Skip to content

duas figuras menores

4 Julho, 2016
by

_70200133_farage_boris_ap_afp464Boris Johnson e Nigel Farage passaram os últimos anos a, literalmente, rosnar contra a União Europeia e a fazerem campanha pela saída do Reino Unido dessa organização. Agora que, provavelmente contra as suas expectativas e até, admito, vontades, o país a que pertencem se prepara para assumir as consequências das suas propostas políticas, ambos se puseram a mexer, declinando qualquer responsabilidade sobre o que se passará em seguida. Como, provavelmente, nenhum dos dois se submeterá tão cedo a eleições nacionais, nem sequer poderão ser castigados politicamente. Outras responsabilidades sobre o que possa acontecer deixaram, também, de lhes poder ser assacadas.

São estas coisas chatas que tem, por vezes, o tal sistema que, sendo péssimo, consegue ainda ser melhor que todos os outros. Como muito bem dizia um conterrâneo destas duas figuras menoríssimas, a quem nunca a História poderá acusar de cobardia.

Anúncios
64 comentários leave one →
  1. bintoito permalink
    4 Julho, 2016 11:47

    Desses também andem por cá.

    Gostar

  2. 4 Julho, 2016 11:52

    políticos da treta. E mentirosos.
    A bandeira do RUnido atada a um punho que lhes esmurrace os seus focinhos era pouco.

    Gostar

  3. 4 Julho, 2016 12:02

    Brincadeira da grande. Um a seguir ao outro!

    Gostar

  4. 4 Julho, 2016 12:09

    Gosto muito do Boris mas é demasiado culto para estratega

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      5 Julho, 2016 09:53

      Pois, o camarada Boris, além de citar Virgílio a escrever sobre Roma, o ano passado publicou uma biografia do Churchill a enfatizar o papel do indivíduo por contradistinção às meras forças económicas.

      Não li (ainda), mas se calhar explica quantos rabos o camarada Winston meteu entre as pernas entre 1915 – quando era ministro do governo Liberal que presidiu à desastrosa campanha de Gallipoli, com centenas de milhar de baixas militares, que lhe custaram o posto por exigência dos Conservadores – e 1945 – quando era o primeiro ministro Conservador que presidiu, entre outras coisas, ao assar vivos de dezenas de milhares de civis em Dresden.

      Vê-se que o Boris é uma figura menor comparado com esse santo do culto da liberdade – ainda não mudou de partido, e no máximo causou umas dúzias de mortes de ciclistas imprudentes com os incentivos às bicicletas em Londres. Óbviamente que não serve para limpar os sapatos a St. Winston.

      Ainda. Mas tem potencial.

      Liked by 1 person

  5. 4 Julho, 2016 12:11

    O meu pimpolho diz que o Cameron também está queimado pelo mesmo motivo. E apoia a Theresa May

    Eu acho-a feia pra burro e sem estudos que se apresentem mas a política não vive disso.

    Como o comprova o Passos Coelho que ainda estudou menos e revelou-se um grande político.

    Gostar

    • Amélia permalink
      4 Julho, 2016 13:02

      Grande político?Para quem?Para as pessoas da cor do partido a que ele pertence:

      Gostar

      • 4 Julho, 2016 17:42

        Estúpida- grande político para Portugal.

        Liked by 1 person

      • Monti permalink
        4 Julho, 2016 17:57

        Para os psd, tal como o ps vai fazendo com os seus. Nada de novo.
        Quanto aos trabalhos de Mr Passos, as circunstâncias fizeram dele o que foi. Um reequilibrador dos desmandos anteriores.
        Contas externas (Agosto): superavit conjunto das Balanças Corrente e de Capital a +20,3%; Balança Corrente a +343%; na Balança Corrente, défice dos Bens diminuiu de € 5.770,3 milhões para € 5.603,6 milhões; superavit dos Serviços a +3%, rubrica Turismo a +11,6%; défice dos Rendimentos a -15,3%; Balança de Capital de superavit inferior ao de 2014: € 1.486,4 milhões contra € 1.744,5 milhões…ligado à chegada de fundos estruturais (Tavares Moreira, blog 4ª República)

        Gostar

  6. 4 Julho, 2016 12:12

    Não é que o Boris seja bonito mas tem o estilo.
    O estilo de conservador irreverente que por cá não existe, nem para amostra.

    Liked by 1 person

  7. 4 Julho, 2016 12:26

    Falta ao RUnido um político com grande categoria. Neste momento, metade da categoria do WChurchill chegava.

    Gostar

    • 4 Julho, 2016 12:31

      Realmente, muito recomendável esse sujeito.

      O mais que eles têm de sobra é políticos com categoria.
      Assim tivéssemos nós um, nem que fosse mero militante, para amostra.

      Mania de soberba de um povo que pede esmola andar a dar lições aos grandes.

      Gostar

    • 4 Julho, 2016 12:36

      Por cá temos o Pedro Ferraz da Costa (que não é político); o Martinez (que não é político) e o Passos Coelho que é.

      A Maria Luís como complemento técnico, também interessa.

      Gostar

    • 4 Julho, 2016 13:10

      Na voz da populaça, os grandes políticos só o são depois. Depois de morrerem ou depois de ser considerados pelas elites ou pelos “mídia”.
      Mas os grandes políticos são grandes desde cedo, embora vão ajustando a sua ação com o tempo e a experiência adquirida. Ninguém nasce grande político, mas pode nascer-se com potencialidade para vir a ser um grande político!
      Há sempre quem repare neles desde o princípio, mas é preciso ter boa capacidade de observação. Eu, falo por mim. Não me agradava o Passos Coelho para dirigir o PSD com vista a destronar os políticos da treta que na altura eram representados pelo tal Sócrates. Pensava que o Rangel era a pessoa indicada. Devo também afirmar que não sou militante do PSD nem de qualquer outro partido. O que me interessa é ter governantes que governem a pensar em Portugal e nos portugueses de modo a melhorar Portugal e a vida dos portugueses.
      Na altura enganei-me, porque com a entrada em funções de Passos Coelho, reparei que o homem era melhor do que o que eu pensava, e ao longo da legislatura fui confirmando que afinal o Passos Coelho era um grande político e que o Rangel não tinha a capacidade dele. Cada um é o que é. O Rangel, bem como o que foi Ministro da Defesa, serão pessoas bem capacitadas, mas o Passos Coelho saiu-me um grande político. Saiu-me um Estadista! E a mim, antes não me parecia.
      Diga-se o que se disser do Passos Coelho, tenho a certeza que mesmo os inimigos de Portugal e do bem estar dos portugueses, de dirigentes partidários falo eu, daqueles que por tudo e por nada tentam denegrir a sua imagem, têm-no em atenção.
      Portugal tem neste momento da sua História um estadista que pode servir os portugueses e levantar a alma nacional. Está arredado do poder pela politiquice de políticos pequenos, que tudo fazem para encher o ego e agradar a grupos da sociedade portuguesa com o objetivo de se manterem junto das finanças públicas a sugar os altos impostos que os portugueses que labutam são obrigados a pagar.
      A Esquerda em Portugal hoje faz aquilo de que se queixava antes e a seguir ao 25 de Abril de 1974.
      A política justa que Portugal precisa faz-se também derrotando a Esquerda chupista que temos hoje.
      Viva Portugal!

      Liked by 2 people

      • 4 Julho, 2016 13:19

        Também me enganei em relação ao Passos Coelho.
        Mas é um grande político.
        Para a política não importa muito a “literatura”.

        O que não retira estilo ao Boris e acho que ele saltou fora porque levou punhalada.

        Isso e porque, tanto ele como o Cameron, não contavam que o Brexit fosse mesmo para valer. Estavam à espera do resultado inverso para negociarem.

        Liked by 1 person

  8. Eduardo permalink
    4 Julho, 2016 12:39

    Gil Vicente chamar-lhes-ia:
    — 2 bons filhos da puta
    Catarina Martins, a artista de teatro das figuras tristes chamar-lhes-ia:
    — Meus keridos amigos beefes

    Gostar

  9. 4 Julho, 2016 12:47

    Está a demorar a passar o rabo dorido, hein ?

    Gostar

    • Luís Marques permalink
      4 Julho, 2016 16:16

      Da próxima vez que aplicar um clistér,use vaselina em vez de areia, vai ver que o rabo fica menos dorido.

      Gostar

      • 4 Julho, 2016 22:01

        Fala por experiência própria ?

        Gostar

  10. 4 Julho, 2016 12:52

    quando o outro disse isso ainda não se tinha dado a massificação total e a ralé ainda não tinha chegado ao poder. hoje , o charuto man jamais diria semelhante disparate que , aliás , mitificou e impede que se procurem soluções de governação novas..

    Liked by 1 person

  11. 4 Julho, 2016 13:14

    Pobre Reino Unido se estivesse dependente deste o daquele politico. Pobres países como a Suíça e a Noruega que não pertencem à UE. Nem se percebe como é que são dos mais ricos do mundo fora da UE.

    Liked by 3 people

    • 4 Julho, 2016 13:20

      Completamente. Essa é a besteira- por cá está-se sempre à espera de um salvador para se ter uma Nação.

      Liked by 1 person

    • 4 Julho, 2016 17:11

      Não se perceberia é se o não fossem. Noruega com petróleo e uma densidade de 12 habitantes por Km2 e a Suíça o cofre do mundo, são obrigados a serem ricos.

      Gostar

      • oscar maximo permalink
        4 Julho, 2016 19:35

        Parabéns. Acabou de dizer que há gente a mais no mundo, se calhar sem o querer, e logo num sitio infestado de economistas a sonhar com crescimento.

        Gostar

      • 4 Julho, 2016 19:59

        Qualquer um destes países tem uma industria de excelência e exportam mais para o resto do mundo do que para a UE. Não é só o petróleo e os bancos. Basta comparar as empresas industriais e o PIB correspondente.

        Liked by 1 person

  12. 4 Julho, 2016 13:34

    Dúvida prático-filosófica: quem é que lhes paga a reforma? A UE ou o RU?

    Gostar

    • 4 Julho, 2016 13:35

      Essa é a questão que já se colocou aos escoceses e meteram o rabo entre as pernas.

      Liked by 1 person

    • 4 Julho, 2016 22:36

      O dinheiro provem de tal forma da União Europeia, como o dinheiro que os governos nacionais gastam, provem do bolso dos seus membros e partido politico.

      Gostar

  13. 4 Julho, 2016 13:36

    Subscrevo.

    Gostar

  14. 4 Julho, 2016 14:54

    Figura Maior 4 de Julho

    Gostar

  15. lucklucky permalink
    4 Julho, 2016 15:05

    Continua a não entender nada.

    Gostar

  16. castanheira antigo permalink
    4 Julho, 2016 15:40

    E os burocratas parasitas de Bruxelas são figuras maiores ? E os políticos profissionais ingleses , portugueses etc são figuras maiores ?
    Não conhecendo bem as figuras objecto do post , estranho o epíteto porque mal fundamentado . No entanto digo que se não são políticos profissionais , a sua acção politica é sempre louvável pois no mínimo ajuda a esclarecer , o que nos tempos que correm é tarefa árdua.

    Liked by 3 people

  17. PiErre permalink
    4 Julho, 2016 15:52

    Não entendo o que é que a submissão a eleições poderá ter algo a ver com ser ou não ser castigado politicamente.
    A ser assim, o tal conterrâneo terá sido castigado politicamente, não? O que é que ele fez de mal? O mesmo que estes dois, ou pior?

    Liked by 1 person

  18. 4 Julho, 2016 16:05

    Cada vez mais (devido há enorme variedade de tudologos) cada um tem que assumir as suas próprias conclusões e deixar de culpar os outros por se ter deixado convencer. Quem agora está preocupado com a votação, em que entrou no UK, deve assumir as suas responsabilidades, e não queixar-se destes dois cretinos, que pediram a demissão e lavaram as mãos.

    Gostar

  19. LTR permalink
    4 Julho, 2016 16:26

    O caso destas duas catarinas é curioso porque, ao contrário da maioria dos outros, aplicam-se-lhe várias frases do Matheus:

    -“Péra lá! Me inclua fora dessa!”
    -“O difícil, como todos sabem, não é fácil.”
    -“É uma faca de dois legumes”
    -“A seguir à tempestade vem a ambulância”

    Liked by 2 people

  20. Arlindo da Costa permalink
    4 Julho, 2016 18:37

    Dor de cotovelo. Ali estão dois paladinos da liberdade.
    Disseram da União Europeia e dos respectivos lacaios o que Maomé não disse do toucinho…
    Mas é expectável que a nossa direita comuna não ache nenhuma piada àquelas personagens. É lógico…

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      5 Julho, 2016 07:35

      claro que é “lógico”. e é “lógico” apenas porque se dizem comunas e se acham diferentes da “direita fássista” mas isso é só nas roupagens……
      por aqui temos os nossos Farages de saias e esganiçadas,ou o meu tio Apache Jerónimo

      Gostar

  21. 4 Julho, 2016 20:02

    Se dúvidas houvessem elas ficaram desfeitas após o Brexit. A UE depende mais do Reino Unido em termos de trocas comerciais do que o Reino Unido da União Europeia. E a saída do Reino Unido da UE torna esta num anão comercial ( anão politico já o era há muito tempo ).

    Liked by 2 people

  22. 4 Julho, 2016 20:21

    Em democracia os atos democráticos que podem alterar profundamente as relações sociais e económicas dos cidadãos só são válidos quando decididos por 2/3 de votos a favor.
    O referendo que conduziu ao Brexit foi uma trafulhice. Devia ser anulado e repetido com aquela condição.

    Gostar

    • 4 Julho, 2016 21:32

      Como o referendo português a favor do aborto?

      Liked by 1 person

      • Tiradentes permalink
        5 Julho, 2016 07:37

        o referendo tuga sobre o aborto nem sequer teve a participação suficiente para ser considerado (50% dos votantes) e isso não deteve os “esclarecidos” de o considerarem vinculativo

        Liked by 2 people

    • 4 Julho, 2016 22:24

      O que é que tem os 2/3 de tão especial, porque não 3/4 ou 4/5 ?

      Gostar

    • lucklucky permalink
      4 Julho, 2016 22:36

      Já não defendes isso com a desvalorização da moeda, nacionalizações, educação totalitária pois não Manolo.

      Liked by 1 person

      • 4 Julho, 2016 22:43

        ah, para Isso,1/3 é mais que suficiente . E já vai com sorte se puder sequer votar .

        Gostar

  23. Filipe Costa permalink
    4 Julho, 2016 20:37

    O Lider Europeu com maiores mamas é a Merkel, logo, está escolhida como dirigente. Tive que aplicar esta regra, não vejo outra mais sensata.

    Gostar

  24. sam permalink
    4 Julho, 2016 22:08

    Mas o Farage continua deputado europeu.
    Bem melhor do que a Mota-Engil…

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      5 Julho, 2016 07:40

      O Farage e todos os deputados da esquerda esganiçada e stalinista que na ratificação dos tratados votaram contra. O que será que eles andam ali a fazer? o mesmo que o Farage e o Marinho e Pinto?

      Gostar

  25. lucklucky permalink
    4 Julho, 2016 22:39

    Farage, Boris et all são os que ainda creditam no Estado Nação, na existência de diferença e de escolha, competição entre países..

    Ao contrário socialistas de esquerda e direita querem só um país.
    Não querem competição.

    Liked by 2 people

  26. 5 Julho, 2016 00:47

    Para Rui A. figuras menores são aqueles que defendem o seu País. Defendem a causa de, serem cidadãos do seu País, do País de seus pais e avós … e dos seus filhos.
    Um País com séculos de luta contra os abusos do poder. Aonde os apetites do poder mais têm sido condicionado de forma invulgarmente cívica, pelos seus cidadãos.

    Figuras maiores serão os burocratas como Juncker e Schult, nunca eleitos nem reeleitos pelos cidadãos “europeus” a quem exigem a vassalagem. Isto a soldo de uma elite alemã.

    Rui A. está apoiado nesta sua convicção por fulaninhos que julgam que Europa rima com Erasmos. Ainda não perceberam que se não fosse Farrage e Boris acabariam por ser apenas cidadãos de segunda do IV Reich, carne para canhão de qualquer outra loucura expansionista à procura de “espaço vital”.
    Alguém terá apanhado Sol a mais?.

    Liked by 2 people

    • Tiradentes permalink
      5 Julho, 2016 07:44

      É assim como o Costa nunca eleito pelos tugas? na república socialista dos povos proletários à beira mar cagado?

      Gostar

    • oscar maximo permalink
      5 Julho, 2016 10:36

      Quando diz aqueles que defendem o país está-se a referir aqueles que pretendem uma sociedade com classes, escravizar uns para manter as regalias de outros, atirar com a carga da dívida para cima dos mais novos, progressivo empobrecimento e aumento de corrupção. Neste caso, o patriota de serviço é o Sr.

      Gostar

    • PalhaçoXuxa permalink
      5 Julho, 2016 10:44

      A maçonaria está por detrás da ue e a maçonaria manda os seus lacaios escreverem. Na maçonaria há de tudo, mais socialistas, menos socialistas e até alguns que se dizem anti-socialistas, quando a maçonaria não os manda escrever.

      Liked by 1 person

  27. jose silva permalink
    5 Julho, 2016 11:35

    Gosto de apreciar a democracia explicada por iluminados… Resumindo: Quando os que ganham não pensam como eu (facção) são umas bestas ignorantes (e outros insultos).
    Atitude típica dos “sinistros”, umas vezes com aspas outras sem.

    Liked by 1 person

  28. PiErre permalink
    5 Julho, 2016 17:43

    “… o tal sistema que, sendo péssimo, consegue ainda ser melhor que todos os outros.”
    .
    Tem a certeza? Ou é apenas uma crença?

    Liked by 1 person

  29. Arlindo da Costa permalink
    6 Julho, 2016 01:39

    Muito MEDO têm do Referendo os «LIBERAIS» portugueses!!!! 🙂 🙂 🙂

    Gostar

  30. Nigel Farage permalink
    6 Julho, 2016 01:50

    Não tenho o hábito de vir aqui comentar mas acho este post tão insultuoso e inexacto que não o podia deixar passar em branco. Quem escreve isto está demasiado embrenhado nos meios de comunicação social aqui da paróquia. Talvez fosse apropriado o Rui ler um pouco mais antes de escrever sobre o que manifestamente não sabe.
    Leia por favor o Breitbart ou veja os discursos de Nigel Farage no parlamento Europeu. Discursos premonitórios em que ele identifica a maior dos problemas que a Europa neste momento atravessa. Leia por favor sobre o atentado que ele sofreu ou as ameaças de morte sobre as suas filhas e esposa (curiosamente alemã…).
    Chamar-lhe idiota ou cobarde mostra mesmo a ignorância e pequenez de pessoas que não percebem o o que significa a Magna Carta e o perigo que todos nós homens (ainda) livres corremos face a este mastodonte totalitário em que a UE se está tornar.
    Sim amiguinhos, a UE não é só subsidios e causas nobres, é acima de tudo um projecto de poder absoluto onde todas as nossas liberdade individuais estão gradualmente a ser eliminadas. Para os mais interessados no assunto comecem por favor com o “Caminho da Servidão” de Hayek e depois falamos…
    Agora se continuarem a ler a imprensa politicamente correcta de inspiração Gramsciana não me espanta mesmo nada que tudo o que seja diferente seja logo apelidado de “fascista” ou “racista”… O Newspeak dos nossos dias é infelizmente esse…

    Gostar

  31. Nigel Farage permalink
    6 Julho, 2016 01:57

    Não tenho o hábito de vir aqui comentar mas acho este post tão insultuoso e inexacto que não o podia deixar passar em branco. Quem escreve isto está demasiado embrenhado nos meios de comunicação social aqui da paróquia. Talvez fosse apropriado o Rui ler um pouco mais antes de escrever sobre o que manifestamente não sabe.
    Leia por favor o Breitbart ou veja os discursos de Nigel Farage no parlamento Europeu. Discursos premonitórios em que ele identifica a maior parte dos problemas que a Europa neste momento atravessa. Leia por favor sobre o atentado que ele sofreu ou as ameaças de morte sobre as suas filhas e esposa (curiosamente alemã…).
    Chamar-lhe idiota ou cobarde mostra mesmo a ignorância e pequenez de pessoas que não percebem o o que significa a Magna Carta e o perigo que todos nós homens (ainda) livres corremos face a este mastodonte totalitário em que a UE se está tornar.
    Sim amiguinhos, a UE não é só subsidios e causas nobres, é acima de tudo um projecto de poder absoluto onde todas as nossas liberdade individuais estão gradualmente a ser eliminadas. Para os mais interessados no assunto comecem por favor com o “Caminho da Servidão” de Hayek e depois falamos…
    Agora se continuarem a ler a imprensa politicamente correcta de inspiração Gramsciana não me espanta mesmo nada que tudo o que seja diferente seja logo apelidado de “fascista” ou “racista”… O Newspeak dos nossos dias é infelizmente esse…

    Gostar

  32. 6 Julho, 2016 02:00

    Não tenho o hábito de vir aqui comentar mas acho este post tão insultuoso e inexacto que não o podia deixar passar em branco. Quem escreve isto está demasiado embrenhado nos meios de comunicação social aqui da paróquia. Talvez fosse apropriado o Rui ler um pouco mais antes de escrever sobre o que manifestamente não sabe.

    Leia por favor o Breitbart ou veja os discursos de Nigel Farage no parlamento Europeu. Discursos premonitórios em que ele identifica a maior parte dos problemas que a Europa neste momento atravessa. Leia por favor sobre o atentado que ele sofreu ou as ameaças de morte sobre as suas filhas e esposa (curiosamente alemã…).

    Chamar-lhe idiota ou cobarde mostra mesmo a ignorância e pequenez de pessoas que não percebem o o que significa a Magna Carta e o perigo que todos nós homens (ainda) livres corremos face a este mastodonte totalitário em que a UE se está tornar.

    Sim amiguinhos, a UE não é só subsidios e causas nobres, é acima de tudo um projecto de poder absoluto onde todas as nossas liberdade individuais estão gradualmente a ser eliminadas. Para os mais interessados no assunto comecem por favor com o “Caminho da Servidão” de Hayek e depois falamos…

    Agora se continuarem a ler a imprensa politicamente correcta de inspiração Gramsciana não me espanta mesmo nada que tudo o que é diferente seja logo apelidado de “fascista” ou “racista”… O Newspeak dos nossos dias é infelizmente esse…

    Gostar

  33. Nigel Farage permalink
    6 Julho, 2016 02:04

    Os comentários também são censurados aqui?! Esquerda.net 2.0???

    Gostar

  34. nostrodamus permalink
    7 Julho, 2016 12:16

    http://www.spiegel.de/international/europe/brexit-the-era-of-the-angry-voter-is-upon-us-a-1101438.html#spLeserKommentare

    4. Globalisation

    macca51 Today at 03:16 AM

    The problems are well defined, too many immigrants, too much unemployment, loss of industries to the third world, a complete loss of faith by large sections of the population in democracy, a hatred of politicians of the major parties. But no solutions are offered. Why? Because no solutions are possible until and unless there is a realisation that for the last 50 years the Western world has been going in the wrong direction. Because those who, behind the scenes, run the world do not see it that way. So what if transferring jobs to the third world devastates a Western countries economy? The one percent gain and in their twisted thinking so do the Third World countries. If you are German or British or American and prefer your neighbours to have the same history and culture as you, well that’s because you’re a racist bigot. Closer integration of economies, is, just as it is with the EU, a step in the final plan of political integration of all countries into a single Global government.

    Gostar

  35. honi soit qui mal y pense permalink
    7 Julho, 2016 12:27

    http://www.spiegel.de/international/europe/brexit-the-era-of-the-angry-voter-is-upon-us-a-1101438.html

    excelente análise e bem equidistante de ideologias

    comentário 4 ,… mto a propósito

    4. Globalisation

    macca51 Today at 03:16 AM

    The problems are well defined, too many immigrants, too much unemployment, loss of industries to the third world, a complete loss of faith by large sections of the population in democracy, a hatred of politicians of the major parties. But no solutions are offered. Why? Because no solutions are possible until and unless there is a realisation that for the last 50 years the Western world has been going in the wrong direction. Because those who, behind the scenes, run the world do not see it that way. So what if transferring jobs to the third world devastates a Western countries economy? The one percent gain and in their twisted thinking so do the Third World countries. If you are German or British or American and prefer your neighbours to have the same history and culture as you, well that’s because you’re a racist bigot. Closer integration of economies, is, just as it is with the EU, a step in the final plan of political integration of all countries into a single Global government.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: