Skip to content

Dado o entusiasmo televisivo com as famílias que se dedicam ao crime

4 Setembro, 2016

Já pensaram que têm aqui mesmo ao pé as famílias que se dedicam a angariar pessoas em evidente situação de fragilidade para em seguida as levar para Espanha onde as mantêm sequestradas e forçam a trabalhar?

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. 4 Setembro, 2016 16:54

    Post clássico de Helena Matos: “Está tudo a falar de [A], porque não falam então de [B]…”, sendo [A] um assunto que me parece que ninguém esta a falar; neste caso, o que é o tal “entusiasmo televisivo com as famílias que se dedicam ao crime”? (só se estiver a falar nas reportagens e entrevistas com os filhos do embaixador do Iraque)

    Gostar

    • 4 Setembro, 2016 18:00

      Miguel Madeira,

      Percebeu!

      (Se o angariador tivesse cartão do parretido xupialista ou vermilhóide, isto de escravidão seria ao invés uma política activa de emprego, mesclado a promoção das exportações).

      Gostar

  2. honi soit qui mal y pense permalink
    5 Setembro, 2016 11:50

    trabalho sazonal

    Gostar

  3. honi soit qui mal y pense permalink
    5 Setembro, 2016 12:36

    já foram detidos

    Gostar

  4. honi soit qui mal y pense permalink
    7 Setembro, 2016 10:40

    um dos sequestrados na apanha da fruta , além disso tinha de tocar ukelele para os Dalton

    Gostar

  5. honi soit qui mal y pense permalink
    7 Setembro, 2016 10:41

    foto aqui

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: