Skip to content

O Fim do Mundo em Cuecas

24 Março, 2017

Foi o fim do mundo em cuecas esta semana por causa de uma frase, completamente descontextualizada  (claramente propositado) e depois manipulada, alegando ser do socialista holandês, Dijsselbloem. Ora, nossa querida CS escreveu que o Presidente do Eurogrupo terá dito que ” os países do sul gastavam o dinheiro todo em álcool e mulheres.” Porém a frase foi precisamente esta:  “Na crise do euro os países do Norte mostraram solidariedade para com os países do Sul. Como social-democrata, a solidariedade é para mim extremamente importante. Mas quem a pede, tem também deveres. Não posso gastar o meu dinheiro todo em álcool e mulheres e depois disso ir pedir a vossa ajuda. Este princípio vale para o nível pessoal, local, nacional e também europeu”. Dijsselbloem AFINAL falou na 1ª pessoa, dando-se como exemplo. Porquê então toda esta indignação?

Este episódio lembra-me uma anedota que era assim: Virou-se um indivíduo para outro: “Olá bom dia!” O outro, pensativo ao fim de uns segundos, responde: “Bom dia?!!  Ora bom dia significa sol. O sol faz crescer a erva. A erva é comida pelas vacas… Ó carago! Você chamou-me de boi!!!!” É estúpido, não é? Mas foi assim o raciocínio destes últimos dias…

Ora, não faltou quem visse nestas declarações claramente fabricadas, insultos, falta de delicadeza, falta de diplomacia, falta de ética e por aí fora. Desculpem mas realmente é caso para ficar-se parvo a ouvir tanta gente com formação académica acima da média a deturpar  uma metáfora transformando-a numa tempestade dentro de um tampinha de água. Francamente! Eu sei bem que levar com um banho de realidade sobretudo vinda de um socialista, dói e que para o  governo das esquerdas foi traição. Mas há limites. O bom senso mandaria que se olhasse como deve ser para um comentário que nada mais é do que um aviso à governação daqueles que andaram a receber largos milhões de euros da UE e que em vez de os bem gerir , estoirou literalmente em coisas fúteis e benefícios próprios colocando seus países em situação de pré-bancarrota. E se fossemos gente séria, em vez de arrancar cabelos faríamos mea-culpa e aceitaríamos os factos com humildade. Fica bem e os credores louvariam tal acto.

Mas não. Sai uma ameaça aqui, mais a exigência de uma demissão acolá e um voto de repúdio a acompanhar, como se fossem virgens ofendidas imaculadas. A sério? Um governo composto por gente que compara as negociações a uma feira de gado, que manda apanhar pokemons, que se caga para o segredo de justiça, que atribui disfuncionalidade temporária cognitiva à oposição, que é mal educado no parlamento, tem alguma legitimidade para se pronunciar e pedir demissão seja contra quem for?

Acontece que aquela metáfora, goste-se ou não, assenta que nem uma luva, em terras portuguesas. Não pelo seu povo, o único que trabalha  arduamente qual “campo de trabalho forçado”, para pagar as contas quase perpétuas dos desvarios governamentais, mas sim, nos políticos que fizeram a farra toda sem pedir licença a ninguém. E foram muitos com muitos mil milhões.. Foi a festa do parque escolar, foi a festa dos aeroportos e dos TGV, da festa das autoestradas vazias, festa das rotundas, festa das formações fictícias, festa dos dinheiros a fundo perdido aplicados em porsches e casas de férias e offshores, a festa das obras megalómanas, a festa dos empréstimos milionários sem garantias, a festa dos aumentos salariais, pensões e regalias públicas.

Na minha opinião Dijsselbloem pecou apenas por ser pouco preciso e não ter dito gastar dinheiro em “fotocópias, garrafas de vinho em envelopes com fita cola” ou “Metro do Mondego que paga striptease, vinho, perfumes e festas“. Aí sim, já ninguém se revoltaria e não haveria erros de percepção mútuo.

Anúncios
74 comentários leave one →
  1. Ma-theus JC permalink
    24 Março, 2017 10:27

    Não fosse o infeliz conteúdo sexista da expressão, com referência a “mulheres”, o presidente o eurogrupo tem toda a razão. Os países do sul não podem vir pedir dinheiro emprestado para depois gastarem em coisas inúteis (como europeus de futebol, Web summits, Football talks, cimeiras ministeriais, etc.etc). O norte da europa, e bem, não está para continuar com este circo.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      24 Março, 2017 15:04

      Sou mulher e não vi nem vejo qualquer sexismo nesta afirmação.

      Liked by 1 person

    • oscar maximo permalink
      24 Março, 2017 16:31

      Bem me parecia que o mal foi o Sr. não ter referido dinheiro para gays. Ficaram ressabiados

      Gostar

  2. A.Silva permalink
    24 Março, 2017 10:37

    Cristina Miranda, não tem um pingo de dignidade, de respeito pelo seu país?

    Que gente tão triste, que só sabe ajoelhar-se estupidamente a um estrangeiro qualquer.

    Será só ódio aos portugueses????

    Gostar

    • licas permalink
      24 Março, 2017 10:51

      A dignidade de um País?
      Começaria logo pela estrita honestidade da administração
      dos meios financeiros em disponibilidade.
      Mas A. Silva, pelos vistos prefere a ocultação sorna dos abusos
      cometidos, para bem dos políticos.

      Liked by 5 people

      • licas permalink
        24 Março, 2017 10:59

        . . . “um estrangeiro” logo, para A.Silva, um incapacitado
        à priori, de se pronunciar sobre os crimes da nossa Admnistração.

        Já experimentámos opiniões deste “calibre” sob o Salazarismo.

        Liked by 2 people

    • oscar maximo permalink
      24 Março, 2017 11:21

      Será que a dignidade dum país não deve evitar a posição de joelhos e mão estendida, ou considera unicamente a arrogância de pedinte ?

      Liked by 2 people

    • jmpg permalink
      24 Março, 2017 11:42

      Oh Silva , você tem que se tratar está a ver mal . Os países são dignos por outras razões. Estou a ver que tem uma boa opinião sobre si próprio.

      Liked by 1 person

    • André Miguel permalink
      24 Março, 2017 12:46

      E por ser estrangeiro deixa de ter razão? Essa é boa…

      Liked by 1 person

    • Cristina Miranda permalink
      24 Março, 2017 15:03

      Ouça lá, quanto é que lhe pagam para fazer esta triste figura aqui? Deve ser 1 pipa de massa para se sujeitar assim..

      Liked by 1 person

      • Baptista da Silva permalink
        24 Março, 2017 16:42

        Esse personagem é o Miguel Abrantes.

        Gostar

  3. 24 Março, 2017 10:40

    Republicou isto em O LADO ESCURO DA LUA.

    Gostar

  4. campus permalink
    24 Março, 2017 10:45

    Tem toda a razão A.Silva… e no entanto a Cristina Miranda está carregada de razão.

    Liked by 1 person

  5. JPT permalink
    24 Março, 2017 11:35

    Alguém diga ao A. Martins que não é “um estrangeiro qualquer”: foi o ministro das finanças de um país cujos cidadão contribuem, com o dinheiro dos seus impostos, para que a multidão que sobrevive da gamela do Estado Português. E se não gosta de “ajoelhar-se estupidamente” e prestar contas a credores tem bom remédio: não sustente os seus hábitos com o dinheiro que lhes pede emprestado.

    Liked by 1 person

  6. 24 Março, 2017 12:02

    Quando se falou na unanimidade da condenação das palavras do holandês, estranhei logo.

    Nada como vir aqui e rever a falta de coluna vertebral que nos governou durante 4 anos, dizendo “ámen” a todas as ofensas que se foram ouvindo.

    Vocês nunca falham…

    Gostar

  7. licas permalink
    24 Março, 2017 12:23

    X

    Vc. é que é uma total ofensa_______________à inteligencia. . .

    Gostar

  8. 24 Março, 2017 13:09

    A CGD vai pagar uma taxa acima de 10% pelas obrigações de divida perpetuas, ainda falavam mal dos CoCos que cuja taxa rondava os 9,25%… A extrema-esquerda continua a lavar mais branco, e ninguém a impede. Siga para bingo!
    Por falar em xuxas:
    https://portugalgate.wordpress.com/2017/03/24/reestruturar-a-parvoice/

    Liked by 2 people

  9. oscar maximo permalink
    24 Março, 2017 13:37

    Alguém do PSD que mande os homens da peça do Teatro Villaret vestirem-se, para a Catarina Martins mudar de assunto.

    Gostar

  10. ABC permalink
    24 Março, 2017 14:48

    Se Dijsselbloem disse o que a Cristina Miranda transcreveu, os governantes nacionais tinham que saber duas coisas:
    – a verdade
    e
    – que a verdade acabaria por saber-se
    Donde concluo que o desespero já é muito grande para as bandas da Geringonça. Os “casos” sucedem-se a uma cadência impressionante. Tudo serve para não olhar para a governação. O que é que eles estão a fazer que não querem que a gente veja?

    Liked by 2 people

    • carlos alberto ilharco permalink
      24 Março, 2017 19:35

      Há um erro de percepção quer do senhor quer de Cristina Miranda.
      Não interessa o que é que ele disse, interessa é o que ele podia ter dito.
      Não o disse mas é como se o tivesse dito.
      E agora não vale a pena ele vir dizer que não o disse, é verdade mas queria dizê-lo.
      Aliás eu acredito muito mais no António Costa que disse que ele o disse do que nele que atabalhoadamente vem dizer que não disse aquilo que dizem que disse.

      Gostar

      • ABC permalink
        25 Março, 2017 13:09

        Sim, mas quando alguém não disse o que se diz que disse, quem disse que se disse o que não se disse não devia dizer que também não queria dizer o que disse acerca do que se disse que se disse? Digo eu…

        Gostar

  11. piscoiso permalink
    24 Março, 2017 14:52

    Se o senhor dos caracóis se referia aos administradores do Metro Mondego, tem toda a razão.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      24 Março, 2017 14:58

      Eu não sei o que anda aqui a fazer se não sabe sequer interpretar 1 texto. Devia ler Marvel. É mais indicado pra si e tem desenhos

      Gostar

      • Rui Silva permalink
        24 Março, 2017 15:14

        Eu sinceramente nunca responderia ao piscoiso, o individuo, é obviamente um Troll de orientação Marxista.

        Rui Silva

        Gostar

      • piscoiso permalink
        24 Março, 2017 16:03

        A minha tia Hermengarda ensinou-me a não responder a provocações.

        Gostar

  12. Luis permalink
    24 Março, 2017 15:40

    Em percentagem do PIB a Grecia, Italia, Portugal e Franca sao os paises europeus que mais gastam em pensoes. Isto sao dados do Eurostat. Portugal esta acima da media europeia nos gastos em percentagem do PIB para esta prestacao social.

    Quando se deu o 25 de Abril Portugal estava longe de ser uma sociedade com a organizacao dos paises do Norte. Uma elevada percentagem da populacao vivia no campo e trabalhava na agricultura, que era extremamente improdutiva, pois nao estava mecanizada, nao havia regadio moderno e a propriedade era muito pequena, especialmente no Norte e Centro. Havia um enorme contraste com a propriedade do Sul de Espanha, que ja tinha um terco da area irrigada na Europa, gracas a obra do Franco, ao maior dinamisco dos espanhois e ao tamanho medio da propriedade em Espanha.

    Pois sem ter um economia moderna e industrial, coisa que demoraria ainda dez a vinte anos, os iluminados da Esquerda e alguns da pseudo Direita criaram um Estado Social para o qual nunca houve dinheiro. Um dos problemas desse Estado Social sao os gastos com pensoes.

    A pensao media em Portugal e de cerca de 1300 euros. Contudo ha discrepancia enormes entre pensoes do sector publico e trabalhadores do privado. Ha beneficiarios de outros rendimentos por vezes altos a receber pensoes minimas. Ha regalias exageradas para quem exerceu cargos em empresas publicas ou na Administracao Central.

    O que o holandes disse com palavras infelizes e que o Sul gasta mais do que pode. E isso pode ser demonstrado com numeros. Infelizmente ninguem diz os numeros em Portugal, so se discutem palavras. Referi o exemplo das pensoes, poderia ter referido outros. Existe margem para cortar o valor medio para 1200 ou 1100 euros, sem sacrificar os mais pobres. Para isso e necessario fazer cortes definitivos nas pensoes mais altas, e cortar as pensoes de quem recebe outros rendimentos e nao fez descontos para as ter. Um corte de 10 a 20% definitivo. Isto ja seria uma grande ajuda para afastar o cenario de bancarrota.

    Mesmo com o defice abaixo de 3% enquanto o pais nao crescer varios anos acima de 2%, cenario muito improvavel, a divida em percentagem do PIB continuara a subir. E ano apos ano o cenario de bancarrota sera cada vez mais provavel. Isto sao numeros e o desastre pode ser evitado.

    O PS nao vai fazer nada neste mandato pois sabe que custaria a maioria absoluta que ambiciona. Mas o pais vai pagar caro este adiamento de reformas estruturais. Mesmo que Portugal saia do euro, de forma negociada e organizada, se nao fizer reformas estruturais, seguira o caminho da Venezuela.

    A triste realidade que ninguem ve e que com indices de fertilidade de 1.3 e crescimentos abaixos de 2%, mais este peso da divida, nao e possivel sustentar o Estado Social que foi montado em Portugal.

    Gostar

    • André Miguel permalink
      24 Março, 2017 18:06

      Como emigrante (e acho que falo por todos como eu), quando a bomba demográfica rebentar juntamente com o estouro da dívida: desenmerdem-se. Cada um só tem aquilo que merece.

      Gostar

  13. javitudo permalink
    24 Março, 2017 16:11

    A.Silva PERMALINK
    24 Março, 2017 10:37
    “… não tem um pingo de dignidade, de respeito pelo seu país?
    Que gente tão triste, que só sabe ajoelhar-se estupidamente a um estrangeiro qualquer”.
    É fácil ver quem ajoelha estupidamente…somos nós todos, uma vez que os governantes em geral, desde 1974 nos puseram nesta posição.
    Respeito é uma palavra perigosa desde o que à cáfila do 44 se apossou do poder. Os indignados e as virgens ofendidas a tremelicar e os trolls xafurdar, a realidade não perdoa.
    O holandês afinal continua no mesmo local, os falsos patriotas grunhiram mas ainda não foram lá tirá-lo da cadeira. Nem o botas foram capazes de empurrar e estava perto.
    Foi preciso ele cair por si.
    O ideal Kantiano do Bem Supremo está tão distante do sítio mal frequentado como de Marte, deixem-se de teatrinhos de aluguer e tiradas a cheirar a tintol.
    Há um local à vossa espera
    http://www.cbsnews.com/news/riots-looting-venezuela-president-maduro-sudden-currency-manipulation/

    Gostar

  14. Anónimo permalink
    24 Março, 2017 16:14

    “… Não pelo seu povo, o único que trabalha arduamente qual “campo de trabalho forçado”, para pagar as contas quase perpétuas dos desvarios governamentais, mas sim, nos políticos que fizeram a farra toda sem pedir licença a ninguém. E foram muitos com muitos mil milhões….”.

    Sim, é isso mesmo. Os políticos….
    Mas também é verdade que o eleitores portugueses há 40 anos (!) quem escolhem e vão votar dando, de livre vontade, aos políticos legitimidade de fazerem as suas farras, com a licença dos eleitores.
    Além disso temos uma virtuosa estabilidade, não é?.

    Gostar

  15. Manuel permalink
    24 Março, 2017 16:45

    Excelente balde de m…. pela cabeça dos indignados que enfiaram a carapuça, CDS inclusive. Os partidos começam a ser problema e não solução.

    Gostar

  16. Arlindo da Costa permalink
    24 Março, 2017 17:18

    Eu gosto de mulheres e de uns bons copos. Corro o risco de ser discriminado pela brigada local da Temperança e dos Bons Costumes?

    Gostar

  17. Arlindo da Costa permalink
    24 Março, 2017 17:22

    Adoro ver e ler estes portuguesinhos de merda que acham fundamento nas palavras dum homenzinho holandês, o qual pertence a um país que tem um longo histórico em piratear, roubar e enganar os portugueses, desde o tempo dos portugueses.

    Ainda há portugueses com complexo de inferioridade.

    Nada que uns bons grilhões nos vossos pés e pescoços não resolvesse.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      24 Março, 2017 17:30

      olhar ao espelho é muito chato

      Gostar

      • Arlindo da Costa permalink
        24 Março, 2017 17:34

        Os holandeses é que devem olhar ao espelho. São porcos,, chifrudos e devassos.

        Gostar

      • BandoDeCorruptos permalink
        24 Março, 2017 18:03

        ÓÒ arlindo do bosta, assessor da merda, e se o hollandês não tivesse razão tinhas forma de o mostrar com argumentos em vez de dizeres essa merda hoje, para amanhã dizeres uma outra qualquer a queixares-te dum qualquer suposto chauvinismo e xenofobia.

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        24 Março, 2017 19:52

        só se for os holandeses socialistas mas suspeito que se estende a toda a família euroeia, porcos chifrudos e devassos como o ar lindo demonstra ser…. xenófobo racista e dono da moral e bons costumes…um verdadeira nazi ou comuna pois não faz diferença nenhuma.

        Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        25 Março, 2017 08:29

        A escarralhada é mesmo muito xenófoba. Quando lhe interessa.

        É um vaso evolutivo. Há organismos quasi-racionais que dispensaram a coluna vertebral em prol da flexibilidade utilitária.

        Gostar

    • André Miguel permalink
      24 Março, 2017 18:11

      “Nada que uns bons grilhões nos vossos pés e pescoços não resolvesse.”

      Já sabemos que esse é o sonho húmido de qualquer socialista que se preze, por isso ao abrigo da liberdade de expressão que me outorga a CRP digo que V. Exa. é um grandessíssimo idiota.

      Liked by 2 people

    • Cristina Miranda permalink
      24 Março, 2017 20:43

      O’ amigo, portuguesinhos de merda??? Limpe mas é a boca rapidamente e jamais ouse vir aqui comentar o que eu escrevo com esta linguagem. Merda é você. E só não apago este seu comentário q é para todos verem a merda que é.

      Gostar

      • ABC permalink
        25 Março, 2017 13:28

        Os holandeses são porcos, chifrudos e devassos (Arlindo da Costa).
        Note-se que o Arlindo da Costa não gosta dos alegados preconceitos dos holandeses acerca dos povos do sul da Europa.
        É um manancial de coerência. Acho bem que não o apague, é um bom barómetro do que é a esquerda. Grilhões no pescoço e nos pés é a recomendação dele para quem discorda. Nada de novo por esses lados.
        Levem-no a sério, de vez em quando acontece a pessoas inocentes, tolerantes, cultas e generosas ficarem – desarmadas – frente a Arlindos da Costa armados. Ora o poder dum bom argumento nada é contra 9mm de chumbo.

        Liked by 2 people

      • Cristina Miranda permalink
        25 Março, 2017 15:01

        Ouch! Essa doeu 😉

        Gostar

    • Churchill permalink
      24 Março, 2017 19:31

      Esse desde que levou a empresa dele à falência e anda a viver das migalhas que o Governo lhe envia não acerta uma.

      Gostar

  18. Aventino permalink
    24 Março, 2017 18:51

    Je suis Dijsselbloem !

    Liked by 1 person

  19. sam permalink
    24 Março, 2017 20:28

    Cara d. Cristina, para ajudá-la a perceber um pouco o burburinho (e perdoe-me desde já a linguagem, mesmo que metafórica):
    Todos sabemos que a nossa mãe é uma puta.
    Mas ai do cabrão que ouse falar mal da nossa mãezinha.
    Mesmo sendo uma puta.
    Ai dele.

    Liked by 1 person

  20. licas permalink
    24 Março, 2017 20:33

    Como disse, como disse Sr. Arvorado a 1º Ministro ?

    Exige a demissão de Jeroen Dijsselbloem por ter dito que os Países do sul da Europa gastam os empréstimos em mulheres e álcool? Não será. O Ministro Augusto Santos Silva, “o que malha na Direita”, vai propor a execução da medida? O Marcelo, como é hábito, confirma que “Portugal” assim o quer? Não é? Sabe uma coisa, com certeza, também o Governo de Maduro, Socialista, usa o mesmíssimo “tapa olhos”: por dá cá aquela palha grita quando pisa o risco: la Venezuela se respecta! Lembro o Mário Soares: Sr. Comissário, desapareça!, o “cagar no Segredo de Justiça” do atual Presidente da Assembliea da República, do confrade implicado também no mesmo Processo Casa Pia, Paulo Pedroso, salvos pelo “milagre das rosas” da corrupção da Justiça.
    Sejam em que circunstancias for quando lhes destapam a careca, eles reagem à bruta, não há que ver.

    Gostar

  21. 24 Março, 2017 21:30

    Indignou-se quem enfiou a carapuça!

    Liked by 2 people

  22. Fernando Craveiro permalink
    24 Março, 2017 22:09

    Definição de jeguice
    Saber da verdade, ver a verdade, escutar a verdade, mas ainda assim acreditar na mentira. Porra, que isto é ser muito jegue!
    Prezada Cristina. Está de parabéns pela escrita e ainda mais porque tem muita paciência para aturar estes mortadelas sem face. Será que é gente que merece resposta? Vai-te a eles Cristina.

    Liked by 2 people

  23. 24 Março, 2017 22:45

    Susbcrevo.

    Gostar

  24. Abrolhos permalink
    24 Março, 2017 23:17

    um interprete não faz tradução, faz interpretação. O que o cavalheiro disse literalmente não li pois o Frankfurter não está disponível on-line. O problema reside na interpretação. A ajuda para essa nobre profissão de intérprete veio do próprio cavalheiro que, quando questionado sobre as suas declarações, sorri e diz saber muito bem o que disse. Nessa altura, mandava o bom senso que esclarecesse que esse problema dos copos e mulheres, era dentro da casa dele e tinha sido um equívoco da/do intérprete imaginar que ele se referia aos comedores de alho (a malta do Sul é conhecido assim). Perdeu uma boa oportunidade para pacificar os ânimos, preferiu ser arrogante até ao fim. Para ele, copos e mulheres é uma trivialidade, mas ele é calvinista, o céu já lhe foi prometido, ou não. Eu é que sou católica e essas coisas não me caem muito bem. Não que apoie os sucias, os blocos ou os socas, preferia que não nos tivessem deixado nesta desgraça, mas é que as palavras vindas da boca suja deste pateta me arreliam. Ora o homem que é tão macho não será capaz de ter uma conversa de pé de orelha com o costa e dizer-lhe em sede própria que o costa tem de ser menos estraga albardas?! Que aperte os joanetes ao tipo das Finanças! Aperte-lhe os Coisos! Faca aquilo que nenhum de nós pode sequer almejar. Mas não, ali são sorrisos, e trama-nos com a sua Cobardia! Depois arma-se em corajoso e desata a dizer tolices que são avidamente repetidas pelo povinho holandês entre outros. Pateta!

    Gostar

    • 25 Março, 2017 00:17

      Não sejas tolinha- ele é católico e uma metáfora é uma metáfora em qualquer parte do mundo, assim como uma ignorante é uma ignorante em qualquer parte do mundo.

      Quanto muito, por tradição de países baixos, ele podia até ter em mente coisas bem divertidas à Jan Steen do século de Ouro da pintura barroca- “Hoe shilder hoe wilder”

      Como esta: http://www.theleidencollection.com/wp-content/uploads/1970/01/Steen_LuxuryBeware_KHM.jpg

      Gostar

      • Abrolhos permalink
        25 Março, 2017 09:06

        meu querido, depois de ter 20 anos de Holanda, e de Calvinismo, o querido pode ambicionar compreender holandes, alemao e a “alma” das suas criaturas. Entretanto, passe na igreja, procure umas aulas de cha e boa educacao e nao tome tanta presuncao (e agua benta).

        Gostar

      • 25 Março, 2017 14:20

        Querido?

        Estás maluca, não sabes o significado de zazie dans le metro do Raymond Queneau?

        És estúpida. Podias lá ter vivido a vida inteira que nem o Jan Steen e a pintura do barroco conhecias.

        Se conhecesses não dizias disparates

        Gostar

      • 25 Março, 2017 14:22

        Essa tradição de complacência com o deboche é que é toda países baixos e vem de muito de trás.

        Nada tem a ver com o puritanismo calvinista. Tem mais a ver com o que desemboca nas montras e que já se fazia nos banhos públicos.

        “hoe shilder hoe wilder”. Isto não é a Lei Seca. É mostrar a alegria de vida nesses pecados bíblicos.

        Gostar

      • Abrolhos permalink
        25 Março, 2017 17:31

        Não se esqueça, tome menos água benta, apesar de poder tomar a Quiser! Passe Bem!

        Gostar

      • 25 Março, 2017 18:04

        É jacobina, a maluca ignara.

        Cardos & abrolhos são todos escardalhos.

        Gostar

      • 25 Março, 2017 18:05

        Toma tu uma pinga de vinho verde que é o que mais precisas para tanta bacoquice em tão pouco tempo.

        Gostar

      • Abrolhos permalink
        25 Março, 2017 20:55

        não perca a esperança. A medicina tem tido grandes desenvolvimentos, um destes dias descobrem a cura para o seu caso. Hang in there dear fellow!

        Gostar

      • 25 Março, 2017 21:54

        Resultou contigo, foi?

        É que há uma questão teórica pertinente- saber-se o sentido do moralismo na tradição holandesa e a sua representação literária e artística.

        E, acerca disto, até o Jaime Nogueira Pinto disse o mesmo tipo de bacorada que tu disseste- é tudo calvinista, logo é tudo pecado e visto sempre de forma intolerante e negativa.

        É é mentira. A tradição dos Países Baixos é muito mais interessante e complexa e a arte, a literatura e até os provérbios o atestam.

        Se não fosses mentecapta mostravas algum interesse pela questão em vez de te limitares a fazer luxo na tua ignorância.

        Liked by 1 person

      • 25 Março, 2017 21:56

        Mas hás-de ser demasiado besta- só sabes debitar os chavões mongos dos cientóinos e dos ateus militantes e és tão besta que nem percebeu que Zazie é nome do género feminino.

        Liked by 1 person

      • 25 Março, 2017 22:06

        Gedogen não tem tradução literal mas explica muito.

        Gostar

      • Abrolhos permalink
        25 Março, 2017 22:21

        Um saquinho de plástico, de papel também serve, põe-se na boca e nariz e respira-se sem retirar. Uns 15 segundos devem resolver o problema, mas em casos mais persistentes tente uns 5 a 10 minutos. É remédio santo.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        26 Março, 2017 18:22

        Só pelo “grande nível” deste comentário se vê que por trás dele “está 1 mente brilhante”.

        Gostar

    • 25 Março, 2017 22:16

      E mais aqui: Calvinism and Religious Toleration in the Dutch Golden Age

      Para quem se interessar sem ser sopeira abrolha

      Liked by 1 person

  25. javitudo permalink
    24 Março, 2017 23:17

    O Jeroen Dijsselbloem não passa de um jerónimo que se está nas tintas para geringonços mal acabados. Digam o que disseram o facto de ser socialista não abona em seu favor, mas que vai continuar a ter boas mulheres e bons copos de vinho importado vai.
    Curiosamente o tipo não tem feito mais do que seguir quem manda, tal como o par moscovici. Quem manda manda muito. Numa palavra pretende manter apertar a teta da vaca sob a forma de juros até secar. E se secar? Nada que os preocupe. Há muitos recursos a engavetar ao longo dos anos. É por isso que dos dois lados todos falam em unísono. Uns como despeitados de meia tigela e outros por tentar afastar a dupla de modo a desnudar as maroscas do sem tino que quer passar por génio quando não passa de um habilidoso.
    Os últimos não vão ter sorte, por mais uns tempos os ddt têm-na fisgada, apostam de caras nos xuxas, são eles e o banhista que lhe dão maior estabilidade e melhor enganam os pacóvios. Isto já o dissereram por outras palavras ao ouvido em Dresden em 2016. Os jornalistas nunca põem lá os pés, nem a SIC imaginem. E o chiquinho já lé teve assento durante anos. Naturalmente, quem manda deseja não ser incomodado.
    Incomodados vamos estando nós, longe de perceber o que realmente se passa.
    Ou talvez seja melhor assim.

    BILDERBERG SENDS THREATENING EVICTION NOTICE TO REPORTERS
    German hotel kicks out residents for Bilderberg meeting – JUNE 7, 2016 2

    Gostar

  26. A. R permalink
    25 Março, 2017 01:24

    Mais vale gastar com mulheres que em lambesgoias: é sinal que elas valem o dinheirinho.
    O Arlindo só gasta dinheiro com a beldade Odete Santos

    Gostar

  27. Carlos reis permalink
    25 Março, 2017 08:08

    Gajas, ao longe. Gosto mais de ser enrabado pelos bancos…dá mais pica. Até se lembram do meu aniversário.

    Gostar

  28. piscoiso permalink
    25 Março, 2017 14:33

    “Não posso gastar o meu dinheiro todo em álcool e mulheres e depois disso ir pedir a vossa ajuda.”. Claro que é uma metáfora, mas metáforas há muitas. Porquê escolher aquela? Metaforicamente é chamar bêbedos e consumidores de prostituição a quem se referia. Depois ainda há a considerar o lado feminino da coisa. Será que as mulheres não gastam dinheiro com os homens?

    Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      26 Março, 2017 11:20

      Há quem reduza ao absurdo para emitir um argumento.

      Mas peguemos na sua questão.. Há também quem se esteja cagando para o sistema de justiça. Porquê escolher essa metáfora?

      Liked by 1 person

  29. Jose permalink
    26 Março, 2017 10:25

    Ele diz-se social-democrata, mas o PSD, Partido Social Democrata cola-o ao PS.

    Gostar

  30. 26 Março, 2017 15:59

    Por mim resumido: o holandês colocou sal em muitas feridas tugas ! Mas vão sarar depressa porque as virgens ofendidas têm memória selectiva e só os outros e mais ninguém são culpados dos erros cometidos.
    Sócrates PM & suas seitas mais a quase bancarrota nunca existiu…

    Liked by 1 person

  31. Carlos Manuel de Faria e Almeida Santos permalink
    3 Abril, 2017 23:15

    Prezada Cristina Miranda
    Tem inteira razão nos seus comentários .
    Uma cambada de analfabetos – e muitos desses analfabetos são políticos – deturpou as afirmações do Presidente do Eurogrupo, apresentando-se como um conjunto de “virgens ofendidas” .
    Fim um comentário muito na linha do seu no meu blogue
    chaise-longue.blogs.sapo.pt .
    Sinto-me muito bem na sua companhia .
    Cordialmente seu

    Carlos Almeida Santos

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: