Skip to content

Desastre anunciado

4 Setembro, 2016

Dado o que se anuncia para o arrendamento e que na prática se traduz por inviabilizar o despejo dos inquilinos que não pagam as rendas proponho que o PS, o PCP e o BE transformem o seu património imobiliário em casas de habitação e as coloquem no mercado. A legislação que se lhes aplica é a mesma que aprovarem para os demais senhorios. Ou, melhor ainda, naquela parte em que prevêem que se deve “facilitar o encaminhamento dos moradores em iminência de despejo para um atendimento de proximidade que possa ajudar a encontrar alternativas” (presumindo-se que até que a alternativa apareça o senhorio continue a albergar os inquilinos faltosos,a pagar o IMI, o condomínio, o seguro…) o PS, o PCP e o BE albergam-nos. Certamente que o PS resolveria o seu problema de tesouraria, o PCP rentabilizava o patrimonio que tem pelo país todo e o BE que até conseguiu por bom preço um palacete no centro de Lisboa ia dedicar-se ao alolamento residencial numa zona em que toda a gente quer alugar a turistas

O que não deixa de ser espantoso é que as medidas preconizadas pelo Governo e que vão destruir o mercado de arrendamento continuam a ser apresentadas pelos jornalistas como de defesa dos inquilinos.PS, BE e PCP acertam agulhas para salvaguardar inquilinos. Alojamento local também deverá sofrer nova regulação para beneficiar alojamento duradouro – Vejam se entendem: enquanto quem não paga renda continuar sem poder ser despejado não há mercado. Se o Governo quiser dê o dinheiro a quem não pode pagar a renda mas não imponha aos senhorios esse papel. Pura e simplesmente eles deixam de alugar as casas.

 

Advertisements
28 comentários leave one →
  1. Tiradentes permalink
    4 Setembro, 2016 11:22

    isto faz parte daquela estratégia de pato bravo das periferias para combater o terrorismo?

    Liked by 1 person

  2. 4 Setembro, 2016 12:24

    Sim. Os senhorios há muitos anos que são uma verdadeira Santa Casa de Misericórdia para muitos, que necessitam, e para outros que nem por isso, pelo contrário, como bem sabemos. Cada vez mais Estado e a associada decadência. Cuba, anos 70 até ao presente. Há quem adore aquele tipicismo, mas só de passagem …

    Esta proposta legislação é uma anedota. De aqui a dois ou três anos nenhum francês, espanhol ou alemão como um mínimo de juízo volta a palmilhar Lisboa (ou Porto), colina acima, colina a Baixo, para ver outros turístas como ele, hosteles ou bares sem piada nenhuma. Vejam o que aconteceu no Sul de Espanha. Portas fechadas. Falências aos molhos.
    Felizes, voluntariosos legisladores a mostrarem serviço. Misto dor de cotovelo e inesperiência. Resultado óbvio. Um desastre.
    É óbvio que este Sr. Costa já não controla nada.

    Gostar

  3. miluramalho permalink
    4 Setembro, 2016 13:02

    Reblogged this on Miluramalho’s Blog.

    Gostar

  4. LTR permalink
    4 Setembro, 2016 13:56

    O PS entrou totalmente em modo putedo.
    Mas o que mais espanta é a reação da direita.
    Isto é o princípio do fim da linha para este miserável país.
    Sem caráter, comprometido, corrupto, irresponsável, …
    Se calhar não damos mesmo para mais.

    Gostar

  5. LTR permalink
    4 Setembro, 2016 14:04

    Como em 1975, não é só liquidar os negócios. É também arranjar problemas económicos e conflitos sociais que desestabilizem e instalem a bandalheira:

    “A fiscalidade aplicada ao alojamento local será equiparada à do alojamento duradouro e, por fim, os condomínios serão chamados a decidir se querem ou não agravar o valor a pagar pelos proprietários com arrendamento temporário, por maior desgaste dos espaços comuns”

    Dizia eu mal do sócrates!!!!!!!!!!!

    Gostar

  6. Zé dos Bois permalink
    4 Setembro, 2016 14:54

    Ou as pessoas deixam de investir para arrendar ou aumentam muito as rendas dos novos contratos para compensar o aumento do risco do estado, de um dia para o outro, mudar tudo.

    Gostar

    • LTR permalink
      4 Setembro, 2016 15:10

      E os do alojamento local começam a ficar no fim das listas que aparecem ordenadas por preço no booking.com, Trivago, etc. É tão simples quanto isso. Depois, quando os resultados se fizerem sentir, aumenta-se ainda mais o ISP e telefona-se a um amigo na televisão para organizar uma entrevista para o PM passar por coitadinho e explicar de quem é a culpa.

      Liked by 1 person

    • honi soit qui mal y pense permalink
      5 Setembro, 2016 11:52

      foto do senhorio social :

      Gostar

  7. 4 Setembro, 2016 15:40

    “Pura e simplesmente eles deixam de alugar as casas”

    Dona Helena, é isso mesmo! Os senhorios têm a faca e o queijo; fatiam como quiserem.

    Gostar

    • 4 Setembro, 2016 17:51

      & ???

      Gostar

    • 4 Setembro, 2016 18:08

      Adelino Ferreira,

      O Adelino pode sempre alugar a sua casa a um refugicrápula que, decerto, não lhe pagará! Faça política social à sua custa, não à dos outros.

      O António Costa também decerto irá fazê-la no seu apartamento de luxo, emprestado, cedido ou comissionado por uma construtora a um preço muito simpático. Se é que ainda é o mesmo.

      Com quase toda a certeza, ele também separará com objecto acutilante os seus órgãos vitais da vacuidade que é coberta pelos seus cabelos.

      Gostar

  8. JgMenos permalink
    4 Setembro, 2016 18:27

    A comunada está aí em força para manter a seita no poleiro.
    Seguro? Paga o senhorio.
    Fundo? Indefinidamente à espera de verbas e regulamentos
    O puteirovhabitual!

    Gostar

  9. 4 Setembro, 2016 19:24

    Francisco Colaço
    Não preciso que me orientem os negócios, de qualquer forma agradeço – lhe a generosidade.
    Apenas pretendi chamar a atenção que o último parágrafo do post é uma incongruência. Se se pretende questionar uma qualquer legislação sobre rendas, não se pode chegar à conclusão que os senhorios não arrendam. Porque não é isso que vai acontecer; quer a legislação seja esta ou aquela. Cumprimentos

    Gostar

    • 5 Setembro, 2016 08:13

      Se os senhorios não arrendam, o que será de antemão uma oportunidade perdida numa propriedade vaga, talvez a razão esteja na legislação estulta, que de todo desaconselha a colocação de uma propriedade para arrendamento habitacional.

      Não parta do princípio de que os agentes económicos são estúpidos, agem contra os seus próprios interesses ou vão atrás de ordens e ditos e modas. Pode considerar, no entanto, que os jericôncicos são na sua maioria incapazes de figurar como prova de vida inteligente em Portugal — estendendo-se isso aos seus votantes, incapazes de perceber o que aconteceu na Grécia, na Venezuela, no Zimbabué, em Cuba, na Coreia do Norte, na URSS, em Angola e em Portugal cada vez que socialistas estão no poder.

      Liked by 1 person

  10. 4 Setembro, 2016 19:25

    “O comunista Antonio Gramsci, “Il Gobbo”, ao perceber que a revolução bolchevique não passava de um inútil banho de sangue, levantou as principais coordenadas: “Primeiro” – disse ele – “você destrói a economia, depois destrói o Estado e, em seguida, acaba com a oposição. Aí, toma conta da sociedade. E a melhor maneira de destruir a sociedade capitalista é depravar sua economia”.

    Mas como chegar a isso? Bem, o caminho prático para se chegar ao paraíso comunista seria o de “sobrecarregar” o Estado burguês capitalista. A ideia diabólica seria levar todo mundo a depender, dentro do sistema, das benesses do Estado e passar a mamar nas tetas do governo. Com o tempo, o peso do amparo à pobreza se tornaria insuportável e a sociedade capitalista ruiria, pois, como se sabe, a humanidade sempre viveu em regime de escassez.”

    Ora Bolas (http://www.midiasemmascara.org/artigos/economia/16696-2016-09-01-17-35-00.html ) 😛 pensei Q se tratava da Geringonça … mas aplica-se as mil maravilhas 😛

    Liked by 1 person

  11. Artista Português permalink
    4 Setembro, 2016 20:44

    Geringonça a caminho da “madurização”…

    Gostar

  12. LTR permalink
    5 Setembro, 2016 01:34

    Enquanto a Catarina Martins assume e faz uso do seu papel de Ministra de Estado na televisão, invocando orgulhosa os magníficos 10% de votos da cauda dos resultados eleitorais, comandando o país na rua e por controlo remoto do salvador (e pior, explicando em modo de chantagem simulada o que tem de ser feito, senão há broca), o PM pratica mais uma das suas retiradas estratégicas entre risos, suores e sapatos, submetendo-se à necessidade e desejo vaidoso, sem vergonha, e fazendo de conta que isto é tudo uma chatice sem saída, que por mero acaso lhe assenta como uma luva. O PS, seja lá o que isso for, mantém um silêncio mais do que suspeito, já de panela de pressão, como se Portugal fosse mais uma quinta de passar férias da agremiação, enquanto o PCP vai dizendo, apenas e só, que há que sair do Euro. Para sairmos deste lixo explosivo seria preciso um PM com uma coisa que este não tem, que é aquilo que o Seguro lhe atirou à cara no debate e que o deixou furioso. É uma espécie de ativo tóxico a incorporar nos tristes resultados a pagar.

    Gostar

  13. honi soit qui mal y pense permalink
    6 Setembro, 2016 15:41

    Até está muito bonita .
    E muita classe .
    Politicas á parte , a esta senhora não lhe enfiam um burkini se ela não quiser .
    Ache ela tenha de dar força para outras poderem evitar ter de o fazer , se não o quiserem .
    Pode postar ?

    Gostar

    • honi soit qui mal y pense permalink
      7 Setembro, 2016 10:35

      a real politik , e o gosto de exercer o poder como os filhos de Witiza queriam

      Gostar

  14. honi soit qui mal y pense permalink
    6 Setembro, 2016 15:41

    Obrigado .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: