Skip to content

Quando o Bloco tem pressa

25 Abril, 2016

Pedro Afonso escreve no Observador sobre A mudança de género e a antipsiquiatria. Conformadinhos que estamos em acomodar-nos a todas as causas, causinhas e outras coisinhas desde que apresentadas pelo Bloco – ficamos venerandos e obrigados porque fomos informados que Bloco sem pressa para legislar sobre a eutanásia. Porque se o BE estivesse com pressa era um não faltar de gente a querer morrer e a não poder. Assim, como o BE não tem pressa cá vamos todos vivendo sem esse avanço civilizacional.
Mas voltemos aos assuntos em que o BE tem pressa. E como se sabe quando o BE tem pressa nada nem ninguém ousa travar a pressa do Bloco. E é por isso que é fundamental ler este artigo de Pedro Afonso:
Foi noticiado recentemente que o Bloco de Esquerda defende uma alteração da legislação, tendo em vista possibilitar que qualquer cidadão, a partir dos 16 anos de idade, possa apresentar um pedido de mudança de sexo, dispensando para o efeito um relatório clínico. (…) Um doente com esquizofrenia, num contexto delirante, pode acreditar que é uma mulher ou vice-versa. Afinal quem é que faz o diagnóstico diferencial? Será o funcionário da conservatória do registo civil? E quem é que vai tratar e acompanhar psiquiatricamente estas pessoas?

Anúncios
8 comentários leave one →
  1. Arlindo da Costa permalink
    25 Abril, 2016 11:10

    Trate-os o distinto autor do artigo pois eu não tenho tempo para isso.

    Gostar

  2. A. R permalink
    25 Abril, 2016 11:36

    Um dia vão convencer que a malta que não gosta de ter dedo mindinho tem direito a ter operação gratuita. Recomendo ao bloco que olhe para os casos de mutilação genital feminina que vão ocorrendo e diga se é legítima tal prática em Portugal.

    Gostar

  3. 25 Abril, 2016 11:44

    Este fenómeno dos comunas andarem a a apoiar todas as agendas dos caprichos do egoísmo liberalóide é cá uma coisa…

    É por causa do mundo-às-avessas- o único que lhes interessa e em nome do dogma da igualdade.
    De resto, nada tem a ver com estar do lado do mais fraco- é estar do lado do capricho do euzinho.

    Liked by 1 person

  4. Juromenha permalink
    25 Abril, 2016 11:51

    Ter sempre em mente que o Bloco de Esterco é um pau mandado dos seus donos.
    “Implementam” o que lhes mandam, quando lhes mandam e onde lhes mandam.
    Neste último ponto, o território é um pouco escasso ; a Ibéria e pouco, muito pouco, mais.
    E aqui ao lado, se se vier a verificar o 26 de Junho, as coisas vão piorar para o coletas y sus muchachos ( ” franchising” espanhola do esterco de aquém-Caia).

    Gostar

  5. Ana Vasconcelos permalink
    25 Abril, 2016 12:08

    Mas quantas pessoas é que querem mudar de sexo?

    Liked by 1 person

  6. licas permalink
    25 Abril, 2016 12:46

    Aventais e roupa suja

    Tal como o Freitas guloso,
    Basílio não se faz caro
    Frente a cargo apetitoso
    Salta poçinhas descaro:
    Dos Cristãos vai para Súcias
    Sem vergonha de astúcias.

    Metido em aventais
    Como tantos camaradas
    São sempre eventuais
    Autores lestos de golpadas:
    Honra mede-se em dinheiro
    Conta é ser-se lampeiro.

    Deram-lhe Sintra agora
    Ao Pêésse s´agradece
    E ele até se penhora
    Da esmolada benesse
    O furtar por compulsão
    Ainda não leva a prisão.

    licas fecit

    Gostar

  7. 25 Abril, 2016 23:07

    mais um erro…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: