Saltar para o conteúdo

A lição da Catalunha

29 Setembro, 2017

É assim que se acaba quando o centro se alia aos radicais. Entretanto não deixa de ser fascinante a comoção com a equidade fiscal reivindicada pela Catalunha. Aliás agora que anda por aí tanta gente comovida com a figura de um ministro europeu para as Finanças a questão da equidade fiscal catalã versus Espanha é um bom exemplo das discussões  a que vamos assistir.

Anúncios
5 comentários leave one →
  1. Alain Bick permalink
    29 Setembro, 2017 11:14

    outros países problemáticos
    França
    Bélgica
    Itália
    Alemanha
    no rectângulo obrigue.se os açores a serem independentes

    Liked by 1 person

  2. 29 Setembro, 2017 11:54

    que sirva de lição a quem acha que o berloque é um partido inofensivo. mil vezes piores que a extrema direita , os profissionais do caos.

    Liked by 1 person

  3. Juromenha permalink
    29 Setembro, 2017 18:27

    São “franchisings”, meus caros, são “franchisings”…
    O “ocidente”, ao titubear ( el estado de dercho, el estado de derecho, esgazeiam-se os amanuenses de Moncloa) e não proceder à liminar destruição destes novos totalitários, é responsável pelo espectáculo pouco agradável que vai ser apresentado ao respeitável público.
    Sim, porque aquém Caia continuamos a considerar “aquilo” como um “show” com o qual nada temos a ver…

    Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    29 Setembro, 2017 21:07

    A lição da Catalunha nada tem a ver com essas minudências.

    A lição da Catalunha é sobre a Democracia, sobre a Liberdade e sobre o Direito Inalienável dos Povos e das Nações à Auto-Determinação.

    Não venham aqui com soundbbytes propagandeados pelos espanholitos, uma praga do piorio.

    Gostar

  5. 29 Setembro, 2017 21:51

    Já Fernando Pessoa ( perigoso esquerdista e chavista) percebia bem a questão catalã

    pdf
    Fernando Pessoa
    CATALUNHA

    CATALUNHA
    Dos problemas que hoje agitam e perturbam a indisciplinada vida da Europa, o problema do separatismo catalão é talvez o que mais flagrantemente foca o conflito fundamental que se trava hoje no mundo, e, portanto, aquele que mais curiosos ensinamentos contém.
    No pleito, que o Destino faz que se digladie entre a Espanha e a Catalunha, há o facto essencial de todos os dramas. Como em todos os dramas, um momento criado pelo Destino, mas segundo inevitáveis resultados de um passado surdamente se acumulou, faz entrar em conflito forças e ideias que é absurdo que entrem em conflito, que é doloroso que se encontrem em guerra Como em todos os dramas, não há solução satisfatória para problema, porque a única arbitragem certa, e por isso injusta, é a do Destino. E como em todos os dramas, ambas as partes têm igual razão.
    O conflito entre a Catalunha e a Espanha é o conflito entre o conceito nacional de país, e o conceito civilizacional de país. Um conceito é geográfico, supõe-se ser étnico, e afirma-se como linguístico. O outro conceito é histórico, supõe-se ser imperialista e afirma-se como cultural.
    Do ponto de vista nacional, e exclusivamente nacional, a Catalunha é uma nação, um país, com índole própria, tendências especiais, com um idioma à parte, que as define, e uma aspiração, que as deseja.
    Não é uma pseudonação como, por exemplo, a Bélgica ou a Suíça, a que falta, logo de princípio, a base linguística para mostrar ao mundo que tem personalidade. Não é uma nação artificial, como os Estados Unidos da América, onde a unidade linguística não exprime mais que uma tradição de colonização, sem bases em uma cultura própria, nem psique nacional a que corresponda. Não é uma nação morta, como a Irlanda, em que a […]
    Não é uma região espiritualmente conquistada, como as províncias da Alsácia e Lorena, originalmente germânicas, e que Luís XIV roubou à Alemanha, que Bismarck depois (de modo territorialmente legítimo) reaveu para a Pátria, e que hoje passam outra vez para as mãos do usurpador que as conquistara espiritualmente.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: