Skip to content

tarde demais

27 Outubro, 2017
by

Mariano-Rajoy-and-Charles-Puigdemont-807933Em política, quando certos factos ocorrem, é quase impossível reverte-los. É o que me parece estar a suceder com o processo de secessão da Catalunha, em que o estado e o governo de Espanha têm vindo a reboque dos acontecimentos ditados pelos independentistas. Ainda ontem, Rajoy terá ficado à espera que Puigdemont resolvesse marcar eleições para Dezembro (o que provavelmente lhe terá sido prometido) e foi mais uma vez toureado pelos independentistas catalães, que não só não marcaram eleições, como declararam hoje a independência. Rajoy perdeu, assim, mais uma vez, a iniciativa política, que entregou de mão beijada a Puigdemont. Qualquer coisa que faça, a partir do momento em que a «independência» foi declarada, será sempre avaliada em razão desse facto. As eleições de 21 de Dezembro, que marcou tarde e a más horas, serão um referendo à declaração de independência de hoje e não uma votação para eleger um governo autonómico que reponha a legalidade constitucional espanhola. Com um rei frágil e sem a autoridade que tinha o seu pai, com um primeiro-ministro desautorizado e um líder socialista radical, de quem se pode esperar sempre o pior, o processo de secessão caminha, a passos largos, para uma inevitabilidade.

Anúncios
34 comentários leave one →
  1. lucklucky permalink
    27 Outubro, 2017 20:31

    Mais um país. Muito bem. Que muitos mais sejam.

    Gostar

    • 27 Outubro, 2017 23:08

      Não sei se o Arlindo ficaria satisfeito, sabendo que pretende ocupar-lhe o lugar.

      Gostar

      • lucklucky permalink
        27 Outubro, 2017 23:14

        Que medo que outros sigam outros caminhos.

        Gostar

      • 27 Outubro, 2017 23:23

        A que se refere quando afirma : “que outros sigam “outros” caminhos” . Querer entrar e ser controlado pela UE, ou ocupar o lugar do Arlindo ? O primeiro, é seguir o mesmo, o segundo é que é realmente novidade.

        Gostar

    • PiErre permalink
      28 Outubro, 2017 07:47

      Quer ser imperador das Berlengas?

      Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        28 Outubro, 2017 12:41

        Porque não, pode ser um Principe do Mónaco, o Premier de Singapura, e não consta que a vida seja difícil no Lichenstein, San Marino.

        Gostar

    • André Miguel permalink
      28 Outubro, 2017 16:31

      Lucklucky tenha juízo… alguma vez a catalunha independente será um Mónaco ou Lichtenstein com esta gente?!
      Jamais imaginei um liberal festejar isto. Leia:

      http://m.libertaddigital.com/espana/2017/10/27/cronica-de-una-universitaria-catalana-la-uab-es-es-el-reino-del-terror-1276608145/

      Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        29 Outubro, 2017 00:20

        Não percebe que assim a Espanha vira à Direita?
        E daqui a 10 anos sabe o que será a Catalunha?

        Gostar

      • lucklucky permalink
        29 Outubro, 2017 11:54

        E não sabe o que é um liberal.

        Direito de Secessão – implica claro partes da Catalunha também saírem se quiserem. E partes de Espanha se unirem se os dois lados quiserem.

        Direito de Objecção de Consciencia.

        Gostar

  2. 27 Outubro, 2017 20:34

    O meu aplauso.

    Gostar

  3. Prova Indirecta permalink
    27 Outubro, 2017 21:49

    Parece que se completou um círculo e voltámos a 2010 . Serei eu o único a adivinhar uma ” primavera árabe” na Europa do sul ?

    Gostar

  4. carlos alberto ilharco permalink
    27 Outubro, 2017 21:51

    Como disse alguém de quem não me lembra o nome “sabe-se como começa uma guerra, nunca se sabe como acaba”.
    Aqui vai por muito mau caminho, mas proclamar a independência contra todo o Mundo e contra o seu próprio parlamento onde quase metade lhe virou literalmente as costas, é caso único.
    Devia ver o filme “Fantasia” onde um aprendiz de feiticeiro meteu-se a fazer aquilo que não sabia.

    Liked by 2 people

  5. Prova Indirecta permalink
    27 Outubro, 2017 21:52

    ( há nisto tudo um padrão que se começa a desenhar… )

    Gostar

  6. Procópio permalink
    27 Outubro, 2017 22:56

    “Ataquem com a vossa foice, defensores da terra”, entoaram os independentistas a cantar o hino da Catalunha. Não são tão pacíficos como dizem.
    Oriol Junqueras trás Puigdemont pela trela. Junqueras sabe o que está a fazer, o outro é o palhaço rico que vai acabar na miséria. Lembra Alexander Kerensky, ministro da Justiça, da Guerra temporariamente o rosto da nova Rússia de 1917. Não conseguiu afirmar-se. Em Outubro, o golpe levado a cabo pela vasta teia de células de sovietes, Lenine e os bolcheviques tomaram o poder, prometendo “terra, pão e paz” e inaugurando uma das fases mais tenebrosas da história do século XX ignorada nas brilhantes mentes do sítio.
    Voltemos à Catalunha verdadeira caixinha de surpresas a abrir-se como se fosse uma surpresa. José Milhazes sabe do que fala.
    “A Espanha é a nossa vizinha e a forma como irá ser resolvido o problema da Catalunha terá grande importância para o futuro de Portugal. Por isso, é necessário estarmos atentos aos jogos sujos de Vladimir Putin no espaço europeu… não ficarão sozinhos, pois a Catalunha poderá aderir à organização económica eurasiática que reúne a Rússia, a Bielorrússia e o Cazaquestão, e à qual a Ossétia do Sul também quer juntar-se”.
    Logo por acaso a China acabou por concluir um Acordo de Livre Comércio com a União Económica Eurasiática há poucos dias.
    “Fasten your seatbelts and get ready for the ride – it’s only just begun”.

    Gostar

  7. Arlindo da Costa permalink
    27 Outubro, 2017 23:27

    Catalunha finalmente livre! Vai ser grátis? Não! Mas o usufruto da liberdade e da dignidade não cai do céu.

    Que Deus proteja a Catalunha das garras de Madrid.

    Gostar

  8. licas permalink
    28 Outubro, 2017 01:34

    Lembrei-me, Arlindo, da Chechénia, esmagada pelo abraço do urso Putin, ex-URSS+KGB.

    (veja-se, NET, as 2 Guerras da Chechénia, a 1ª uma derrota humilhante para
    o Estado NEO Stalinista)

    Gostar

  9. licas permalink
    28 Outubro, 2017 01:42

    e, já agora, a Ucrânia pais independente atacada e evadida e ocupda pelos
    fardas verdes, soldados sem distintivo. DE ONDE TERIAM ELES VINDO?

    Liked by 1 person

  10. licas permalink
    28 Outubro, 2017 01:48

    . . . quem sabe de Madrid , do fascista Rojoy?

    Gostar

    • Arlindo da Costa permalink
      30 Outubro, 2017 04:54

      O Rarroy não tem categoria para ser fascista. è um simples cabrone!

      Gostar

  11. Zé Manel Tonto permalink
    28 Outubro, 2017 04:54

    A grande maioria dos países, Portugal incluído, teve a sua independência à custa de sangue suor e lágrimas.

    Basta aparecer um grupo de soldados espanhóis a marchar em Barcelona e o franjinhas mete logo a viola no saco.

    Liked by 1 person

  12. PiErre permalink
    28 Outubro, 2017 07:38

    “Com um rei frágil e sem a autoridade que tinha o seu pai…”

    “Autoridade” que levou o João Carlos a ir conferenciar com o Ceausescu para trazer o Santiago Carrilho para Espanha e legalizar o partido comunista. Ora bolas para tal autoridade!

    Gostar

  13. Aventino permalink
    28 Outubro, 2017 08:12

    Cheira-me a guerra civil…
    Viva o Rei.

    Gostar

  14. António C. Mendes permalink
    28 Outubro, 2017 12:10

    Pois eu acho que se vai escancarando a porta que permite perceber o que valem e o que são os radicais de esquerda disfarçados e, pior, os que são capazes de se aliarem a eles. Isto é verdade para políticos e para jornalistas!
    Deixar de olhar para os radicais como tal é um erro histórico que, esse sim, acho que pagaremos caro!
    Em alturas de loucura, o bom senso demora a instalar-se, mas regressa sempre, para voltar a ser posto em causa.

    Gostar

  15. 28 Outubro, 2017 13:58

    Pois, “a Catalunha” quer ser independente de Espanha. Não parece ser toda a Catalunha, mas isso nunca impedirá minorias radicais de falar em nome de todos.
    A Catalunha até pode ficar independente de Espanha, vamos ver de quem vai ficar dependente.
    O fundamento dos independentistas é torpe – é uma zona rica e não quer contribuír para zonas mais pobres do país. Chamam exploração à redistribuição social da riqueza, o que é apropriado vindo da esquerda – não, a sério, é mesmo.
    Mas a riqueza da Catalunha tem muito a ver com o facto de ser um dos acessos ao mercado espanhol, e ter acesso ao mercado espanhol e europeu. Isso desaparece. Veremos com quem negociarão, os árabes ou os russos – os chineses são pragmáticos, não vão perder o mercado espanhol.
    Mesmo assim, o maior obstáculo são os catalães. Aquilo pelas últimas sondagens fiáveis está meio por meio, é uma boa receita para uma guerra civil.
    Puigdemont ainda tentou recuar, mas já deve ter sido informado do que lhe acontecerá se o fizer de novo. Quando se declarar a República Democrática Popular da Catalunha ficamos a saber – não há nenhuma República Democrática Popular que não seja uma ditadura.

    Liked by 4 people

    • Expatriado permalink
      28 Outubro, 2017 17:17

      Barcelona tem sido o porto de entrada de mercadoria chinesa para Espanha, Portugal e provavelmente para o sul de França. As taxas de importação são muito mais baixas que em Portugal. Se forem independentes perdem essa fonte de receita…

      Gostar

  16. 28 Outubro, 2017 15:56

    Interessante é o confronto entre democracia representativa e democracia directa.

    Gostar

  17. Mauritano permalink
    28 Outubro, 2017 18:47

    Permita-Me uma correcção. Espanha não tem, constitucionalmente, a figura de Primeiro Ministro. Mariano Rajoy é Presidente do Governo.

    Gostar

  18. 28 Outubro, 2017 23:43

    graças a deus que o ruia de há uns tempos para cá não acerta uma previsão que seja . penso que foi desde o tombo do el dorado brasil que ficou assim , baralhado.

    Gostar

    • 29 Outubro, 2017 00:19

      O homem ainda continua a achar que o comunista Lula foi um bom presidente…

      Gostar

  19. 29 Outubro, 2017 00:52

    e vamos ter de esperar que os golpistas acabem o descanso do fim de semana para ver o que acontece 🙂 nunca tinha visto revolucionários a fazerem a jornada das 35 horas , modernices 🙂

    Liked by 1 person

  20. Arlindo da Costa permalink
    30 Outubro, 2017 04:55

    Os tugas espanolitos que vão para Madrid ou para o raio que os parta! Saim daqui, seus traidores!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: