Skip to content

O trogloditismo, nosso amanhã

2 Agosto, 2016
«Exposição solar adequada»: a exposição à luz solar de edifício que disponha de cobertura em terraço ou de cobertura inclinada com água, cuja normal esteja orientada numa gama de azimutes de 90° entre sudeste e sudoeste, não sombreada por obstáculos significativos no período que se inicia diariamente duas horas depois do nascer do Sol e termina duas horas antes do ocaso;
Ora depois de anos e anos de regulamentos a imporem-nos a «Exposição solar adequada» vamos recuperar a a cave que antes era insalubre, o quartinho interior símbolo da pobreza do ‘facismo’ e a vivência nas furnas que passará a experiência multicultural
moura.jpg

 

Anúncios
23 comentários leave one →
  1. Antonio Santos permalink
    2 Agosto, 2016 11:22

    O blogue em língua espanhola http://www.10puntos.com divulgou uma lista com os dez impostos mais absurdos discutidos e implementados no mundo. O site publica diariamente o top 10 de temas light e curiosidades. Esta lista vai desde imposto por ser bonito até aos gases dos animais.

    Gostar

  2. oscar maximo permalink
    2 Agosto, 2016 11:45

    Um telhado desses, de pedra maçica á prova de bombas nucleares, deve dar bom agravamento no IMI.

    Liked by 1 person

  3. 2 Agosto, 2016 11:53

    Se o Sol paga agora imposto é porque já pagava antes. Nada se alterou. Pode é pagar mais, como a sua falta pode minorar mais, mas o conceito já lá estava. Não houve qualquer alteração aos conceitos que já existem pelo menos desde 2003 (Durão Barroso) no que se refere a vistas (localização excepcional), e desde 2006 (Sócrates), no que se refere à orientação (localização e operacionalidade relativas).
    O conceito está mal? Parece-me que sim, como sempre me pareceu desde que sou obrigado a lidar com o CIMI, por isso irrita-me ver tanto rasgar de vestes serodiamente, demonstrando a ingenuidade (e distração) de tanto intelectual que se deixa manipular pela letra dos jornais.
    Na altura em que estes conceitos foram introduzidos é que deviam ter protestado, porque é um abuso. Se está mal para 20 também está mal para 5. Não é pelo aumento que está mal, é por lá constar desde 2003 e 2006.

    Gostar

    • 2 Agosto, 2016 12:48

      O Q tem o Cu a haver com as calças?

      Gostar

    • 2 Agosto, 2016 12:51

      Gostar

    • Abre-latas permalink
      2 Agosto, 2016 13:09

      É por isso que gosto de vir ao Blasfémias, estou sempre a aprender!
      As tabelas de majoração são (e já eram) ridículas, só mesmo num regime comunista como o nosso isto é possível.
      Cada vez mais é preciso perceber (e mostrar) que não há diferença entre “socialistas de esquerda” e “socialistas de direita”. Este é um ótimo exemplo!

      Gostar

      • Pedro permalink
        2 Agosto, 2016 15:48

        E face às exigências da comissão europeia, mais 450 milhões de cortes, temos de esperar o pior. O aumento da aposta do euro milhões, que se reflete no imposto de selo, é um exemplo. Costa é um artista, na Câmara lançou a taxa das dormidas e a taxa sísmica e agora lança mais taxas e impostos pela calada da noite.

        Liked by 2 people

    • 2 Agosto, 2016 17:28

      O Xico tem razão. Normalmente os impostos são introduzidos com valores muito baixos – por exemplo o dos direitos da cópia privada – para não levantar muitas ondas, mas depois de estarem mais ou menos ignorados durante uns anos, disparam.
      O problema é já lá estarem. E nem será nenhum governo que os vai retirar, nunca. Portanto vão acumulando. No entanto há de facto um limite, os portugueses já trabalham 6 meses para pagar impostos, mas não poderão nunca trabalhar 12 meses só para pagar os impostos.
      Este governo tem sido bastante criativo a criar impostos, muitas vezes sob a forma semanticamente “diferente” de taxas. Se o objectivo é tornar impossível a vida neste país, já está mais que na hora de tornar a vida impossível a quem nos governa desta maneira. e depressa, porque a vigilância civil já ultrapassa tudo o que Salazar e a PIDE alguma sonharam. ESTE meu comentário pode um dia levar-me directamente à prisão – como quase todos os outros.
      Vivemos já num Estado autoritário e fascista, e está prestes a ser totalitário. Não nos enganemos com as subtilezas do marketing moderno, vivemos num Estado Fascista.

      Liked by 1 person

  4. José Domingos permalink
    2 Agosto, 2016 12:35

    O estado, cada vez custa mais dinheiro, tem que se pagar o compadrio,os morgados, os sindicalistas, as comissões, os comissários politicos, os censores, os ajustes directos, os encostados ao estado e no fim a quem realmente trabalha.
    Um exemplo de estado de direito,

    Liked by 2 people

  5. Artista Português permalink
    2 Agosto, 2016 12:36

    Com a ânsia de continuar a gastar sem limites, já deve faltar pouco para esta gajada iniciar os preparativos para medir a capacidade torácica de cada um e dessa forma calcular o volume de ar respirado para estabelecer futuro imposto. Se é legítimo pagar pelo sol também não se vê por que razão não se paga pelo ar. E, já agora, porque não obrigar os contribuintes a instalar balanças nas sanitas de forma a certificar aquilo que cada um descarrega e calcular, proporcionalmente, a nossa qualidade de vida para efeitos fiscais? A meterem-se desta forma na vida de cada um já nem surpreenderia que um dia destes possa haver quem mostre saudades da PIDE ou da KGB, consoante as preferências. Está na hora da malta começar a pensar em dar à soleta…

    Liked by 1 person

  6. 2 Agosto, 2016 12:55

    A venezuelização em curso pela geringonça. Parece-me que esta coligação está a ficar madura e se a deixarem entra em descontrolo total. Impostos, burocracia, intimidação ( veja-se a campanha em curso contra um juiz que decidiu em desfavor do estado no caso dos colégios, com a mentira espalhada de que tinha uma filha no dito colégio ) até à nacionalização do património e empresas é um passo.

    Liked by 1 person

  7. LTR permalink
    2 Agosto, 2016 13:27

    Obviamente, esta notícia não é mais do que a revelação de outras:

    “A dívida pública nacional já ultrapassou os 240 mil milhões de euros, ou mais de 133% do PIB. Um aumento de quase 4% do PIB desde Dezembro”
    (Álvaro Santos Pereira)

    Mas como dizia um bispo do PS, as pessoas não são números.
    Estamos é de tanga.

    Gostar

    • Abre-latas permalink
      2 Agosto, 2016 14:23

      Essa nem no Blasfémias passou.
      Anda tudo distraído?

      Gostar

  8. miluramalho permalink
    2 Agosto, 2016 15:33

    Reblogged this on Miluramalho’s Blog.

    Gostar

  9. 2 Agosto, 2016 16:03

    Esta “medida” prova-me finalmente do que já suspeitava: alguém no governo –será o AC-DC ?– embriaga-se regularmente e/ou consome droga.
    Outra hipótese por motivo desconhecido, quer vingar-se dos tugas.

    Gostar

  10. SRG permalink
    2 Agosto, 2016 17:23

    Já agora, para quando um imposto que taxe a imbecilidade dos políticos ?

    Liked by 1 person

  11. 2 Agosto, 2016 19:41

    Imposto por imposto, quanto é que o Sol vai cobrar ao Estado tuga ?

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    2 Agosto, 2016 22:17

    O troglodotismo é o sucedâneo do neo-liberalismo.
    Chama-se a isto Evolução Natural da Humanidade.
    Para quem não sabia.

    Gostar

    • 3 Agosto, 2016 00:11

      Tentativa frustrada de informação, porque desde as 19:44 os comentadores estão de férias.
      Tem de repetir amanhã.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: