta ser de esquerda, progressista, fanático de causas fracturantes e achar que os impostos servem para subsidiar quem não gosta de fazer nada.

    Gostar

  6. procópio permalink
    15 Abril, 2016 11:48

    A preguiça não me impede de ver o kosta a parlapatar na central de negócios.
    A coisa está feia, são as tempestades, as alarvidades, as irresponsabilidades.
    Acontecimentos fortuitos, esgares perturbados, brincos a arrancar da orelha.
    Mas atenção: ele não está a falar do protetorado. Não tem nada que ver connosco.
    E se tivesse, a culpa é sempre dos outros.
    E se as máquinas mb emudecerem é mal dos ouvidos.
    O mentiroso sem tino, o falso embaixador, são balelas da “reacção”.
    Já tenho saudades do epíteto.
    Só falta a salteadora de bancos ir abaixo e o lula dentro.
    A partir daí pode-se ter uma ideia da teia de amigos.
    Haverá espaço no xilindró para tanta gente?
    Será desta vez que a construção civil anima?
    Perguntas que me angustiam.

    Gostar

  7. Juromenha permalink
    15 Abril, 2016 11:49

    Mais uma esganiçada – mas , pelos vistos,laroca.
    Convenhamos que é uma vantagem face às originais detentoras do título…

    Gostar

  8. JMS permalink
    15 Abril, 2016 12:30

    Perfeitamente natural que ela prefira não fazer nada. 40 anos de “cultura” de esquerda começam a fazer-se notar. E é apenas o princípio…

    “Habituem-se!”… 🙂

    Gostar

  9. licas permalink
    15 Abril, 2016 12:38

    (ao Procópio, em homenagem)

    Em polvorosa …

    Mas que ridículas cenas
    Andam eles praticando
    Para se livrarem apenas
    Da tal Justiça, glosando:
    É tudo maquinação
    Dos fascistas, pois então.

    O Lula mais a Cristina
    Já andam no arrepio
    E nem sequer se atina
    Pelo pouco que se viu
    Qual deles será o fim
    Na cadeia ou assim.

    Lá barafustam e berram
    Não têm pejo nem modos
    Na Demagogia s´enterram
    Usam de todos os jogos:
    Para cobrir o gamanço
    Ao parvo povo, tão tanso.

    licas fecit

    Gostar

    • JMS permalink
      15 Abril, 2016 13:02

      Parabéns licas.

      A anos-luz da “poesia” do novel Ministro da Cultura, aquele que é Embaixador.

      O quê? Ai não? Afinal não é Embaixador? Então é o quê?

      Socialista, o homem é socialista.

      Ah… tá tudo bem, então. 🙂

      Gostar

  10. sam permalink
    15 Abril, 2016 13:31

    A moça nasceu para o funcionalismo público.

    Liked by 1 person

    • Bal permalink
      15 Abril, 2016 17:43

      Parece ser uma empreendedora. Daquel@s que pululam na iniciativa privada.

      Gostar

  11. Procópio permalink
    15 Abril, 2016 13:35

    A preguiça não me impede de fazer um poema.

    O amigo pródigo

    Olha para ele, bochechudo.
    Nada tem de carrancudo.
    Ele é o seu melhor amigo,
    Se for preciso ele mexe-lhe até no umbigo,
    Ele é homem de muito siso!
    Ele abre a bolsa e a vida se for preciso
    Foi enviado para esta missão,
    Paga as despesas, enche o coração!
    Que o seu labor não se perca ao vão!

    Gostar

  12. licas permalink
    15 Abril, 2016 14:26

    Vamos deixar-nos de fantasias

    Com sobreviver seguro,
    Usa esse tempo d´ouro
    P´ra gastar de gozo puro
    De bem poucos só, tesouro.
    Não te ufanes nada, não,
    Porque te malham, senão.

    Preguiçoso? Quem me dera,
    Andar no doce mister:
    A necessidade fera
    Morde a gente como quer.
    Enfim, nos ferros até
    Achamos gozo, não é?

    Digo-vos eu a verdade
    Resulta motivo fraco
    Ser útil à Sociedade
    É só de gente sem caco:
    De gentinha presunçosa.
    Blasonando fútil prosa.

    licas fecit

    Gostar

  13. Baptista da Silva permalink
    15 Abril, 2016 14:35

    “Eu sou estranho, eu sou novo

    Pergunto-me se tu também serás

    Oiço vozes no ar

    Percebo que tu não as ouves e isso não é justo

    Não me quero sentir triste

    Eu sou estranho, eu sou novo

    Eu finjo que tu também és

    Sinto que sou de outro planeta

    Toco nas estrelas e sinto-me deslocado

    Preocupo-me com o que os outros pensarão de mim

    Choro quando as pessoas se riem, faz com que me encolha

    Eu sou estranho, eu sou novo

    Agora percebo que tu também és

    Digo que me sinto como um naufrago

    Sonho com o dia em que isso não seja um problema

    Tento integrar-me

    Espero algum dia conseguir

    Eu sou estranho, eu sou novo”.

    Ass: Tempo Novo com Autismo

    Gostar

  14. 15 Abril, 2016 14:53

    Muitos deputados na ARepública também têm cursos superiores e estão por lá porque o que mais gostam é fazer…nada !
    Às quintas-feiras começa a deserção das bancadas, para as suas “terras” e se no Verão para as praias, etc., etc.

    Gostar

    • Monti permalink
      15 Abril, 2016 19:28

      Circo S. Bento, e Bruxelas de terça a quinta, com saudades das TV lisboetas onde ajudam os indígenas a perceber de política.

      Gostar

  15. procópio permalink
    15 Abril, 2016 15:16

    Sim o kosta sente ser de outro planeta.
    O pior é que vai impondo que vivamos no seu planeta.
    Ele veio do planeta das gentes dispostas a sofrer humilhação, zombaria, rejeição, privação, estupro, tortura e por vezes morte cruel. Olha com sorriso cínico para os sem casta, os não nascidos como ele aos pés do deus brama.
    Pensa-se intocável. Prepara-se para nos remeter ao campo sujo da “direita”.
    Se ele puder, e se a sua famiglia o ajudar, nem sequer poderemos manter contato físico com os “limpos”, a “esquerda” e as suas prebendas.
    A casta inferior serve só para pagar impostos, não merece compaixão, não pode ascender socialmente. Pertence a uma casta inferior. Entendamos isso, uma vez por todas.
    E quem se meter com eles…leva, já está a levar.
    Nas suas origens bramanes acredita-se que os sofredores merecem as penas. Só terão a oportunidade de conquistar melhores condições numa próxima vida, desde que cumpram bem o seu papel na vida presente. Se forem subservientes e aceitarem submeter-se a todo tipo de humilhação e sofrimento infligido, sem soltar nenhum gemido.
    No protetorado os merdia encarregam-se do principal. Criar uma maioria que acredita no sistema, gente néscia que, por um prato de lentilhas e algumas promessas vãs, são capazes de se submeter a tudo, vender amizades e tresmalhar valores.

    Gostar

  16. procópio permalink
    15 Abril, 2016 15:27

    Os que não gostam de fazer nada estão como peixe na água.

    O governo cai quando Costa quiser. Insurgente. ANDRÉ ABRANTES AMARAL
    Claro como água. só que um dia vai deixar de chover e as árvores secam.

    António Costa é um primeiro-ministro cada vez mais popular.

    No entanto, as más notícias estão a bater à porta: a economia não apresenta os resultados optimistas que serviram de base ao programa do governo e ao orçamento de estado aprovados pelo PS, PCP e BE. A contas públicas vão derrapar. Para piorar ainda mais o cenário, Mário Centeno, a única figura que credibilizava o governo caiu em desgraça na comissão de inquérito ao caso BANIF.

    Volto ao princípio: apesar de tudo, António Costa é cada vez mais popular. Este aspecto é da máxima importância pois enganam-se os que julgam que este governo cairá por força dos números ou porque PCP ou BE lhe retirem a confiança. O governo cai quando António Costa se demitir, para o que montará uma das suas muitas encenações políticas. Esse momento será quando Costa souber que as contas são insustentáveis.

    Nessa altura, Costa demite-se. Nessa altura, António Costa (ainda popular) avança para eleições esperando uma nova legitimidade que lhe permita governar num cenário de falência do Estado.

    Gostar

    • 15 Abril, 2016 15:33

      O AC-DC não se demite nem será demitido.
      Todos os médios e grandes grãos de areias que perturbem a geringonça serão negociados entre ele, o PC, o BE e…o PR.
      Se houver descontentamento da populaça-NADA, aumenta-lhe ordenados, reformas, etc.

      Gostar

  17. procópio permalink
    15 Abril, 2016 15:46

    MJRB, olhe que não, olhe que não!
    Ele vai querer demitir-se.
    O problema é qiue o PR não lhe vai dar essa possibilidade.
    Tem o be e o pcp com ele, deve governar.
    Vão ser duros os próximos meses, ou anos.

    Gostar

    • 15 Abril, 2016 16:34

      Vai querer demitir-se para quê ? Provocar legislativas antecipadas, dando sinal de incompetência ? Se assim fosse, o P”SD” venceria.
      O único motivo que tem para demitir-se será para ter mais tempo nocturno no Procópio.

      Gostar

  18. piscoiso permalink
    15 Abril, 2016 16:54

    Isso de “fazer nada”, deve ser um vírus de Gestão e Marketing.

    Gostar

    • 15 Abril, 2016 17:56

      O seu comentário recordou-me outro vírus que sagra em certos meios tugas: ser comentador pago, muito bem pago nalguns casos, nas TV’s.
      Para além se serem mais do que as mães, por vezes dizem pouco mais do que nada e opinam patetices.
      Na política são tendenciosos e raramente elucidativos, no futebol confrange ouvir (muito raramente ouço) tipos que ganham 2.000 euros/semana para proferirem parvoíces, gritarem, amuarem, verem 20 vezes um penálti, etc.
      E assim se formata a sociedade tuga ignorante e bovinizante.

      Gostar

      • 15 Abril, 2016 20:07

        MJRB,

        Pode, como eu, escolher náo ouvir. Nem sei mais que dois nomes de pontapeboleiros da seleção.

        Num mundo como este, quem não se quer confranger não se confrange. 😉

        Gostar

  19. procópio permalink
    15 Abril, 2016 17:25

    Nos entremente da gestão preguiçosa do marketing, ansiando por não fazer mesmo nada, fica a poesia. A poesia salva. Nem de propósito. Vem aí o poeta quase embaixador.
    Abram alas e não desprezem o secretário de estado que é honrado.
    Sinais conclusivos. “SPA congratula-se com a designação de Luís Filipe Castro Mendes para ministro da Cultura”.

    De resto só calinadas. Ora vejam sentados para não cairem. Um deleite para a zazie.

    “Cavalos da Arábia

    Aqui chegavam os cavalos da Arábia,
    sempre prontos para cavalgar os desertos
    e enfrentar as espadas:
    e aqui eram trocados por especiarias,
    essas que aos homens do deserto
    faziam tanta falta para conhecerem
    o sabor do paraíso.
    Assim se passavam as coisas,
    ou assim as contaram nos livros
    em que as lemos e acreditámos.

    Foi antes de nós chegarmos. Os cavalos
    olhavam para esta terra com a mesma maravilha,
    mas sem o nosso terror.
    Mas que fazer,
    se para nós é do terror a maravilha?

    Só falta saber quem vai montar o cavalo.
    O paraíso esqueçam.

    Os argonautas

    Bichos da terra tão pequenos,
    esgravatando à roda do mundo,
    atarantados, sem rumo:

    só e apenas isso,
    agora e em todos os tempos”.

    Ao menos dá-se conta da qualidade dos bichos.
    Ainda assim aceitou fazer triste figura.

    Liked by 1 person

  20. procópio permalink
    15 Abril, 2016 17:46

    “Os esforços de consolidação orçamental nos últimos dois anos vão no “caminho errado” e que são necessárias “medidas adicionais”, ou seja, mais austeridade.
    Tá ERRADO!
    Portugal está numa situação difícil”.
    Declarações de Paul Thomsen durante uma conferência de imprensa nos Encontros de Primavera do FMI, em Washington. Este gajo tem os olhos azuis, é suspeito.
    O que ele disse não tem nada que ver connosco.
    Portugal já desapareceu do mapa, agora é só poesia e chavismo.
    A iberia será a nova pátria de bulivar com u.

    Gostar

  21. procópio permalink
    15 Abril, 2016 20:00

    Gestão bancária em construção.
    Exemplo do que se prepara baseado em informações fidedignas além atlântico.
    Vamos a uma caixa MB. Lê-se no monitor: “Vamos atribuir uma linha de acesso ao crédito para a sua conta, e listar os seus consumos mensalmente. Podemos cancelar, alterar ou restringir sua disponibilidade de crédito a qualquer momento . Cada transação é considerada para aprovação numa base individual. Podemos não aprovar todas as transações “

    Gostar

  22. 15 Abril, 2016 20:52

    FMColaço,

    Talvez vc. não tivesse notado, escrevi que muito raramente ouço comentadores de futebol e de política. Não me interessa perder tempo com a vasta maioria deles.
    Na política, o programa mais equilibrado é o Política Sueca.
    No futebol, chega de bovinização e overdoses.

    Gostar

  23. manuel branco permalink
    15 Abril, 2016 21:36

    sendo o tal cintra torres – cintra, with c, so British – crítico de tv, não é caso para dizer que que gosta de fazer nada a não ser ficar sentado, a comer pipocas e fazer zapping?

    Gostar

  24. procópio permalink
    15 Abril, 2016 21:41

    A dilma e o lula já pediram aos seus muchachos para actuar.
    Perante o descalbro Lula da Silva pediu a João Pedro Stédile para “pôr seu exército” nas ruas. O quebra-quebra está por pouco. Veremos os próximos capítulos.
    “Assistimos aos últimos dias do projeto criminoso no poder. O país padeceu durante treze anos de uma forma de ação política que associou o velho coronelismo tupiniquim ao leninismo — e com toques de um stalinismo tropical, mais suave, porém mais eficaz. Ainda não sabemos — dada a proximidade histórica — quais os efeitos duradouros deste tipo de domínio que levou à tomada do aparelho de Estado e de seus braços por milhares de funcionários-militantes, que transformaram a ação estatal em correia de transmissão do projeto petista, criminoso em sua ação e devastador na destruição do patrimônio nacional”
    O Globo.
    Quaisquer semelhanças com o amigo proviciano de vilar de maçada é pura coincidência.

    Gostar

  25. manuel branco permalink
    15 Abril, 2016 22:48

    ah pois, a dilma, o putin, o maduro…qualquer coisa. cintra torres: havia o homem do Diário de Lisboa, agora há este. Senta-se no sofá, de amendoins e, repousado, sai um tratado de ôntica, o questionamento da relação do australo pitectus erectus com a caixa que mudou o mundo. nada mau…

    Gostar

  26. Carlos Dias permalink
    15 Abril, 2016 22:52

    A gaja tem toda a razão.
    Quem é que gosta de se chatear com o trabalho?
    Só aqueles que não conseguem viver sem trabalhar.
    Os reformados e outros inúteis.

    Gostar

  27. Arlindo da Costa permalink
    16 Abril, 2016 02:23

    O oportunista do Sérgio Monteiro
    bem poderia recrutar essa gente num programa da TVI. Vocês estão a perceber, não estão?????

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: