Skip to content

justiça fiscal a peso

3 Agosto, 2016
by

O senhor Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais interrompeu ontem as suas merecidas férias para vir explicar aos filhos da pátria a verdade, apenas a verdade e nada mais do que a verdade sobre as novas regras do IMI, a respeito das quais pessoas mal formadas (“das redes sociais”, como nos disse) andam a lançar calúnias e infâmias. Começou por nos garantir, o nosso ilustre governante, que “não foi introduzido nenhum critério novo na avaliação dos imóveis», mas que a única coisa que se fez foi «alterar o peso» de alguns desses critérios já previstos na lei. Ora, saber-se que um imposto poderá ser agravado em função do «peso» seja do que for, vindo deste Secretário de Estado, só pode soar como ameaça. E ameaça para levar a sério. Depois, para nos tranquilizar ainda mais, acrescentou que esta benemérita reponderação do «peso» dos critérios até poderá fazer baixar o valor do IMI. Como? É simples: através da reavaliação dos imóveis, a cargo dos proprietários, sobretudo por aqueles que nutram simpatias congénitas por práticas sado-masoquistas de tendência passiva (que gostem de apanhar porrada, leia-se), ou se promovida por essas amáveis agremiações que são os municípios. «Se o município não pedir reavaliações, o único efeito deste diploma só pode ser o de baixar os valores tributários», concluiu. Hélas, senhor Secretário de Estado! Como os municípios não farão semelhante maldade aos seus munícipes, não haverá, por esse país fora, qualquer caça desenfreada ao IMI para construir rotundas e fontanários, nem para pagar festas animadas pela família Carreira. Podemos, portanto, dormir todos em paz e o senhor Secretário de Estado voltar sossegadamente para a praia. Pelo menos enquanto o sol das praias não for tributado pelo «peso» dos utentes. Nessa altura, Sua Excelência poderá confrontar-se com um sério problema.

Anúncios
32 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    3 Agosto, 2016 11:47

    E continuam o saque, ilegal e inconstitucional…

    “Quem tem muitos imóveis para arrendar a turistas, vai ter de reservar uma parte para as rendas normais. A proposta será discutida a partir de Setembro, a que se soma a revisão do regime fiscal e a hipótese de o condomínio ser mais alto.”

    Já não há dúvidas sobre a direção venezuelana que o retângulo toma 🙂

    Gostar

  2. bintoito permalink
    3 Agosto, 2016 11:51

    Vigaristas é o que é. Os preços das casas, com bons ou maus negócios entre particulares, são desde logo refletidos pelas condições gerais que oferecem para além da qualidade do próprio imóvel. Se a aplicação do IMI tem como base esse valor patrimonial, variável conforme o vento que sopra, todas as invenções pacóvias que lhe são atreladas não passam de expedientes para sacar mais e mais aos contribuinte. Deixem a D. Quina em paz e recolham os verdadeiros carteiristas de fato e gravata.

    Gostar

  3. José Domingos permalink
    3 Agosto, 2016 12:00

    Um autentico “arrastão” fiscal. O circo custa cada vez mais.
    Já agora, em relação aos maus resultados das provas de aferição a matemática, deviam acabar com estas provas, não fiquem as criancinhas traumatizadas.
    ” Hasta la vitoria siempre”

    Gostar

  4. 3 Agosto, 2016 12:01

    Até parece que os quartos de hotel com vista de mar são mais caros que com vista de terra.
    Ah… espera… são mesmo…

    Gostar

    • 3 Agosto, 2016 12:14

      Por acaso até são. Você é que nunca deve ter tentado alugar um quarto num hotel à beira-mar.

      Gostar

    • Manuel permalink
      3 Agosto, 2016 12:38

      Nesse caso o utente pode optar, no caso do IMI, não. Um exemplo: construí a minha casa numa zona privilegiada( zona central de uma cidade, virada a Sul e com vista para o mar) em virtude do terreno disponível, na altura, ter essa localização. Então, já pago a localização de acordo com o coeficiente(Cl) e ainda foram ao coeficiente de qualidade e conforto(Cq) e aumentam novamente ” a localização e operacionalidades relativas”?! De 3 em 3 anos solicito às finanças a actualização do valor tributário, decorrente do exposto, na próxima vez vou pedir para ser aumentado!? Existe redundância, localizaçãoX2 e, isto deve ser uma estupidez de algum boy XUXA.

      Gostar

    • Tiradentes permalink
      3 Agosto, 2016 16:56

      Pois usando o exemplo do hotel como eu não posso escolher entre os dois tipos de quartos vou virar a minha casa para ficar menos exposta ao sol se possível enterrá-la um bocadinho ….”ambas as duas” para poder ficar com mais humidades e frio tirar menos proveito de energia solar e gastar mais combustíveis fósseis para poder dar a minha contribuição para o “aquecimento global”
      O meu problema é que não me deixaram construir assim e a directiva europeia de 2002 obrigou-me a fazer tudo ao contrário.
      É cada parvo que aparece que parece que há sempre mais um ainda pior que outro.

      Gostar

  5. 3 Agosto, 2016 12:17

    O FMI mandou baixar os gastos do estado em 50 retirados aos salários e pensões. E mandou que o IMI fosse aumentado noutros 50.

    O PAF, que tinha o ouvido direito entupido para a austeridade, e para ficar bem na fotografia com a direita, aplicou a totalidade, 100, só aos salários e pensões…

    Não é o Costa que é incompetente, e isso vai ver-se nas próximas eleições.

    Gostar

    • nacionalista permalink
      3 Agosto, 2016 12:41

      Vai chatear o rabo-de-cavalo … das vizinhanças !

      Gostar

    • Manuel permalink
      3 Agosto, 2016 12:46

      Enganam alguns, mas não enganam todos. As pessoas estão e vão pagar mais impostos este ano do que pagavam no governo do Passos, só que os impostos e as taxas chegam por via indirecta e pela “calada da noite”. Do PS não me espanta, pois a governação é similar ao PàF, carrega-se nos impostos para manter a “corte” e o Estado imperial e mastodôntico, agora do PEV, BE e do PCP, não esperava, pois as mesmas políticas do Passos&Portas estavam ao serviço dos “grandes interesses”, agora são democráticas e justas!

      Gostar

    • LDM permalink
      3 Agosto, 2016 13:58

      Vai-se ver mesmo nas próximas eleições, e logo o IMI que é um daqueles impostos que o contribuinte paga a seco.

      Liked by 1 person

  6. LTR permalink
    3 Agosto, 2016 12:43

    “O grupo de trabalho concorda ainda noutra medida: o aumento do custo do condomínio para quem tem apartamentos arrendados a turistas. É que a grande quantidade de pessoas diferentes que passam pelos prédios aumenta o uso das partes comuns dos edifícios.”
    (Observador)

    Regular o condomínio?! O Governo?!!!

    Liked by 1 person

    • Manuel permalink
      3 Agosto, 2016 12:51

      Os governantes andam a fumar da erva do Bloco. As pessoas nem o condomínio actual pagam, é só problemas e ainda querem acrescentar mais. As brilhantes políticas do Adolfo Mesquita Nunes que deram um grande impulso ao imobiliário e ao turismo vão ser destruídas por esta voragem de sacar dinheiro.

      Liked by 1 person

      • LTR permalink
        3 Agosto, 2016 13:25

        Fumam erva “Maduro” 🙂

        Gostar

  7. 3 Agosto, 2016 12:44

    O gabinete inventor de taxas em acção.
    Um mix (moda, a quanto obrigas) da omnipresente cultura filosófica “dor de cotovelo” com justiça popular, via legislação esquerdista. Opções do eleitorado, diga-se.
    Lindo vai ser a execução da dita.

    Gostar

  8. 3 Agosto, 2016 13:08

    Claro que apartamentos virados a Sul e com vista desimpedida vão-se continuar a vender bem. E provavelmente também a assoberbados legisladores e governantes.
    É só para dar o exemplo no que respeita a pagar impostos.

    Liked by 1 person

  9. Licas permalink
    3 Agosto, 2016 13:11

    conclusão:uma medida que só tem impacto nalguns moradores de Sintra,obriga a que um politico interrompa as ferias para “explicar” em detalhe,tim por tim e mais as virgulas,o impacto da dita medida.nem na Comporta,mas em Sintra nota-se que o pessoal ficou mesmo arreliado.

    Gostar

  10. 3 Agosto, 2016 14:36

    Excelente, levei.

    Gostar

  11. Juromenha permalink
    3 Agosto, 2016 18:51

    Vale a pena dar uma espreitadela ao blog “Insurgente” para se ver a merda (pardon my french) de que é feita este crápula.

    Gostar

  12. Juromenha permalink
    3 Agosto, 2016 19:22

    “é feito”

    Gostar

  13. Arlindo da Costa permalink
    4 Agosto, 2016 04:06

    Vós, acólitos da privatização de tudo; vós que quereis privatizar a Água, os Mares, os Ares, os aeroportos, as Florestas, as Minas, e mais que vos aprouver, porque é que não acham que o governo fez bem, em nome do bem comum, pôr essa fortuna (o Sol), que é bem portuguesa (isto é, nossa), a render a favor da comunidade?

    Há uma empresa americana que pediu autorização ao governo dos EUA para aterrar na Lua. Se a América tomou conta da Lua, Portugal não pode gerir em seu proveito o seu Sol?

    Gostar

  14. Observador permalink
    4 Agosto, 2016 10:23

    Nota prévia: espero que, quando este comentário for publicado,o Sr. Rocha Andrade já seja ex-Secretário de Estado.

    Depois de:

    Toda a trapalhada com o IRS, onde, segundo o dito, só faltam devolver 4% do montante na posse do estado, mas sem nunca referir a quanto corresponde este montante. E, após as inúmeras divergências “inventadas” pelos serviços;

    Trapalhada nas alterações do cálculo do IMI (pela justificações, foram só para encher chouriços);

    E agora, com a devolução do pagamento que após ser descoberto, “entendeu”… como diria o humorista: “não havia nexexidade – qualquer dia, qualquer ladrão que, apanhado, devolva a massa, está em pleno para exercer cargos em qualquer governo!”

    Gostar

    • 4 Agosto, 2016 11:59

      O poder estatal, municipal e outros já tiveram gatunos de vários calibres e métodos como governantes. E uns tantos não devolveram ma$$a alguma…

      Gostar

  15. 4 Agosto, 2016 11:55

    Este tipo, o secretário de estado, é o mesmo que foi ver dois jogos da selecção com viagens pagas pela GALP, empresa que tem um contencioso com o ministério das Finançes no valor de 100 ,ilhões de euros ?
    Cada vez mais estes tipos “socialistas” mandam o mínimo pudor às malvas. O que lhes interessa é o poder. Só o poder para usufrutos pessoais e das seitas que privilegiam.

    Gostar

  16. 4 Agosto, 2016 12:29

    Mais outro normalizado secretário de estado: João Vasconcelos, o da Indústria, também foi à bola a convite da GALP.
    É um fartote !

    Gostar

    • Manuel permalink
      4 Agosto, 2016 12:42

      Tenho de reconhecer e por muito ter criticado “os especialialistas” do anterior governo, esta gente do PS é muito pior, garotos autênticos.

      Gostar

      • 4 Agosto, 2016 13:28

        Foram e continuarão a ser “pais e donos da democracia”. Logo…
        Sei muito bem que certos governantes (e outros que gostariam de o ser) não passam de garotos crescidos.
        E também constatei pessoalmente e muitas vezes outra “faceta” de tipos e tipas que detendo poderes ficam excitados, proferem declarações avulso e sem tino, mentem, a partir do momento em que entram num avião e quando aterram, nem filtram. Sentem-se mais importantes, mais escutados ou lidos…

        Gostar

  17. Nuno permalink
    4 Agosto, 2016 14:56

    Eu adorei o exemplo do sr., que não se lembrou de mais nada do que dizer “imagine que um contribuinte tem um apartamento no valor de 4 milhões de euros” enquanto a TV mostrava imagens de luxuosas casas na linha de Cascais (ou no Algarve), certamente para ajudar a ilustrar a ideia de “vista” que deve contribuir formulaicamente para agravar o IMI.

    Porque, claro, o que aí mais há são apartamentos no valor de 4 milhões de euros a carecer dum agravamento no IMI por terem vista sobre os cruzeiros no Tejo.

    Nada disto servirá para pôr o último piso do prédio de 3 andares sem elevador em Massamá a pagar mais por ter uma “vista desafogada” sobre o IC19. Jamais.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: