Skip to content

Extracto de um episódio de vida selvagem no National Geographic

3 Agosto, 2016

No seu habitat natural, o português assume diferentes papéis consoante a cor do português-rainha. Quando a rainha é seleccionada pelo método natural entre a espécie, o português queixa-se dos brutais aumentos de impostos, saindo do casulo e enchendo os trilhos da monumental construção tribal com ruidosos zumbidos de protesto. Porém, quando a rainha se impõe através do método bárbaro de golpe na corte, o português regressa ao casulo perante os brutais aumentos de impostos, aceitando a inevitável inferioridade numérica de presas face aos predadores. Este tipo de sociedade animal não se encontra normalmente em espécies vertebradas, como o irlandês ou o espanhol, apenas em espécies rastejantes, insectos e outras desprovidas de espinha dorsal. A sub-espécie de português dotada de plumas, o português-académico-comentador, nesta circunstância de oscilar de opinião consoante a obediência ao português-rainha, consegue a rara metamorfose que ocorre na espécie, apenas entre plumosos, de transformar as plumas em maquiagem, criando belos espécimes de portugueses-palhaços.

Advertisements
6 comentários leave one →
  1. antónio permalink
    3 Agosto, 2016 08:37

    O ecossistema que descreve, durante quarenta e tal anos, levou a que Portugal seja nos dias de hoje uma nação falida e falhada.

    Liked by 1 person

  2. 3 Agosto, 2016 09:21

    Jasus, e eu a concordar com um texto do Vitor Cunha! Será do Estio? A verdade é que concordo em absoluto. Pena é que este blog tenha conduzido a crítica ao mais recente aumento de impostos para o texto que não foi alterado, desviando-se do aumento efetivo dos valores. Se a forma de tributar o IMI já era absurda, qualquer aumento, para além de nos irem à carteira, aumenta o absurdo. Perde-se uma boa oportunidade de discutir o IMI, quando se chuta para canto.

    Gostar

    • Manuel permalink
      3 Agosto, 2016 10:04

      No caso do IMI penso que estamos perante um erro que tem de ser corrigido: já existia um coeficiente localização para os prédios e que penalizava a construção em zonas com maior valor de mercado, alguém foi ao coeficiente de qualidade e conforto e acrescentou o item ” localização e operacionalidade relativas” o que origina o seguinte: Um prédio no Chiado, já agravado pelo coeficiente de localização, pode pelo coeficiente de conforto e por força do item” localização e operacionalidade relativas” ter fracções com a mesma área com IMI diferente. Por exemplo, um 1º andar paga X, um 4º andar paga X + a, um 5º andar paga X+a+b, como se avalia? De acordo com o humor do técnico das finanças? Voltamos ao fim do século 19, início do século 20, em que os preconceitos definiam as classe sociais em função do andar em que habitavam?

      Gostar

  3. LTR permalink
    3 Agosto, 2016 11:36

    A malta esganiçada está num silêncio profundo.

    Gostar

  4. Juromenha permalink
    3 Agosto, 2016 18:35

    Permita que a crescente à sua objectiva , e exacta, descrição naturalista duas observações de carácter empírico, mas de uma perspicácia igualmente ferina :
    ” Povo do caldo da portaria do convento ” – dito , consta, por um tipo da Póvoa de Varzim, dedicado à observação de gouvarinhos, eusébiosinhos, salcedes e outros pássaros bisnaus.
    “Bíblicamente estúpidos” – este observador é coevo, mas a sua acutilância,verve e gramática leva muito boa gente a suspeitar que é uma encarnação do outro…
    Compreende-se : a fauna é exactamente a mesma…

    Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    4 Agosto, 2016 04:14

    Há tempos o Herman José interpretou essa rábula.

    Penso que no Herman Enciclopédia.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: