Skip to content

Vai ganhar as primárias da esquerda francesa

28 Novembro, 2016

«Nunca nenhum candidato [Fillon] foi tão longe na submissão às exigências ultraliberais da União Europeia”, afirmou Marine Le Pen, criticando os cortes propostos de 500 mil funcionários públicos, a subida do IVA, a redução das prestações sociais. Para combater o candidato da direita, a FN está a apoiar-se no seu programa económico eurocéptico, anti-globalização e intervencionista(*)

Advertisements
42 comentários leave one →
  1. 29 Novembro, 2016 00:41

    O Trump, sem papas na língua, disse de Cuba o que ela é politicamente, uma ditadura férrea.
    Frontalidade à Trump, precisa-se. E ação!
    Abaixo a Esquerda burguesa, acomodada, parasita, chula dos trabalhadores.
    A França é a França, diz o bacoco do Junckers. Eu diria antes, a França nunca mais foi França desde que o Miterrand, amigo do Mário Soares, tomou conta dela.
    Que venha o Fillon, que venha a Marine le Pen! Que se cheguem à frente todos os patriotas franceses e libertem a França da pantominice da Esquerda.

    Liked by 2 people

  2. 29 Novembro, 2016 10:19

    mas essa senhora quer que quem trabalha fique com o dinheiro e o acumule se lhe der na gana , a massa conseguida com essas medidas não é para distribuir pelos “pobrezinhos” de costa direita . uma big diferença .

    Liked by 1 person

  3. 29 Novembro, 2016 11:17

    Que venha a Le Pen e até que venha a porcaria do Wilders.

    Alguém tem de travar a porcaria que a escardalhada anda a fazer há décadas e, já se viiu, que nessa porcaria internacionalista os neotontos colaboram

    Liked by 1 person

    • 29 Novembro, 2016 17:20

      check this one http://www.thelibertybeacon.com/march-glexit-globalization-exit/ análise aos actos eleitorais que podem fazer voltar ao nacionalismo,contrariando a vertigem globalista das últimas décadas.No entanto tenho de dizer que sou pessimista,isto não tem solução no quadro eleitoral dito “democrático” europeu(a coisa já avançou demasiado e a populaça em geral é ignorante e foi alvo de lavagens cerebrais tanto pela ideologia como pela religião).

      Gostar

      • 29 Novembro, 2016 17:56

        LOL outro artista hehe diz logo caralho: “deplorables & irredeemables”

        Gostar

      • 29 Novembro, 2016 18:01

        Ela tb disse : Religious beliefs have to be changed

        Gostar

  4. atom permalink
    29 Novembro, 2016 11:24

    A Dona Le Pen defende a França fora da União Europeia e não defende a submissão à Alemanha, como defende a direita colaboracionista da Europa periférica. A FN é soberanista. Venha a Le Pen…

    Liked by 2 people

  5. Anónimo permalink
    29 Novembro, 2016 12:09

    Uma “ex-União Europeia” a evoluir para uma “União Europeia27 – UK” seguida de uma “União Europeia26 – (UK,IT)” e aparentemente uma “União Europeia25 – (UK,IT,FR)” ?.
    Alemanha “Ueber alles” mas pouco.
    Juncker triste. Passa a só poder dar beijinhos e caldos a 25 PMs.
    Merkel vai ter mesmo que se entender só com os seus alemães e o amigo Shultz.

    Gostar

  6. Luis permalink
    29 Novembro, 2016 12:34

    Genericamente o eleitorado que apoia a Le Pen e o mesmo do Brexit ou surpreendentemente do Podemos em Espanha. A maioria sao pensionistas que nao querem cortes nas pensoes nem nas restantes regalias do Estado Social.

    No Reino Unido na faixa etaria acima dos 50 mais de 70% dos eleitores votaram Brexit. Muito deste voto foi um castigo a austeridade do governo de Cameron. Os jovens votaram pelo Remain mas como a abstencao foi elevadissima nos mais novos o Brexit venceu.

    Um estudo feito ha uns anos demonstrou que a base eleitoral do Podemos esta nos pensionistas.

    A Franca era mais rica que o Reino Unido mas esta a ser ultrapassada pelos ingleses e ja foi ultrapassada pela Alemanha. A economia francesa e excessivamente regulada muito por culpa da cultura burocratica dos socialistas franceses. Os impostos sao tambem muito mais altos que no Reino Unido.

    A Le Pen promote as clientelas a manutencao do status quo. Promete reducao da idade da reforma para 60 anos numa sociedade onde aumenta a esperanca media de vida. Quer proteccionismo numa era da economia digital. Os mais velhos aplaudem, daqui a 10 ou 20 anos nao estarao ca para ver as consequencias.

    E isto. O egoismo sinistro dos velhos. E em Portugal sucede o mesmo.

    Gostar

    • 29 Novembro, 2016 12:55

      e não põe a hipótese desse eleitorado “pensionista” ser aquele que se lembra do seu país antes da UE ? eu não sou pensionista e à parte o Podemos , ãoera capaz de votar nos outros , até no Trump. . não um gosto da UE , não gosto das medidas tomadas porque a “UE obriga” e patatis de enganar tolos. também não gosto da ideia de pagar milhares de reformas douradas ao pessoal de bruxelas e arredores : já imaginaram aqueles deputaduzecos e assessores todos ? mais valia os condes e duques e baronetes de antes.

      Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 13:23

        A UE nao precise ser destruida. Precisa sim ser reformada. Voltar ao que era antes do Tratado de Lisboa e deixar de meter o bedelho em politica de causas. Defender o pais? Cuidado com a nevoa das ilusoes nacionalistas… sao apenas isso, ilusoes. Se ha um espaco economico e financeiro comum tem de haver regulacao comum e tem de haver burocratas que facam esse trabalho. Eu estaria mais preocupado sim com o excess de funcionarios publicos em Portugal…

        Liked by 1 person

    • 29 Novembro, 2016 13:46

      estou a ver… e vai ser reformada por quem ? não me diga que acha que os bem instalados vão saltar das cadeiras voluntariamente ? ele há cada ingénuo . é preciso cortar a cabeleira para acabar com os piolhos 🙂

      Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 17:08

        Os instalados em Portugal tambem nao salta. Temos sindicatos, escritorios de Direito, Misericordias, partidos, fundacoes, institutos, associacoes, tudo a mamar do Estado. Sera culpa de Bruxelas? Sera culpa dos instalados em Bruxelas?

        Li ha dias no Facebook que as associacoes dos rosas vai passer a receber dinheiro do Estado. Dizem que e para ajudar vitimas…

        Gostar

  7. Luis permalink
    29 Novembro, 2016 12:37

    E para se ser contra a entrada excessive de imigrantes e preciso votar em populismos. E que a Le Pen e apenas isso, populista. Tirava a Franca do euro, subia pensoes, baixava idade da reforma, repunha alfandegas…. e pagava isso com o que? Desvalorizando moeda, ou seja, empobrecendo o pais… nao difere absolutamente nada dos socialistas.

    Gostar

    • 29 Novembro, 2016 12:48

      E ser a favor da entrada massiva de imigrantes, com leis contra fobias e outras palhaçadas, chamando racismo ao bom-senso não é populismo porquê?

      Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 13:25

        E um populismo de sinal contrario e nisso estamos de acordo. A UE deve ser um espaco de livre circulacao e apenas isso. Nao deve meter o bedelho em politicas de imigracao ou ideologia de causas.

        Liked by 1 person

    • 29 Novembro, 2016 12:49

      Quem tem governado é que é populista- por tornar viver de agit prop que distorce a realidade.

      Liked by 1 person

  8. 29 Novembro, 2016 12:52

    O que está a acontecer é outra coisa- um sentido de viragem porque a natureza tende para o equilíbrio.

    Quem andou a desiquilibrar foram os desequilibrados de Esquerda.

    E esses sim, fizeram de pancas um populismo por controle mediático de propaganda.

    Só que existe uma maioria silenciosa a quem nunca fizeram a cabeça porque tem os pés na terra.

    Este líderes aparecem e essa maioria tem forma de se expressar.
    Como aconteceu com o Trump; como pode acontecer em França; como vai acontecer na Holanda; como já aconteceu em Inglaterra.

    Gostar

    • 29 Novembro, 2016 20:25

      E o pior(no caso tuga pois no norte e leste da Europa a coisa é diferente)é que a maioria silenciosa é na sua maioria idosa(descontando os silenciosos por opção os quais só se interessam por futebois e Casas dos degredos) e as novas gerações estão a ser formatas no marxismo cultural desde a primária(como já foram em boa medida os “iluminados” saídos das faculdades e que entraram nos média e nos partidos que destroem a soberania nacional,um deles é 1º ministro e outro deles é presidente dos afectos).

      Gostar

      • 29 Novembro, 2016 22:59

        Não é nada idosa. O engano é esse. É gente nova e até com empregos de topo. Na casa dos 30.
        O que fica sempre de fora é quem vive do orçamento. Esses é que se vendem por um prato de lentilhas.

        Gostar

  9. 29 Novembro, 2016 12:58

    Quanto à saída da UE é outra coisa. A França não é Inglaterra ligada aos EUA e por aí é treta sim, com populismo, como por cá uns excentricos comunas também defendem.

    Gostar

    • 29 Novembro, 2016 12:59

      E, mesmo que ela ganhe, não vão sair nada. A lei do bom-senso impede-o.

      Os lunáticos nunca entendem isto, precisamente porque são aluados e vivem sempre ou no Olimpo ou na Pré-História.

      Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 13:28

        A questao e esta. Acabar com o Mercado unico e dar um tiro no pe de toda a Europa. Nenhum pais se safa sozinho e nao se pode contar com o Terceiro Mundo, sao excessivamente proteccionistas e politicamente instaveis.

        Gostar

      • 29 Novembro, 2016 13:32

        Os franceses são outra coisa- são chauvinistas (de Chauvin) e é fácil pegar-lhes por aí.

        O termo populismo anda a ser utilziado pela escardalhada populista que julgava que podia mudar o mundo por decreto.

        Acontece que a realidade fala mais alto. Estes são a resposta à realidade que andou a ser silenciada em nome do “povo”.

        Quanto ao resto- Inglaterra é uma coisa que nada tem a ver com a França e a saída da UE faz todo o sentido.

        Aplicar-se isto a todos os países é idiota e pré-histórico ou imbecil ao ponto de se preferir ficar nas mãos dos chineses para se lutar contra o “imperialismo americano”.

        O mapa da UE é o mesmo do Carlos Magno. A França e Alemanha eram um todo e ainda tentam ser.

        Gostar

      • 29 Novembro, 2016 13:34

        Podem é perguntar- por que motivo apenas aparecem estes e o que aconteceu à dita “Direita Liberal”.

        Onde está?

        Que andou a fazer este tempo todo?

        Será que andou a macaquear o mundo das utopias escardalhas do Paríso no Fim da História?

        Se calhar…
        e agora rabiam e chamam nomes aos outros porque o lugar deles está vazio ou colado à trampa internacionalista escardalha.

        Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 13:35

        A Inglaterra nao vai sair a 100 por cento. Vai ver. Arranjara de certeza umas clausulas para a imigracao da UE e ficara no Mercado unico. O dinheiro vai falar mais alto.

        Gostar

      • 29 Novembro, 2016 13:38

        A Inglaterra sai o que for preciso e só tem a ganhar com isso no médio prazo.

        Quem não quer é quem vive de bolsas, da finança e da função pública.

        Têm mercados emergentes a ganhar e quem está a travar é precisamente a Bismerka porque isso passa-lhes a perna

        Gostar

  10. Luis permalink
    29 Novembro, 2016 13:33

    Com o fim da UE ficaremos todos mais pobres. E esta a triste realidade. A qualidade de vida e as perspectivas do cidadao comum cairao a pique e Portugal sera dos paises afectados. A UE tem de dizer nao de uma vez por todas a Turquia e ser eficaz na proteccao das fronteiras a Leste e a Sul. Se promover a entrada de imigracao em massa sera o fim.

    Liked by 1 person

    • 29 Novembro, 2016 13:36

      Claro- mas os tolinhos e os comunas acham sempre que quanto pior melhor para depois aproveitaram a terra queimada para implantarem a utopia.

      A utopia à direita apalermada é nacionalismo celta com panelas e tudo a viver em comunas anarquistas.

      à escardalhada é o neo-PREC em curso com nacionalizações de tudo (esse programa é mais realista que o das bruxas porque já foi realizado).

      Gostar

    • 29 Novembro, 2016 16:52

      ah sim … porque desde que aderimos à moeda única isto foi sempre a subir e a melhorar , não foi ? o Luís também é daqueles que vive no mundo da kua e ideologias , estou a ver. quer dizer , a realidade diz que os remediados estão cada vez pior e vem você dizer que vamos perder qualidade de vida ? até agora andámos a perder o quê ? qualidade de morte 🙂 ?

      Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 17:02

        E fora da moeda unica foi alguma maravilha? Desvalorizava se moeda que e uma ilusao que empobrece a populacao. A Espanha que nem tem feito grandes reformas e tem muita corrupcao vai crescendo a 3%. Tambem esta na moeda unica… a Italia por sua vez nao cresce e nao faz reformas a serio ha quanto tempo? O euro e a desculpa para os paises que sao incapaze de corrigir os seus problemas internos. Num pais sem materias primas como Portugal seria lindo ver como a nossa industria se safaria com o regresso ao escudo…

        Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 17:05

        Acho piada aos trabalhadores italianos, gregos e portugueses no UK. Mudam facilmente de trabalho e gostam muito desta mobilidade. Se calhar em Portugal ou nos seus paises gritariam contra os patroes fascistas e a favour de mais regras e restricoes contra a mobilidade e o despedimento.

        Estas coisinhas nao sao culpa do euro… mas sim das ideias estupidas e desligadas da realidade que a Esquerda encravou de estaca no Sul da Europa.

        Liked by 1 person

      • 29 Novembro, 2016 18:36

        Os remediados não estão nada cada vez pior. Por aí basta ir às estatísticas.

        A população em geral é que vive acima das possibilidades e no tempo dos dinheiros da UE habituou-se a viver ainda mais acima das possibilidades

        Gostar

  11. Luis permalink
    29 Novembro, 2016 13:37

    A UE foi fundada por catolicos. E conveniente nao esquecer… e a parte rica da Alemanha e de maioria catolica… e a Holanda ha umas decadas tambem era de maioria catolica…

    Gostar

    • 29 Novembro, 2016 13:40

      Foi fundada, não. Foi recauchutada no 4º Reich. Do primeiro ao 2º é que foi católica e mesmo assim os Habesburgos caíram.

      Gostar

  12. Luis permalink
    29 Novembro, 2016 13:43

    Alguma Direita liberal nao separa costumes de economia. Eu sou liberal pois vejo que uma sociedade e mais prospera com livre comercio, livre iniciativa e respeito pela Liberdade privada. Mas tambem vejo que esse livre comercio so e justo se estivermos a falar de paises com regras semelhantes. Nao de comercio de um pais que paga a 10 euros a hora com outro que paga a 2 euros. Por isso compreendo que o Trump rasgue acordos comerciais com o Terceiro Mundo. Por outro lado sou Conservador e vejo a importancia da familia, da propriedade privada e das instituicoes antigas. Sou contra propagandas a favor de casamentos de flores ou de cidades multiculturais. Sou liberal no comercio, 100 por cento a favor do Mercado unico mas Conservador e defensor de uma Europa que nao tenha vergonha de se afirmar Crista.

    Liked by 3 people

    • 29 Novembro, 2016 13:46

      idem, idem, aspas, aspas.

      Irrita-me até dizer chega que se confunda a liberdade comercial com a libertinagem de costumes.

      E acho que ainda me irrita mais toda a tara de internacionalismo trotskista (ainda que depois consigam o paradoxo de defender os micro nacioanalismos fascistas- à morcão regionalista).

      Gostar

      • Luis permalink
        29 Novembro, 2016 13:53

        A esquerdalha e muito livre no aborto e nas bicharias mas no que respeita ao resto sao totalitarios. Ninguem pergunta as pessoas se preferem Liberdade commercial ou libertinagens de cama.

        Liked by 1 person

      • 29 Novembro, 2016 13:59

        Mas repare, são os únicos capazes de colocar no CV as avarias que fazem na cama.
        Como qualquer animal é essa a mais valia comercial que têm.

        Gostar

  13. JCA permalink
    30 Novembro, 2016 05:22

    .
    Três dados para o enquadramento da temática, além de Europas, euros etc e tal:

    -A globalização inventada pelo Ocidente pariu o Oriente prestes a dominar o Ocidente, ah !
    .
    -O trumpismo é a reação americana ao falhanço desta globalização e na essencia nem mais nem menos o que o Democrata Roosevelt fez nos anos 30,
    .
    um massivo programa keynesiano, com uma diferença preocupante, o ‘new deal’ não estava entalado pela atual era pós-industrial ‘Informatica-Robotica-Nanotecnologia-Automação’ cuja eliminação de postos de trabalho fisico e inteletual é impossivel colmatar pelo keynesianismo;
    .
    aqui reside a rotura civilizacional (bancaria, economica, fiscal etc) em curso a que chamam ‘soft’ crise que afeta no imediato o Ocidente mas a seguir se repercutirá violentamente no Oriente dos bilioes de habitantes especialmente a China.

    A Russia eternamente entalada entre o Ocidente e o Oriente assumirá mais uma vez a sua tradicional atitude história: agressiva, por veze eslavo-rude, mas neutral se não lhe pisarem os calos invadindo-a territorialmente ou ameaçando o espaço proximo que consideram ser fundamental à sua proteção e defesa territorial
    .
    -A União Europeia das Alemanhas, Nordicos etc só se safa se ouar decididamente e a fundo na ‘Informatica-Robotica-Nanotecnologia-Automação’ de todos os ramos da industria, agricultura, admnistração e seriço publicos etc e se simultaneamente não heitar no parfeiçoamento do Estado Social sem qualquer recuo, antes avanço, nos direitos civilizacionais; a ausencia será a unica culpada pela fragmentação em nacionalismos que serão incapazes de suster o mais violento recuo histórico da região Europa. Nem vale a pena gastar latim com narrativa ‘populismos’, ‘lepenismos’, ‘cinco estrelismos´e outras demagogias retoricas para esconder as incapacidades que Bruxela teima em ser incapaz.
    .
    .
    O resto são discussões académica, supores, de ‘aguenta a ver o que dá’. e outras tretas comunicacionais para entreter a malta &Cªa Lda,
    .
    a rotura é de tal dimensão que já não há tempo, tal a violencia da convulsão telurica ciilizacional e cientifica em curso que apanhou de surpresa tudo e todos exigindo homens de ação e empreendimento ao contrário dos jongleurs do tradicionais do costume que fizeram o seu tempo.
    .
    .
    Melhor seria não ser assim, mas …….
    .

    .

    .

    Gostar

  14. JCA permalink
    3 Dezembro, 2016 18:55

    .
    “Liberdades” Comunistas:
    .
    a outra face da era pós-industrial ‘Informatica-Robotica-Nanotecnologia-Automação’, manipulação pelas não Democracias proibindo ditatorialmente os Direitos Humanos ao ‘proletariado’ e trabalhadore:
    .
    .
    =China To Launch “Social Credit System” To Monitor Everything From Jaywalking To Internet Shopping Activity
    .

    Hangzhou’s local government is piloting a “social credit” system the Communist Party has said it wants to roll out nationwide by 2020, a digital reboot of the methods of social control the regime uses to avert threats to its legitimacy.
    .
    The endeavor reinforces President Xi’s campaign to tighten his grip on the country and dictate morality at a time of economic uncertainty that threatens to undermine the party. Mr. Xi in October called for innovation in “social governance” that would “heighten the capacity to forecast and prevent all manner of risks.”
    .

    Zan Aizong, a Hangzhou human-rights activist, sees the system, once it’s fully operational, as an Orwellian exercise to keep closer tabs on a populace already lacking basic liberties such as freedom of speech. “Tracking everyone that way,” Mr. Zan said, “it’s just like ‘1984.’ ”
    .
    http://www.zerohedge.com/news/2016-11-29/china-launch-social-credit-system-monitor-everything-jaywalking-internet-activity
    .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: