Skip to content

Falta Muito Para Prender Berardo?

26 Setembro, 2017

Imagine que contraiu um empréstimo para comprar casa ou carro. Imagine depois que por razões adversas deixou de poder cumprir escrupulosamente o pagamento das prestações. Que lhe acontece? Ora, a sequência será mais ou menos esta: é notificado dos atrasos. Começam a cobrar juros de mora. Pedem regularização rápida da dívida sob pena de execução judicial. Depois de vários avisos, informam que vão proceder à penhora por incumprimento. Se o débito persistir, executam e vai tudo a leilão. Quanto tempo demora isto? Ora, não mais de 1 aninho… Então como pode Joe Berardo ter mil milhões dos bancos a navegar na atmosfera sem ser processado, penhorado ou ir preso?

Tudo se explica facilmente quando estamos num país de corruptos onde empresários se prostituem com políticos com a maior cara de pau à vista de todos. Este é o nosso cancro que de tantas metástases já só com a morte do sistema conseguimos travar este declínio. De facto, é isto. A política em Portugal anda a matar a democracia desde 1974. Trouxe ao invés de liberdade, tirania dos governos que nos impuseram impostos pesadíssimos e austeridade severa para sustentar estes e outros gamanços criminosos.

Berardo e tantos outros  não são  mais do que o rosto visível desta desgraça em que nos mergulharam. A Fundação (duvidosa) que lidera deve mais de 990 milhões de euros e na CGD deve cerca de 500 milhões, na maior das descontracções como quem deve apenas um café na pastelaria da esquina. Aliás, sempre que vem seu nome à baila, as dívidas são sempre de vários milhões sem que isso chamusque sua imagem de empresário de sucesso(???). Mas anda tudo doidinho da cartola? Assim, qualquer nabo era um bem sucedido empresário , não?!

Ora é claro que para isto ser possível tem de haver gente por trás destes metralhas a protegê-los com unhas e dentes. Claro. Porque se eles caírem cai dezenas (quissá centenas) de energúmenos iguais que vivem criminosamente à conta dos nossos impostos. Daí o milagre impensável da união das 3 esquerdas de Portugal em boicotar e consequentemente ARQUIVAR o inquérito à CGD que pretendia tão somente clarificar, sinalizar e condenar os responsáveis pelo buraco gigantesco que certos devedores mergulharam este banco público. Que por esse facto só teve de transferir do Estado 5 mil milhões para tapar prejuízos das imparidades. Mas andamos a gozar com a cara dos contribuintes? Quem era que berrava contra estas práticas e jurava ser contra os banqueiros? O BE e PCP. Que fizeram assim que formaram aliança com PS? Aprovaram a eliminação de provas contra quem roubou a CGD. Isto faz sentido? Faz. Porque há segredos que não querem que sejam revelados, logo, comungam das mesma práticas totalitárias de um regime que há muito deixou de ser democrático.

O arquivamento à CGD é a maior prova de que estamos perante gente que se serve do Estado em vez de o servir como é seu dever. Depois de ser conhecido que o caso seguiria para o Supremo, PS, BE e PCP, imediatamente encerraram a comissão de inquérito de forma compulsiva, antes ainda da decisão, sabendo que assim, não poderia este Tribunal se pronunciar por extinção da… comissão! Brilhante! Nicolás Maduro, esse prepotente ditador, ao pé desta gente é um menino.

Joe Berardo nem é processado nem vai preso porque tal como outros que por aí vagueiam está bem protegido. Fez um acordo para reestruturação da dívida com o BCP, CGD e Novo Banco em 2009 no qual reforçou garantias com a entrega de direitos sobre 75% da sua fundação que detinha a colecção de Arte Moderna exposta no CCB (opa… deixem-me rir…). Porém, quando o bancos quiseram executar por novo incumprimento (tadinhos destes “meninos banqueiros ingénuos”) esbarraram (jura???) com um acordo existente com o Estado para a exibição das obras no CCB, válido por 10 anos em que foi dado garantia ao Estado não existir nenhuma penhora sobre as ditas obras, impedindo assim a execução bancária. Só 40% deste crédito é da CGD. Bonito, não? Acreditam mesmo na “inocência” bancária desta gente? Naaa…

Berardo continua livre porque a democracia há muito que morreu por estas bandas. Simples.

 

 

 

 

Anúncios
70 comentários leave one →
  1. José Ribeiro permalink
    26 Setembro, 2017 13:02

    Muito bem, cara Cristina!

    A verdade dói que se farta. E andam aqui e ali certos esquerdalhos a defender o impensável.
    Porca miséria!

    Liked by 3 people

  2. Mauritano permalink
    26 Setembro, 2017 13:06

    Cara Cristina!
    Posso tratar-la pelo 1º nome? É um prazer ler os seus textos que normalmente constituem um pôr o dedo na ferida.
    Relativamente ao Sr. Berardo, aconselho a leitura de “Os negócios do Sr. Júlio César” do Bertolt Brecht.Ali pode encontrar a explicação para este caso em concreto. A páginas tantas Júlio César explica a um seu escravo, que quanto maior a dívida, maior o homem, e que não se pode deixar cair quem deve muito sob pena de arrastar os outros. O problema é que em Portugal, e como muito bem refere, a política anda de braço dado com estes supostos grandes empresários, e se eles cairem, aí cairia não o “Carmo e a Trindade” mas seguramente o Largo do Rato e toda a esquerdalhada que se encontra actualmente com poder ver-se-ia de volta ao lugar deles.

    Liked by 4 people

    • Cristina Miranda permalink
      26 Setembro, 2017 13:33

      Exactamente isso. Sim, Cristina, para os meus leitores.

      Gostar

    • 26 Setembro, 2017 17:02

      Permita-me que acrescente que o largo do rato (sim, é mesmo tudo em minúsculas), estava endividado até ao tutano antes de ser poder, e agora parece que já é tudo “sustentável”!
      Para as nossas esquerdas o dinheiro sai das impressoras…

      Liked by 2 people

      • Viriato de Viseu permalink
        26 Setembro, 2017 21:18

        Os esquerdas dão-se sempre muito bem com o dinheiro dos outros.
        Está no seu ADN

        Liked by 1 person

  3. Vitor permalink
    26 Setembro, 2017 13:15

    Bravo, Cristina! Toca a malhar na corja de bandidos que confiscou Portugal, valha a verdade com a beneplácito deste pobre Povo que um dia já foi grande!

    Liked by 3 people

  4. PiErre permalink
    26 Setembro, 2017 13:22

    E o beijoqueiro-mor não diz nada? Não é nada com ele?

    Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      26 Setembro, 2017 14:16

      O beijoqueiro quer lá saber disso? Anda a banhos por praias exóticas, a mostrar as mamas descaídas de velho caquético e conivente com o sistema que levou o país à perdição.

      Parabéns, Cristina! Venho sempre ao Blasfémias ver se há mais artigos seus e divulgo-os urbi et orbi. A sua indignação contém uma pedagogia de alerta que só não é informativa para quem não quer ficar informado e alertado.

      Liked by 3 people

      • Viriato de Viseu permalink
        26 Setembro, 2017 21:20

        Quando o beijoqueiro chegar…ainda o vai mimar com afectos!!!
        —–
        A Cristina é uma lufada de ar fresco. Revejo-me em tudo o que escreve!!!

        Liked by 2 people

  5. piscoiso permalink
    26 Setembro, 2017 13:33

    Será José Manuel Rodrigues Berardo o típico empresário português?

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      26 Setembro, 2017 13:35

      Nem pouco mais ou menos. Estes são poucos. São a elite q vive acoplada ao poder central. Só lá está quem ELES querem.

      Liked by 1 person

      • piscoiso permalink
        26 Setembro, 2017 14:41

        Em 1985 recebeu o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique entregue pelo então Presidente da República, general Ramalho Eanes.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        26 Setembro, 2017 15:33

        Ah! Ah! Ah! Ah!

        Gostar

  6. 26 Setembro, 2017 13:40

    Esta gente precisa de ter medo, e não o tem. É muito simples. E é muito simples também a resolução do problema. Mas continuemos a jogar o futebol da democracia, esperando ganhar contra um adversário que dá caneladas e joga a bola com a mão, enquanto o árbitro olha para o lado e depois nos dá cartões vermelhos.

    Liked by 2 people

  7. 26 Setembro, 2017 14:37

    Cristina Miranda,

    há dias “desafiei-a” para escrever um post sobre os colarinhos brancos que devem dezenas e centenas de milhões à banca, e eis este seu óptimo e elucidativo post.
    Mas discordo disto: “A política em Portugal anda a matar a democracia desde 1974”. A democracia em Portugal existe, pratica-se, embora desde 1974 seja atingida –como actualmente– por tentativas de a controlar via comunicação social manobrada pelo governo e servil à mentira, a esquemas, à bovinização, a interesses que prejudicam a democracia e os tugas — como é o caso da “fraternidade” entre muitos políticos e os gajos de colarinho branco. E, também prejudicada pela inércia da maioria dos tugas, que a não sabem usufruir plenamente.
    Nem me apetece recordar e opinar sobre esse banditismo, causa-me literalmente náuseas. O regime, o país, está irremediavelmente manietado, sufocado por canalhas na política, nos negócios e negociatas.
    Tal como a Cristina conclui, se três ou quatro gajos (e gajas) do top-banditismo financeiro fossem detidos e condenados a sério, muitas dezenas seriam presos. Caía o regime ? Não !, porque todo ele está renovável por outros que tais. E a populaça-NADA, que mais ou menos secretamente até admira “o percurso de vida” de tantos sacanas e trafulas, condoía-se. Carpideiras pobretanas não faltariam.
    Há outro submundo infestado por colarinhos brancos com colossais e impagáveis dívidas pessoais: chico-espertos no futebol. Todos eles braço-dado e amigos de certos políticos, num destruidor fio condutor que a justiça quer ignorar ou não lhe permitem que actue.
    Etc., etc.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      26 Setembro, 2017 15:37

      Disse q nos roubaram a democracia supostamente ganha porque logo na 1 hora, com a,actual constituição, fomos manietados sem nos apercebemos. Sinto q nunca soubemos verdadeiramente o q é viver em verdadeira democracia.

      Liked by 3 people

      • Viriato de Viseu permalink
        26 Setembro, 2017 21:28

        A Constituição que temos, parida numa longa noite pelos esquerdalhos, é o que nos tem atrasados e amarrados.
        É preciso fazer-lhe um Auto de Fé queimando-a, e fazer outra mais consentânea com os dias de hoje, até porque o muro já caiu…

        Liked by 1 person

  8. 26 Setembro, 2017 14:48

    José Bernardo, unha-com-carne com os P”S”s, claro que tinha de ser aqui defendido, no caso com a atribuição dessa comenda. Em 1985 — estamos em 2017.
    Carago, comendador é comendador, gente importante, né ?

    Liked by 2 people

    • 26 Setembro, 2017 17:06

      Outros comendadores compinchas deste, estiveram “relacionados” (não direi ligados, porque não foi provado, embora na TV já tenha sido abordado o assunto) com diamantes, etc, etc, etc…

      Liked by 1 person

  9. Jorge permalink
    26 Setembro, 2017 15:15

    Que Portugal é sobretudo um país de corruptos,não espanta ninguém.A gatunagem e negociatas, não negócios, é uma constante, na política, no futebol em particular e no mundo empresarial.
    Bom exemplo demonstrativo para que serve esta Democracia: Favorecer e encobrir estes mafiosos a bem da nossa elite.
    Parabéns Cristina, por mais um artigo que acerta na mouche.
    Como já não acredito no Pai Natal, já não voto no arraial das eleições.
    A minha consciência está acima da obrigatoriedade/dever cívico de ir votar.
    A Elite que assuma de vez, a consequência do aumento gradual dos valores da abstenção.
    VIVA O BERARDO E O RESTANTE GANG.

    Liked by 1 person

  10. Manuel permalink
    26 Setembro, 2017 15:21

    Brilhante! Do melhor que CM escreveu.

    Liked by 2 people

  11. André Miguel permalink
    26 Setembro, 2017 16:11

    Inspiradíssima Cristina. Muito bem!
    Temos uma população que é por demais ignorante, imbecil ou não tem coragem de dar o murro na mesa e insurgir-se contra este estado de coisas. Mas hajam mais vozes a meter o dedo na ferida e talvez um dia…

    Liked by 3 people

  12. 26 Setembro, 2017 16:22

    O Sr. Berardo não é burro.
    Do que se soube, de acordo com o poder político da altura, a CGD tentou absorver o BCP. Por interposta pessoa – o Sr. Berardo. Foram-lhe emprestados cerca de mil milhões de euros para comprar acções do BCP, tendo como garantia essas mesmas acções. As acções foram compradas acima de 3€ e caíram cerca de 90% em pouco tempo. Quando a garantia foi executada (porquê?), e como a garantia eram as acções e não o seu valor (porquê?), a CGD ficou com uns pózinhos. Mas – esta é a parte hilariante – o Sr. Berardo não incumpriu.
    Na altura falou-se doutro negócio semelhante com o Sr. Fino – outro ilustre falido – envolvendo a Cimpor, este com contornos mais cómicos – se as acções subissem o lucro era para o Sr. Fino, se descessem (e como desceram!) a CGD ficava com elas. O Sr. Fino também não incumpriu.
    O que eu gostava de ver – eu e muita gente – eram os detalhes dos contratos, e quem os aprovou, até porque devem ter cláusulas a roçar a ilegalidade, e quer a CMVM quer o BdP nada obstaram (porquê?). A CGD, ou seja, o Estado, ou seja, o contribuinte, assumiu todo o risco. Tipo algumas PPPs.
    Pessoalmente adorava fazer negócios desses onde só há hipótese de ganhar, mas não é para todos.

    Liked by 3 people

    • Tiradentes permalink
      28 Setembro, 2017 10:43

      Isso que vc quer ver foi “proibido” pela maioria das esquerdas unidas no parlamento..

      Liked by 1 person

      • 28 Setembro, 2017 13:36

        E olhe que gostava mesmo de ver. Se eu apresentar um portfolio de acções como garantia de qualquer coisa o mais certo é chamarem a segurança e atirarem-me fora do banco. Quanto muito, numa conta de trade, podem servir de colateral por um valor tabelado de acordo com a volatilidade histórica das acções, subtraído duma margem de segurança. Nunca pelo valor de aquisição. E no dia em que a margem fôr ultrapassada o broker fecha-me a posição e responsabiliza-me pelos prejuízos.
        Como é que esses contratos estão feitos? Como é que ultrapassaram essas condições para o Berardo ficar livre de responsabilidades?
        As esquerdas unidas alegaram risco sistémico para o sistema financeiro se isso fosse divulgado. O risco sistémico deve ser a exposição pública e nítida da corrupção de quem devia controlar o sistema.

        Liked by 1 person

  13. Antónia de Azevedo permalink
    26 Setembro, 2017 17:15

    Triste existencia a dos Portugueses! “Comem- nos” descaradamente, não são muitos (os tubarões) mas são bons e têm bué bué de descaramento.PK os Pariu!

    Gostar

  14. Arlindo da Costa permalink
    26 Setembro, 2017 17:19

    Ó minha senhora, em Portugal não se prende ninguém por dívidas? Sabia?

    Gostar

    • sam permalink
      26 Setembro, 2017 17:36

      Já dizia o amado Socas: “Pagar dívida é ideia de criança”.

      Liked by 1 person

    • Cristina Miranda permalink
      26 Setembro, 2017 17:56

      Negativo. Faça dívida ao Estado. A menos q pertença ao sistema, vai dentro se não pagar. Por outro lado, quero lembrar q este senhor, se fosse investigado COMO SERIA EXPECTÁVEL em democracia, teria em cima dele algo parecido como o Salgado e Sócrates. Mas… continua aí intocável. Os “negócios” q andou a fazer com a banca são tudo menos negócios sérios. Acho q me fiz entender.

      Gostar

      • Arlindo da Costa permalink
        26 Setembro, 2017 20:18

        Por dívidas ninguém vai preso, Srª Cristina. Identifique esse crime no Código Penal…

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        26 Setembro, 2017 20:22

        Bem… Você não vive cá de certeza. Sim, pode ir preso. Experimente dever ao Estado. Pode é ficar com a pena suspensa. Não brinque.

        Gostar

      • Arlindo da Costa permalink
        27 Setembro, 2017 00:42

        Continuo a afirmar : por dívidas simples ninguém vai preso. Outra coisa é haver algum ilícito associado a essas dívidas. Depois do processo de execução e não havendo mais nada para a arrecadar a pena a declarar é a insolvência com todas consequências que sabemos.

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        27 Setembro, 2017 09:06

        Meu caro leitor, afirmar 100 vezes 1 coisa não faz disso 1 verdade. Lamento mas DÍVIDAS AO ESTADO são crime. Dá cadeia. Pode no entanto o juiz optar por multa e suspensão de pena, MAS DÁ CADEIA. Aconselho-o a não experimentar. MESMO QUE PAGUE A MULTA fica com cadastro. Quanto à Berardo ficou claro pelo meu texto, e todos sabemos, que não são simples dívidas à banca privada e do ESTADO. É muito mais. Se MP lhe pegasse, este senhor estaria frito.

        Gostar

      • Arlindo da Costa permalink
        27 Setembro, 2017 23:19

        Gostava de saber quem, em Portugal, está preso por dívidas ao Estado!!!
        Se a Drª Cristina quiser fazer o obséquio de informar o auditório, muito grato ficaríamos…

        Nem os grandes devedores do BPN e do Banif, cujas dívidas transitaram para a esfera pública, estão presos…e já não falo de quem deve milhões de impostos ao Fisco…

        Gostar

      • Cristina Miranda permalink
        28 Setembro, 2017 09:58

        Você gosta de fazer dos outros estúpidos, não é? O q está aqui em causa é O QUE DIZ A LEI. Já sabemos q as leis em Portugal não são pra cumprir muito menos se for colarinho branco, mas onde é q isso altera alguma coisa à lei? Sim, há gente presa por delitos pequenos e insignificantes se comparados com o q esta gente faz. Mas o Ar Lindo, claro, não o vai admitir porque é PAGO pra contrariar até o óbvio

        Gostar

  15. Antónia de Azevedo permalink
    26 Setembro, 2017 17:19

    Triste existencia a dos Portugueses! “Comem- nos” descaradamente, não são muitos (os tubarões) mas são bons e têm bué bué de descaramento.PK os Pariu!Parece….Mas não é…..

    Gostar

  16. licas permalink
    26 Setembro, 2017 17:33

    A tal “verdadeiura Democracia” está funcionando, Cristina. Desde que não exista pressão sobre o Judicial: os prevaricatores caem sob a sua alçada não importando de que arguido se trate. Temos que remontar ao tempo do Estado Corporativo (que eu gramei 40 anos exactos) para se apreciar a completa inimputabilidade perante a Lei tanto dos agentes civis como dos importantes da Economia.
    Por outro lado muito obrigado Cristina por denunciar os atropelos à Lei de alguns “Senhores”, mas tem de assumir que eles são próprios dos Regimes Democráticos, porque nos outros sistematicamente se escondem os podres dos “importantes” se de alguma forma puserem em causa o Sistema.

    Gostar

  17. Arlindo da Costa permalink
    26 Setembro, 2017 17:47

    A justiça ainda não conseguiu «acusar» Sócrates e a senhora articulista já quer fazer política justicialista com a situação do comendador Berardo.

    Outra pergunta : não sabe que existe separação de poderes em Portugal?

    Tenha calma que o Mundo não vai acabar hoje.

    Gostar

    • Expatriado permalink
      26 Setembro, 2017 18:31

      Oh, lindooo… já foste ao pub pedir o teu costumeiro ‘cockintail’?

      Gostar

    • colono permalink
      27 Setembro, 2017 15:51

      É verdade camarada Arlindo, a direita tem má língua… como diz: a Mortágua !

      Tão má lingua que até criticaram o não pagamento do IVA das bifanas da nossa santa festa…

      Avante

      Liked by 1 person

  18. Expatriado permalink
    26 Setembro, 2017 18:37

    Este artigo refere várias vezes a Macau ainda sob governação portuguesa.

    http://observador.pt/especiais/coreia-do-norte-o-imperio-do-crime-dos-corleone-de-pyongyang/

    Será que nenhuma parte do relatado não chegou a Portugal?

    Gostar

    • André Miguel permalink
      26 Setembro, 2017 18:59

      Macau lembra-me a história de um fax… alguém viu Rui Mateus para nos avivar a memória?

      Liked by 1 person

      • Cristina Miranda permalink
        26 Setembro, 2017 20:31

        Ouch! Essa doeu!

        Gostar

      • Chopin permalink
        26 Setembro, 2017 23:36

        Depois de escrever a História da Famiglia Soares e do submundo xuxa, ficou decidido que por “critérios editoriais” da maistrume mídia, o nome do Sr Rui Mateus só pode ser referido na secção de necrologia.

        Liked by 1 person

  19. SRG permalink
    26 Setembro, 2017 18:58

    Cristina Miranda, texto brilhante, nem mais, é tal e qual o que se passa nesta pasmaceira de país. A máfia é de tal ordem que o escândalo não consegue abalar o sistema bancário europeu. Não se passa nada. Vergonhoso. Políticos sem coluna vertebral.

    Liked by 1 person

  20. Monti permalink
    26 Setembro, 2017 19:01

    Quem foi o criador de Berardo?
    Ao qual a ministra da tutela, perante as ameaças de colecção no estrangeiro, disse não?
    Evidente que sem capacidades financeiras no ministério.
    1º) O clamor púbico dos OCS que tanto se prezam por defender o património e arte dos nacionais-assim como os centros de decisão nacionais invocados há anos por banqueiros e industriais do regime.
    2º) Um PM atento ao clamor ‘popular’, feito protector da artes e oficiais: o magnífico ilusionista José Sócrates,
    Nada que tal mago não tenha assegurado.

    Liked by 1 person

  21. JP Ribeiro permalink
    26 Setembro, 2017 19:31

    Em 1993 quando o Mario Conde foi parar à prisão, um amigo espanhol profetizou-me: “vais ver que agora que perderam o medo isto vai alastrar. Espera para ver em Portugal”.
    Já lá vão 25 anos!
    Esta “democracia” permite-nos votar cada quatro anos, mas é tudo.
    O povo está estupidificado. Os partidos são um nojo, e o regime está podre. Mais podre que o regime salazarista que substituiu. Lembro-me de ver á pouco e em directo o Sr Berardo levar muitas palmas da comissão de trabalhadores da Portugal Telecom, na AG que destruiu a empresa. Com o aplauso dos politicos e banqueiros do regime. E dos mídia. Uma festa, como disse a ministra de então a propósito das obras do Parque Escolar. Sim, uma festa.
    Votar para quê?!

    Liked by 1 person

    • Cristina Miranda permalink
      26 Setembro, 2017 20:30

      Exactamente

      Gostar

    • Euro2cent permalink
      26 Setembro, 2017 22:25

      > Portugal Telecom, na AG que destruiu a empresa

      Mandar 900 milhões de euros para o buraco do BES também ajuda, e esse continua arejado …

      Gostar

  22. Filipe Costa permalink
    26 Setembro, 2017 19:51

    Eu sempre defendí a privatização de tudo o que existe, ficava só com as forças de seguraça e os Tribunais, todo o gestor Publico é vigarista, está-lhes no sangue. Essa do Berardo é um exemplo, alguém quer controlar o BCP e lança de mão o Berardo, é so e apenas um testa de ferro bem protegido, um peão.

    Liked by 1 person

  23. LTR permalink
    26 Setembro, 2017 20:54

    Mais uma comissão “camarate” 🙂

    Gostar

  24. Aventino permalink
    26 Setembro, 2017 20:57

    ‘Num país corrupto o lugar dos Homens honestos é na cadeia.

    ‘A Árvore da Democracia tem que ser regada com o sangue dos HERÓIS e com o sangue dos corruptos.

    Gostar

  25. 26 Setembro, 2017 21:01

    Republicou isto em PortugalGate and commented:
    Isto é o PortugalGate meus caros leitores. O Portugal corrupto profundo.

    Gostar

  26. A. R permalink
    26 Setembro, 2017 21:44

    Se o Vara e o Sokas andam à solta; mailo pedófilos da Casa Pia que se pode esperar?

    Liked by 1 person

  27. Procópio permalink
    27 Setembro, 2017 00:02

    AB descobre a ponta do véu. Percebe-se que o problema não é a esquerda nem a direita.
    Na realidade o sítio há muito perdeu a compostura. Uma mafia a valer seria perseguida e porque a polícia estrangeira forçaria a intervenção. Estamos perante conjura ainda pior. Não precisam de mandar disparar porque têm as costas quentes e a lei a seu favor.
    Existe uma superestrutura que tudo domina. Existem mandatários rodeados de bons amigos que executam pulhíticas envolvidas em papel de prata de braço dado com um galifão a quem a CGD, o BCP e o Novo Banco já deram instruções para executar a penhora sobre 75% da sua linda colecção. Existe de tudo um pouco no reino da bicharada.
    Os difusores de notícias falsas enchem o bolso de esmolas e inundam as televisões.
    Como seria tudo mais fácil se o mundo parasse!
    A pior, para além das notícias do BCE, está para vir.
    A eminência enredou-ser no lixo de um rio forte de água contaminada. A água “devia” correr o seu curso, quem se lixa é sempre o mexilhão. Ergue-se o dique feito de coragem e disse NÃO. Assim se sujeitou diariamente à ignomínia sistemática. E a encrenca? Subsiste.
    E se a eminência revelasse 1% do que sabe e das pessoas untadas de demucracia e moralidade com quem lidou por cima, dinheiro por baixo? Alto lá pára o baile.
    Recordem a resposta de Catalina Pestana a um jornalista.
    «Chegou a dizer que a verdade do processo Casa Pia seria igual a um terramoto. Qual foi, afinal, a intensidade do abalo?».
    A resposta foi: «Um terramoto de grau sete. Quando se fizer a história deste processo, todos verão que se houvesse legislação que permitisse investigar tudo o que foi dito a mim, à Polícia Judiciária e ao Ministério Público, o terramoto teria consequências devastadoras».
    Grau 7? O de 1755 foi superior a 8,9 graus de magnitude.
    Dizem que a história não se repete.
    Vou ver os golos do Ronaldo.

    Gostar

  28. Leunam permalink
    27 Setembro, 2017 00:23

    Parabéns Cristina, por mais um texto claro, certeiro e destemido.

    Mas temo por si.
    (Pelo que li, M.M. Guedes ainda hoje, toma anti depressivos).

    Perigo!

    Os leões andam à solta no Zoo.

    Os Tratadores, meio aparvalhados (porque são culpados de terem deixado as portas das jaulas abertas), não se atrevem a fazer um cerco às feras e dizem, mentindo, que não é nada com eles.

    As poucas jaulas que permanecem fechadas, são… para formigas.

    Não há Domador de feras.

    Não havendo Domador
    também não há chicote…

    Uma solução de emergência, para restabelecer o sossego entre os outros pensionistas do Jardim e ilustres Visitantes:

    Precisam-se caçadores, dos que têm boa pontaria, devidamente apetrechados.

    Liked by 1 person

  29. caampus permalink
    27 Setembro, 2017 08:30

    O último que disse não a esta corja de empresários é todos os dias combatido pela comunicação social, pela esquerda e pelos barões do seu partido, não faltando aquele que aprecia as férias na companhia de tão ilustres empresários.

    Liked by 3 people

    • Aventino permalink
      27 Setembro, 2017 10:00

      De acordo. FORÇA Pedro Passos Coelho!!!!!!!!!

      Gostar

    • joaquim permalink
      27 Setembro, 2017 12:15

      De acordo, o Ricardo Salgado conhece bem o problema . PPC foi e é homem serio , a sua família que é enorme fala por ele também Os esquerdistas ,jornais e televisões atacam a todo o momento a sua pessoa porquê

      Gostar

  30. Procópio permalink
    27 Setembro, 2017 10:45

    Convido-os a seguir com atenção os “acusadores”, aqueles que lançam todo o tipo de lanças em direção a um político que não cedeu perante uma clique poderosa de que continuamos reféns. Não se trata de concordar com a pessoa ou não concordar. Eu discordei de boa parte das decisões tomadas durante o período da troyka mas tenho a noção que as mais penosas não poderiam ser evitadas, sob pena dos cofres voltarem a esvaziar como estavam quando o nº 1 foi à vida. Refletindo sobre os tais acusadores, colhendo algumas informações suplementares, fazendo cruzamentos vamos encontrar uma rede densa de cumplicidades instalada. O que existe é uma ditadura disfarçada por um parlamento anedótico e por uma imprensa “fiel”.
    Acontecimentos recentes mostram a fragilidade da argumentação estafada dos ditos acusadores, eticamente impolutos, sempre apaixonados pelo povo.
    https://sol.sapo.pt/artigo/582117/-dciap-culpa-costa-por-arquivamento-de-inquerito

    Liked by 1 person

  31. Manuel Reis permalink
    27 Setembro, 2017 12:46

    Sinceramente, sempre discordei da maioria dos escritos do Blasfémias. Mas era composto por um grupo de bloggers com excelente nível intelectual.
    Já esta senhora, Cristina Miranda é apenas uma ignorante convencida, inteletualmente desonesta.
    Sim, a CGD executava o Berardo e ele ia preso…sim, sim. E dívidas ao estado dão prisão. Não dão, senhora Cristina Miranda. O que dá prisão é a não entrega das contribuições dos trabalhdores, o que é bem diferente.

    Em relação ao inquérito da CGD, nem sei o que dizer. Comecemos por dizer que é o oposto de tudo o que afirma.
    Pare de tentar aldrabar as pessoas.

    https://www.publico.pt/2017/08/03/politica/noticia/para-o-ps-relatorio-do-inquerito-a-cgd-ainda-nao-e-assunto-encerrado-1781154

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      27 Setembro, 2017 19:54

      Isto é só 1 exemplo de que o mentiroso aqui é você. Neste artigo tem referência à legislacao. Aproveite pra consultar. No jornal público: (…)A legislação actual prevê, no número um do artigo 105º do Regime Geral das Infracções Tributárias (RGIT) que “quem não entregar à administração tributária, total ou parcialmente, prestação tributária deduzida nos termos da lei e que estava legalmente obrigado a entregar é punido com pena de prisão até três anos ou multa até 360 dias”. Mas a proposta de OE para o próximo ano altera a norma ao acrescentar que a mesma só se aplica se o valor de imposto em causa ultrapassar os 7500 euros. Passa a “haver uma descriminalização quando o valor é inferior a 7.500 euros, o que faz sentido, pois não tinha muita lógica considerar da mesma forma situações cujo valor não é material”, sublinha o fiscalista Jorge Taínha da KPMG.

      Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      27 Setembro, 2017 19:57

      A prisão a q me refiro do Berardo, caso tivesse lido o q escrevi, ptende-se com estes empréstimos DUVIDOSOS (o nome não era este, quis ser Soft) q indiciam prática de crime q se MP investigasse o poria em maus lençóis, ele e quem com ele fez negociata. Entendeu? É quanto à mim, tem bom remédio. Vá ler outros artigos. A porta é a serventia da casa. Faça bom uso dela.

      Gostar

  32. Procópio permalink
    27 Setembro, 2017 16:07

    O problema é se falta muito para..o problema é faltar quase tudo..
    A a clique continua a amordaçar a verdadeira opinião pública, a encomendar o serviço às pivots para fazerem ombro sempre com os mesmos nos debates. A táctica é falar, falar para tapar as intervenções dos oponentes com as pivots a observar. Proibam de vez qualquer crítica, levem só os amigos…aprendam com o maduro e outros da mesma laia!

    O problema é faltar quase tudo…

    Dinheiro onde é preciso
    https://www.dn.pt/portugal/interior/situacoes-dos-blocos-de-parto-esta-no-limite—ordem-dos-medicos-8801649.html
    https://www.rtp.pt/noticias/pais/apifarma-vai-cobrar-juros-da-divida-aos-hospitais_a377843

    Vergonha na cara
    http://observador.pt/2017/09/27/pedrogao-grande-ministra-pos-lugar-a-disposicao-mas-costa-nao-aceitou/

    Tormento para os poucos que desejariam fazer alguma coisa
    https://www.dn.pt/portugal/interior/e-um-tormento-governar-nas-atuais-circunstancias—sec-estado-saude-8802056.html

    Realismo para os que diziam que o schauble era o mau da fita
    https://www.dn.pt/mundo/interior/schauble-vai-deixar-de-ser-ministro-das-financas-8801928.html

    Olhos abertos
    A presença do estado deve reduzir-se ao essencial, e o essencial é para a FDP muito pouco: segurança e pouco mais. Christian Lindner. Partido Liberal alemão.

    Liked by 1 person

  33. Expatriado permalink
    27 Setembro, 2017 17:18

    Cristina.
    Vai gostar disto:

    “Em 2010, Filipe Pinhal explicava assim o que acontecera dois anos antes:

    “Um confronto totalmente inesperado e gratuito entre membros do CGS liderado por Jardim Gonçalves e o presidente do CAE, Paulo Teixeira Pinto, abriu espaço para a divisão de accionistas. (…)
    Com bons apoios na área política e da comunicação social-SIC-Notícias/Mário Crespo e Diário Económico/Martim Avillez Figueiredo, e uma agência de comunicação privada, a Unimagem/Maria Lacerda- os activistas aliaram-se a figuras proeminentes do PS e membros do Governo, com destaque para o primeiro-ministro e o ministro da Economia, beneficiando do apoio discreto, e secreto, do presidente do BES e de um dos seus agentes, Marcelo Rebelo de Sousa. A partir de 28 de Maio de 2007, Joe Berardo passou a ser a face visível da “insurreição”. (…) Em 15 de Janeiro de 2008, com 99% dos votos, foi eleita para o Conselho de Administração Executivo, a lista de coligação que incluia os activistas e seus aliados: Governo, Partido Socialista, CGD e BES.”

    Em http://portadaloja.blogspot.pt/2017/09/berardo-nao-tem-problemas-os-credores.html

    Liked by 1 person

    • maria costa permalink
      28 Setembro, 2017 14:34

      O que acabou de descrever foi a OPA hostil da Maçonaria ao banco da Opus Dei.
      Como os maçons não têm dinheiro próprio foram busca lo à CGD.
      O NOSSO dinheiro foi usado para fins privados (a Maçonaria é uma organização privada).
      Os maçons não pagaram -uns já foram escusados pela CGD oficialmente e este, bom, tem o apoio do velho aforismo:
      «tudo para os amigos (=irmãos); nada para os inimigos (=os que dizem que a VOM é um coio de bandidos); aos outros cumpra-se a lei»

      Liked by 1 person

  34. 27 Setembro, 2017 17:27

    Um belo post sobre um tema bem actual.
    Vou partilhar.

    Liked by 1 person

  35. maria permalink
    28 Setembro, 2017 23:48

    Cristina, um dia destes enviei-lhe um comentário a dar-lhe os parabéns, mas nunca apareceu. Foi para a caixa do seu tema “pobrezinhos”. Também lhe perguntava para quando a compilação dos seus imperdíveis textos, para os vir a editar num futuro próximo, pois além de serem de excepcional qualidade, é pena que se restrinjam ùnicamente a este espaço. Seria uma maneira prática de muitíssimo mais gente tomar conhecimento do seu valor, ainda que este blogo seja sem dúvida de referência. Pense nisso.
    Maria

    Liked by 2 people

    • Cristina Miranda permalink
      29 Setembro, 2017 11:41

      Maria, obrigada pelas suas palavras. Eu vi esse comentário e até respondi. Ele está de certeza visível. Mas vou verificar de novo. Sim, já vou publicar para o ano que vem meu 1º livro de Blasfémias por conselho de muitos muitos seguidores.

      Gostar

      • maria permalink
        29 Setembro, 2017 15:29

        Que excelente notícia, Cristina. Mais uma vez os meus parabéns. Obrigada pela sua resposta. Não precisa responder.

        Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: