Skip to content

Catarina Martins: “isto é só o início”. E no fim quem paga a conta?

26 Junho, 2016

No arranque da X Convenção do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido olhou pelo retrovisor e lembrou as conquistas que foram feitas em matéria de recuperação de rendimentos e direitos sociais desde que, no dia 14 de setembro, num debate televisivo: conforme fez questão de lembrar, desafiou António Costa a “abrir a porta a uma mudança na política portuguesa”. Falou como se as decisões tivessem sido tomadas pelo Bloco de Esquerda e não de uma aliança com o PS e o PCP. Nove meses depois, Catarina olha para a frente, diz que “cumpriu a palavra”, e até anuncia medidas: a aprovação da lei da renda apoiada e o fim das apresentações quinzenais periódicas nos centros de emprego.

Num discurso de 25 minutos, usou um tom que nunca se lhe tinha ouvido. Puxou dos galões e enumerou as conquistas dos últimos meses: o aumento do salário mínimo nacional – “e ainda vamos continuar a aumentar” -, o fim do congelamento das pensões, a reposição das prestações sociais cortadas e outras reforçadas, a proteção das habitações contra as execuções das finanças, as reversões das concessões dos transportes públicos, a reposição dos feriados, a defesa da escola pública na guerra do fim dos contratos de associação, etc. “Cumprimos a nossa palavra, e isto é só o início”, disse.

Anúncios
24 comentários leave one →
  1. Eduardo permalink
    26 Junho, 2016 12:25

    E o cocheiro da geringonça não diz nada… continua a rir… Tenho saudades do Siguro… o tal que era poucochinho!!!
    Este é mesmo um grande alarve…
    E que dizer do Martelo?
    J+a se sabe
    Não faz nada
    Mas quando vê um rabo de saia….

    !!!! SORRI !!!

    Não há dúvida. Cada um é pró que nasce

    Gostar

  2. Manuel permalink
    26 Junho, 2016 12:59

    O nosso problema são os 10% de votos num programa partidário(BE) sem qualquer relação com a dramática situação em que estamos. Preparem-se para o discurso desculpabilizante, justificando tudo, incluindo um novo resgate, com o ” BREXIT”.

    Gostar

  3. LTR permalink
    26 Junho, 2016 13:40

    Ela faz o papel de gestora da casa de meninas do usurpador 🙂

    Gostar

  4. Expatriado permalink
    26 Junho, 2016 13:58

    Revelado o ‘autentico’ governo de Portugal. O Costa não passa de um ‘front man’ que não se importa de fazer figura de palhaço para se manter no Poder, enquanto os seus correligionários do PS vão ‘fazendo pela vidinha’ antes de a coisa estoirar de vez.

    http://observador.pt/2016/06/25/catarina-martins-poe-voz-de-poder-e-diz-que-isto-e-so-o-inicio/

    Mas o pagode gosta é de ver o ‘mestre dos afectos’ levar umas marteladinhas na cabeça. Costa sabe-a toda e os OCS limitam-se a alimentar a falácia.
    Com estas declarações a ‘artista’ anunciou a morte efectiva do PS e do PCP.

    Gostar

    • LTR permalink
      26 Junho, 2016 14:06

      Será que a Catarina quer fazer do Costa um Seguro? 🙂

      Gostar

      • Expatriado permalink
        26 Junho, 2016 14:10

        Um ‘seguro de vida’ enquanto ele se quiser manter como PM.

        E quer!!!

        Gostar

    • Eduardo permalink
      26 Junho, 2016 17:53

      O Martelo a levar umas marretadas no alto da peúga ou no alto dos c.r.n.o.
      Dos bonecos desta fornada o Galito de Marcelos encanta-me….
      Faz-me lembrar o outro galo que quase depenado, sorria e dizia para o dono:
      — Deixa-os poisar

      Gostar

  5. Expatriado permalink
    26 Junho, 2016 14:13

    Qual é o nome desta patologia?

    http://observador.pt/especiais/e-se-o-bloco-mandasse-nao-cedia-como-o-syriza/

    Gostar

  6. André Miguel permalink
    26 Junho, 2016 14:24

    Acabo de ouvir o discurso final da menina e não sei se fique em pânico ou se chore… esta gente não sabe o que é o dinheiro, o que significa, de onde vem e como se lhe atribui valor… Esta malta, demente, pensa que a riqueza nasce nas árvores, que as coisas aparecem feitas por caridade e que a comida surge na mesa por milagre!
    Só falam em aumentar salários, pensões, ajudas e afins… e quem paga??? Esta gente é completamente lunática e perigosa. Mas o povo gosta. E vai votar. E continuamos lixados com F…

    Liked by 1 person

    • 26 Junho, 2016 16:58

      Não procuremos nem dinheiro nas árvores nem inteligência em calhaus. Mesmo assim é mais provável encontrar uma nota levada pelo vento num ramo de árvore do que sapiência num ou numa bloquista esganiçada, esganiçado ou eaganiçade.

      Gostar

    • jmpg permalink
      27 Junho, 2016 13:00

      É isso mesmo. Julgam que o dinheiro que tiram das caixas ( multibanco) vem da parede. Se isto cair saem de cena e pronto, é só arranjar umas desculpas, o Passos Coelho e o governo anterior servem para isso

      Gostar

  7. chipamanine permalink
    26 Junho, 2016 15:03

    Circunstancialmente reparei que na Ribeira das Naus se encontrava içada a Bandeira Nacional emparelhada pela bandeira do movimento gay. Como os símbolos nacionais devem ser tratados com dignidade estranhei esta associação mas ao que parece o edil de Lisboa acha tudo normal.como se ironiza dantes era proibido agora é permitido vou emigrar antes que passe a ser obrigatório. E isto é só o início!

    Liked by 1 person

    • 26 Junho, 2016 16:35

      Nestes dias, emigrar só para a boca do Urso. Todos os outros países são rabetocracias, e querem colocar-nos em posição de quatro.

      Gostar

    • Luis permalink
      26 Junho, 2016 16:41

      Quantos gays há em Portugal? 1, 2 ou 3% da população não? Então por que motivo isto tem tanto destaque?

      Gostar

  8. Luis permalink
    26 Junho, 2016 16:40

    Esta sem saber é irmã gémea do Nigel Farage. Acima dos 50 votaram pelo Brexit, abaixo pelo Remain. O confronto de gerações é brutal. Venceu o Leave por uma razão simples: o turnout, os mais velhos não faltam à ida às urnas, os mais jovens são mais desleixados e faltam. Com um turnout igual vencia o Remain.

    Então e por que motivo venceu o Brexit nos mais velhos?

    1) Austeridade. Não querem cortes nas pensões. Faltam centros de saúde. O NHS já não aguenta uma população envelhecida. O Governo do Cameron semanas antes discutia trazer a idade da reforma para os 70 anos. Faltam casas de habitação social. O Farage e o Boris disseram que isto era tudo culpa dos imigrantes, que havia excesso de população por causa dos imigrantes. A realidade é outra: faltam infra-estruturas e as pensões não são viáveis com esta pirâmide etária. E o RU está longe de de países como Portugal em termos demográficos…

    2) Medo da entrada da Turquia e dos refugiados. Nunca ninguém disse claramente que a Turquia não entra. E as pessoas ficaram desconfiadas. Também nunca ninguém disse claramente para onde vão os refugiados que entraram na Europa depois da guerra. E os bifes acham que daqui a 5 anos têm passaporte alemão e vão invadir o Reino Unido.

    Foi a imigração e a austeridade. E isto vai suceder em toda a Europa. Os mais velhos têm mais peso relativo na população e votam mais, não há tanta abstenção. E não querem cortes de forma alguma nas pensões e no SNS. São eles que votam com mais peso no Podemos, na Le Pen ou na extrema-direita na Áustria. O Estado Social que surgiu com algo positivo pode tornar-se agora o carrasco da Europa.

    Liked by 1 person

    • O Bronco permalink
      26 Junho, 2016 17:08

      Caro comentafor,

      Não considerando as razões que aponta como despiciendas, bem pelo contrário, não existirão uns quantos seniores que terão votado »Leave« porque não querem para os seus netos (no meu caso netas) aquilo que agora lhes é servido?

      Anyway, a interpretação de conveniência da rapariguita bloquista apenas serve para rapaziada com palas nos olhos, nos ouvidos e, certamente, padecendo de uma forma ou outra de afasia.

      Gostar

  9. Expatriado permalink
    26 Junho, 2016 16:41

    Oi, Katrina (aquela força de vento destruidora). Lê isto é faz a comparação cá com o jardim:

    http://www.independent.co.uk/news/uk/home-news/brexit-cornwall-issues-plea-for-funding-protection-after-county-overwhelmingly-votes-in-favour-of-a7101311.html

    Gostar

  10. 26 Junho, 2016 17:06

    Pior que isso, já ameaça a União Europeia com um referendo.

    Como se diz na minha terra vozes de burro não chegam ao céu … mas o diabo às vezes tece-as.

    Para alertar para os perigos do Brexit escrevi este post: http://marques-mendes.blogspot.pt/2016/06/a-fine-balance-between-breakup-of.html

    Gostar

  11. 26 Junho, 2016 22:55

    O que Catarina (e Jerónimo, e até certo ponto Costa) não dizem, nunca, é o óbvio.
    Numa casa de gente com juízo onde se pondera uma despesa a primeira questão é: temos dinheiro?
    Se temos vamos lá fazer a despesa.
    Não temos? Teremos crédito?
    Se sim, vamos lá fazer contas a ver se conseguimos pagar.
    Se conseguimos, vamos lá fazer a despesa.
    Se não temos dinheiro nem crédito a despesa não se faz.
    Pelo estado das coisas, falta muito juízo em muitas casas e em muitos políticos.

    Liked by 1 person

  12. Arlindo da Costa permalink
    27 Junho, 2016 01:26

    Quem vai pagar e quem está a pagar a conta, certamente não são os vígaros dos boches e seus lacaios.
    Abram os olhos como preveniu o Nigel Farage!

    Gostar

    • 27 Junho, 2016 10:29

      Também não são os filhos da puta dos Arlindos que pagam. Esses parasitas só servem mesmo para mamar!

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: