Skip to content

Se todos são o Hitler, ninguém é o Hitler

30 Janeiro, 2017

waveJornais, televisões e restantes meios de comunicação, a sacra simbiose entre comunistas e capitalistas que trocam escrutínio por liberdade nos negócios, continuam a incansável guerra que divide a humanidade em três facções: os estúpidos, os que tratam todos como se o fossem e os espectadores. Desde que a facção dos espectadores venceu as eleições americanas, somos presenteados com hipérboles coloridas do apocalipse e respectiva subida da Besta dos confins da Terra. Em parte por falta de sexo, em parte pelo prazeres terrenos serem inaceitável resquício da condição humana, a comunidade que trata todos como estúpidos decidiu que é uma obrigação global o acolhimento de indivíduos que, tal como eles, desejam o Homem Novo. Fora dos seus condomínios, naturalmente. A diferença entre progressistas e bárbaros é que uns querem quotas para mulheres em cargos públicos, outros querem incluir mulheres na contagem de vacas que constam no curral. Tirando a forma de catalogação, é tudo a mesma coisa.

O apoio patológico de progressistas à islamização do ocidente é fácil de perceber: tudo que seja abolir herança cristã é bem-vindo, nem que tal implique mudarem o nome para Mimosa e deixarem a ocupação de justiceiros sociais em biquini e daiquiri numa mão e iPhone na outra para matéria prima de espectaculares explosões de vísceras.

Se todos são o Hitler, ninguém é o Hitler. Com, pelo menos, uma notícia por dia – quota mínima – a tentar explicar que Trump é o novo führer, corremos o risco de, um dia, e caso Trump decida criar fornos crematórios para jornalistas, aplaudirmos a iniciativa. Nunca um grupo, o dos que nos tratam a todos como estúpidos, se esforçou tanto para aniquilar o respeito pela dignidade humana no seu desejo de obliteração.

No mesmo dia em que o idiota do primeiro-ministro canadiano, em resposta a uma não notícia, se coloca em bicos de pés para abrir a porta a quem quer esteja impedido de entrar nos Estados Unidos, leva com um tiroteio numa mesquita no Quebec, que é por causa do cheiro das tintas. Leva, não, levou meia-dúzia de desgraçados inocentes da leviandade com que os governantes-hollywood, os vulgarmente designados homens de carisma, dizem bojardas. A haver gente para levar um tiro, é de lamentar que não sejam os que nos tratam como estúpidos, como o próprio Trudeau, já que, ao menos, só se estragava uma casa.

Jornalistas, estais a tornar Trump em herói. Não fazeis a mínima ideia do que estais a criar. Recordai: os espectadores começaram a tomar uma posição. Não vai ser bonito.

Anúncios
19 comentários leave one →
  1. Juromenha permalink
    30 Janeiro, 2017 10:52

    No limite , é uma mera questão de bom-senso .

    Liked by 1 person

  2. JPT permalink
    30 Janeiro, 2017 11:01

    Um Estado de Direito não revoga vistos e autorizações de trabalho e residência sem nenhuma razão ou critério salvo o demagógico). Ser-se de direita é ser-se racional e saber que os meios são tão importantes como os fins. Senão, mais vale ser-se de esquerda e gozar a popularidade de ser progenitor que nunca diz ao filho que a cama não se faz sozinha. Se as imagens dos últimos dois dias demonstraram alguma coisa é que a “islamização do ocidente” vive na cabeça de uns tontos (incluindo islamitas) e no cinismo dos que destes se querem aproveitar. As pessoas nos aeroportos, mesmo as mulheres de lenço, são (ou querem ser) americanos normais. Viva Trump, por isso.

    Gostar

    • 30 Janeiro, 2017 12:19

      Do seu comentário retiramos que o JPT é que define o que é um critério válido para revogar vistos e autorizações de trabalho e residência. Mesmo que os americanos tenham eleito um presidente que prometeu, durante a campanha eleitoral, fazer isso (revogar vistos e autorizações ).

      Esclareço que não concordo com esta medida do Trump. A meu ver vai resolver muito pouca coisa… se resolver. Creio que o tempo se encarregará de fazer Trump corrigir esta medida. Mas respeito a decisão dele porque tem toda a legitimidade para o fazer. Como respeito os manifestantes contra desde que estes sejam pacíficos. Não podem é esperar que Trump tenha ganho as eleições e governe com o programa dos que as perderam.

      Liked by 1 person

      • JPT permalink
        30 Janeiro, 2017 12:58

        O que eu escrevi foi “um Estado de Direito não revoga vistos e autorizações de trabalho e residência sem nenhuma razão ou critério salvo o demagógico”. Ou não é demagogia da mais básica invocar o risco de actos terroristas para revogar vistos de cidadão iraquianos, sírios, iranianos ou líbios, e não tocar nos sauditas, emiratis, libaneses e egípcios, as quatro nacionalidades que forneceram a totalidade dos assassinos de 11/09.

        Gostar

      • JPT permalink
        30 Janeiro, 2017 13:03

        E quanto à “total legitimidade” para promover medidas grosseiramente ilegais, se já Frederico II e o moleiro da Prússia sabiam, no Séc XVIII, que havia Tribunais em Berlim, Donald J Trump devia, parece-me, saber que nos EUA, eles nunca mais acabam.

        Gostar

      • 30 Janeiro, 2017 13:52

        A legitimidade do Trump vem da campanha eleitoral em que ele anunciou que iria fazer exactamente isto que está a fazer. Nessa ocasião não apareceu ninguém a dizer que era ilegal ou que ele não poderia fazer isso. Deveriam ter falado nessa altura. Falar agora cheira a treta para embalar criancinhas. Mas, por mim, podem falar na mesma.

        Os tribunais já começaram a pronunciar-se. E possivelmente o Congresso também irá fazê-lo. Cada um tem o seu papel. É a riqueza da democracia americana.

        Quanto à demagogia, nem vale a pena falar nisso quando vivemos em Portugal e temos o Governo que temos.

        Liked by 2 people

      • 30 Janeiro, 2017 16:11

        “E quanto à “total legitimidade” para promover medidas grosseiramente ilegais” oh JPT, esteja calado.

        Federal immigration law also includes Section 1182(f), which states: “Whenever the President finds that the entry of any aliens or of any class of aliens into the United States would be detrimental to the interests of the United States, he may by proclamation, and for such period as he shall deem necessary, suspend the entry of all aliens or any class of aliens as immigrants or nonimmigrants, or impose on the entry of aliens any restrictions he may deem to be appropriate” .

        “President Jimmy Carter barred entry by Iranian nationals in 1980, after the Khomeini revolution led to the U.S.-hostage crisis.”

        http://www.nationalreview.com/article/444371/donald-trump-executive-order-ban-entry-seven-muslim-majority-countries-legal
        https://www.law.cornell.edu/uscode/text/8/1182

        breitbart.com/jerusalem/2017/01/29/flashback-obama-2011-suspended-iraq-refugee-program-six-months-terrorism-fears/

        Gostar

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        31 Janeiro, 2017 00:12

        É tão óbvio que até dói…

        Gostar

    • 30 Janeiro, 2017 15:05


      Gostar

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        31 Janeiro, 2017 00:13

        Onde é que está a estrela azul (ou de outra cor) para clicar em “Odiar”?

        Gostar

    • Rafael Ortega permalink
      30 Janeiro, 2017 16:38

      “As pessoas nos aeroportos, mesmo as mulheres de lenço, são (ou querem ser) americanos normais.”

      Será? Será que todos querem? Nunca vi nenhum estudo feito com populações muçulmanas em países ocidentais que dessem o apoio à sharia abaixo dos 50%.

      Gostar

    • Antonio Cardoso permalink
      1 Fevereiro, 2017 19:43

      Um estado de direito tem o direito de revogar o que a lei permite. Trump esta no bom caminho. El;e apenas decretou uma PAUSA para averiguar o que esta a funcionar mal. Depois disso se vera.

      Gostar

  3. PSC permalink
    30 Janeiro, 2017 11:51

    Continuem a ser “bonzinhos”! Continuem!
    E depois admirem-se de que há o Trump e outros que, felizmente, hão-de pôr cobro a esta carnificina!
    Quem com ferro mata com ferro morre!
    Sabedoria do Povo.

    Gostar

  4. 30 Janeiro, 2017 12:20

    Muito bom. Por causa do cheiro das tintas.

    Gostar

  5. ABC permalink
    30 Janeiro, 2017 14:55

    A notícia diz que é um atentado terrorista contra os muçulmanos. Bem, sempre é uma variação. Se calhar deviam estabelecer quotas ou coisa assim.

    Liked by 1 person

  6. pita permalink
    30 Janeiro, 2017 18:26

    Mais um Omo Sexual. Usa detergente… Vejam o percurso de vida, o currículo dele.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: