Skip to content

Triste sina, a do homossexual português

26 Abril, 2016

Algumas pessoas criticaram-me – não que me incomode – sobre a representação que faço de homossexuais – não que tenha mal ser homossexual -, acusando-me de ser homofóbico – não que me interesse o que pensam de mim – e burro – algo a que até estou habituado -, mas, portanto, como os outros eleitores de António Costa – e isso já me incomoda. Vou aproveitar a oportunidade para me explicar – não que interesse – a quem não vai – e bem, não faz cá falta – ler.

Tenho pena de homossexuais. É verdade, não adianta esconder. Não tenho pena por serem homossexuais, isso é lá com eles; tenho pena porque, voluntária ou involuntariamente, deixaram-se representar na sociedade portuguesa por imbecis, buracos, nazis em geral e esganiçadas, algumas delas do Bloco (ou Bloca) de Esquerda (e Esquerdo). Já não basta pertencerem a uma minoria, ainda têm que aguentar que o resto das pessoas os considerem estúpidos pela associação política. Aliás, todo o fascínio da nova- e simultaneamente velha-esquerda por questões de género é particularmente caricato, como se Caracas fosse o bastião da liberdade sexual entre pessoas do mesmo sexo; como se não tivessem um longo historial de perseguição e aniquilação de homossexuais nesses regimes do Homem Novo e dos amanhãs que cantam; como se os árabes fofinhos que se rebentam em nome do bem colectivo – fight the system! – numa estação de metro imperialista fossem dados ao respeito pelas opções sexuais de cada um; como se o concubinato com o regime conferisse alguma autoridade moral para uma gueixa definir padrões éticos alheios; e por aí fora.

armario

-“Medo que saibam que és gay?” – “Não, medo que pensem que sou do Bloco ou do PS”.

É algo extremamente perturbante que uma sociedade, em vez de caminhar para a tolerância inerente ao individualismo, opte por ir em cantigas de – pasme-se! – socialistas pro-regulação e padronização. Que triste sina: ser representado por quem nem de aritmética entende, naqueles mundinhos idílicos entre a infantilidade própria e a infantilização alheia. Deve ser mesmo aborrecido ser homossexual neste ambiente. Imagino a dificuldade que alguém teria em afirmar-me homossexual fora da redoma de queques lisboetas; mas, muito pior, seria ter que aceitar as consequências de pensarem que simpatiza com malucos sem qualquer pingo de responsabilidade.

Venha a torrente de insultos – não que incomodem.

Advertisements
162 comentários leave one →
  1. José Baeta permalink
    26 Abril, 2016 12:00

    Daqui não há insultos, há felicitações por chamar adequadamente os bois pelos nomes.

    Gostar

  2. José Domingos permalink
    26 Abril, 2016 12:07

    De facto, deixaram de ser diferentes para a sociadade, são indiferentes. Não se trata de questões da intimidade de cada um, por decreto, impondo a vontade das minorias.
    Falta-nos educação e respeito pelo nosso semelhante, pode ser que a coisa mude, agora que vão por as turmas mais pequenas.
    Não evoluímos nada.

    Gostar

  3. Baptista da Silva permalink
    26 Abril, 2016 12:12

    Ser Gay é pertencer ao tempo novo e aos amanhãs que cantam, além disso está na moda.

    Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    26 Abril, 2016 13:01

    Muito se preocupa este blogue com os homossexuais e as «temáticas» e as «mixórdias» LGBT…
    Há aqui qualquer coisa de freudiano…persepuesto…

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 18:36

      muito preocupa o alindo as preocupações deste blog. Se não gostas, deixa de aparecer e volta para dentro do armário.

      Gostar

  5. 26 Abril, 2016 13:01

    Instrumentalizam tudo. É como o PCP com os trabalhadores e sindicatos. Apenas para a agenda.

    Liked by 1 person

  6. Carlos Alberto Ilharco permalink
    26 Abril, 2016 14:09

    O que chateia nos gays e por arrasto nos intelectuais de esquerda é a mania que são superiores aos outros.

    Gostar

  7. Rogério Martins permalink
    26 Abril, 2016 14:15

    Há quase 10 anos que leio este blog. Os mesmos temas, as mesmas causas, sempre o mesmo. Até as mesmas pessoas continuam iguais. Zazie e Piscoiso. Enfim, a vida é assim.

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 14:23

      Azia ??? ( sais de fruto ENO helpds your symptoms)

      Liked by 1 person

    • 26 Abril, 2016 14:25

      Então desista, volte para a revista Maria.

      Liked by 2 people

      • Rogério Martins permalink
        26 Abril, 2016 14:33

        Não não. Gosto disto por aqui, posso?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 14:36

        Bipolar.
        Viva António Costa!

        Gostar

      • Rogério Martins permalink
        26 Abril, 2016 14:38

        Com azar vitó. Votei mais vezes no cavaco e por acaso, só mesmo por acaso, tenho o milton friedman na minha playlist.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 15:01

        O meu nome é Vitor. Pode tratar-me por Vitor. Não volto a corrigir.

        Gostar

      • Rogério Martins permalink
        26 Abril, 2016 15:05

        Ó diabos. Vítor. Não se chateie homem. Tenha calma.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 15:06

        Não me apetece. Vai obrigar-me?

        Liked by 2 people

    • Tiradentes permalink
      26 Abril, 2016 16:24

      Há quase quarenta anos que leio o “partido socialista” o “partido comunista” e há menos “bloca de esquerdo” e ainda não consegui ler qualquer coisa que saia de um manifesto dos finais de 1800. Mais valia dedicarem-se à Maria mesmo, uma revista bem mais moderna.

      Gostar

      • Rogério Martins permalink
        26 Abril, 2016 16:29

        E pronto. Chegou o xerife pensal

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        27 Abril, 2016 07:20

        o guarda da revolução criado na juventude revolucionária, educado na dialéctica da Maria ( revista) com dificuldades de conectar os dois hemisférios cerebrais (ou mesmo impossibilidade) sentiu-se tocado na sua conquista civilizacional de…ter a Maria como Bíblia.

        Gostar

    • 26 Abril, 2016 19:30

      – até os leitores comentadores…há10 anos!!!?

      Gostar

    • Colono permalink
      26 Abril, 2016 22:48

      Não “batam” Rogerio Martins…ilustre porta estandarte da L:G & L

      Gostar

    • piscoiso permalink
      27 Abril, 2016 12:51

      São estilos, Rogério, são estilos.

      Liked by 1 person

  8. Rogério Martins permalink
    26 Abril, 2016 14:29

    Acalmem lá a pipoca. Ontem foi 25 de abril e ainda estão inebriados, eu sei que é a vossa data preferida para “bolsar”. É só pavões de táxi.

    Gostar

    • Baptista da Silva permalink
      26 Abril, 2016 16:47

      De acordo com o filho do Imperador da nação, escreve-se “bolçar”.

      Gostar

      • Rogério Martins permalink
        26 Abril, 2016 16:58

        Escreveu “bolsar” e depois corrigiu.

        Gostar

  9. Rogério Martins permalink
    26 Abril, 2016 14:30

    Os 3 temas que nunca morrem neste blog: Iraque, 25 de Abril e o Estado.

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 14:35

      o post é sobre “Sissies, Faggots, Lezzies, and Dykes” 😛

      Liked by 2 people

      • Rogério Martins permalink
        26 Abril, 2016 14:37

        Não é josephvss. É só aguardar que o doutor Vítor transforma isto numa cabala socialista com o sócrates e o lula com aquele humor dele. Aguarde que vai ver… já o vi transformar um post sobre pesca numa tese sobre o estatismo em Portugal e o sócrates.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 15:05

        Oh Vito & esta?

        CUligação esquerdoide?

        Liked by 2 people

      • 26 Abril, 2016 15:19

        Por falar em soicrates & Lula 😛

        A Bicha (jean wyllys) cuspiu no deputado (Jair) mas a CUligação não ficou indignada !

        Liked by 1 person

    • Tiradentes permalink
      26 Abril, 2016 16:28

      E se o doutor Vitor se “esquecer” de transformar numa cabala socialista temos sempre dois emplastros a lembrar que ele se esqueceu e lembram aquilo que foi esquecido. O que não é de admirar, porque cabala e socialismo são sinónimos.

      Gostar

    • 26 Abril, 2016 18:38

      tás à vontade para iniciares um blog próprio com os temas que mais te agradam. Foi para isso que se faz o 25 abril.

      Liked by 1 person

  10. 26 Abril, 2016 14:56

    Nunca se deve responder como suposto insulto a um gay: “vai pró c…… !” Ou “vai levar no c. !”

    Gostar

  11. Juromenha permalink
    26 Abril, 2016 15:16

    Segundo a sabedoria popular, o “título” de homossexual é para quem tem estudos.
    Os outros são tristes paneleiros…

    Gostar

  12. 26 Abril, 2016 15:43

    “A follow up” sobre Sissies, Faggots, Lezzies, and Dykes 😛 (CUligação em cabala)

    http://malomil.blogspot.ca/2011/12/desde-1988-comunidade-lgbt-norte.html

    Gostar

  13. 26 Abril, 2016 18:05

    Finalmente um governo em paz,
    proporcionada por um PR tipo Craveiro Lopes/Américo Thomaz + BE + PC:
    hoje, o BE anunciou que rejeita votar o Programa de Estabilidade,
    porque: ” O PEstabilidade não vai a votos, não deve ir a votos, os programas vão a votos quando os governos consideram que precisam de um qualquer voto de confiança ou quando os partidos têm um programa que querem rejeitar. Não se passa isso neste momento na maioria”.
    Fantástico, maique !

    Gostar

  14. Arlindo da Costa permalink
    26 Abril, 2016 18:18

    A estabilidade governativa está assegurada. O povo português já estava farto da instabilidade e insanidade que a dupla Passos&Porta teimavam em imprimir à sociedade portuguesa.
    O Portas já saiu de cena (esperto como um rato…). E o Coelho quando é que entra na toca para hibernar?

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 18:29

      Creio que o Coelho vai recolher à toca quando perder as eleições. Como as ganhou…

      Gostar

    • 26 Abril, 2016 18:32

      Se a estabilidade governativa está assegurada, porque se preocupa se o Coelho sai ou não de cena?

      Liked by 1 person

    • antónio permalink
      26 Abril, 2016 19:40

      Exacto, insanidade é mesmo o que caracteriza a sua escrita por aqui. A sua escrita parece mais a de alguém que esteve congelado a azoto liquido durante anos e depois acordou e está completamente baralhado no seu tempo. Acorde pois a esquerdalhada durante o seu congelamento colocou este país ao nível da lama.

      Gostar

    • ALBERICO LOPES permalink
      26 Abril, 2016 20:47

      Não há dúvida que andam por aqui uns camelos que, por não terem ganho as eleições e mesmo assim terem formado um desgoverno, se sentem felizes e contentes!Daí a até terem aplaudido um PR de que tanto mal disseram e que, na tomada de posse, nem sequer o aplaudiram! O que até achei bem! Isto de serem “poucochinhos” e aparvalhados, e, ainda por cima, gayzados, dá-lhes para a malandrice! Vamos aturá-los mais um mês ou dois e, logo de seguida, metê-los nos buracos de onde nunca deveriam ter saido!

      Liked by 2 people

      • 26 Abril, 2016 21:56

        vamos ter este governo+PR+BE+PC durante muitos meses, provavelmente até final da legislatura.
        Se o PC (apertado pelo seu eleitorado, já decrescente) não romper com o acordo parlamentar, não será o BE a fazê-lo. E o PR Marcello/Craveiro/Thomaz quer “estabilidade”, nunca provocará a queda da geringonça.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:57

        O MJRB parte do princípio que o venerável Costa não consegue conquistar eleitorado para poder ir a eleições sem o lastro das esganiçadas?

        Gostar

    • jmpg permalink
      26 Abril, 2016 23:21

      A estabilidade só serve para a permanência no poder. As grandes decisões criam sempre perturbação

      Gostar

  15. ali kath permalink
    26 Abril, 2016 18:25

    os paneleiros deviam criar o sindicato ‘CU ARREBENTADO’
    e federar na cgtp

    Liked by 1 person

    • 26 Abril, 2016 21:30

      Pois sim! Mas a CGTP é comunista e desde o episódio do Júlio Cabaça, a relação dos comunas com os rabetas é como a de um vendedor da TV SHOP de produtos para revitalizar a coisa: recomendam mas não consomem.

      Gostar

      • Tiradentes permalink
        27 Abril, 2016 07:27

        essa parte da aliança só se verifica nas democracias burguesas e é dialécticamente instrumental porque “rabeta”, “rabeta” na revolução pura e dura era para encostar ao paredon e dar-lhe um tiro nos cornos com fazia o querido ícone revolucionário das T-shirts.

        Gostar

  16. 26 Abril, 2016 19:03

    O Arlindo DO Costa

    tem no Blas uma função: provocar. E as suas tias deliram com o sobrinho traquina e muito inteligente nas conclusões

    Gostar

  17. santos permalink
    26 Abril, 2016 19:11

    se não percebem nada de sexo reprodutivo como hão de perceber de politica à portuguesa ???

    Gostar

  18. 26 Abril, 2016 19:49

    Este texto é tão ridículo como culpar os portugueses por se deixarem representar pelo PCP só porque o PCP enche a boca a dizer que fala pelo povo e que defende o povo.

    Eu sou homossexual e a mim representam-me os deputados, políticos, e partidos em quem eu voto e eu não voto à esquerda. Muitos homossexuais não votam à esquerda e não se revêm à esquerda. E temos mais que fazer do que andar a explicar aos VCs desta vida que o BE não nos representa tal como o PC não representa povo nenhum. O VC não é burro, sabe que o que diz não faz sentido, mas precisa de implicar.

    Leio estes posts (por entre tantos da blogosfera de direita) no meu feedreader e sei sempre que o autor é o VC porque só o VC têm esta obsessão tão estranha com os homossexuais, e pena, e sei lá mais o quê. Você lembra-se de cada coisa que não interessa a ninguém só para cascar em homossexuais. Você pensa sobre os homossexuais mais vezes do que eu e muitos homossexuais nos lembramos que o somos homossexuais. Tem algum trauma? Algo mal resolvido?

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 19:54

      Eheheheheh!

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:54

        os gay / lésbicas dizem todos que os outros homens/ mulheres também são , recalcamento e xiribitótós. . suponho que é uma tentativa de alargarem o mercado , que é bastante reduzido . ou é aquela coisa da projecção psicológica , tipo o mariconço Freud que via pilas em todo o lado.

        aposto que é sionista porque conheceu algum ruivo narigudo todo catita 🙂 devem ser como aquelas palerminhas que metem heroína pq o tipo de quem gostam pica.

        Zazie , tento na língua , pah 🙂

        Liked by 1 person

  19. 26 Abril, 2016 20:13

    Um gay circuncidado que vota Benjamin
    ehehehe

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 21:01

      Zazie,

      Já estranhava tanto tempo sem levar com anti-semitismo de direita. Pode chamar-me judeu as vezes que quiser, mas recomendo que seja mais original, é um insulto muito fraquinho 😉

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:08

        Porque é que é anti-semitismo?

        è capaz de explicar.

        V. é anti-caucasiano é isso?

        Ou é um rabeta que adora pencudos porque aquilo por lá é o paraíso da rabetice?

        Até os Panter@s Rosa são filo-pencudos. Não há rabeta que não seja filo-pencudo.

        De onde retira daí que eu seja anti-semita se semitas também são os v.s odiados islâmicos?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:11

        Já agora o que é que é insulto?

        V. chega aqui e diz que é maricas. Trás link e aparece de cócoras, com a bandeira de Israel e a bajular tudo aquilo.

        Eu retiro daí aquilo que v. mostra- é um rabeta que vota Bejamin.

        Considera-se a si próprio um insulto por tecer loas a isso?

        Se considera é um rabeta filo-pencudo com problemas e recalcamentos e mais valia não contar a ninguém em vez de depois dizer que o estão a insultar por aquilo em que tem tanto orgulho.
        Orgulho ou será vergonha?

        Eu só considero insulto o que também concordo que é uma merda.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:12

        Traz, atrás. Com rabetas até os verbos ficam difíceis.

        Acho uma imbecilidade um tuga andar com bandeira de Israel – é renegar a sua bandeira da sua nacionalidade, e quanto a rabetas gosto tanto deles quanto eles gostam de mulheres.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:13

        Zazie,

        É anti-semitismo porque eu não sou judeu nem israelita, sou caucasiano, e você chama-me judeu ou israelita ou lá o que é para me chatear e descredibilizar. Deixe-se de merdas pf. Ninguém tem paciência para as suas palermices anónimas.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:14

        Judeu eu chamo a judeu crente na sua religião.
        A tuga armado em sionista chamo traidor.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:19

        Zazie,

        Sou sionista e tuga com muito orgulho. Quer chamar-me traidor, chame à vontade. Mas não foi isso que me chamou ali atrás, por isso agora não invente.
        Não gosta de judeus ou de sionistas ou de gays ou de lá quem for, temos pena. Quando eu estiver em Tel Aviv a abanar o capacete numa disco gay vou chorar muito a pensar nisso.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:20

        O que são povos semitas?

        Eu sou anti-sionista. Detesto tanto o sionismo quanto ele foi um jogo de espelhos do nazismo.
        Para ser sionista tinha também de me orgulhar de toda aquela tara geneticista do nazismo.

        Como acho que essa cena genética só serve para cavalos e cães de raça nada tenho a ver com a tara.

        Sou portuguesa- a única bandeira que tenho é a minha.
        Todo o português que coloca a merda de uma bandeira de outro país à frente da sua é um traidor.

        pelos vistos a rabetice de cu e a mental andam a par e v.s dão o traseiro e o mais que for preciso por desbunda em Israel.

        Como não gosto de lobbies e são eles quem patrocina toda essa militância pelo mundo às avessas, o mais que quero é o que v. também há-de querer-
        que vá levar na peida.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:22

        “Eu sou anti-sionista. Detesto tanto o sionismo quanto ele foi um jogo de espelhos do nazismo.
        Para ser sionista tinha também de me orgulhar de toda aquela tara geneticista do nazismo.”

        Uau, é que é burra. Ou burro. Sei lá.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:23

        A que título uma mulher normal havia de gostar de gays?

        Sabe explicar?

        V. gosta de mulheres? Não gosta, pois não?

        Então porque carga de água havia eu de gostar de maricas?

        Há-de ser da mesma ordem como andar de ursinho de peluche na mão ou ao lado da almofada.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:26

        Pois é burra, é. Só que explicares porquê ou arranjares argumento não és capaz.

        Olha, vou mas é jantar.

        leva na peida e faz muitas amizades com mulheres que adoram sionistas e maricas ao pequeno-almoço.

        Deve ser altamente excitante um rabeta sem prepúcio.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:28

        Mas conta lá que achei piada a essa cena de se andar com a etiqueta na lapela.

        Também te apresentas aos alunos dizendo logo que és sionista e levas na peida?

        Isso agora é um novo código de boas-maneiras na alta sociedade ou é só entre rabetas sionistas?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:31

        Para lhe responder a isso era preciso que me apetecesse. Mas não sei, acho que não me apetece. Que pena. Fique aí à vontade a disparar comentários e insultos, nota-se que está exasperada. Ainda bem, é mesmo o que merece. My mission here is done 😉 Adoro pessoas fracas que não sabem controlar as emoções. Beijinho no ombro deste rabeta sionista :-*

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:36

        O Romeu anda há pouco tempo neste mundo, ainda só vê os padrões que lhe colocam à frente, de bandeja, por um determinado grupo de pessoas cuja missão é fazer muitos Romeus indignados com posts como este.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:45

        Sim, VC, sou um gay sionista capitalista e que vota à direita. Estou completamente lavado da cabeça pelo movimento LGBT, claro. *sigh*

        Eu não sei onde é que você vê indignação. Eu disse mal do seu post. Não estou propriamente revoltado. Acho-o ridículo e acho a sua obsessão por gays doentia. Passar mais tempo você a pensar em gays do que eu.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:51

        Julgar saber em que é que os outros pensam é apanágio dos socialistas. Ainda bem que não está indignado, apesar de isso tornar a contabilização do tempo que eu passo a pensar ou não em gays num hobby estranho (vê, podia ter dito obsessão, mas não me arrogo a clarividência de o conhecer para chegar a esse tipo de conclusão não indignada).

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:56

        VC,

        Ia dizer que basta ver pela quantidade de posts que você dedica a dizer mal de gays só porque sim, mas realmente você nem deve perder tempo a pensar antes de os escrever… Tenho de lhe dar razão.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:01

        Quer indicar-me (a sério, estou a contabilizar deambulações) a minha percentagem de posts sobre gays? Se incluir todas as vezes que digo mal de socialistas e comunistas, aí dou-lhe razão, sob risco de você validar o conteúdo deste.

        Posso dizer “xeque”?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:06

        Ó VC tenho mais que fazer do que andar a contabilizar a sua obsessão por gays. Prefiro ir levar na peida, como diz a Zazie.
        Diga “xeque”, diga o que lhe apetecer. Vivemos num país livre. Mais ou menos, vá.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:07

        Mate.

        Liked by 2 people

      • 26 Abril, 2016 22:10

        Preferes nada ir levar na peida, sua malandra retorcida.
        O que tu preferes são os preliminares aqui com a homenzarrada virtual.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:13

        Folgo em ver que a Zaziada está menos aziada 😉 Deve ter sido do jantar, o seu mal era fome. Pelo seu comentário deduzo então que a Zaziada é uma macheza virtual. Muito bem.

        P.S.: Quando me quiserem insultar, basta chamarem-me socialista ou estatista. Isso sim, sempre seria algo degradante…

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:23

        è pá- isso de ser universitário por cv de cu dá coisas destas.

        Com que então nem sabes quem é a zazie dans le metro do Raymond Queneau?

        Não, não sou homem. Não te excites que por aqui vens ao engano.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:30

        Enfim, não percebeu a crítica. É limitada, é complicado, eu entendo. Sobre o seu género, pouco me interessa, malta que não tem coragem para assumir o que diz não tem tomates e não.

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        27 Abril, 2016 07:42

        Eu só gostei daquela parte…..
        O VC tem uma alta percentagem de posts anti-rabetice
        por isso……deve ter algum recalque
        O recalque é que é imprtante…mesmo que…depois
        Tenha mais que fazer do que contabilizar a sua obsessão por gays.
        “quere-se” dizer….
        a percentagem foi calculada sem calcular por ter mais que fazer e por isso o recalque se transformou em obsessão.
        Chama-se a isto psiquiatria sócio-cognitiva em que o recalque do psiquiatra se torna a obsessão do doente

        Gostar

  20. 26 Abril, 2016 20:47

    Romeu Monteiro,

    não poderei alguma vez valer-lhe porque a minha profissão é apartador de touros (e forcado amador), guardião da espécie e impedidor que alguém lhes toque no malho.
    Também tenho cavalos, igualmente resguardados de intrusos humanos.
    (Tenho o aval do PAN).

    Gostar

  21. 26 Abril, 2016 21:15

    Romeu,

    deixe-se de tretas, porque vocês se em grupo e/ou defendendo os vossos interesses pessoais e “corporativistas” têm sido uns empecilhos –no mínimo– para uma sociedade justa, cristalina, democrática. Têm prejudicado muitas vidas, bastantes profissionais.
    Quer condescendência generalizada ?

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 21:20

      Diga lá que vidas é que eu prejudiquei, Sr Anónimo.

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:35

        Vc. é ingénuo e/ou ignorante !?
        Não conhece casos de gays favorecidos em detrimento de não-homo ou de gays que propositadamente prejudicaram não gays ?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:40

        Diga lá que casos sou esses e onde é que estou envolvido neles, pf, Sr Anónimo.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 21:41

        * que casos são esses

        (ai que já estou a ficar como a Zazie, não pode ser)

        Gostar

  22. Buiça permalink
    26 Abril, 2016 21:21

    Muito bom este post

    Gostar

  23. 26 Abril, 2016 21:42

    Bem, Romeu tem a ousadia (mérito, heroicidade para a sua comunidade) de aqui no Blas sair do armário

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 21:48

      MJRB,

      Isso é mérito ou heroicidade porquê? Só porque não sou cobardolas como você e outros anónimos? Por favor. Mérito e heroicidade têm os homens e mulheres que vão para a guerra voluntariamente. Eu não tenho a coragem deles, mas tenho o mínimo de decência de dar a cara pelas coisas que digo. Você nem tem coragem de assumir os seus comentários miseráveis. Enfim.

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:07

        Ó Romeu, todos os gays que lerem esta sua intervenção no Blas ficam encantados com a sua heroicidade, e se entre eles houver seus conhecidos certamente dão-lhe parabéns. Ou não ?

        Mais um meu comentário, asumido:
        “homens e mulheres que vão para a guerra voluntariamente” são idiotas, parvos, para comerem e beberem melhor do que em suas casas, os sem profissão igualmente idiotas e parvos, mais os à caça de sexo.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:11

        Os gays não vêm aqui ao Blasfémias, caro Anónimo, pois estão completamente lavados da cabeça pela esquerda ou simplesmente indiferentes. Você não está atento às teorias do VC?? Que mau seguidor do blog…

        Gostar

  24. 26 Abril, 2016 21:46

    Romeu,

    não sei nem quero saber nada da sua vida.
    Referi-me a casos, concretos, de gays que têm prejudicado vidas de não-homo. Vc. continua ingénuo e/ou ignorante ao não saber desses casos !?

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 21:49

      “Referi-me a casos, concretos, de gays que têm prejudicado vidas de não-homo. ”

      Você não se referiu a caso nenhum, Sr Anónimo. Nem muito concreto nem pouco concreto. Pedi que me apontasse esses casos várias vezes e você não aponta nenhum.

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:20

        Fui bastante prejudicado profissionalmente 1 vez, por um paneleiro tuga muuiiiiiiiiito conhecido, para o fulano favorecer dois seus amigos.
        Sei de mais casos semelhantes.

        Note: nada tenho contra homossexuais desde que pessoalmente ou por lobby não prejudiquem não-homossexuais. Que não se intrometam na minha vida. E que não se exibam despudoradamente como tal.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:27

        Foi prejudicado por um gay. Lamento. Já fui prejudicado por todo o tipo de gente – gays e outros – e não passei a odiar pessoas com a mesma orientação sexual, cor de pele ou religião do que eles por causa disso. Em vez disso tomei ações para denunciar as situações em vez de ir choramingar para caixas de comentários de blogs da Internet.

        O que tem a fazer, caro Anónimo, é denunciá-los, apresentar queixa, whatever. Já deu para notar que lhe faltam cojones: nem coragem tem para dar a cara em comentários online, quanto mais para tomar ação contra alguém. Se precisar que lhe empreste os meus, diga.

        Gostar

  25. 26 Abril, 2016 22:20

    Adenda: e que não sejam especialmente favorecidos pelo Estado.

    Gostar

  26. 26 Abril, 2016 22:34

    Dar a cara… aposto que és mais um com muita coragem para andar para aí a envergonhar o nome da família online mas que prefere ser anónimo de costas em sanitários públicos

    Liked by 1 person

    • 26 Abril, 2016 22:40

      É assim, Zaziada, a Internet é tipo um conjunto de tubos, sabes, e chega a casa de todas as pessoas. Quando se dá a cara na Internet e dizes que és rabeta, isso vai pelos tudos, e fica na Internet, e toda a gente fica a saber disso. Porque essas pessoas da Internet são as mesmas da vida real. A sério. Eu sei que é difícil de acreditar, mas as pessoas que sabem de nós na Internet, também sabem na vida real. Fantástico, né.

      Mas, claro, tu sabes, é por isso que tu te escondes. Coitadinha. Pobre vida atormentada, escondida, com medo daquilo que os outros vão pensar. Ai ai ai. 😥

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:43

        Mas alguém nos apresentou?
        Não fazes parte das minhas relações e eu não sou nem bicha nem mulherzinha para querer saber coisas de personagens virtuais.

        Nada de nada. A vantagem desta treta é mesmo não ter de se aturar ao vivo ninguém.
        Muda-se de url e puf, desaparece tudo.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:43

        As pessoas têm diferentes faces em diferentes contextos. Ninguém entra num rancho folclórico a gritar que é gay, a não ser que queira o traje de noiva.

        Liked by 1 person

      • 26 Abril, 2016 22:49

        “As pessoas têm diferentes faces em diferentes contextos. Ninguém entra num rancho folclórico a gritar que é gay, a não ser que queira o traje de noiva.”

        Que desculpa tão fraca para proteger cobardolas que gostam de debitar merda pela Internet sem terem de a
        assumir.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:45

        Eu nem de pessoas que conheço de perto quero saber mais do que aquilo que elas dizem.

        Só gentinha foleira e pessoal das barracas tem a mania de ser coscuvilheiro e andar sempre a perguntar merdas de toda a gente.

        és uma bichona foleira. Acho que isso estraga o pedigree sionista. Eles são dados a apuramento de castas.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:47

        Pronto, pronto, ‘miga, não te exasperes com personagens da Internet lol Respira fundo, vá.

        Gostar

  27. 26 Abril, 2016 22:35

    PQP só faltava aparecer uma bichona para completar o post LOL

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 22:38

      anti- jean wyllys

      Gostar

      • Carlos Dias permalink
        27 Abril, 2016 00:58

        Mete antes o dedo no cu ó meu padreco rabeta não assumido

        Gostar

    • 26 Abril, 2016 22:39

      ehehehe

      Pode crer. E est@ é completa. É bich@ sionista e académica.

      o que eu gramava que um de v.s lhe fizesse a ronda para ela contar como é que foi a cena israelita e o que se lucra com aquilo. Como foi lá parar, como funciona o lobby em intercâmbios cá com a santa terrinha e depois como marinham na vida à conta disso.

      Porque marinhar, marinham. Todos- de acordo com as capacidades trazeiras e fronteiras mas marinham e bem.

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:40

        traseiras, phónix.

        Entretanto, vejam mas é isto que é mais importante para o neo-prec esganiçado em curso.

        https://gyazo.com/a72d8fdb442e35d7d03edc90fa651bef

        https://gyazo.com/e52f5f1129161b98f57a178289b9f2ea

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:43

        Académica já não sou, já me deixei dessa vida de extrema promiscuidade com o estado. Era socialismo a mais para mim.

        Mas sim, fui passear, convidaram-me e pagaram-me para falar. E muito. São as vantagens de ser inteligente e ter coragem de dar a cara pelas coisas em que acreditamos.

        É por isso que, enquanto eu estou a falar em Columbia ou a jantar em Beverly Hills, vocês estão na cave da mãe da postar comentários anónimos pela Internet, amores. ❤

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:45

        Sou lido em Beverly Hills.
        A internacionalização com que sempre sonhei.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:47

        Por acaso acho que não li o VC. Por entre palestras, jantares e passeio, não tive oportunidade de atualizar as leituras.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:48

        Então fez mal em comentar o que não leu.
        Posso dizer “xeque” outra vez? Não está a dar grande emoção isto.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:50

        Não li quando estive em Beverely Hills. Atualizei-me mais tarde. Sou um leitor fiel do Blasfémias. É uma pena de vez em quando levar com estas pérolas. Mas não pode ser tudo bom, não é?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:47

        Tratas-te por mulher?

        Eras académica?

        A tua mãe e o teu pai também te tratam no feminino?

        C’a coisa mais anormalzinha.

        Dantes quem tinha estas pancas e andava com soutien por baixo da camisola, à noite dava show de travesti.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:48

        Coitados dos Monteiros.

        Mais valia terem tido um filho drogado. Isso ainda tem cura.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:49

        és inteligente?
        Fizeste os testes?

        E quanto deu de ADN pencudo?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:09

        Ó miga, bem que podes tentar. Os meus pais têm um orgulho imenso em mim. A minha mãe já falou de eu ser gay várias vezes na televisão. Está no youtube se quiseres cuscar, toma:

        Ser cobardolas não é algo que corra no nosso sangue. Espero que a cave esteja fresquinha. Agora vou tratar do jantar, que isto de discutir com cobardolas anónimos da Internet cansa e dá fome.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:18

        Romeu, você acha normal considerar o meu post ridículo por oposição a um vídeo do Querida Júlia? Isto é mesmo a sério?

        Liked by 1 person

      • 27 Abril, 2016 00:14

        Acho a sua tentativa de culpar os gays pelas esganiçadas ridícula. Acho a sua obsessão em estar sempre a encontrar algo para bater nos gays ridícula.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:39

        C’um caraças- esse exibicionismo das barracas já vem de família.

        Phónix, Já não sei se devo ter mais pena de ti que da mãe. Se calhar o desgraçado é o pai.

        Há que ter cuidado onde se mete o bedelho.

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:42

        Têm orgulho de quê?
        Orgulho é uma palavra imbecil que nunca foi exemplo de virtude mas um vício de vanglória. Nem sei a que título anda tudo com trampa do orgulho na boca.

        E têm orgulho concretamente de quê- das tuas hemorróidas- do perigo para a saúde que essa trampa é, ou da porcaria que fazem?

        Há algum orgulho na forma como se fode?

        Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:45

        Se o teu pai tiver fetiche com sapatos a tua mãe também cria uma associação de sapateiros e vai ao Querida Júlia falar das cenas kinky que o marido gosta na cama?

        Eu não sei é até que ponto já pode ir a falta de vergonha na cara.

        Porque isto nada tem de decente ou interessante ou inteligente, ou sequer bonito para se mostrar.

        Muito menos para andarem sempre a esfregar na cara das pessoas como se quem não exibe merdas que até os bichos sabem fazer, fosse um ser inferior.

        Gostar

  28. 26 Abril, 2016 22:37

    Que porteirice mais foleira. Este deve ser daqueles que pergunta à porteira como se chama o vizinho do 1º Esquerdo e o que faz o do direito.

    Quer cuscar a vida de toda a gente. Até imagino que ande de metro a insultar os anónimos que não informam todos os passageiros acerca do nome, apelido e gostos na cama.

    Gostar

  29. 26 Abril, 2016 22:38

    Romeu,

    Não estou a choramingar nadinha, revelei-lhe um caso.
    Tenho dois bons cojones — disse cara-a-cara ao tal tuga muuiiiiiiito conhecido, que um dia retaliaria. E vou retaliar. Posteriormente, numa cerimónia pública e à frente de pessoas recusei-me a apertar-lhe a mão.
    Os meus bons cojones são exclusivamente para fêmeas, preferencialmente entre os 20 e os 40,45 anos.

    Fico sempre pé atrás perante um anormal, um gay.

    Gostar

    • 26 Abril, 2016 22:41

      Recusou-se a apertar-lhe a mão?
      Tivesse-lhe apertado os ditos cujos a ver se ele não cantava ópera.

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 22:49

        Naquele local (Mosteiro dos Jerónimos) e cerimónia não podia fazer-lhe isso.
        Mas se lhe tivesse apertado os ditos talvez o gajo gostasse, entendesse como minha apetência. Ou, começasse a grunhir uma mini-cantata dadaísta “aaiii-ah-iiii-pô-!…” em 33-44 decibéis.

        Liked by 1 person

      • 26 Abril, 2016 22:50

        ahahahaha

        Gostar

    • 26 Abril, 2016 23:04

      Ui, recusou apertar a mão, que loucura. Ficamos à espera de ver a retaliação, portanto. Boa sorte com isso (agora a sério).

      Gostar

      • 26 Abril, 2016 23:08

        Pode esperar sentado, porque não verá qual e onde a minha retaliação.
        A minha recusa em apertar-lhe a mão foi só uma leve amostra de mandá-lo à merda.

        Gostar

  30. 26 Abril, 2016 23:04

    Pronto(s), já sei quem é e o que faz Romeu Monteiro. É o Romeu ! Desde há anos se ouviu falar dum Romeu na Columbia. Fala nos jardins da Columbia University a alguns estudantes mais atraentes antes e entre as aulas; janta em Beverly Hills mas na cozinha da mansão onde presta serviço de limpeza, lava-louça e o que mais o patrão gay quiser.

    Gostar

  31. 26 Abril, 2016 23:10

    Ó Romeu,

    analisados os seus comentários, concluo que vc. não é nada paneleiro, nunca foi à Columbia nem a Beverly, e surgiu aqui para “manganar” com o pessoal.

    Gostar

  32. 26 Abril, 2016 23:27

    também tenho pena. desde uma perspective holistica … estão privados do todo :yang yang , yin yin , são assim redundâncias.

    Gostar

  33. 26 Abril, 2016 23:35

    O Romeu mantem-se resistente a “manganar” com o pessoal. Até coloca um vídeo do Querida Júlia.

    Gostar

  34. licas permalink
    26 Abril, 2016 23:39

    Blasfémias (in favour)

    Uma Arca de Noé:
    Cabe toda bicharia,
    Blog que é o que é
    Duma fina bizarria:
    Este seu maior encanto
    Do que ainda me espanto.

    Há de tudo na verdade,
    Veja até analfabetos,
    Isto até dá-me vontade
    De ver australopithecos.
    Tenho já na minha rota
    O dinosauro Bolota.

    É que nem mesmo na Rússia
    O Leninismo avança,
    Putin usa de astucia
    P´ra esconder a herança.
    Cruzes canhoto, cá não!
    Seria torpe traição.

    licas fecit

    Gostar

  35. licas permalink
    26 Abril, 2016 23:48

    Desculpem o “fora de tema”: preciso foi, disfarçar o odor . . .

    Gostar

  36. Carlos Dias permalink
    27 Abril, 2016 01:04

    Há uns tempos que não vinha aqui.
    Agora vejo que o Blasfémias se tornou num “Dona Júlia” da TVI.
    Longe vão os tempos que tinha força e ideologia.
    Agora imperam os reformados e as histéricas.
    É patético mas não me dá pena.
    Eheheh

    Gostar

    • 27 Abril, 2016 07:35

      “Há uns tempos que não vinha aqui” é o comentário padrão do crítico sem nada para dizer. Você consegue melhor.

      Se recebesse 1€ por cada visita que “há uns tempos que não vinha aqui” não precisava trabalhar.

      Gostar

      • Carlos Dias permalink
        27 Abril, 2016 14:34

        É de aproveitar. Talvez valha a pena

        Gostar

      • Carlos Dias permalink
        27 Abril, 2016 14:39

        Normalmente quando venho é para utilizar a lista de blogues.
        Digamos que o Blasfémias é uma espécie de Páginas Amarelas digital

        Gostar

      • 27 Abril, 2016 14:46

        Então escusa de perder tempo a sujar isto, que dá um bocado de trabalho a limpar e também lhe causa transtorno por ter que juntar letras.

        Gostar

    • 27 Abril, 2016 08:23

      Carlos Dias, você é reformado ou histérica? Ou pateta?

      Gostar

  37. Carlos Dias permalink
    27 Abril, 2016 01:19

    No entanto devo dar os parabéns aos Bolotas, Arlindos e similares.
    Conseguiram pôr o Blasf. a falar consigo próprio.
    Clap, clap, clap…

    Gostar

    • 27 Abril, 2016 08:22

      O que é isso de um blogue falar consigo próprio? Você faz parte do Blasf. e por isso vem cá falar?
      Era suposto o blogue falar com quem?

      Gostar

  38. Incauto permalink
    27 Abril, 2016 10:40

    Amigos, calma…O inimigo é o socialismo e o políticamente correcto, que descambam na ausencia de liberdade para decidirmos as nossas vidas como queremos, e não é a individualizar nos ataques contra pessoas como o Romeu, que por acaso até me parece do lado certo dessa barricada que vamos a algum lado. É desperdício de energia. E os verdadeiros males que nos ameaçam e os caminhos turtuosos que o Mundo está a percorrer é que merecem toda a energia do nosso combate. Primerio é preciso acabar com o 25/04 e a maçonaria. Após isso as coisas começam a entrar nos eixos naturalmente. Quanto aos tontos é deixá-los ladrar á vontade porque são tontos. É preciso é convencer os que não sendo genéticamente tontos, andam enganados. E não é própriamente assim.

    Gostar

    • 27 Abril, 2016 10:59

      Claro que não é o Romeu. Ele é que nem percebeu o sentido do post.

      Mas acabou por ajudar a perceber-se o próprio post. Eles são instrumentalizados e existem lobbies. O exemplo do Romeu confirma perfeitamente de onde vem o financiamento principal a todas estas causas fracturantes.

      Existe é outra coisa. Hoje em dia as pessoas parece que perderam o sentido de intimidade e recato e o facebook ajuda a isso. Expõe tudo como se fossem vedetas mundiais.

      E também existe outra coisa- qualquer treta é logo transformada em causa e militância.

      Por exemplo- dantes as pessoas compravam um cão. Hoje adoptam um cão a que chamam filho e passam a tutores desse animal que já é pessoa e a seguir precisam logo de comprar o pacote inteiro das causas vegan.

      Com os homossexuais está a passar-se o mesmo. Seria bom que as sociedades, de facto não perseguissem essas pessoas. E na Europa tal já não acontece. Portanto, devia ficar-se por uma questão íntima acerca da qual não é de bom-gosto entrar em detalhes ou atirar para cima dos outros essas intimidades.

      Mas não- em virtude dos lobbies também se consideram logo um grupo especial e compram as causas todas que em nome deles os que querem destruir as sociedades vendem.

      Gostar

      • 27 Abril, 2016 11:27

        Em cheio.
        Qualquer dia temos o orgulho cocó, por defecar sempre com a consistência correcta, de acordo com o cânone Isabel do Carmo. Orgulho látex, por gostar de ser chicoteado. Já ninguém tem paredes nas casas? É a vitória da arquitectura moderna em vidro.

        Liked by 1 person

      • 27 Abril, 2016 11:30

        O “orgulho cocó”

        AAAHHAHAHAH

        Gostar

      • Incauto permalink
        27 Abril, 2016 11:58

        Toda a razão Zazie, não discordo em nada do que disse. Mas é a velha questão da “doença”: ataca-se a causa ou os sintomas? De que nos vale andar sempre a saltar-nos a tampa? E contra mim falo, que muitas vezes me dá vontade de aplicar a receita “salutar” das bofetadas. É extremamente difícil combater a tontice porque o principal problema dos tontos é não não responderem a estímulos puramente racionais. Tem que se ser muito paciente com os tontos (que não é o mesmo que ser tolerante com as casstes que os tontos debitam porque ouviram tontos retóricamente convincentes a debitá-las antes deles). O Vitor Cunha utiliza uma arma muito eficaz em alguns casos mas contra-producente em muitos: o ridiculo. Expor as tontices como ridicularias é eficaz apenas quando o cérebro do tonto ainda não está irreversivelmente destruído. Por isso eu digo, devemos primar pelo exemplo. Se possível, acarinhar os tontos porque são como crianças a precisar de afecto e compreensão. Só assim poderemos sonhar em fazê-los abraçar a civilização, a méritocracia, o liberalismo, o capitalismo e a noção de liberdade de escolha, conceitos absolutamente bizarros para quem vive ao colo do estado. Devemos portanto, trazê-los a nós e acolhê-los no nosso colo para que possam crescer saudáveis. Compreende Zazie?

        Gostar

      • 27 Abril, 2016 12:24

        Repare uma coisa- eu não tenho causas. Na vida prática sou do mais low profile que se possa imaginar.
        Não me meto em nada e, muito menos na vida de ninguém.

        Portanto, em tudo isto aquilo que combato são os lobbies porque esses têm poder e conseguem ir alterando o pano de fundo das sociedades.

        E isso é tramado porque a revolução é assim que se faz. Colocando o mundo de pernas para o ar, punindo por lei o bom-senso e transformando o que deve ser margem em Lei e Ordem.

        Quanto às pessoas, não fulanizo nada. Mas se se armam aos cágados com o dedo censório espetado e a fazerem processos de intenção. levam nos cornos porque é isso que se tem de fazer com todo o patrulheiro inquisidor.

        Gostar

      • 27 Abril, 2016 12:27

        Quanto a tontos e grupos e coisas assim, sou como o Jonathan Swift. Detesto tudo em grupo, só consigo gostar de gente uma a uma.

        E não nasci para educar mais nada que a prole. Fora do que é a família o mais que quero é que se lixem que não me compete a mim fazer de mãezinha dos outros.

        Eu nem ensino ou corrijo ninguém. Portanto, como não está no meu feitio ser intrometida, também não suporto que venham cheirar e patrulhar ou querem mentalizar-me com alguma treta.

        Gostar

      • 27 Abril, 2016 12:37

        Por outro lado, não peça para ser paciente com palermices ou estupidez porque há coisas que devem ser genéticas.

        Sou impaciente e intolerante. Como não nasci para vítima, também retribuo sempre quando me provocam.

        Gostar

  39. 27 Abril, 2016 12:30

    Tenho meia dúzia de embirrações. E mesmo acerca delas sei medir a que ponto o que eu posso dizer altera ou não altera alguma coisa.

    Se não altera, também sou suficiente cínica para dizer à Groucho: estes são os meus princípios, se não gostam, tenho outros”.

    Nunca acreditei na capacidade de influência pelo facto de ser do contra e dificilmente alguém me influenciar.

    Devo estar errada mas detesto assédio publicitário de toda a espécie, incluindo o “das mentalidades”.

    Gostar

  40. 27 Abril, 2016 12:33

    Mas, é claro que, como todo o ser humano normal, também tenho necessidade de desabafar e este mundo-às-avessas é praga de tal modo nociva e geral que é impossível fingir que desconheço e que é lá com cada um.

    Não é. É com todos nós porque somos responsáveis pelo que se vai construindo no presente e que mais tarde outros apanham como tragédia.
    Quem faz a cama devia deitar-se nela.

    Gostar

  41. piscoiso permalink
    27 Abril, 2016 14:14

    Post muito instrutivo sobre a direita. Romeu Monteiro foi esclarecedor.

    Gostar

    • 27 Abril, 2016 19:45

      Não divida todas as reacções sobre o tema entre “direita” e “esquerda”…
      Claro, o Romeu foi esclarecedor sobre si (ele) ! Alguém duvida ?

      Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: