Skip to content

O parafuso

10 Setembro, 2017

Eu tinha a certeza que tinha aqui uma chave de fendas que encaixava neste parafuso. Não sei se a roubaram, se desapareceu, se já não estava cá há algum tempo e não dei por isso antes. Só sei que a chave de fendas não está aqui. Se a roubaram é porque vieram cá a casa. Alguém devia tirar isso a limpo, de preferência alguém que se incomode com a ideia de pessoas desconhecidas entrarem cá em casa quando eu não estou. É verdade que não vivo sozinho… às tantas foi um dos outros que tirou a chave de fendas. Podia perguntar-lhes… Não, acho que não. No limite, a chave de fendas pode nunca ter existido. E eu? Será que eu existo? Estou a pensar nisto, devo existir… E se não sou eu a pensar? E se só penso que estou a pensar mas não estou, se está alguém a pensar o que eu julgo que penso?…

Não me interessa. Se eu não existir, também não há qualquer garantia deste parafuso existir e, assim, não me faz qualquer falta a chave de fendas. E o parafuso a menos também não me faz falta nenhuma.

Anúncios
33 comentários leave one →
  1. Tiradentes permalink
    10 Setembro, 2017 21:59

    Bem que o texto podia ter sido escrito pelo Arlindo….se não fosse irónico.

    Gostar

  2. Alain Bick permalink
    10 Setembro, 2017 22:06

    durante a IIGM tive um prof de Liceu que designava por parafusos os alunos que não conseguiam raciocinar devidamente
    apesar da maneira excepcional que utilizava.
    dava matemática
    em seu entender tudo tem linguagem mat

    Gostar

  3. Aventino permalink
    10 Setembro, 2017 22:17

    Não descubro a ranhura na careca.

    Gostar

  4. 10 Setembro, 2017 22:51

    E, ainda por cima, não há prova material nem visual do seu desaparecimento, nem confissão.
    Mas houve aumento do desaparecimento, por razões obviamente políticas

    “:OP

    Gostar

  5. caampus permalink
    10 Setembro, 2017 23:21

    Temos a nossa vida e a vida dos nossos nas mãos desses sujeitos.

    Gostar

  6. colono permalink
    10 Setembro, 2017 23:22

    Este ministro devia ENVORGONHAR o Chefe Supremo das FA e os generalato em geral … É pena que um deles , em vez d’um “soco no estômago” levasse com um missil do Kin Jo pelo cu acima!

    Gostar

  7. carlos alberto ilharco permalink
    11 Setembro, 2017 00:51

    Deixem a inutilidade em paz.
    Mais não faz do que seguir os chefes.
    Alguém tem visto o Costa e o Marcelo nos telejornais nos sítios onde Portugal de uma maneira obscena continua a arder?
    Dois artistas na arte de desaparecer.
    Temos aquilo que merecemos.

    Gostar

  8. 11 Setembro, 2017 01:09

    Ao ministro-preguiça falta-lhe não um, mas muitos parafusos para fazer figura de parvo (mais uma prova que há governantes empecilhos) e surgir com aquela pacatez própria dum master voice tentando convencer todo o maralhal (militares incluídos) que não devemos pensar e tudo admitir. É, repito pela enésima vez, muito fácil desgovernar e bovinizar os tugas.
    Claro, os chefes militares percebendo que essa coisa do Chefe Supremo das Forças Armadas (MCThomaz) é uma treta sem poder, que o governo está recheado de lorpas liderado pelo lorpa-mor AC-DC, não reagem porque são igualmente inábeis, mandaram a ética militar às malvas, sabem que ninguém os demite e, são fiéis parceiros da geringonça,
    Assim se corrói um país. E siga o baile mais a Madona “em” Lisboa.

    Gostar

  9. 11 Setembro, 2017 01:32

    Peço desculpa mas isso da chave de fendas especifica para certos parafusos , é apenas uma construção social opressora da sociedade patriacal das chaves metalicas de fendas ,antiferrugem e magneticas, para continuar os esteriótipos e subjugar o parafuso à sua função degradante a ter que sempre ser “enrroscado” pela chave e ser violado na sua fenda. Não há razão nenhuma pela qual o parafuso, não possa enroscar a chave de fendas como um parafuso. Nunca o victor ouviu falar nas chaves de fendas gay, não binárias ou nos parafusos trans-chave-fendas. Aliás Isso é natural e também ocorre no mundo natural em todas as especies, sejam elas porcas e chaves inglesas, até aos automoveis que se sentem como barcos. Portantos…. O vitor não passa de um preconceituoso e discriminador das ferramentas porcas e parafusos. Por isso a Associação FPP&trans limitada++ parafusos sem rosca e chaves sem fenda…. irá levantar um processo contra si à comisão da igualdade, por discurso ódio . E daqui a 2 semanas iremos realizar uma parada para demonstrar o orgulho FPP&trans limitada ++. Não perde pela demora

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    11 Setembro, 2017 02:04

    Tive um instruendo na tropa que quando era para desmanchar e depois novamente uma metralhadora G3 me dizia : «Ó meu aspirante, esta coisa faz-me um parafuso à cabeça…»…

    O mesmo está acontecendo ao ilustre articulista. Aquela cena de Tancos está-lhe «a fazer um parafuso à cabeça»…

    Acontece aos melhores 🙂

    Gostar

    • Arlindo da Costa permalink
      11 Setembro, 2017 02:05

      Adenda: «…depois novamente MONTAR uma metralhadora G3…».

      Gostar

      • Expatriado permalink
        11 Setembro, 2017 11:37

        Cala-te, cuckold lindinho do kosta!! Quando um gajo não sabe phoder até os tomates atrapalham.

        Gostar

    • Tiradentes permalink
      11 Setembro, 2017 09:02

      o instruendo estava ao mesmo nível do intrutor? o intrutor não sabendo sequer se tinha havido parafuso, ou se ele teria desaparecido não podia instruir o instruendo que afinal o parafuso que dava a volta faltava era aos dois

      Gostar

    • António C. Mendes permalink
      11 Setembro, 2017 10:13

      https://cdn-images.rtp.pt/icm/noticias/images/14/14f421be70fa4ec7386ab6f9fc0818c7?860&rect=0,0,1499,822&w=860

      Era assim o plutão do aspirante Costa? Isto nem no Burundi!!! Se você fez serviço militar obrigatório, saberá seguramente que, nessa altura, o assalto a Tancos era impossível ou impossível de não ser imediatamente detectado. Esta fotografia é das coisas mais deprimentes que este país viveu desde 74! Mas os Arlindos estão orgulhosos!!!

      Gostar

    • A.lopes permalink
      11 Setembro, 2017 14:02

      Este arlindo é uma besta! Um verdadeiro pateta! E filho da p.huta!

      Gostar

      • licas permalink
        11 Setembro, 2017 15:05

        Não direi tanto: uma BOSTA (não uma besta).

        Gostar

  11. piscoiso permalink
    11 Setembro, 2017 06:46

    E continua-se a espremer Tancos sem que saia sumo algum.
    São fábulas, Senhor.

    Gostar

    • António C. Mendes permalink
      11 Setembro, 2017 10:35

      http://images-cdn.impresa.pt/sicnot/2017-07-04-06065933.jpg/fb/wm

      Ninguém está à espera que saia sumo daqui! O que poderia sair do espremer disto é demasiado nauseabundo para ser bebido. O seu comentário é muito esclarecedor e faz de si um autentico Azeredo Lopes ou um Marcos Perestrello, a única preocupação é não serem espremidos! .

      Gostar

      • piscoiso permalink
        11 Setembro, 2017 12:25

        Não tenho dúvidas de que o assunto foi devidamente espremido, mas o sumo foi para consumo interno e as consequências internas ficaram, sob qualquer pretexto de interna segurança.

        Gostar

      • António C. Mendes permalink
        11 Setembro, 2017 13:03

        Peço desculpa, não tinha percebido que o seu primeiro comentário era um lamento!

        Gostar

      • piscoiso permalink
        11 Setembro, 2017 13:19

        Lamento? AhAhAh!

        Gostar

      • António C. Mendes permalink
        11 Setembro, 2017 13:22

        Pois! Bem me parecia que era mais uma apologia da Venezuela!!

        Gostar

      • piscoiso permalink
        11 Setembro, 2017 13:37

        Venezuela? AhAhAh!

        Gostar

      • António C. Mendes permalink
        11 Setembro, 2017 14:02

        Quer rir-se mais um bocadinho? Pergunte lá ao seu Perestrello quanto é que o roubo de Tancos daria em subsídios de desemprego? Não é nada comparado com os pequenos almoços do seu Socrates, mas ainda assim dá umas belas risadas!!

        Gostar

    • Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
      11 Setembro, 2017 16:56

      Caro piscoiso,

      Aproveite a campanha do regresso às aulas e compre um bom conjunto de borrachas. Apague de vez o assunto e não se fala mais nisso.

      E já agora refile com o ministro. Quem foi buscar fruta para o espremedor foi ele.

      Gostar

  12. Tiradentes permalink
    11 Setembro, 2017 09:05

    De notar que quem ligou o espremedor foi o próprio ministro, sendo que os adjuntos agora queixam-se do ruído que a maquineta faz. A UE já aprovou legislação que proíbe aspiradores barulhentos, falta os espremedores e multar quem os liga.

    Gostar

  13. Expatriado permalink
    11 Setembro, 2017 10:34

    Mais um ‘parafuso desajustado’, desta vez relacionado com o ‘sucesso recorde’ das entradas nas universidades.

    “O Regan dizia que Cuba era tão mau porque até as alunas universitárias se prostituíam para estudar.
    O Castro dizia que o país era tão evoluído que até as suas prostitutas andavam na universidade.”

    O caneco tem de nos dizer quant@s entraram com <10 valores…

    Gostar

  14. The Mole permalink
    11 Setembro, 2017 10:34

    Cuidado VC: ainda o levam a sério e convidam-no para ministro de qualquer coisa…
    Agora é só dar graxa (tem castanha, de preferência?) ao soba e depois o mais difícil será desgrudar um dos que actualmente exerce…

    Gostar

  15. 11 Setembro, 2017 10:37

    O Descartes é que dizia “penso, logo existo”. Mas também não é garantido que o Descartes tenha existido.

    Recomendável crónica de Vítor Rainho: https://ionline.sapo.pt/artigo/579950/-um-ministro-que-virou-comediante-das-fa?seccao=Opiniao_i . É sobre comediantes.

    Gostar

  16. PSC permalink
    11 Setembro, 2017 12:32

    Simplesmente Brilhante!
    Parabéns.

    Liked by 1 person

  17. Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
    14 Setembro, 2017 15:27

    Oh

    Vitinha não percas: ” Como ver os nossos Mirós ” Lá se foi a comissão.

    Assinado: Paneleiro Comuna.

    Gostar

    • Cipião Numantino da Boina, anti comunofóbico. permalink
      14 Setembro, 2017 22:28

      Desejo fazer amor consigo.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: