Skip to content

Confesso que não entendo

4 Agosto, 2017

O que leva um banco semi falido a construir uma nova sede: O edifício que acolhe o emblemático restaurante Gondola desde 1943 vai ser demolido para aí ser construída a nova sede do Montepio.

Anúncios
20 comentários leave one →
  1. carlos alberto ilharco permalink
    4 Agosto, 2017 18:18

    A malfadada Praça de Espanha já teve dezenas de planos de pormenor e tentativas de lhe dar um ar nobre.
    Começaram em 1974 e ainda não acabaram.
    Como o terreno do Banco de Portugal nunca foi usado, lembraram-se agora disto. e acresce mais uma coisa qualquer bem especulativa onde estava o Mercado.
    O trânsito entretanto é um caos.
    Provavelmente não vai em frente, há eleições é propaganda.

    Gostar

  2. jmpg permalink
    4 Agosto, 2017 18:53

    Ninguém entende , esta camara e o arquiteto Salgado estão a derrubar a cidade. Não votem neles p.f.

    Liked by 2 people

  3. Filipe Costa permalink
    4 Agosto, 2017 20:16

    Será que constroem mesmo a Sede? Sede já eles têm e terrenos devolutos em massa, isto deve ser para alterar o PDM e depois mudam de edificio e nasce mais um Hotel.

    Gostar

  4. Procópio permalink
    4 Agosto, 2017 20:27

    Os bancos não são para entender, servem para pagar comissões.

    Gostar

  5. 4 Agosto, 2017 20:30

    Quanto mais falido o banco maior a sede – vejam a da CGD.

    Gostar

  6. Manuel permalink
    4 Agosto, 2017 20:32

    Pode ser um investimento racional, se esta nova sede centralizar serviços libertando edifícios para venda no mercado ou eliminação do pagamento de rendas.

    Gostar

    • Cfe permalink
      5 Agosto, 2017 15:32

      O pagamento de rendas pode ser mais barato do que o investimento em imobilizado

      Gostar

  7. 4 Agosto, 2017 20:45

    O que eu não entendo é a necessidade de destruir a moradia.
    Não se devia deixar.

    Liked by 1 person

    • Filipe Costa permalink
      4 Agosto, 2017 22:30

      Ainda não percebeu, esse edificio “histórico” vai ser demolido, se fosse para um hotel, era o caos e manifs. Vai ver que aquiilo vai dar Hotel.

      Gostar

  8. Manuel Assis Teixeira permalink
    4 Agosto, 2017 22:24

    Há de certeza “montes” de explicações de gestão para isso! São as mesmas que levaram o (s) banco(s) ao estado comatoso em que estão, são as mesmas que explicam que os gestores de muitos bancos sejam os mesmos que os puseram neste estado. Vide Rui Vilar na Caixa Vide Faria de Oliveira a perorar na Associaçao de Bancos depois das grandes operarações que fez em Espanha e em Portugal Vide tantos outros! Portanto tudo como dantes! A sem-vergonha nacional!

    Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    4 Agosto, 2017 22:35

    Constrói uma nova sede e vende a velha. Para quê? Para obter mais-valias. Aliás o Montepio é dos poucos bancos sólidos a operar em Portugal. Basta saber ler as contas. E não panfletos de activismo de sofá.

    Gostar

    • Filipe Costa permalink
      5 Agosto, 2017 00:01

      Diz isso por ser o unico Banco com comunas na admin. Sim, é verdade e despedem como os outros

      Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      5 Agosto, 2017 18:51

      O Montepio está administrado por comunas? Não é por um chico-esperto? Muito me conta…

      Gostar

      • Filipe Costa permalink
        5 Agosto, 2017 21:53

        2 membros da Admin são comunas, o xico-esperto é da Opus Dey, o outro, o Correia é maçon.

        Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        6 Agosto, 2017 08:52

        Tudo boa gente…

        Gostar

  10. AMCD permalink
    5 Agosto, 2017 00:01

    O que leva um banco semi falido a construir uma nova sede?

    Talvez seja pela mesma razão que uma rapariga semi grávida se prepare para ser mãe.

    Não existem bancos semi falidos, da mesma forma que não existem raparigas semi grávidas.

    Gostar

  11. 5 Agosto, 2017 09:15

    O mesmo que leva a outrora toda poderosa CGD a construir um Templo Romano para os Césares na João XXI. Querem despedir 2500 pessoas, encerrar mais de 200 agencias mas vender o Templo, alto e para o baile. Onde é que ficaria a excelsa administração paga a contratos milionários ?. E que tal escrever um post sobre os 2 administradores que vieram do BPI e após alguns meses com a nova administração ficaram na prateleira em casa a receber milionários vencimentos e a rir-se, pois a indemnização a que tem direito é de 1 milhão e 3 milhões respectivamente ? Não se esqueçam que foram administradores desta estirpe ( estilo Vara e Zeinal Bava )que aprovaram os crédito de milhões sem garantias que levaram a CGD aos prejuízos .

    Gostar

    • 5 Agosto, 2017 09:48

      Um templo da Suméria!

      Gostar

    • Manuel permalink
      5 Agosto, 2017 11:17

      Em Setembro de 2010, a CGD vende edifício sede por 251,8 milhões de euros ao fundo de pensões dos trabalhadores e depois arrendou por 20 anos com opção de compra. A história da Caixa já vem de longe.

      Gostar

  12. Colono permalink
    5 Agosto, 2017 11:50

    O s) Grupo (s) Lena (s) são os mais habilitados a responder…

    Perguntai-lhes

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: