Skip to content

Não deixes para amanhã o que podes discutir hoje

23 Julho, 2017

Quim Furtado, cabo-verdeano conhecido como Anania, acaba gravemente ferido e é levado para o hospital de São José. Do outro lado dois homens desaparecem. Chamavam-lhes o Manuel Cigano e o Vítor Alcafeu. Há 45 anos, ciganos e cabo-verdeanos colocaram a Amadora em pé de guerra. Na época culpou-se a censura pela ausência de notícias. E agora culpa-se quem?

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. Alain Bick permalink
    23 Julho, 2017 23:17

    deviam fazer petição de apoio à PSP

    Gostar

  2. EMS permalink
    24 Julho, 2017 00:22

    Em 1972 o bandido “Muleta negra” era cigano ou era cabo-verdiano?

    Gostar

  3. 24 Julho, 2017 02:26

    F***-**! olha a dra. Matos a querer-me convencer de que isto é verdade! alguma vez acontecia uma coisa destas? para já, no tempo do fascismo nem havia negros em Portugal, nem ciganos, que o Salazar mandava-os todos para o Tarrafal e outros campos de concentração porque ele era um racista do c******.
    Depois, nas minhas aulas de estudos de género e de opressão heteropatriarcal ensinaram-me que a violência contra minorias é praticada pelos brancos. Portanto, africanos e ciganos não se oprimem mutuamente, isso é conversa. Africanos e ciganos são oprimidos pelo homem branco, mas com o avanço dos estudos de género a opressão heteropatriarcal será destruída e a opressão branca vai ter fim.

    Gostar

  4. piscoiso permalink
    24 Julho, 2017 08:55

    Agora noticia-se o que a redacção acha relevante.
    No fascismo, publicava-se o que a comissão de censura permitia.
    Agora há liberdade de expressão.

    Gostar

  5. Alain Bick permalink
    24 Julho, 2017 10:02

    monhé o churrascador
    be a poia

    Gostar

  6. 24 Julho, 2017 10:34

    Alguns dos 20 detidos pela PJ estiveram envolvidos no assassinato do cabo-verdiano Alcino Monteiro, em 1995

    Comunistas, negros, muçulmanos e homossexuais foram violentamente espancados por skinheads entre 2013 e 2015, no centro de Lisboa. A motivação político-ideológica dos cabeças rapadas, que pertencem à fação mais perigosa do movimento internacional de extrema-direita Hammer Skin Nation, levou à intervenção da Unidade Nacional de Contraterrorismo (UNCT) da PJ, que deteve ontem 20 suspeitos.

    Estes também são ciganos ?

    Gostar

    • SALOIO permalink
      24 Julho, 2017 12:53

      Exatamente por isso esses movimentos estão proibidos de se constituírem legalmente. No entanto os Marxista, Estalinistas, etc até têm assento na AR. Vá lá entender-se…

      Liked by 1 person

  7. 24 Julho, 2017 10:47

    Brigas por causa de jogo clandestino, vermelinha, lerpa, moedas, etc sempre houve . Entre brancos, pretos, ciganos etc.

    Gostar

  8. Pedro permalink
    24 Julho, 2017 11:21

    Curioso. Nessa época a Helena era estalinista e andava a impingir-nos os amanhãs que cantam, com campos de concentração e tudo.
    Vamos aproveitar para discutir o carácter desta senhora que anda a saltitar de extremismo em extremismo como uma borboleta louca ?

    Gostar

  9. 27 Julho, 2017 18:35

    Mais zaragatas entre ciganos e cabo-verdianos

    Polícia Judiciária admitiu, esta terça-feira, a morte do empresário João Paulo Fernandes, que foi sequestrado no dia 11 de março, em Braga, e terá sido morto na mesma altura. Há sete detidos.

    Foram detidas sete pessoas, incluindo advogados e um empresário, acusadas de de crimes de sequestro qualificado e homicídio, que terão tido lugar entre Braga e Porto.

    A operação, denominada “Fireball”, decorreu nas zonas norte e centro do país e consistiu na realização de diversas buscas domiciliárias, em escritório de advogados e estabelecimentos e no cumprimento de sete mandados de detenção.

    PORMENORES REVELAM PROFISSIONALISMO NO RAPTO DE EMPRESÁRIO DE BRAGA

    VER MAIS
    O JN sabe que entre os detidos estão o advogado Pedro Grancho Bourbon e dois irmãos, incluindo Manuel Grancho Bourbon, que é igualmente advogado. Nas buscas, que decorreram no Porto e em Braga, estiveram presentes juízes e membros da Ordem dos Advogados.

    A PJ apreendeu várias armas de fogo, gorros, algemas, elevadas quantias de dinheiro, viaturas, entre outros objetos e documentos. Em comunicado, a Judiciária refere que os detidos têm entre 27 e 41 anos e um deles possui cadastro por homicídio na forma tentada e tráfico de droga.

    Os detidos foram conduzidos para as instalações da Polícia Judiciária do Porto.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: