Skip to content

A peronização do regime

19 Dezembro, 2016

Enquanto lia a prosa xaroposa que em boa parte das publicações narrava a ida de Marcelo à Cornucópia tornou-se-me óbvio que estamos a viver uma alteração profunda dos equilíbrios institucionais do país. A peronização do regime que Marcelo está a efectuar, por enquanto com a complacência instrumental da esquerda, implica alterações à direita, sobretudo no seu partido de origem, o PSD. É preciso que o PSD se desembarace de Passos. Porquê? Porque Passos, que já foi primeiro-ministro e ganhou as eleições em 2015, não se vê como um auxiliar de Marcelo a desempenhar o papel de tecnocrata que tão bem assenta, por exemplo, em Paulo Macedo, caso a resposta para uma surpresa vinda dos mercados, seja uma solução governativa sob o alto patrocínio político e afectivo do Presidente da República.

Advertisements
29 comentários leave one →
  1. Emparedado permalink
    19 Dezembro, 2016 11:06

    Este grupo de tribos que dá pelo nome de Portugal não merece que se gaste tanta cera.
    Passos Coelho sem ser também grande coisa é o ÚNICO que pode fazer alguma coisa.
    Fala a sabedoria!

    Liked by 1 person

  2. 19 Dezembro, 2016 11:20

    PPC foi um sofrível 1º-Ministro que não fez tudo o que estava acordado pelo PS/Sócrates com a Troika. Nomeadamente a privatização da TAP que deveria ter sido feita até ao final de 2011, o que teria tornado impossível (ou extremamente difícil) a sua reversão em 2015/16.

    Tem sido um medíocre líder da Oposição tendo tido uma péssima actuação no caso da AR sobre a morte do ditador cubano Fidel Castro.

    Mas a realidade é que PPC ganhou as eleições do ano passado e foi o líder mais votado.
    Os que estão preocupados por Trump ter menos 2 milhões de votos populares que Hilary estão “esquecidos” que Portugal tem o 1º-Ministro que foi o 2º mais votado.

    Sob o ponto de vista do PSD não faz sentido substituir o líder que venceu as eleições por outro personagem que não representa ninguém (casos de Rui Rio e Santana Lopes) a não ser uns putativos barões do partido.

    A Geringonça deve levar com PPC até ao final quer goste quer não. Como eles dizem: habituem-se.

    PPC é que deveria colocar a social-democracia na gaveta e refundar o PPD de Sá Carneiro sendo assim uma verdadeira alternativa ao socialismo/comunismo.

    Liked by 2 people

    • Rão Arques permalink
      19 Dezembro, 2016 11:26

      PPC é suficientemente honesto para não alinhar nesta gaita montada, principalmente agora ao som das marteladas gaitadas do Martelo.

      Liked by 2 people

    • lucklucky permalink
      19 Dezembro, 2016 15:05

      E preciso lembrar que o PSD de Passos não esteve a favor dos Partidos pagarem impostos sobre as suas propriedades como todas as pessoas o fazem protegendo o sistema?

      Ainda acham que o PSD de Passos vai mudar alguma coisa?

      Gostar

    • Rui permalink
      20 Dezembro, 2016 02:30

      nomeadamente a redução do numero de concelhos…

      Gostar

  3. Rão Arques permalink
    19 Dezembro, 2016 11:22

    Antes que me apareça á Pai Natal. Exige-se um termo de identidade e residência que impeça invasão diária e frequente cá de casa pela janela da televisão! Assaltos em série com o criminoso em passeio permanente no local do crime.

    Gostar

  4. Colono permalink
    19 Dezembro, 2016 11:49

    Vão por mim:
    A geringonça, por influência dos chineses há-de perpetuar-se “ad eternun” …. Digam quantas greves e contestações houveram onde eles estão metidos?

    Gostar

    • 19 Dezembro, 2016 12:06

      Não entendi o seu comentário. O que os chineses têm que ver com as greves?

      No tempo do Estado Novo também quantas greves havia? E o Estado Novo caiu.

      Ausência de greves não é garantia de perpetuação de Governo algum.

      Gostar

      • Colono permalink
        19 Dezembro, 2016 19:29

        Caro SHiri Biri

        Os chineses mandam no PCP… ou melhor: o PCP jamais hostilizaria o PCP chinês…

        ….
        Desde que eles compraram a EDP /REN quantas greves houve? Eis a razão… quem comanda as greves /manifs é a CGTP e quem manda na CGTP é o PCP!

        Percebeu?

        Gostar

    • 20 Dezembro, 2016 08:33

      Essa dos chineses mandarem no PCP é para colocar o Arnaldo Matos em brasa e a soltar obscenidades?

      As greves terminam quando as empresas são privadas. Por isso acabaram na EDP. Assim como acabaram na “falecida” Rodoviária Nacional depois de privatizada, por exemplo. Há outros exemplos, Basta recordar as empresas públicas que foram privatizadas.

      A CGTP comanda as greves que consegue comandar. E só consegue comandar no sector público. Essa é a realidade.

      Repito o que escrevi: ausência de greves não é garantia de perpetuação de Governo algum. A Geringonça não se vai perpetuar por ausência de greves… nem por outro motivo. Assim que o dinheiro dos outros acabar, acaba a Geringonça.

      Gostar

  5. PSC permalink
    19 Dezembro, 2016 12:08

    Parabéns Dra. Helena Matos!
    Continue a dar-lhes sem dó nem piedade.

    Liked by 1 person

  6. JgMenos permalink
    19 Dezembro, 2016 12:33

    As vezes que o dos afectos já se auto-referiu como Comandante Supremo das Forças Armadas, confirma essa peronizaçãozinha, insuspeitada até agora.
    Se despontar uma Evita na paisagem, o caso torna.se sério!!!

    Gostar

  7. lucklucky permalink
    19 Dezembro, 2016 15:00

    E continuam a sonhar com Passos.

    Passos que quando esteve no Governo fez tudo para salvar o sistema e lhe deu ainda mais poder.

    Apontem-me uma reforma ou mudança positiva que fez Passos para quase o chamarem de D..Sebastião.

    Gostar

  8. atom permalink
    19 Dezembro, 2016 15:12

    Deixem o Sr. PPC ficar à frente do partido… Se houverem diretas, lá estarei para votar nele.
    Se ele quiser retirar-se para o estrangeiro sugiro que seja impedido e obrigado a estar à frente do partido. Vitaliciamente…
    Não vamos deixa-lo abandonar o partido…

    Gostar

  9. basto_eu permalink
    19 Dezembro, 2016 15:21

    Parabéns Helena Matos pelo seu brilhante texto no Observador.

    Liked by 2 people

  10. basto_eu permalink
    19 Dezembro, 2016 15:30

    Enquanto houver Passos Coelho a peronização não tem hipótese.

    Gostar

  11. 19 Dezembro, 2016 15:39

    Uma maioria, um Presidente, um Banco. Ups! o BPN já faliu!
    É preciso arranjar outro…

    Gostar

  12. lucklucky permalink
    19 Dezembro, 2016 15:57

    “O papel desempenhado na performance presidencial da Cornucópia pelos chamados agentes culturais é também ele bem significativo do momento que estamos a viver no país: a nova situação política mudou radicalmente o perfil das personagens, todas elas, e as do mundo da cultura não só não são excepção como funcionam como um símbolo dessa mudança. Assim em vez de gritarem indignadas contra a morte da cultura, como é seu costume, apresentavam-se cordatas, conformadas até, como se estivessem imbuídas daquela paz de espírito que emana dos que cumprem um destino.”

    E esta parte da prosa não deixa de ter a sua piada, uma vez que Passos foi quem colocou as pessoas a pagar directamente uma taxa para os bolsos dos “artistas”.

    Gostar

    • 19 Dezembro, 2016 21:42

      O que foi algo que nunca percebi. Os “artistas” não costumam votar PSD, acho que se criou o primeiro imposto que beneficia diretamente uma organização privada, e a votação na AR foi um triste espetáculo. Havia uma petição contra a lei, mas a lei seria votada antes, invalidando a petição. Desde o CDS ao PCP, deputados pediram para alterar a ordem de voto para respeitar a petição, e o PSD votou em bloco contra isso. Foi um estúpido exercício de “quero posso e mando” de PPC, ainda por cima sem nenhum benefício político. Não sei quantos votos perdeu aí, a petição tinha creio que 80000 assinaturas. Pela minha parte fiquei farto de maiorias absolutas. Só não esperava o que veio a seguir.

      Gostar

      • lucklucky permalink
        19 Dezembro, 2016 22:17

        O PSD sempre foi muito vulnerável a interesses e grupos de circunstância. E quando eles pensam que vão agradar a “jornalistas” a coisa ainda fica pior.

        Aquilo é tudo gente que não tem pejo em vender a mãe por um elogio de um esquerdista

        Gostar

  13. Artista Português permalink
    19 Dezembro, 2016 18:00

    Tem a mania de ir a todas mas nem sempre com resultados. Ele que se ponha a pau que qualquer dia acontece-lhe como ao Jorge Jesus: começam a mostrar-lhe lenços brancos.

    Gostar

  14. Arlindo da Costa permalink
    19 Dezembro, 2016 19:45

    Para haver peronização tem que haver uma bela mulher. Onde anda ela ? 🙂

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      19 Dezembro, 2016 21:38

      > uma bela mulher. Onde anda ela ?

      Fica sem cartão, a dizer coisas destas, como se fosse algum saudosista do século XIX ou XX.

      Gostar

      • Arlindo da Costa permalink
        20 Dezembro, 2016 19:27

        O General Péron era casado com uma bela mulher, a Evita, né? Faz todo o sentido questionar a alegada peronização do regime político português.
        Onde está La Bella?

        Gostar

  15. 19 Dezembro, 2016 21:52

    Marcelo parece querer ser PM, Costa parece almejar a liderança do BE, e Catarina deve sonhar ser patroa da CGTP. Esta gente concorreu toda ao tacho errado?

    Liked by 1 person

  16. Almeida permalink
    20 Dezembro, 2016 00:16

    P. Coelho foi um primeiro-ministro medíocre, apoiado em gente medíocre, que perdeu uma oportunidade histórica. Agora é um líder de oposição igualmente medíocre (apoiado na mesma gente), bloqueado pela impossibilidade de explicar por que motivo não concretizou, no governo, qualquer boa ideia que, por acidente, lhe ocorra. Mantê-lo por muito mais tempo à frente do PSD é o maior favor que se pode fazer à esquerda.

    Gostar

  17. PiErre permalink
    20 Dezembro, 2016 07:42

    Pedro Passos Coelho é um político (e não é mais nada) que não interessa nem ao Menino Jesus.
    Fraco, fraquinho, zero.
    Pode ir embora, e o PSD e todos os outros também.
    Nenhum faz falta ao país.

    Gostar

    • Arlindo da Costa permalink
      22 Dezembro, 2016 16:47

      António Costa faz falta ao país.
      Disso temos toda a certeza.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: