Skip to content

Terras rasteiras

18 Março, 2017

Salvamos a Holanda da “extrema-direita”! Foi graças ao nosso empenho na luta contra o “populismo” e na defesa da “democracia” e “pluralidade” que conseguimos, mais uma vez, derrotar os “fascistas” “xenófobos”, “homofóbicos”, “heteopatriarcais” e “misóginos”. Com o resultado “histórico” que os “progressistas” holandeses obtiveram será possível assegurar a “liberdade”, o “direito internacional” e a “decência”, contrariamente aos desejos dos retrógrados “legalistas”, “economicistas” e “nacionalistas” que obtiveram o segundo lugar e que, estranhamente, não encontraram marxistas-leninistas, trotskyistas e outros dementes para se coligarem numa “histórica” “vitória” da “pluralidade”, “centralidade” e “respeito democrático” que permitisse alcançar a “esperança”.

Advertisements
55 comentários leave one →
  1. 18 Março, 2017 15:41

    adelinoferreira45 PERMALINK
    18 Março, 2017 15:07
    Please Note: Your comment is awaiting moderation.
    Neste caso é o “Homem Velho”,
    Não consigo saber quem é o licas pá 😉

    Gostar

  2. 18 Março, 2017 15:47

    Se não foi descuido vitor, aceite um aperto de mão

    Gostar

  3. licas permalink
    18 Março, 2017 15:58

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!

    Gostar

  4. Prova Indirecta permalink
    18 Março, 2017 16:12

    risota , risota a sério era ler a reação dos nossos merdias se o Wilders encabeçasse um governo de coligação

    Liked by 1 person

  5. licas permalink
    18 Março, 2017 16:21

    – – – nem com ” ” por todo o texto o totó percebeu . . .DELICIOSO.

    Gostar

  6. Juromenha permalink
    18 Março, 2017 16:32

    Exacto retrato “à la minute” da semântica requentada e oca servida pelo “pulhìticamente correcto” – e dos asnos que estupidamente a andam para aí a zurrar…e a escrever.

    Liked by 2 people

  7. 18 Março, 2017 16:44

    Porque ris? Idiota.
    Na m/ maquineta com este comentário o post tem 7 comentários mas em principio vai sinalizar 6.
    Ainda te ris?

    Gostar

  8. 18 Março, 2017 16:50

    Exactamente 7 e sinaliza SEIS.

    Gostar

  9. Rão Arques permalink
    18 Março, 2017 17:33

    Tão só e apenas:
    Costa impostor é capaz de tudo para salvar a própria pele de politico atamancado.
    Cria o seu próprio lastro seja com quem for e onde quer que seja sem tremer de vergonha. Não é conservador ou liberal, nem ativista ou revolucionário.
    Capacidade mental distorcida e prática fundamentalista no uso cobardolas do disfarce e da traição em que é mestre.
    Nem com os da própria própria casa se poupa.
    Quem dá espaço de palco a tal espécie e suporta as manhas de um manobrador macabro só pode ser igual ou pior.
    Incluindo a plateia que aplaude.

    Liked by 1 person

  10. 18 Março, 2017 18:00

    O mais giro foi ver os xuxas a aplaudirem os liberais da Holanda 😀 heheeheheh
    A desgraça chamada Sampaio: https://portugalgate.wordpress.com/2017/03/18/jorge-sampaio-e-o-partido-do-regime/

    Gostar

  11. 18 Março, 2017 18:02

    ehehehe maravilha. Só gozando com esta anormalidade de chavões

    Gostei particularmente dos heteropatriarcais 🙂

    Liked by 1 person

  12. Anónimo permalink
    18 Março, 2017 19:45

    Pobres holandeses.
    O PS (mal comparado) lá do sítio “ganhou”, passou de 38 para 9 deputados (perdeu 29!).

    O PSD (mal comparado) lá do sítio “ganhou”, passou de 41 para 33 deputados.

    A coligação governamental, a geringonça lá do sítio, “ganhou”, passou de 79 para 42 deputados !. Apesar de na última semana começar a agir à moda do discurso Wilders …

    O pobre do Wilder “perdeu” !!!. Passou de 15 para 20 deputados !. Felizmente por cá, graças à virtuosa estabilidade, não há necessidade de um derrotado Wilders.

    Liked by 1 person

  13. 18 Março, 2017 19:57

    Geer Wilders do PVV não é de extrema-direita, isso é um erro comum cometido pela nossa esquerda.

    Tudo explicado aqui: http://www.veraveritas.eu/2017/03/os-antieuropeistas-xenofobos-sao.html

    Gostar

    • lucklucky permalink
      18 Março, 2017 21:17

      Para começar começou logo a manipular a linguagem ou então nem sequer o percebeu….ser a favor da União Europeia não é ser Europeísta é ser Unionista.

      Desde quando os partidos de esquerda não são xenófobos contra a Liberdade, os ricos , os remediados , os brancos, os judeus, os asiáticos- chineses, japoneses principalmente, os independentes, os homens, os inteligentes dos 6 aos 100 anos, xenófobos contra a empresas, xenófobos contra a liberdade do contrato entre muitos outras xenofobias de Esquerda.

      Liked by 2 people

      • 19 Março, 2017 14:01

        1) Ser europeísta é defender invariavelmente a UE. Essa estória lembra-me os tipos do Brexit que diziam que tinham orgulho em ser “europeus” mas que eram contra a UE. Imagina um minhoto afirmar que tem orgulho em ser Português, mas que repudia a autoridade do governo sediado em Lisboa?

        2) Xenófobo vem do Grego, e significa “medo aos estrangeiros”, e é comum essencialmente nos partidos nacionalistas (normalmente de direita, mas nem sempre, como no caso dos nacional-socialistas)

        Gostar

      • 19 Março, 2017 14:32

        1) Sim
        2) Comprem um cão.

        Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        19 Março, 2017 16:38

        1) E os Brexister têm razão.
        Para começar a Europa já existia antes de existirem “Europeístas”.

        As táticas de manipulação de linguagem e apropriação de um nome que já existia para propósitos políticos é o que fizeram os “Unionistas”.

        2) xeno é tudo o que é estranho. Por exemplo os tipos brancos do Bloco de Esquerda como são racistas consideram todos os outros brancos parte da sua cultura – mesmo que sejam da direita ultra-neo-radical-liberal – no entanto estão mais próximos da concepção de Poder de um Islamista do que de qual quer concepção de Poder liberal.

        A partir de o momento que os tipos do Bloco de Esquerda deixarem de ser racistas terão de considerar a direita ultra-neo-radical-liberal como parte de outra cultura e aplicar-lhes as leis do multiculturalismo.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        19 Março, 2017 16:45

        xenofobia João Pimentel Ferreira?

        http://nypost.com/2017/03/18/i-survived-wearing-a-make-america-great-again-hat-in-nyc/

        Gostar

      • 20 Março, 2017 00:40

        Pois já existia Europa antes da UE, e? Que comentário medíocre! O território nacional também já existe pelo menos desde o Paleolítico, muito antes de 1143, e? Conhece alguma outra organização de cariz governamental que defenda os interesses comuns da Europa, sem ser a UE?

        Oh, Cunha, deixe-se de comentários redutores. Se um Minhoto repudia cumulativamente as autoridades do governo, do parlamento e do presidente, sediados em Lisboa; repudia automaticamente a autoridade do estado português, logo é independentista, e por conseguinte não pode ter orgulho em ser português! Não confundir europeu com europeísta. O Cunha, a bem do rigor gentílico, também é hispânico, pois habita na Hispânia! Aconselho-o a não visitar os EUA para evitar confusões.

        Expliquei ao prezado luckyluck que por inferência, xenofobia faz referência a medo aos estrangeiros. Se não confia no que lhe digo, recomendo-lhe a consulta de um dicionário: https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/xenofobia

        Gostar

      • 20 Março, 2017 07:00

        Sinto heteropatriarcadofobia no ar.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        20 Março, 2017 17:53

        Obrigado por demonstrar o totalitarismo dos Unionistas. Só existe a Europa deles.

        A uniformização que os Unionistas querem da Europa é contra os interesses da Europa variada criativa que sempre foi. Por ser variada mais redundante.

        Explica porque é que Unionistas precisam de controlar a linguagem e se apropriar da palavra Europa

        Nas tácticas de manipulação de linguagem faço notar que hoje a palavra “interesses” é uma palavra “boa”.

        —–
        “Expliquei ao prezado luckyluck que por inferência, xenofobia faz referência a medo aos estrangeiros.”

        Xeno=Estranho consulte o Grego.

        —–
        Notei que tentou escapar ao link que demonstra a xenofobia dos americanos contra uma pessoa de outra cultura que chega a Nova Iorque.

        Gostar

  14. licas permalink
    18 Março, 2017 20:44

    Dá gozo infinito ver os patarecos da Esquerda serem vítimas
    de um post irónico que tomam na sua imbecilidade por sério:
    UM APERTO DE MÃO, pois então, do vitorcunha.

    Gostar

  15. 18 Março, 2017 21:30

    Ó licas ainda não percebeste a figura triste que fizeste. Se estás à espera que eu te explique, podes esperar sentado. Vai à FNAC, que lá encontras livros de auto-ajuda; podes sempre começar pelo “Discurso do Metodo” vulgarmente conhecido pela Dúvida Metódica e assim evitares a idiotia (vai à Wikipedia)
    Não precisas de agradecer

    Gostar

    • licas permalink
      18 Março, 2017 22:00

      És tão parvo que ainda não percebeste a evidência que
      foste GOZADO.
      Em vez de o reconheceres ainda estás a proporcionar mais GOZO.
      Continua na dúvida metódica, persiste:

      Explica lá, vamos!
      AHAHAHAHAHAHAHAHAH!!!!!!

      Gostar

  16. lucklucky permalink
    18 Março, 2017 21:31

    BBC organização que só existe devido à violência do estado a demonstrar mais uma vez a aliança entre a Extrema Esquerda e o Islamismo:

    Qual é a punição correcta para a Blasfémia:
    https://pjmedia.com/faith/2017/03/18/what-is-the-right-punishment-for-blasphemy/

    Gostar

  17. 18 Março, 2017 21:44

    Só mais um “acrescento”
    Se por acaso tiveres amigos conhecidos pessoalmente no Blasfémias e mudarem de passeio para não te cumprimentar, fica certo que a atitude tem a ver com este teu comportamento. Ninguém quer ter um amigo assim…

    Gostar

    • licas permalink
      18 Março, 2017 22:23

      Corta a dúvida pela raiz:
      Pergunta ao vitorcunha se ele no Post estava a falar a sério ou ironizava. . .
      Juromenha, Zazie, aperceberam-se logo.

      Gostar

  18. ABC permalink
    18 Março, 2017 22:04

    Eu tenho uma idéia das razões profundas porque a esquerda consegue ser influente em Portugal. Fui lavar o carro a uma dessas lavagens self-service, e uma senhora aí dos seus quarenta veio perguntar-me onde se metia a moeda. É do género “Está a ver essa ranhura onde está escrito PARA INICIAR O PROGRAMA DE LAVAGEM INSIRA A MOEDA NA RANHURA? É aí.” Ah…
    Essa senhora tem emprego, certamente. Tem carta de condução. Possívelmente fez um crédito para comprar o carro. Essa senhora vota. E não sabe ler.
    Talvez seja azar, mas no caminho para a lavagem do carro passei por um novo restaurante. A placa colocada à entrada dizia “FECHAMOS ÀS SESTAS FEIRAS”. Moços novos, empreendedores, possívelmente abriram o restaurante com um empréstimo, ou subsídio, ou ambos. E não sabem escrever.
    Esse é o público ideal para políticos desonestos. Essas pessoas até podem querer saber quem é responsável pelo buraco da CGD, mas atiram-lhe com areia para os olhos com toda a limpeza. Arranja-se um “caso”, por exemplo a trapalhada com o património do Domingos. Não chega? Vem o “caso” dos 10 mil milhões em offshores, “que davam para financiar o SNS”. Sendo o karma o que é, vai agora a CGD recorrer a offshores e já a Catarina veio arranjar o “escândalo” do salário do Soares dos Santos.
    Eu continuo a querer saber quem foi o responsável pelo buraco na CGD, porque, ao contrário do que ganha Soares dos Santos, não tenho hipótese de não pagar essa conta. Por isso a Catarina não me atira areia para os olhos. Nem o Costa, nem o Centeno, nem o Jerónimo, nem o Sócrates, nem o Salgado, nem o Granadeiro, nem o Bava, nem outras Dilmas cá do sítio.
    Porque sei ler. Pertenço a uma geração que foi incentivada a pensar.
    É claro que o Ministério da Educação já está em cima do problema, para que os nossos filhos não percebam que as emissões de dívida a 50 anos, e que, entre outras coisas, servem para aumentar os salários de quem os estupidifica, lhes vão saír do lombo.

    Liked by 2 people

    • licas permalink
      18 Março, 2017 22:31

      Mas agora para se obter Carta já não há prova escrita do Código da Estrada?
      Ou será simplesmente que a tal senhora lê, mas não percebe?

      Gostar

      • ABC permalink
        19 Março, 2017 01:31

        Mas é isso, lêm mas não percebem. Como a senhora tirou a carta é um mistério tão grande como haver quem leve a Catarina a sério, e este caso CGD tem mostrado bem que o BE vai para a cama com quem for preciso.
        Mas o ponto é a idiotice nacional que permite o aparecimento das Catarinas a dizerem asneiras dia sim dia não. Há pessoas que chegam a idades respeitáveis com os neurónios novinhos por falta de uso.
        Olhe, daqui a uns dias muda a hora e eu conheço um tipo que trabalha numa loja que vende relógios. Todos os anos aparecem dúzias de palermas a pedir-lhe que lhes acerte a hora. Relógios com ponteiros, horas, minutos, segundos, e não sabem acertá-los. Parece impossível, mas não é. Ora quando você apanha um desses atrás dum balcão duma repartição, não lhe vem uma sensação estranha de que a pessoa não devia estar ali?
        Eu não sou nenhum génio, mas sei acertar um relógio. É por isso que tenho tanta consciência da estupidez que me rodeia.
        Não quero mal aos imbecis, mas se não sabem mudar uma lâmpada ou atestar um carro, ou acertar um relógio, como é que sabem votar?

        Liked by 2 people

    • 18 Março, 2017 22:35

      A conversa dessa Catarina Martins é que é o verdadeiro populismo. Mas como a maioria dos portugueses não sabe o que é um Homo sapiens, dão ouvidos a uma charlatã daquelas.

      Com esta canalha de Esquerda a governar comandados pelo taberneiro mal educado, a próxima bancarrota vai ser de arromba.

      Seria melhor para Portugal se o Governo fosse comandado pela Catarina ou pelo Jerónimo. São menos manhosos. Caíam mais depressa.

      Gostar

    • 19 Março, 2017 22:06

      Sinceramente, prefiro que a pessoa que me trata da comida escreva com erros do que erre a cozinhar.

      Gostar

  19. Euro2cent permalink
    18 Março, 2017 22:07

    Parafraseando o camarada Pirro, se ganham mais alguma batalha aos “populistas”, estão completamente quilhados.

    Gostar

  20. 18 Março, 2017 22:58

    Licas, lá em cima já te tinha dito que não te explicava. Acho que um sujeito com a terceira classe (antiga) mas com inteligência média tem a noção do que se passou. Tu terás a primeira mas falta – te a segunda.
    Deixo-te um conselho: Se continuares a mexer no assunto o pessoal começa todo às gargalhadas e tu sentes vergonha de vir ao blasfémias.

    Gostar

  21. Anónimo permalink
    18 Março, 2017 23:01

    Há populismo bom e há populismo mau. O meu é do bom. Prontos.

    Gostar

  22. Anónimo permalink
    18 Março, 2017 23:15

    Causa e efeito. A mesma causa provoca os mesmos efeitos.
    A mesma Constituição provoca a mesma vivência nos PRs ?.
    Se um PR declarar, hoje, alto e bom som, constitucionalmente, que o seu PM nunca lhe disse o que andava a fazer, deduz-se que:
    Outro PR poderá declarar, amanhã, alto e bom som, constitucionalmente, que o seu PM nunca lhe disse o que andava a fazer ?.
    Dá que pensar.

    Gostar

  23. 18 Março, 2017 23:17

    licas, enquanto escrevia o último comentário, já cá tinhas outro e nomeavas testemunhas. Faz uma petição ao vitor cunha, podes ser bem sucedido, O sucesso da petição será proporcional ao crescimento…………..do PIB caraças

    Gostar

  24. Arlindo da Costa permalink
    19 Março, 2017 01:48

    Melhor seria que salvássemos Portugal da estupidentzia do PSD e do seu líder louco!

    Gostar

  25. licas permalink
    19 Março, 2017 04:04

    adelinoferreira45 PERMALINK
    18 Março, 2017 23:17

    Ó tolinho, continuas a não te dar conta da “barraca” que estás a dar?
    Não vês que cada vez te “enterras” mais? É pá, pára!!! Caramba!!!
    Eu não preciso de testemunhas para este caso, apenas convidei-te
    a resolveres o assunto de vez perguntando ao autor do post qual
    era a intenção:
    O título “Terras Rasteiras”, esse, já não te fez pôr de pé atraz?
    E os “entre aspas”, também não? E os anteriores posts do vitorcunha, idem?
    (ou é um gajo muito tolo e convencido – esquedarlho – ou então és um “anjinho”:
    das duas, uma, acorda pá, para teu bem, senão arriscas-te a que o episódio
    não te tenha servido para NADA, e é pena)

    Gostar

  26. licas permalink
    19 Março, 2017 04:20

    João Pimentel Ferreira PERMALINK
    18 Março, 2017 19:57

    Essa da “extrema direita” faz-me lembrar o Maduro (Venezuela). . .
    (usa o termo, vê, contra os liberais e até contra os sociais-democratas)

    Todos os “Sociais Fascistas” à falta de argumentos, na sua
    escassa mente, acham que “dependurar etiquetas” basta para
    neutralizar adversários, pois seguem o chefe Lenine que
    sabendo da poda como poucos, utilizou-a reiteradamente
    quando alguém, ou alguma coisa, lhe contrariava os intentos
    de escravisar o seu Povo. E teve muitos adeptos nos
    70 anos que se seguiram na URSS de triste memória.

    Gostar

    • 19 Março, 2017 14:13

      Quer explicar melhor a sua mensagem?

      O que tentei explicar, foi que taxonomicamente à luz da Ciência Política, a xenofobia não é própria nem da direita nem da esquerda, mas do nacionalismo radical. Quer o nacional-socialismo quer o nacional-fascismo são movimentos xenófobos. O CDS em Portugal é de direita e não é xenófobo, nem tem um ideário xenófobo. A palavra xenofobia vem do grego, ξένος, transliterado para xénos: “estranho”; e φόβος, transliterado para phóbos: “medo”; ou seja, “medo do estranho”, por inferência, “medo do estrangeiro”.

      Gostar

      • José Ribeiro permalink
        19 Março, 2017 18:11

        O CDS é de direita?!?
        Epá! Aprendi uma coisa nova!

        Gostar

      • lucklucky permalink
        19 Março, 2017 19:39

        Vai me dizer pelo menos onde o CDS empregou a palavra Liberdade Individual para criticar uma política socialista não vai JPF?

        Gostar

      • 19 Março, 2017 22:11

        Liberdade Individual são duas palavras, as quais são impronunciáveis em conjunto pela escarralhada mandante. Aqueles imbecis possuem vagos conceitos de liberdade e de indivíduo, normalmente cingidos à esfera utilitária imediata, e não podem por isso ligar um com o outro para um novo conceito poder emergir.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        19 Março, 2017 22:37

        Ora bem Francisco, e obrigado pela correcção.

        Gostar

      • 20 Março, 2017 00:28

        Dos partidos com assento parlamentar em Portugal, o CDS é o partido mais à direita.

        Gostar

      • 20 Março, 2017 01:28

        ò tosco- e há algum agregado humano que nunca tenha tido, instintivamente, esse medo como forma de defesa perante o desconhecido?

        És um tosco que repete tretas, armado à pingarelho, mas nem as consegue pensar.

        Gostar

      • 20 Março, 2017 01:31

        Quanto mais diferentes são esses contactos, mais natural se torna a precaução perante essas pessoas.

        Não há lavagem cerebral que mate o bom-senso. E o bom-senso, neste caso de contactos com quem nada tem a ver com o Ocidente e que só arranja merda, é fruto dessa experiência.

        Por isso é que v.s- os imbecis, nem a experiência querem à porta de casa mas sabem que é preciso esconder e tapar a merda para venderem a patranha aos outros.

        Gostar

  27. licas permalink
    19 Março, 2017 14:28

    só fiz incidência em que os M.L. usam o têrmo “extrema-direita” para
    designar todos os que lhe são contrários: não é verdade?.
    Não querem ter em conta a ideologia do pessoa: é um “ápodo” (diria
    melhor um espécie de ” vade retro”/excumunhão) que lançam aos que
    lhes são adversos.

    Gostar

  28. 19 Março, 2017 15:19

    Foi a Direita que, ao votar no partido no poder, em Mark Rutte, venceu a Extrema-direita de Geert Wilders.
    Ao prender e deportar a ministra turca a escassos dias das eleições, o partido no poder deu um sinal ao eleitorado que não valia a pena votar mais à direita…

    Gostar

  29. 19 Março, 2017 16:17

    “O título “Terras Rasteiras”, esse, já não te fez pôr de pé atraz?”

    licas, regista nessa cabeçorra delirante que c/ ou s/ novo AO se escreve “atrás”. Ri, ri muito.

    licas, se tiver espaço 😉 regista também que não se escreve excumunhão mas sim “excomunhão”. Ri, ri muito.

    Em relação à minha interpretação do post, ali em cima já te aconselhei a pedires ajuda ao Vitor Cunha

    Gostar

  30. licas permalink
    19 Março, 2017 20:12

    Não preciso… não o conheço e a tua “interpretação”
    da intervenção do vitorcunha é a de um verdadeiro “totó”
    (até já não me faz rir, tão “miserávelmente” se situa-
    APRENDE e não caias noutra (se possível) conselho de amigo.

    Gostar

  31. 20 Março, 2017 00:59

    Eu sei que a malta não gosta de ouvi-lo, mas Marine Le Pen é de esquerda. Taxonomicamente, ser de direita implica ser defensor de um mercado livre, onde existe pouca presença do estado na economia, baixa carga fiscal para os cidadãos, liberdade individual respeitada, enfim, ser-se, sem qualquer problema com terminologia, neoliberal. Não significa querer expulsar cidadãos que cometeram crimes apenas porque os avós foram estrangeiros, ou discriminar cidadãos por usarem ou não lenços na cabeça, ou atacar a liberdade religiosa de pessoas de bem. Marine Le Pen, por exemplo, é de esquerda. Vide o seu programa eleitoral e ides encontrar muitos denominadores comuns com o Bloco de Esquerda e o PCP.

    http://observador.pt/2017/02/04/le-pen-apresenta-144-medidas-para-dar-voz-ao-povo/

    Exemplos:

    – Redução “imediata” dos preços do gás e eletricidade em 5%, uma das várias medidas para estimular o poder de compra;
    – Diminuição da idade da reforma para os 60 anos (com 40 anos de descontos para uma pensão completa)
    – Aumento dos salários da função pública, mantendo a semana de trabalho de 35 horas.
    – o regresso do franco francês para acabar com a “concorrência injusta”, controlo legislativo, económico e territorial;
    – Eliminação da lei de 1973 que assegura a independência do Banco de França face ao Estado, passando a permitir que este financie o Estado;
    – Saída da zona Schengen, de livre movimento de bens e pessoas.

    Isto é a Frente Nacional de Le Pen, igualzinho ao PCP em matéria económica

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: