Skip to content

O discurso que faria o Presidente Tino de Rans

18 Outubro, 2017

Gente, isto assim não pode ser. ‘Tá tudo á’rder, gente a morrer e ninguém faz nada de jeito. Os bombeiros andam às aranhas… e ele que me desculpe, mas o António Costa tamem tem culpa disto. Eu gosto muito dele, mas aqui ele num tem muita razão. Atão o SIRESTE serve para quê? Gastou-se um dinheirão com engenheiros e doutores e outros que até têm estudos e aquilo vai-se a ver, aquela merda não dá? Um gajo fazia melhor serviço com latas amarradas por um fio. Custava alguma coisa ter usado as antenas dos telemóveis existentes criando uma rede secreta que só os telemóveis dos operacionais podiam usar? Isso geria sozinho a capacidade da rede, que nunca esgotava porque aquilo tinha uma coisa automática para dar prioridade à rede de emergência em vez da normal da TMN. Eu disse isto ao Costa ainda noutro dia que o meu primo fazia aquilo a metade do preço.

Estou zangado e estou chocado. Eu sou um presidente amigo do povo, gosto de patuscadas e de ir à praia tirar fotografias com a miudagem. É este o meu povo que eu adoro. Esta cena vai manchar a minha magistradura de influênza… as pessoas pensam mal de mim e com razão, mesmo que eu não tenho culpa disto porque eu disse a tempo que isto num é um serviço em condições.
Desculpa, Tancinha, mas fizeste mal. Já disse ao Costa que devias ir para outro serviço, talvez o ministério da saúde, que a gente é para o que nasce. Ele lá sabe, mas eu acho que devias ir de férias e voltar mais descansada, se bem que agora também é importante não deixar o trabalho a meio e resolver o que correu menos bem.

Não há dúvida que o governo é legítimo, mas se o CDS tem dúvidas é melhor verem isso no parlamento para depois o PSD não continuar a queixar-se que roubaram as eleições e tal. É preciso respeitar a democracia. O que sei é que não vou tolerar mais incêndios como até agora. Se para o ano houver mais incêndios eu faço outro discurso e as pessoas vão ouvir, porque eu sou o presidente e o Costa tamém vai ouvir porque ele não fez por mal mas tem que evitar estas cenas para o bem de todos.

Força aí, Portugal. Eu estou com vocês.

Adenda: Gente, o vosso Presidente optou por incluir espaços nos parágrafos porque fica mais bonito e agora todos precisamos de uma palavra amiga com tipografia decente.

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. 18 Outubro, 2017 08:36

    A intervenção de Marcelo explicada como se tivéssemos 4 anos.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      18 Outubro, 2017 09:47

      E muito bem explicada até porque a grande maioria dos tugas tem desenvolvimento mental muito próximo dessa idade

      Gostar

  2. José Ribeiro permalink
    18 Outubro, 2017 09:13

    Excelente notícia para o País, agora de manhã!
    Falta ainda o Jójó Gomes…
    O resto logo se vê.

    Gostar

  3. António C. Mendes permalink
    18 Outubro, 2017 09:17

    Votei em Marcelo, já contrariado, com feeling de mal menor, mas votei. Tenho sido um feroz crítico do seu mandato e considero vergonhosos certos tomar de posição e certas omissões que levou acabo. Passo a vida a ouvir ralhar da minha mulher porque trato o Sr. por Pêga e é mau exemplo para os miúdos. Mas ontem esteve bem! Para alguém que estava refém do PM, ontem libertou-se e não me parece que lhe apeteça voltar para o cativeiro. Costa tem um umbigo tão grande e lavadinho que se acha mesmo o dono do sítio (à melhor imagem de outros senadores e papás do PS) e não consegue sair desse registo. Se não fizer a morta cair, parece-me a mim, deixará o PC e o BE numa situação insustentável: não podem aceitar a manutenção da MAI e não podem apoiar a moção de censura. Estou curioso!!
    Se, por outro lado, o pouco vertebrado Costa não tiver pejo de bater num morto e conseguir livrar-se do facto de ser o verdadeiro responsável politico desta desgraça, Marcelo ficará sem tapete e sem outra oportunidade de o pôr no sítio. Aí acho que o VC terá razão.

    Gostar

    • António C. Mendes permalink
      18 Outubro, 2017 09:28

      A morta afinal já foi. Mas o responsável politico desta desgraça não é ela. Não se pode imputar isso a um morto! Deixem-se de fosquices! O responsável ultimo é Costa! RUA.

      Liked by 1 person

  4. Alain Bick permalink
    18 Outubro, 2017 09:39

    estive fora e não sabia que tinha sido eleito

    Gostar

  5. António C. Mendes permalink
    18 Outubro, 2017 09:43

    Leiam a carta de demissão da morta. É cristalina! Costa é um perigoso bandalho e a morta uma incompetente heroína que se manteve quatro meses no assador. Isto é mais grave que o que eu pensava, estamos sem MAI desde Junho!!!

    Liked by 2 people

  6. 18 Outubro, 2017 09:45

    “:O)))))

    Gostar

  7. 18 Outubro, 2017 10:01

    «”Durante a tragédia deste fim-de-semana, voltei a solicitar que, logo após o seu período crítico, aceitasse a minha cessação de funções pois, apesar desta tragédia ser fruto de múltiplos factores, considerei que não tinha condições políticas e pessoais para continuar no exercício deste cargo, muito embora contasse com a sua [António Costa] confiança”,
    “Tendo terminado o período crítico desta tragédia e estando já preparadas as propostas de medidas a discutir no Conselho de Ministros Extraordinário de dia 21 de outubro, considero que estão esgotadas todas as condições para me manter em funções, pelo que lhe apresento agora, formalmente, o meu pedido de demissão, que tem de aceitar, até para preservar a minha dignidade pessoal”

    Que grande falsa, esta mulherzinha.

    Sempre a dizer: não me demito; não me demito”; podia ir de férinas mas não me demito” e agora diz que sempre quis saltar fora

    Liked by 1 person

  8. 18 Outubro, 2017 10:02

    Como é que alguém pode preservar o que não tem?

    E é estúpida, porque esta carta é o retrato da cretinice da sujeita e não o altera. Pelo contrário, tirou a máscara.

    Liked by 1 person

    • António C. Mendes permalink
      18 Outubro, 2017 10:07

      Uma cretina atada ao assador! Só que esteve tanto tempo em lume brando que o dispositivo explodiu, com os resultados conhecidos.

      Liked by 1 person

      • 18 Outubro, 2017 10:15

        O que ela fez foi tentar sair por cima apelando a uma dignidade que socialistas, pelo vício da vaidade, não possuem.

        Liked by 2 people

      • José Ribeiro permalink
        18 Outubro, 2017 10:23

        Exacto, Vitor!

        Quando a esquerdalha tiver dignidade, sobe 1 ou 2 furinhos na minha consideração.

        Liked by 1 person

      • 18 Outubro, 2017 10:43

        Pois foi. Ainda se armou em superior.

        Esta maltosa julga-se gente por se atracarem aos partidos e ao poder e nem para varrer ruas tinham préstimo.

        É impressionante a quantidade de pessoal das barracas que tem aparecido no PS.

        Gostar

  9. joaquim permalink
    18 Outubro, 2017 11:34

    Estão todos uns para os outros , falo de Marcelo de Constança e de Costa e já agora Capoulas, Gerónimo, Catarinas e jornalistas e televisões .

    Liked by 1 person

  10. Artista português permalink
    18 Outubro, 2017 13:22

    Curioso nisto tudo é o Tino de Rãs II, ocasionalmente a ocupar uma vaga ali para os lados dos pastéis de Belém, só começou a mostrar dureza quando soube que o PPC estava de saída. Até aqui, pelos vistos, a sua magistratura de influência consistia em intrigar para o ver pelas costas. Terá aprendido a estratégia com o Sampaio no caso Santana Lopes?

    Gostar

    • Carneiro permalink
      18 Outubro, 2017 14:00

      Ora aí está o ponto. Enquanto PPC por cá andou, o princpipio essencial para Marcelo era a estabilidade governativa. Agora que saltou PPC e se adivinha o Rio do Bloco Central e dos pactos de regime, Marcelo começa a abanar a barraca. E se não fossem os mortos deste fds, teria sido as armas de tancos, pois a novela com os militares já andava a ser cavalgada por Marcelo. E se a ambição de Marcelo for um Bloco central com uma revisão constitucional com a reforma do regime ? Para ficar na História ?

      Gostar

  11. Carneiro permalink
    18 Outubro, 2017 14:02

    Ora aí está o ponto. Enquanto PPC por cá andou, o princpipio essencial para Marcelo era a estabilidade governativa. Agora que saltou PPC e se adivinha o Rio do Bloco Central e dos pactos de regime, Marcelo começa a abanar a barraca. E se não fossem os mortos deste fds, teria sido as armas de tancos, pois a novela com os militares já andava a ser cavalgada por Marcelo. E se a ambição de Marcelo for um Bloco central com uma revisão constitucional com a reforma do regime ? Para ficar na História ?
    Obviamente que PPC estava a mais nessa equação.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: