Skip to content

CGD: o pior de todos os mundo

13 Fevereiro, 2017

Axioma 1. Temos de ter um banco público. Privatizar a CGD é vender Portugal anuncia um cartaz pespegado junto à sede da dita

Axioma 2. O banco público para ser competitivo deve reger-se por regras do privado à excepção do momento em que tem problemas

Axioma 3. Quando o banco público que é gerido como se fosse privado tem problemas não se podem investigar esses problemas porque isso é querer dar cabo do banco público.

Em conclusão, vigaristas de todo o país uni-vos que o banco público por ser público não deve ser discutido nem investigado. Sim, porque aquilo que conduziu a CGD ao estado em que está foram a enormes reportagens e investigações sobre aquela instituição. Não foi de modo algum a politização da sua gestão.

É realmente uma extraordinária benesse para os vigaristas termos um banco público. O tal que temos de capitalizar porque é público e não podemos investigar porque é público.

Anúncios
10 comentários leave one →
  1. licas permalink
    13 Fevereiro, 2017 20:33

    É mesmo assim como afirma

    Gostar

  2. Buiça permalink
    13 Fevereiro, 2017 22:07

    na “mouche”!

    Gostar

  3. 13 Fevereiro, 2017 22:26

    As empresas públicas são, de facto, espinhas cravadas na garganta da direita… vai-se lá saber porquê… (quantos boys direitolas têm lá guarida?).

    Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    13 Fevereiro, 2017 23:29

    O que é para dois não é para três, já dizia meu avó.

    A nossa Caixa é nossa. Os segredos dela não podem estar ao alcance da concorrência da banca estrangeira que se instalou em Portugal.

    Gostar

  5. Manuel permalink
    14 Fevereiro, 2017 09:07

    Penso que o nosso MP devia olhar para Espanha e interrogar-se porque motivo o Banco de Espanha começou a ser investigado? O que se passou nos bancos portugueses (excepto Santander e BPI) aconteceu sem conhecimento e cumplicidade do Banco de Portugal? A CPI é uma perda de tempo, espero que o MP já esteja em actividade.

    Gostar

  6. Castrol permalink
    14 Fevereiro, 2017 09:42

    É um fartar vilanagem!!

    Choca-me como num País como o nosso, em pleno século XXI, membro de pleno direito da CEE e da Zona Euro, o Povo permite esta roubalheira e corrupção!

    Gostar

    • 14 Fevereiro, 2017 12:09

      Choca-te?
      Oh pá, o Povo quer é dinheirinho para gastos, venha ele de onde vier.
      O Costa anda a gastar o que o Passos juntou. O Povo vê só uns trocos, mas chega para estar calado. Quando se acabar a massa, o Costa diz que foi por culpa do Passos Coelho, provoca eleições para perder por pouco, o Passos vai outra vez governar sem alteração da Constituição e passados poucos anos está lá outra vez o PS para te fazer a vida negra.

      Liked by 1 person

  7. 14 Fevereiro, 2017 10:55

    Pontos nos “I”s.

    Gostar

  8. A.Silva permalink
    14 Fevereiro, 2017 11:43

    “Quando o banco público que é gerido como se fosse privado tem problemas não se podem investigar esses problemas porque isso é querer dar cabo do banco público.”

    Mas ó leninha, os teus colegas pafiosos que há décadas que andam a mamar na caixa, não sabem a merda quer andaram a fazer este tempo todo, são imbecis ou quê?

    Gostar

  9. SRG permalink
    14 Fevereiro, 2017 18:17

    É evidente que os “geringonceiros” têm horror à privatização da caixa. Assim sendo pública, mais fácil será de gerir quando a Mortágua for ministra das finanças.
    Sacará o mais que puder, tal como fez o pai na Figueira da Foz.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: