Skip to content

Infelizmente isto não é piada em que a javardice substitui o talento

26 Agosto, 2017

Descubra as diferenças entre estes dois textos de Estrela Serrano, jornalista que foi assessora para a Comunicação Social do Presidente da República, Mário Soares, provedora dos leitores do Diário de Notícias, membro do Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, fundadora, directora e professora em vários cursos de jornalismo,

Estrela Serrano sobre as declarações sobre a sua vida privada de Graça Fonseca, secretária de Estado da Modernização Administrativa, ao Diário de Notícias numa entrevista  que permitiu conhecer a entrevistada “nas suas diversas dimensões – pessoal, intelectual, profissional, política”

Estrela Serrano sobre a foto de Laura Ferreira sem cabelo: a mediatização da doença de Laura Ferreira, iniciada com a publicação da biografia de Passos Coelho, e o sentimento de compaixão que a sua imagem sem cabelo provoca, prestam-se a uma leitura política, sobretudo em época pré-eleitoral

Anúncios
37 comentários leave one →
  1. Vitor permalink
    26 Agosto, 2017 11:16

    Já viram a campanha que o Público do Belmiro anda a fazer acusando os senhorios lisboetas de racistas? Gostava de saber se o Dinis, caso tenha apartamento para alugar, o alugaria a um africano, sem referências, sem falar português ou, já agora, a um muçulmano recém-chegado do Paquistão. Cambada de hipócritas, estes esquerdistas, sempre prontos a acusar os outros por tudo e por nada, sempre a inventarem causas fracturantes, esta canalha não trabalha? OU são todos bolseiros do centro de estudos marxistas do Boaventura?

    Liked by 1 person

    • 26 Agosto, 2017 13:09

      Mas esse Dinis, não é o director, que esteve no observador, esse jornal da “direita reaccionária racista” ?
      Parece que os Capitalistas gostam deles…

      Gostar

  2. 26 Agosto, 2017 11:27

    Essa estrela é a típica sabuja das muitas, e muitos, que pululam (e poluem) a vida nacional. Gente capaz de dizer uma coisa agora e o seu contrário daqui a 2 horas.
    Gentinha invertebrada apenas interessada em conseguir e manter privilégios próprios e de grupo que não merecem.
    Afirmações tão imbecis como dizer que um homem casado com uma mulher preta estrangeira é racista e xenófobo.

    Liked by 2 people

    • 26 Agosto, 2017 11:56

      Leia-se: “… homem branco casado com uma mulher preta estrangeira…”

      Gostar

      • Raghnar permalink
        26 Agosto, 2017 14:53

        Óbvio, com tanta mulher branca à escolha, “discriminou” uma preta para casamento. Racismo e eventual multi-discriminação…

        Gostar

  3. 26 Agosto, 2017 11:36

    Lembro-me muito bem de gajos e gajas (literalmente gajos e gajas) do P”S” terem insinuado e acusado o PPCoelho de “aproveitamento” da doença da sua mulher.
    Uns e umas merdas (bem pagas) fazedoras de alguma opinião pública para gentalha partidária se entreter e exultar. Obviamente com “indiferença” dos seus líderes partidários que não cortaram cerce tamanha porcaria — esses mesmos, hoje na geringonça.

    Liked by 2 people

  4. 26 Agosto, 2017 11:40

    O socialismo é isto : imoral, sem ética, intolerante e arrogante. Não admira que a maioria dos socialistas sejam ateus. Seria impossível chegar a casa à noite e prestar contas à consciência.

    Gostar

  5. colono permalink
    26 Agosto, 2017 11:54

    O pior desta me*** toda é que eles (as) sabem que estão a vender a “consciencia” sem o mínimo pejo… Se lhes der lucro e proventos até a alma vendem.

    Esta salafrada pouco lhe falta para ser “selfieda” … pelo dito “roque” ou pela “amiga”!

    Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      26 Agosto, 2017 18:59

      O diabo que lhes tentar comprar a alma vai sair enganado. Socialista não tem alma que se venda porque não é um ser cerebralmente vivo.

      Gostar

  6. oscar maximo permalink
    26 Agosto, 2017 12:55

    É coerente, só não fez uma declaração política porque não é lésbica. Como dizia o BE no Acampamento de Verão, por outras palavras, a ida ao WC é um acto político.

    Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      26 Agosto, 2017 19:05

      Nos Estados Unidos a ida à casa de banho era um acto político durante o último ano do mandato Obama. A Target sabe-o, pois embarcou na rebaldaria e saiu lixada.

      Gostar

  7. 26 Agosto, 2017 13:26

    O único aproveitamento político da condição oncológica da esposa de Passos Coelho tem vindo da esquerda.
    A mesma esquerda que glorifica o claríssimo aproveitamento político que uma senhora decidiu fazer da sua sexualidade.
    A incompetência é transgénero há muito tempo, mas dantes havia tendência para manter a vida privada…privada.

    Liked by 1 person

    • 26 Agosto, 2017 17:34

      E hoje, a eurodeputada-na-moda do BE voltou a chamar ao PPCoelho racista, fomentador de ódios, etc. !…porque apoiou partidariamente o candidato do PSD a Loures.

      Gostar

      • Luis permalink
        26 Agosto, 2017 19:21

        Mas isso e tipico da Esquerda. Matar a discussao com um “chavao” qualquer que mostre a sua “superioridade”. “Fascista”, “homofobico”, “racista”… e assim se mata uma discussao.

        Liked by 1 person

  8. Raghnar permalink
    26 Agosto, 2017 15:09

    E sobre as touradas da Fernanda, ainda não disse nada? Essa análise é que eu gostava de ler…

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      26 Agosto, 2017 16:50

      Se gostava então crie um blog e escreva em vez de querer que os outros façam aquilo que vc gosta. Marcar a agenda dos outros é prepotência disfarçada de contraditório. Tem muito por onde ler sobre a Fernandinha e os corninhos dos touros. A “net está indignadíssima” e depois vão abandonar o cão e o gato ou o põem a cagar na rua.

      Gostar

      • Raghnar permalink
        27 Agosto, 2017 07:13

        Irra, que há gente que lida mal com o sarcasmo. É um hábito também a turba da internet não suportar o humor, mesmo de qualidade duvidosa…

        Gostar

  9. JCA permalink
    26 Agosto, 2017 15:45

    Temas qiue alteram tudo no País bem mais importante para discutir que ‘conversas de comadres, do eu sou melhor que tu, aquele é o pior etc etc”
    .
    .
    -PROIBIÇÂO DE PAGAMENTOS ACIMA DE 3.000 € OBRIGATORIOS POR TRANSFERENCIA BANCARIA COM TAXAS BANCARIAS alem doutras incidencias fundamentais a nivel de Liberdades e Direitos de cada Cidadão, desfalques nacionais bancarios etc
    .
    IMPOSTOS e OE 2018, a questão da folga duns 200 milhoes de euros para gastar da reduçao de taxas ate aos esclaoes medios e efeitos imediatos no aumento de importações, incapacidade do IRS, imposto sobre o rendimento gerar massa critica financeira para alavancar mais empreendedorismo ou porque razão nao so transfere a redução de taxas de IRC e mesmo estes 200 milhoes para o IVA (imposto sobre Consumo) este sim limitador de importações (balança comercial) e caminhar rapidamente para eliminar a muito curto pprazo todo o Imposto sobre Empresas ?
    .
    A unica arma do do ‘Ocidente’, em especial paises pequenos e fracos como Portugal, eliminarem a destruição produtiva, economica e financeira dos paises alem Europa/EUA/Canada é o um unico IMPOSTO NACIONAL e apenas sobre o Consumo. Senão é apenas uma questão de tempo, ja esteve muito mais longe, para a demolição do Ocidente que entrará numa nova Era das Trevas apesar das tão apregoadas eras da Luz e do avanço Civilizacional. Vai tudo por agua abaixo; e falta tão pouco. Depois a culpa sera de quem ???
    .

    Gostar

  10. Aventino permalink
    26 Agosto, 2017 16:38

    Já começa a cheirar a fim de feira.
    Um atentado algures na Europa, matando centenas de nós e começará logo a inevitável depuração natural da espécie. Nós contra os nossos outros.
    Só assim se conseguirá viver em paz e em Liberdade.

    Gostar

  11. 26 Agosto, 2017 17:08

    Hoje, o beijoqueiro MCThomaz afirmou que “a cultura e o turismo cultural são essenciais para o futuro do interior”. De acordo, porque podem proporcionar desenvolvimentos vários se adequados, consubstanciados e continuados.
    Mas não houve, naqueles momentos de promiscuidade beijoqueira, um jornalista que de chofre tivesse perguntado: “o que entende por cultura e turismo cultural para desenvolver esta zona e o país que não só o Porto, Lisboa ou Coimbra ?”
    MCThomaz tem, como político, comentador e PR, nadado numa piscina imensa, sempre limpa, com água a gosto e ao seu dispôr. A maioria dos tugas, ignorantes, socialmente amansáveis e culturalmente só nos seus quintalinhos, assim querem. Mas será tempo, ainda, de alguém começar a fazer um estudo sério deste “fenómeno” MCT-pessoas-futuro a curto e médio prazo do país. Não é normal. Estarão auto-embriagados, um pelo poder e os restantes pela indigência ?
    Tenho já quase a certeza que qualquer coisa inútil e preocupante surgirá destes tempos MCT/AC-DC.

    Gostar

    • Luis permalink
      26 Agosto, 2017 19:19

      Os jornalistas ou tem medo ou sao parvos. Ou as duas coisas. Tem medo de entalar o PR e o PM com perguntas dificeis. Isso mostra… o tipo de democracia que ainda somos.

      Gostar

  12. 26 Agosto, 2017 17:28

    Porque o MCThomaz interessa-se por tudo e por todos, pelo interesse nacional, hoje se eu estivesse a seu lado como jornalista em reportagem, perguntava-lhe: sabe que o namoro entre o David Carreira e a Carolina Loureiro acabou ? Preocupa-o ? Qual o seu comentário ?

    Gostar

  13. Luis permalink
    26 Agosto, 2017 19:09

    Esta medida que visa a possibilidade de quem tem alojamento local pagar mais condominio e muito curiosa. Quando foram as eleicoes, recordo umas declaracoes de um hoteleiro, ouvidas na radio… o sujeito estava optimista com o novo Governo PS, pois poderia ser revista a lei “excessivamente liberal” do PSD/CDS. O que se entende por “excessivamente liberal”? Entende-se isto: o anterior Governo nao criou uma lei que tornasse de tal forma insustentavel e burocratico o arrendamento a turistas que levasse o cidadao comum a desistir da ideia. E nao proibiu as plataformas de arrendamento online. Parte do sector hoteleiro queria apenas isto: uma lei que os protegesse da concorrencia, do mercado. O mesmo que querem os taxistas, ou os casinos de Portugal e a Santa Casa da Misericordia de Lisboa. E outros sectores. Este tipo de proteccionismos lembram outras eras, que o BE e o PCP gostam tanto de criticar: falo obviamente do Estado Novo e do famigerado “condicionamento industrial”. Nao deixa de ser curioso que seja a Esquerda a tomar agora medidas que associavamos a fascistas italianos, falangistas ou ultra-salazaristas dos anos 30: odio a estrangeiros cultos e endinheirados que podem influenciar a populaca contra a agenda totalitaria, desconfianca do investimento estrangeiro, proteccionismo. O PS esta entre a espada e a parede e nao vai ficar por aqui. Vao mudar a lei ate destruirem tudo, pois por um lado esta a pressao do BE, que assumiu a luta contra o turismo como nova bandeira das causas, e do outro a pressao dos Hoteleiros, que por sua vez tem “contactos” com “poderes”, um dos quais usa avental. Salva-nos para ja a UE, que ainda vai impondo limites as proteccionismos que suas excelencias pretendem, mas por quanto tempo?

    Gostar

  14. Juromenha permalink
    26 Agosto, 2017 19:12

    Ignóbil e abjecta personagem,obediente e servil à voz do dono.
    Ultrapassa a mera sabujice – trta-se de venalidade e de prostituição “intelectual”.

    Liked by 1 person

  15. Luis permalink
    26 Agosto, 2017 19:17

    Quem tem um apartamento arrendado a turistas tem de mudar os lencois e a toalhas sempre que entra um novo cliente. Gasta-se agua da maquina, detergente, electricidade. Muitos apartamento deixam leite, pao ou manteiga para os hospedes. Mais uma despesa. E por vezes e necessario pagar a alguem para uma limpeza mais profunda do WC, ou para passar a ferro os lencois. Do preco que o turista paga, e necessario descontar os impostos mais as despesas que mencionei. Por vezes e necessario ter em conta o dinheiro investido na recuperacao de um apartamento ou edificio inteiro, que e necessario repor. Resta aumentar os precos. Mas se toda a gente aumentar, Portugal deixa de ser atractivo como destino. Afinal, nao temos as aguas quentes das ilhas gregas; os museus de Londres ou Paris; as vilas historicas do Sul de Franca; ou os monumentos italianos. Somos em parte um sucesso no turismo porque somos um pais barato. No dia que nao formos, quem nos visita percebera que pelo mesmo preco tem melhor: mais monumentos, aguas mais quentes, mais e melhores eventos culturais, e menos mamarrachos, casas devolutas, graffitis nojentos ou esplanadas parolas.

    Gostar

  16. Luis permalink
    26 Agosto, 2017 19:26

    Ha uns tempos li um artigo no DN sobre uma suposta advogada que tem alojamento local mas pelos vistos acha que os condominios devem autorizar, e que se deve pagar mais impostos no sector. Curioso, tudo medidas que prejudicariam o seu negocio. Como e o calhou logo ao jornalista do DN encontrar alguem assim, a favor da agenda do PS e do BE? Ele e com cada coincidencia em alguns jornais portugueses…

    Liked by 1 person

    • 27 Agosto, 2017 10:49

      Ó Luís, você anda muito distraído! É que, de há muitos anos para cá, os jornais deixaram de ser Orgãos Noticiosos para passarem a ser orgãos de formação da Opinião Pública. Sem exceções. Ou seja, as exceções não viveram para o contar…

      Gostar

  17. Luis permalink
    26 Agosto, 2017 19:27

    Ha uns tempos a Visao fez uma reportagem sobre turismo. Foi logo encontrar gente que trabalhava no sector, como guias e afins, que estavam… contra o turismo! Ahah… mas que belos jornais e revistas temos em Portugal!

    Gostar

  18. Procópio permalink
    26 Agosto, 2017 20:21

    A figurona faz parte das que abastardam a democracia a partir da linguagem torpe. É mais uma esquerdista com tiques totalitários disfarçada de democrata.
    A perversão da democracia começa pelo deboche da linguagem política. Já não basta atirar com direita, neoliberal, agora é extrema direita, como quem lida com ácido sulfúrico à cara. Os conceitos esvaziados, palavras ideologicamente utilizadas, os discursos afastam-se de qualquer relação com a verdade.
    O jargão como fora de subversão da democracia por parte de figurões e figuronas está na moda.
    Quando vomitam impropérios acabamos por perceber que se dirigem, em regra, a gente limpa. De quem dizem bem, desconfiem muito. Quando dizem mal é porque querem matar politicamente adversários que temem.
    Trotsky e Lenine eram mais directos e averbaram assassinatos em série.
    Ao menos não os reneguem.

    Liked by 2 people

  19. Arlindo da Costa permalink
    27 Agosto, 2017 03:30

    A Estrela Serrano exerce o seu direito de livre expressão como a distinta autora deste o exerce neste post.

    Onde está o problema?

    Liked by 1 person

  20. 27 Agosto, 2017 12:04

    Interessante o modo como, logo no primeiro comentário ao post, o tema foi subvertido.
    Acontece com frequência, e não só em blogs, acontece por exemplo na Assembleia da República, onde o que deviam ser discussões sobre temas definidos, se transmuta em duelos de insultos.
    Desde o meu tempo de escola que sei que os portugueses são péssimos a trabalhar em grupo e não conseguem manter o foco no objetivo.
    O tema aqui eram dois textos de Estrela Serrano. Porque entrou o alojamento local ?

    Gostar

  21. A. R permalink
    27 Agosto, 2017 22:48

    Uma jornalista que é uma miséria moral e suja o pouco que resta da dignidade desta profissão

    Gostar

  22. 30 Agosto, 2017 07:49

    Se perde tempo com seres abjectos e serranos nunca mais faço um comentário. Se insistir fico um dia sem a ler. Tenha juizo senão zango-me

    Gostar

    • 30 Agosto, 2017 08:13

      O melhor mesmo é você ganhar juízo e deixar esse gostinho censor sobre o que Helena Matos deve ou não escrever.

      Gostar

      • sam permalink
        30 Agosto, 2017 11:20

        Calma, era só uma recomendação.

        Gostar

  23. 30 Agosto, 2017 17:20

    A diferença entre os dois textos citados é tão óbvia que colocá-los em paralelo não lembra ao diabo. Uma entrevista não é uma biografia e uma quase desconhecida secretária de Estado não pode comparar-se a um primeiro-ministro. Nada,pois, aproxima os dois textos nem na forma nem no conteúdo. O texto em que falei de Laura Ferreira não a visava a ela mas sim o jornal que explorou a sua imagem e o marido (primeiro-ministro) que autorizou a publicação.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: