Skip to content

portugal não tem emenda

21 Agosto, 2017
by

alojamento-local

Em Portugal, sempre que alguma actividade económica dá lucro e renda a quem a desenvolve, logo os socialistas dos vários partidos se precipitam em encontrar medidas que a destruam. Não é por acaso que um país com as qualidades e o potencial de Portugal, que tem tudo para estar ao nível da Suíça e dos mais desenvolvidos do mundo, é, em vez disso, um país atrasado, onde as pessoas vivem com dificuldades, muito abaixo do nível médio europeu. É, exactamente, porque quem nos governa (muitas vezes, acompanhada pelo entusiasmo inconsciente de quem é governado…) impede a criação de riqueza, única maneira de a poder distribuir, porque, obviamente, só se pode distribuir aquilo que existe.

O Alojamento Local foi uma dessas actividades – uma das muito poucas, nos últimos anos – cujos benefícios se demonstram por si mesmos, sem refutação possível. Fez recuperar os centros das cidades, desenvolveu o turismo e – e esse foi o seu grande pecado – deu dinheiro a ganhar a quem investiu no negócio. Qual foi o segredo deste sucesso? A reduzida intervenção do estado e do governo no sector, que demonstrou a verdade daquela resposta dada por um industrial a Colbert, quando o ministro lhe pedia que lhe dissessem como é que o governo poderia ajudar o sector: «laissez-faire, laissez-passer». Dito doutro modo: não chateiem!

Pois o governo socialista e comunista da geringonça há muito que decidiu chatear o sector. Já aumentou a sua tributação, tentou criar-lhe peias burocráticas para o dificultar e vai, agora, aumentar, de novo, os tributos e obrigar a actividade a pagar mais condomínio nos prédios onde funciona, mesmo que os condóminos e a assembleia onde se reúnem o não deseje. O objectivo é, apenas e só, que quem ganhe dinheiro com isto deixe de ganhar ou ganhe apenas aquele que o governo determine. Não é difícil de imaginar, a meio de uma reunião dos parceiros da coligação, a senhora Catarina Martins a desenvolver uma diatribe contra «os lucros fabulosos do Alojamento Local»

O que daqui resultará vai ser grave. Não apenas por causa da destruição deste novo sector rentável da economia e da de muitas das empresas que foram criadas por sua causa, mas também pelas consequências que isso terá sobre o emprego, o turismo e a recuperação imobiliária urbana, mas, principalmente, porque irá introduzir uma nova crise no sector imobiliário, que começava, graças ao Alojamento Local, a sair da estagnação de anos. De facto, se não existirem condições vantajosas, deixará de ser atractivo investir nos imóveis recuperados para este tipo de actividade, que vão ficar,por aí, aos milhares, sem serem vendidos. Por sua vez, os bancos que ajudaram a financiar esses empreendimentos verão aumentar exponencialmente os seus créditos incobráveis… Quando a coisa rebentar e, por arrasto, tiver consequências nefastas muito para além do que estas limitadas personagens imaginam, os socialistas poderão dizer que, mais uma vez, o capitalismo gerou uma bolha destrutiva. E o Dr. Costa, a Dra. Martins e o camarada Jerónimo, aparecerão, com uma lágrima ao canto do olho, a dizer que fizeram os possíveis para evitar mais uma tragédia causada pela ganância de empresários exploradores.

Portugal não tem emenda.

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. 21 Agosto, 2017 10:25

    Republicou isto em O LADO ESCURO DA LUA.

    Gostar

  2. Euro2cent permalink
    21 Agosto, 2017 10:27

    > porque, obviamente, só se pode distribuir aquilo que existe.

    Anedota soviética:
    – Esta é a loja da carne?
    – Não, nós aqui não temos peixe. Os que não têm carne são do outro lado.

    Liked by 2 people

  3. 21 Agosto, 2017 10:59

    Portugal, país-problema e problematizante.

    Gostar

  4. Gajo Liberal permalink
    21 Agosto, 2017 11:04

    O alojamento local não é assim tão inocente economicamente.
    As cadeias de hoteis estão obviamente por trás desta investida e da turismofobia, turismo de qualidade é nos hoteis!!

    É refrescante ver o BE e o PCP lutar pela sobrevivência do sector da hotelaria corporativa. Caviar e Golfe.

    Gostar

  5. colono permalink
    21 Agosto, 2017 11:32

    As armas…
    Às armas..
    Pela Pátria lutar…

    Para Tancos e em força”!

    Gostar

  6. Procópio permalink
    21 Agosto, 2017 11:32

    Não se trata de emenda nenhuma.
    As primeiras 6 medidas expostas por Marx “…indispensáveis como meio para transformar radicalmente todo o modo de produção” do Manifesto Comunista (Karl Marx e Engels, estão em plena aplicação por parte da geringonça, nem sempre sob a forma camuflada, com o beneplácito da amiga, já que do roque (kosta) não se esperaria outra coisa.

    O primeiro mandamento é revelador da sanha contra a propriedade privada e qualquer rendimento que daí possa ser rentabilizado. Ainda mais de gente simples ligada ao alojamento local que não se identificam com capitalistas tradicionais. Estes, enquanto não for possível abater, vão sendo sugado pelos impostos e rendas.

    1 – Expropriação da propriedade da terra e emprego da renda da terra em proveito do Estado.

    As seguintes estão em andamento célere

    2 – Imposto fortemente progressivo.
    3 – Abolição do direito de herança.
    4 – Confiscação da propriedade de todos os emigrantes e rebeldes.
    5 – Centralização do crédito nas mãos do Estado por meio de um banco nacional com capital do Estado e com o monopólio exclusivo.

    O tio jeróimo não fala noutra coisa

    6 – Centralização, nas mãos do Estado, de todos os meios de transporte.
    A geringonça é incapaz de aplicar o 7º,
    7 – Multiplicação das fábricas e dos instrumentos de produção pertencentes ao Estado, arroteamento das terras incultas e melhoria das terras cultivadas, segundo um plano geral.

    O 8º fala em trabalho, ainda por cima no campo, não é nada apelativo…
    8 – Trabalho obrigatório para todos, organização de exércitos industriais, particularmente para a agricultura.

    Curiosamente, Adolf Hitler procurou cumprir à sua maneira os dez pontos do Manifesto.
    A história do nazismo/comunismo está repleta de nevoeiro.
    https://mobile.seuhistory.com/hoje-na-historia/hitler-e-stalin-firmam-pacto-entre-alemanha-e-urss.
    O adolfo mandou matar milhões, staline conseguiu superá-lo.
    No sítio, a lavagem cerebral injectada pelos mídia procura identificar os comunistas com os bons e os nazis como os maus. É preciso ser tonto, ou mal intencionado, para ocultar que são as duas faces da mesma moeda, o totalitarismo puro e simples por mais que os lobos se vistam de cordeiros.

    Liked by 1 person

  7. 21 Agosto, 2017 11:58

    O Rui A. está, infelizmente, errado, quando afirma que só se pode distribuír aquilo que existe. Pode-se pedir emprestado para distrubuír, ou já se esqueceu da nossa dívida?

    Gostar

  8. piscoiso permalink
    21 Agosto, 2017 12:21

    Em tempos, vivi em quartos alugados em Coimbra, Lisboa e Porto e nunca me apercebi que quem me alugava era rico.

    Gostar

    • Expatriado permalink
      21 Agosto, 2017 13:20

      Este diz que era alugado. Cobrava à hora e conforme o ‘serviço’ a prestar?

      It figures…

      Gostar

      • piscoiso permalink
        21 Agosto, 2017 13:42

        Mais um catraio do bullying.

        Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      21 Agosto, 2017 13:52

      Mais uma razão para que não se mexa no alojamento local.

      Gostar

  9. Luiz permalink
    21 Agosto, 2017 13:03

    Estou inteiramente de acordo, parabéns!!! Deixo apenas uma única ressalva, no que se refere à partidarização do assunto, não que não concorde com o que é dito a respeito dos partidos citados, mas sim, porque como diz o ditado “quem cala consente”. Ora, dos restantes partidos nomeadamente CDS e PSD, o silencio parece ser a opção estratégica, ou porque concordam, ou porque também estão vendidos ao interesses dos promotores dos grandes empreendimentos turísticos , ou porque sabem que existe um grande sector do eleitorado que por mesquinha inveja, concorda com toda esta ridículo perseguição.

    Liked by 1 person

  10. Castrol permalink
    21 Agosto, 2017 14:51

    Enquanto formos governados por corruptos e invejosos, nunca sairemos da cepa torta…

    Gostar

  11. Arlindo da Costa permalink
    21 Agosto, 2017 15:51

    Pagar mais porque usam mais. Distribuição equitativa dos custos, diz-lhe alguma coisa?

    Gostar

    • Gabriel Orfao Goncalves permalink
      21 Agosto, 2017 20:16

      IVA papel higiénico: 23%
      IVA champô: 23%
      IVA detergente para a máquina da roupa: 23%

      IVA hotelaria (dormidas): 6%

      Distribuição equitativa de quê?!?

      Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        23 Agosto, 2017 00:24

        Tenha em conta o IRS dos empregos gerados pela hotelaria, a taxa para a Insegurança Socialista e, por fim, os sunsídios de desemprego e de inserção que deixam de ser pagos.

        Conte com o IVA dos produtos comprados pelos serviços hoteleiros (que é pago na cadeia), o ISPP dos taxis e meios de transporte terrestre, as taxas de porto e de aeroporto, o IRS pago pelos que fornecem hotéis e transportes terrestres e linhas aéreas, …

        O IVA a 6% não é nada mal pensado, dados os benefícios.

        Sempre disse que o IRC para empresas deveria ser zero. As empresas ou reinvestem ou distribuem lucros. Prefiro-as ver a reinvestir pois, se os distribuírem, vai gerar IRS.

        Gostar

  12. 21 Agosto, 2017 17:32

    No meu município dominado pelo Psd, que funciona igual a um outro município ao lado governado pelo Ps, com as novas inovações para sacar dinheiro aos cidadãos, como encher os parques de estacionamento com parquímetros e por aí fora. Para as eleições autárquicas, o Ps propõe-se a baixar o imi para do valor máximo para mínimo e reduzir o custo da água municipal. O PSD propõe confetis. É assim…

    Gostar

  13. José Cordeiro permalink
    22 Agosto, 2017 22:53

    Totalmente de acordo consigo José Cleto! Só me questiono se será mesmo verdade tal coisa! Parece-me ideia absolutamente peregrina! Obrigar os apartamentos de Alojamento Local a pagar mais condomínio! Com que justificação? Só num país comunista, daqueles que já nem existem, isso teria razão de ser. Com efeito, este país não tem emenda! Estão a querer axfixiar um negócio! Em Portugal ninguém pode ver o vizinho a ganhar dinheiro. Ao invés de seguirem o exemplo e procurarem fazer mais e melhor, não! Procura-se deitar abaixo!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: