Skip to content

Onde está o lápis azul?

13 Dezembro, 2016

Um rapaz anavalhado no comboio por um gang à frente dos passageiros. Uma esquadra invadida. Onde estão as notícias sobre a criminalidade? Onde está o lápis azul?

Advertisements
25 comentários leave one →
  1. JgMenos permalink
    13 Dezembro, 2016 11:00

    Precisam-se psicólogos, assistentes sociais, medidas disto e daquilo…

    Gostar

  2. Juromenha permalink
    13 Dezembro, 2016 13:05

    Para queimar etapas e usar um lugar comum : percebe-se por que é que “o” Trump ganhou.
    E percebe-se o Reino Unido, a Holanda, a França, e tudo o mais que vem aí.
    Mesmo num “loca infecta”, como esta ponta da Ibéria, em que os nativos não são muito dados a avaliações críticas…

    Liked by 1 person

  3. JPT permalink
    13 Dezembro, 2016 13:20

    Fui há dois anos a Campo Maior e quis visitar o castelo. Enquanto ia subindo do centro “moderno” para lá, toda a gente me ia avisando: “não vá ao Castelo que aquilo é deles… ainda por cima de máquina fotográfica”. Avisaram-me no café, avisaram-me na Igreja, avisaram-me a meio da última rua antes de chegar ao Largo do Castelo, e eu pensei: em Portugal, no Século XXI, não pode ser! O que vale é que ia avisado e ainda tenho força nas pernas, e lá me safei de um cerco de uma dúzia de jovens “comerciantes”. Como é que não é notícia, que, numa sede de concelho, em Portugal, uma horda de “comerciantes” podem impor a sua lei é coisa que, tonto que sou, não julgava ser possível.

    Gostar

  4. 13 Dezembro, 2016 13:39

    ciganada

    Gostar

  5. Tiro ao Alvo permalink
    13 Dezembro, 2016 13:49

    JPT, faz bem em denunciar o que lhe aconteceu em Campo Maior. Num país que quer ser destino turístico, essas coisas assustam.

    Gostar

  6. LDM permalink
    13 Dezembro, 2016 14:04

    Mas ainda não perceberam que Portugal é o melhor dos países possíveis …

    Gostar

  7. lucklucky permalink
    13 Dezembro, 2016 14:07

    Não é preciso lápis azul quando a cultura marxista que faz censurar isto e muitas outras coisas já existe nas redacções.

    O jornalismo é a mais desonesta das profissões pois a maior parte dos seus membros querem ser políticos em vez de serem jornalistas.
    Em nenhuma outra profissão tão grande maioria dos seus praticantes fazem uma coisa ao mesmo tempo que clamam ser outra.

    Liked by 2 people

  8. lucklucky permalink
    13 Dezembro, 2016 16:15

    Já agora alguém que tenha um link para um jornalista português que tenha escrito ou dito Ditador Cubano Fidel Castro em vez de Líder Cubano Fidel Castro ao dar a notícia da sua morte.

    Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    13 Dezembro, 2016 16:58

    Por acaso isso é notícia? Qualquer dia vão criar uma secção de «porrada&zaragatas».
    Há temas mais importantes para os jornais se ocuparem como são as alterações climáticas.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      13 Dezembro, 2016 17:09

      Claro, “alterações climáticas”
      Mais um argumento não falsificável pois existem desde sempre.

      Liked by 2 people

  10. 13 Dezembro, 2016 20:57

    É claro que isto gera coisinhas más. Nunca gostei de armas mas já começo a gostar – estou a ficar na minoria desarmada e não quero ser minoria.
    Não sou violento, mas acho que os juízes que já deram alta ao DDT podiam ser enterrados em cal viva (vivos).
    Depois das 80 chibatadas a cristãos no Irão até achava bem que só se permitissem tantas mesquitas no ocidente como igrejas e sinagogas nos países muçulmanos.
    Quanto ao jornalismo, acho que quem não percebeu onde está centrado anda muito cego. E o políticamente correcto vai ter de acabar, toda esta estúpida tolerância e quotas e afectos está a fermentar, porque é imposta.

    Gostar

    • 14 Dezembro, 2016 09:58

      Eles andam na Baixa a magote. Topam-se à distância.
      Já disse a um polícia que nem sabia o que estava ali a fazer ao lado da ladroagem- Assim até parecia que estava a protegê-los.

      O gajo disse que não estavam a roubar, portanto podiam estar ali (a tentar, acrescentei eu).

      Gostar

      • PiErre permalink
        14 Dezembro, 2016 13:11

        A verdadeira ladroagem não está “ali”. Está nos cargos políticos. E não está a tentar, está mesmo a roubar.

        Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: