Skip to content

A conta

22 Junho, 2017

 Em Pedrogão, o PCP e o BE não deram a cara pelo Governo mas também não imprimirão tshirts com a frase “Governo assassino” e preparam-se para rejeitar a criação de uma comissão técnica independente para apurar as causas da tragédia de Pedrogão. Por outras palavras a investigação parlamentar aos acontecimentos de Pedrogão arrisca-se a ter o mesmo destino que o inquérito à CGD: morre antes de nascer. A aprovação a tropel de legislação sobre a floresta criará o ruído necessário para que ninguém dê pela falta da investigação.

Aparentemente tudo vai continuar igual. Mas para lá da fachada muita coisa mudou nestes dias. No Governo e também na Presidência da República: Marcelo disse e desdisse como se, grande intuitivo que é, procurasse iludir o que ressaltava nos rostos dos políticos em Pedrogão: o medo. Do fogo e de que vindo não sei donde parta um grito a mandá-los embora.

Anúncios
43 comentários leave one →
  1. Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
    22 Junho, 2017 01:48

    Ao que isto chegou?
    Que vergonha este aproveitamento politico de uma catástrofe natural.
    Que falta de respeito pelas vitimas.
    O jornalismo partidário no seu local predilecto, no lodo.

    Gostar

    • rão arques permalink
      22 Junho, 2017 08:23

      Compare com a vergonha a que se chegaria se os geringonçanos estivessem na oposição.

      Liked by 1 person

    • 22 Junho, 2017 12:18

      Era evidente o ar aparvalhado da D. Constança e o ar desajeitado do D. Gomes.

      Na entrevista que a primeira deu e no Prós e Contras onde esteve o segundo, aí sim. Aí já estavam no seu habitat natural.

      Escaparam a que os mandassem embora do palco onde se colocaram para se armarem em líderes.
      Mais valia terem ficado no ar condicionado dos Ministérios.

      Nada pior para quem trabalha que a presença dos que nada fazem!

      Queriam mostrar-se, fazer figura de valentes. Pensando que a situação já estaria controlada e fariam um passeio calminho e prometeriam que iam ajudar as famílias afetadas.
      Mas a campanha eleitoral não lhes correu ao jeito.

      Eles são os superiores hierárquicos da GNR, da Proteção Civil e do IPMA. Que procederam como procederam.

      Liked by 1 person

    • Gabriel Orfao Goncalves permalink
      22 Junho, 2017 14:25

      Catástrofe natural é a pouca vergonha que é a sua ignorância sobre o que isto foi.

      Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      22 Junho, 2017 18:57

      Querem lá ver que a culpa ainda é do antimio de Azevedo! Fortuna de calor, fortuna de vento, míngua de agua só pode ser os elementos estarem contra a geringonça. Porque do siresp , da macrocefalia da anpc nada há a apontar. Jagunços!

      Gostar

  2. 22 Junho, 2017 01:57

    “…o que ressaltava nos rostos dos políticos em Pedrogão: o medo. Do fogo e de que vindo não sei donde parta um grito a mandá-los embora.”

    Qual grito? Só sentiriam medo se os recebessem à pedra quando lhes quisessem fazer festinhas na cabeça. Mas não. O que sê vê é gente a dar ao rabinho.

    Liked by 3 people

  3. 22 Junho, 2017 02:01

    No post abaixo, já escrevi o que prevejo: partidarização das conclusões da Comissão de Inquérito final. Para que entendam melhor: partidarização das conclusões. Não será difícil num país corrupto, comprar opiniões, uma das especialidades do P”S”, a troco por exemplo de promoções — para bom entendedor…
    Para safar o P”S” e a geringonça, por que não ? Alguma surpresa nisto ?

    Liked by 1 person

  4. André Miguel permalink
    22 Junho, 2017 07:47

    A demissão da geringonça seria o único fim aceitável.

    Gostar

  5. rão arques permalink
    22 Junho, 2017 08:21

    Marcelo naquela capa de troca-tintas é bem a imagem de desastres anunciados.

    Liked by 1 person

  6. LTR permalink
    22 Junho, 2017 08:23

    Marcelo é um incontinente verbal dado que juga ser possível construir um mundo em consenso, e um dos mais altos representantes do culto lusitano ao desenrascanço, que é o pior inimigo de todas as soluções para problemas críticos. Chega, pede à comunicação para esperar, entra numa caixota, sai e descreve ao país o que lhe contaram. Não nos bastava o PS ter-se trasformado numa aberração comandada por um manhoso.

    Gostar

    • 22 Junho, 2017 09:59

      Continuo a aceitar a ida do PR a Pedrógão, naquela primeira noite. Esteve bem.
      Ontem, no funeral do bombeiro, também compreendo a presença do PR, do PM, de deputados, porque foi o final de três dias de luto, mais o minuto de silêncio a nível nacional e, como foi anunciado, aquelas presenças simbolizaram a homenagem a todos os falecidos.
      Mas o MarceloCarmonaThomaz ressurgiu em pleno, com comentários, conversas despropositadas. Como assinala LTR e eu já tinha de quando em quando escrito, promove o facilitismo, a festividade, o delírio perante problemas. Unha com carne com o AC-DC.
      MCT entende que quase tudo está bem, “estamos no bom caminho”, governados por “um manhoso”.

      Gostar

    • 22 Junho, 2017 12:45

      LTR “julga ser possível construir um mundo em consenso”

      Essa é a essência do catolicismo que o Marcelo R. de Sousa muito bem representa.

      Mas que está errada pela base.
      Só serve para adormecer consciências, mas as consequências são terríveis para quem se deixa ir nas cantigas de embalar.

      Veja como são certas pessoas que se cruzam consigo na rua…
      Veja que após o abandono das suas casas pelas famílias que fugiram ao fogo, foram pessoas parecidos connosco saquear o que os afetados pelos incêndios não conseguiram levar.

      É a vida!
      Isto não é ilusão. Ilusão é o que vai na cabeça do Senhor Presidente da República.

      Liked by 1 person

  7. carlos alberto ilharco permalink
    22 Junho, 2017 09:37

    Amanhã é noite de São João.
    Vão ao Porto passeiem-se pela cidade e vão ver os milhares de foliões com uma cara tristonha pelo que aconteceu a uns escassos quilómetros de distância.
    Dentro de dois meses este desastre está (salvo paras desgraçadas famílias) totalmente esquecido.
    Espero que pelo menos haja o decoro de amanhã os políticos não se andarem a mostrar com o martelinho.
    O Marcelo vão ter que o agarrar, ele vai querer ir.

    Liked by 1 person

    • Carneiro permalink
      22 Junho, 2017 11:44

      Desculpe lá, mas o que quer dizer com essa dos foliões do Porto ? Nestes dias não vi ninguém a chorar em Lisboa. Você viu ?

      Liked by 1 person

      • carlos alberto ilharco permalink
        22 Junho, 2017 14:52

        Não.
        E por isso mesmo esta ladainha do luto nacional, do minuto de silêncio, da presença no funeral do senhores importantes, deve ser resumido ao que é.
        Teatro.

        Liked by 1 person

      • Carneiro permalink
        22 Junho, 2017 16:12

        Tem razão. Só não percebi porque particularizou no Porto se a sua intenção era generalizar pelo País.

        Gostar

      • carlos alberto ilharco permalink
        22 Junho, 2017 21:33

        Porque naturalmente é a primeira grande festa após a catástrofe.
        Já agora aproveito para dizer que nunca dou um cêntimo em nenhum peditório.
        Todos deviam fazer o mesmo.
        Cada cêntimo dado, equivale a um cêntimo que se entrega ao Estado para ele espatifar.
        Os impostos têm que cobrir tudo isto.
        Se não têm, poupem, sei lá, nas viaturas oficiais?

        Liked by 1 person

  8. Manuel permalink
    22 Junho, 2017 09:50

    Está tudo ligado: compra dos Kamov, compra do Siresp, lista dos maiores credores da CGD? lista dos políticos e jornalistas avençados do BES?, Sócrates, Vara, Grandeiro, Zeinal, Vice-presidente de Angola, Oliveira e Costa, Ricardo Salgado, rendas da EDP e REN, negociação das barragens, submarinos, empreiteira odebrech/construçaõ de barragens, etc. Tudo apoiado no triângulo de oiro do nosso ex-império: Angola,Brasil e Portugal. Como vai ser o futuro? Em breve, nova tragédia e para o ano tudo na mesma. Enquanto a democracia não punir severamente a corrupção, continuaremos um país insolvente e que produzirá emigração e pobreza. Uma mudança de governo não resolverá nada, o regime democrático também faliu. No Brasil, país irmão, a população pede a intervenção dos militares, cá, talvez uma governação da UE. Passos, começa a parecer um estadista neste “sítio”, mas não tem capacidade, nem votos para a ruptura que é necessário fazer. As leis que vão ser aprovadas para a política florestal são mais do mesmo.

    Liked by 1 person

    • 22 Junho, 2017 10:06

      Também nessa lista incluo uns bandidos (bem instalados e protegidos) que não vão pagar muitos milhares de milhões à banca, sobretudo no caso do BES e BPN…

      Mais uma vez custa-me escrever isto: será que a maioria dos tugas terão de levar com mais uma bancarrota e respectiva dor após resgate, para entenderem que esta “classe” política, estes “socialistas” são ineficazes, laxistas, imcompetentes e vígaros ?

      Gostar

      • Manuel permalink
        22 Junho, 2017 10:26

        Concordo,mas o PSD e PP já não são alternativa. O problema é estrutural e sistémico, o regime está em colapso como no Brasil. Nós só vemos uns 5% da realidade e aconselhava todos a revisitarem a entrevista do juiz Carlos Alexandre. Não estamos melhores que o Brasil, só que o Brasil é a décima potência económica do mundo. Se os governos fazem política a mentir, só podemos esperar tragédias. Reitero, a política deste governo leva-nos a nova bancarrota.

        Liked by 1 person

    • 22 Junho, 2017 13:24

      Manuel “cá,talvez uma governação da UE”

      Desiluda-se Manuel.
      A UE não quer nem pode resolver os problemas de Portugal.
      A UE está podre.
      De anos!

      O futuro de Portugal só deve depender dos portugueses.
      Começa a ser evidente na Europa o renascer dos nacionalismos. Lembra-se da pretensão de belgas à separação. Flamengos para um lado…
      Repare no que quer a Catalunha e o País Basco…
      Veja a Escócia…
      São os naturais dessas regiões ou países da Extrema-Direita Xenófoba?
      Se estas partes de países querem nacionalismo porque não hão-de querer o mesmo
      países no seu todo, com a mesma linguagem, etc.?
      E essas regiões ou países manifestam vontade de discriminar os naturais de outras regiões ou países?

      Os conservadores da UE (conservadores na verdadeira acepção da palavra) são os que levantam o espantalho do Nacionalismo que associam à Extrema-Direita e que é Xenófoba e que é Racista e blá, blá, blá.
      Mas quando vamos analisar melhor temos que sacudir esses palavrões que os europeístas convictos usam para protegerem os seus tachos.

      O que o iluminado Costa fez em Portugal não é novidade nenhuma.
      Então a UE não anda unha com carne com o Governo do Syrisa (aliado do Bloco de Esquerda português) . Não lhes faz as vontadinhas todas? De crédito, pois claro?
      Então?

      A UE teve a sua razão de ser. Hoje está em vias de extinção e para salvar os tachos, socorre-se de todos os apoios dos partidos do sistema, de Esquerda e Esquerdistas incluídos.
      O passo seguinte que se começa a desenhar pelos que pensam a sociedade é o advento dos nacionalismos com maior autonomia em relação à UE tal como cada região, cidade ou vila gosta de se diferenciar das restantes.

      Gostar

      • 22 Junho, 2017 13:43

        Secessão em lume brando em relação a Lisboa !? Iniciativa por exemplo do Porto e/ou do Norte ?
        Desde que me deixem ir ao Porto degustar umas tripas e no regresso não me confisquem na fronteira em Pombal os seis tupperwares com mais tripas, concordo.

        Gostar

    • Carneiro permalink
      22 Junho, 2017 16:18

      “lista dos políticos e jornalistas avençados do BES” – a revelação dessa lista é que clarificava as águas. Mas o regime afundava. Digo eu.

      Liked by 1 person

  9. 22 Junho, 2017 11:32

    Ainda não li nem ouvi nenhum jornalista, editorialista ou comentador sequer insinuando que o comando da GNR, o comando da Proteção Civil, a ministra, o secretário de estado e, por que não o PM, devem demitir-se. Continua o respeitinho pelo “chefe manda !” para obter a benesse, o favor, o privilégio.

    Liked by 1 person

    • sam permalink
      22 Junho, 2017 13:20

      A querida ministra diz que não se demite porque “um comandante nunca abandona os seus soldados”. Fofa, onde estavas quando 64 pessoas encarregadas à tua protecção morreram queimadas?

      A gentil ministra diz que viveu “o pior dia da sua vida”. Meu docinho, sabes qual foi o pior dia das nossas vidas? Quando te nomearam ministra.

      Liked by 1 person

      • 22 Junho, 2017 13:31

        Claro, a ineficaz ministra “comandou” ninguém ! Idem, o secretário de estado. Simples representantes do atarantado governo e elos de ligação com o AC-DC. Usaram os media, pouco mais.

        Liked by 1 person

  10. 22 Junho, 2017 11:39

    Manuel,

    O “arco da governação” PSD, PP e o P”S”, estão entranhados de diversificadas maneiras na vida tuga. Exploram a ignorância e inocuidade dos tugas. Demorará muitos anos para surgir alternativa consistente e credível, sem o ADN corrupção.
    Até o EMacron que espatifou o PS e aquietou a Le Pen, (afinal) estava, está, mal rodeado…

    Gostar

    • sam permalink
      22 Junho, 2017 13:07

      Faça-se justiça a Macron: contados os votos, não demorou dois dias a fazer a limpeza. Alguns dirão que ele tem de fazer muito mais, mas o que fez é já uma enorme diferença.

      Gostar

      • 22 Junho, 2017 13:32

        Resta esperar se está feita toda a limpeza.

        Gostar

  11. 22 Junho, 2017 13:57

    Na zona de Pedrógão, já sugiram assaltos a casas, falsas contas solidárias, falsos técnicos. É apanhá-los, parti-los de alto a baixo e deixá-los a ganir acorrentados a árvores, sem assistência médica !

    Gostar

  12. Arlindo da Costa permalink
    22 Junho, 2017 16:01

    Que eu saiba o PCP e BE não fazem parte do governo.

    Ou você quer enfiar os partidos nessa tragédia dos incêndios?

    A hora é das instituições e dos organismos públicos, privados e associativos.

    Vamos é trabalhar e deixar de politiquices rasteiras!

    Gostar

    • Carneiro permalink
      22 Junho, 2017 16:19

      E pelas quatro da tarde zurrou !

      Liked by 1 person

      • 22 Junho, 2017 17:41

        O ACosta tem de justificar os 50 euros/dia, independentemente da quantidade de comentários favoráveis ao AC-DC e à geringonça.

        Gostar

    • chipamanine permalink
      22 Junho, 2017 19:00

      Esta a falar do assalto ao poder do poucochinho depois de ter sido escovado nas legislativas? Não foi rasteiro foi mesmo um esbulho!

      Gostar

  13. Alexandre permalink
    22 Junho, 2017 22:52

    É estranho, mas quando lá esteve o governo da cor política de Helena Matos, nada também foi feito. Onde estava Helena Matos, quando ardiam as florestas em 2003 ou quando ardeu o Funchal (o seu querido e ilustre senhor Miguel Albuquerque… que deveria ter sido corrido e não foi)? Nessa altura, Helena Matos fingia ou escondia-se. Por isso, Helena Matos, este seu texto é demagogia barata.

    Gostar

    • 23 Junho, 2017 00:06

      ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

      Gostar

      • Alexandre permalink
        23 Junho, 2017 13:15

        E quando quero ver aquele amor meu
        Eu pego no Rasputine e lá vou eu…

        (Rasputine = Burrito)

        Gostar

  14. carlos reis permalink
    23 Junho, 2017 01:01

    com o Passos na Chefia, isto não acontecia.

    Gostar

  15. oscar maximo permalink
    23 Junho, 2017 10:53

    A frase Governo Assassino fica catita por cima ou por baixo da imagem do Che

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: