Skip to content

Não sabia que também era dada à beatice

6 Novembro, 2017

O julgamento de José António Saraiva e seu editor por uma passagem no seu livro é das coisas mais bizarras a enfeitar a espectacular paródia que já é a justiça portuguesa. Então, uma mulher chateia-se por alguém dizer que tirou fotos eróticas com o namorado? Após décadas de queixumes contra o heteropatriarcado e sei-lá-mais-o-quê que de forma tangencial possam ter a ver com a emancipação feminina, vamos agora borrar a pintura toda à conta de pudor por um relato de libertação? Que mal tem que uma mulher use a beleza do seu corpo para presentear o namorado com recordações do seu erotismo? Quebra a imagem da fêmea casta, esposa dedicada ao lar e às agruras da maternidade? Não é isso mesmo que se pretende, não ter amarras de pudores religiosos, ultramontanos e castradores da figura feminina como portadora de plenitude sexual?

Chamem-me antiquado, conservador, até opressor colonialista de um fascismo sem rosto humano, mas não consigo encontrar qualquer motivo de embaraço por uma criatura se dedicar a posar para fotografias do seu corpo. Perceberia tal coisa numa época retrógrada, quando esses actos poriam em causa, por pura mesquinharia, a capacidade de uma mulher ser esposa e mãe dedicada enquanto ser sexual, porém, em 2017, depois do enorme esforço para que a mulher deixasse de ser um mero apêndice da propriedade masculina, é altamente contraproducente apresentar tamanha insegurança sobre algo que não só não é motivo de embaraço como deveria ser de orgulho pelo à-vontade com o seu próprio corpo.

Uma coisa seria a publicação de tais fotos, sem consentimento, como, aliás, a própria Fernanda Câncio e o seu editor fizeram quando apareceu uma fotografia de uma alegada Angela Merkel nua em férias, alegação essa que Merkel, como mulher sem tretas, ignorou com a natural irrelevância do caso (o texto de Fernanda Câncio criticava a publicação da fotografia enquanto, ao mesmo tempo, na versão impressa, a fotografia ornamentava o artigo). Outra coisa é alguém ficar chocado por se saber que uma mulher tirou, no aconchego do lar, umas fotos sem roupa para o namorado.

E não, não ficaria chocado se num baú do sótão encontrasse fotografias do mesmo cariz com uma avó ou com a minha própria mãe. Ficaria, sim, feliz por constatar terem tido momentos de alegria terrena de alheamento total à feiura do dia-à-dia. Era o que mais faltava, perpetuar a ideia de que uma mulher não pode ou não deve vivenciar a sua sexualidade como bem entender.

 

Anúncios
20 comentários leave one →
  1. 6 Novembro, 2017 09:27

    “um fascismo de rosto humano”

    ehehehehehe

    Gostar

  2. Artista português permalink
    6 Novembro, 2017 10:13

    Bla bla bla…mulher objecto, bla bla bla… Preso por ter cão; preso por não ter. Tudo ao sabor das conveniências e do politicamente correcto.

    Gostar

  3. Weltenbummler permalink
    6 Novembro, 2017 10:18

    o rectângulo é um GULAG social-fascista do be+pcp digerido por antónio das mortes

    Gostar

  4. Juromenha permalink
    6 Novembro, 2017 10:30

    Prostipega hipócrita…e totalmente “idealista” e “indiferente” quanto aos “confortos materiais”…
    Púdica tardia…

    Gostar

  5. Juromenha permalink
    6 Novembro, 2017 12:16

    OK , retiro o acento – mas mantenho tudo o resto…

    Gostar

    • lupabinocular permalink
      6 Novembro, 2017 12:28

      Questões linguísticas à parte, subscrevo que escreveu.

      Gostar

  6. lucklucky permalink
    6 Novembro, 2017 13:33

    Para um Marxista as causas não passam de pretextos utilitários. Só para usar quando conveniente.

    Já não estamos em Flower Power onde o que interessava era atacar a religião cristã e a família.
    A aliança Marxismo-Islão e assim como o Politicamente Correcto(NKVD,KGB da linguagem) aconselha e narrativa Marxista hoje a ser mais pudica.

    Gostar

    • 6 Novembro, 2017 14:00

      É pois, está certo, mas para quem fala tanto sobre os marxistas, parece que o luck não teve problema nenhum, em unir a sua voz com eles, aos seus “pretextos utilitários”, pela “causa” Catalã.

      Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        6 Novembro, 2017 15:36

        Para mim não é um pretexto utilitário, é a condição da liberdade.

        Eu sou a favor do direito à auto determinação de quem quer que seja.
        Se uma parte da Catalunha quiser se reunir a Espanha ou ser Independente quer da Espanha quer da Catalunha também sou a favor.

        Gostar

      • 6 Novembro, 2017 16:29

        Há sim , a “condição da liberdade”, não é que nunca ouvimos tal coisa da boca dos marxistas, hein ? Os marxistas vendem-vos “direitos e utopias”, e o luck na sua causa, serviu aos “pretextos utilitários” dos marxistas . De onde é que acha que vem a expressão: “idiota útil” , hum? Você nem sequer entende o significado daquilo que escreve.

        Gostar

  7. Arlindo da Costa permalink
    6 Novembro, 2017 13:40

    Porque é que o cornudo do JAS não tirou fotos à mulher, à mãe ou à criada de dentro?

    Gostar

    • António C. Mendes permalink
      6 Novembro, 2017 18:01

      Olha lá, então a bactérias assassinas, da austeridade que não mata, agora são culpa de quem? O Arlindo ou anda distraído ou o seu supervisor está de novo em Palma de Maiorca. Não me diga que o deixaram entregue a algum focus-group?

      Gostar

  8. carlos alberto ilharco permalink
    6 Novembro, 2017 15:37

    O problema não é a nudez da senhora.
    O problema é a nudez ter sido fotografada por um criminoso, o que pelo menos por osmose e neste caso por uso dos proveitos do crime, fazerem da mesma uma criminosa de segunda categoria.
    Isso é que é intolerável para a fotografada presumida.

    Gostar

  9. colono permalink
    6 Novembro, 2017 16:08

    Não acredito que o “nosso maior” tenha selfado a gaja… aquilo é tira te**** do caneco… feia com um raio.,,

    M**** para o Púdicos da lingua (lupuni…., etc)

    Gostar

  10. António C. Mendes permalink
    6 Novembro, 2017 17:50

    No fim, parece que se confirma que a sr.ª foi namorada de um fotografo, eterno candidato a heterónimo de Domingos Farinho, que já vai no terceiro “best seller”. Isto é tudo doentio!
    A não ser a desfaçatez que aguarda oportunidade para voltar a explodir, no fundo, se a sr.ª encontrasse um buraco, enfiava-se.

    “Olha, não tenho a certeza se não entraste agora numa lista muito seleta daqueles que são suspeitos de terem escrito o livro do Sócrates. Como se sabe, se há um livro do Sócrates há alguém que o escreveu por ele” – Disse o doente para o cuidador, Pedro Bacelar Vasconcelos! Palavra de honra que tudo isto, não fosse o que nos custou e custa a todos, me faria genuína pena!

    Gostar

  11. Churchill permalink
    6 Novembro, 2017 19:01

    Realmente
    A gaja vai para férias de luxo sem pagar um cêntimo com um tipo sem rendimentos.
    Marca encontros com medidores imobiliários para casas acima de 1M€, para um pobre.
    Fala com o homem sobre o que já escreveu no livro que supostamente era da sua autoria, e que para mais terá sido a tese de mestrado em francês, que afinal foi em português (a propósito, aquela escola parisiense terá forma de mostrar que ele defendeu mesmo a tese?)
    Defende marchas LGBT…

    E fica ofendida por se dizer que tirou fotografias eróticas?

    Eu diria que será das poucas coisas na sua existência merdosa de que se pode orgulhar

    Liked by 1 person

  12. cachecol permalink
    6 Novembro, 2017 22:31

    Uma mulher que julga que é inteligente quer igualdade de direitos , a inteligente , NÃO (Sidonie Collette , Autora de Dialogue de Bêtes .

    Gostar

  13. JCA permalink
    6 Novembro, 2017 23:25

    .
    E há o subir na horizontal que para mi é igual ao litro por por ora ainda fazer parte da lua pela sobrevivência,
    .
    seja da rapariga ambiciosa que se abre para quem decide lhe saltar paracima e quando a ambiciosa atinge o objetivo lança uma campanha para limpar a imagem que foi puta que não afinal nem foi
    .
    seja do rapazinho que pelos mesmos motivos deu a volta ao homosexual para atingir os mesmos objetivos da anterior e quando os atingiu quere-se limpar por tal ofuscar a sua ‘categoria e classe e inteligencia’
    .
    e embora no meio deste jogo que perdura desde as biblias das várias fés, alguns ingenuo(a)s sejam apanhados por tabela mas esses nunca brilham
    .
    como so que denuniciam.
    .
    Ora bem, isto é ‘à portuguesa secularmente moldada por muita manha e muito mundo visto’
    .
    e que pelo lado mais simples da questão tão facilmente faria um discurso politicamente correto sem qualquer hipotese de surgir o contra acima exposto, por tão fragil e irrealista que é, quando tem ‘seculos’ de ‘mais do mesmo’
    .
    Todavia sem compra a favor duns ou contra os outros, ou vice versa; simplesmente o que chamam ‘um ensaio’ :)));
    .
    quando já há tantos anos de vida, de mundo tão alem de Portugal e tanto mesmo vivido e visto pelo mundo entre xinas, arabes, negros, morenos, loiros de olhos azuis, castanhos, pretos eou verdes deles e delas no concreto ‘o dinheiro no bolso para a bucha’ :)) duns e doutros mais ricos ou mais pobres …….
    .
    pois é….
    .

    Gostar

  14. JCA permalink
    6 Novembro, 2017 23:48

    .
    Acrescento, que isto não tem nada a ver com a legitima igualdade da mulher ao homem nem com os avariados mentais da pedofilia masculina ou feminina;
    .
    e acrescento aos exemplos acima triviais na vida de qualquer mortal que se libertou a tempo da escravatura ‘inteletual’ duma ‘elite’ andar a ver a vida permanentemente pelos ‘oculos da livralhada e canhanhos’ ate morrer, que embora impressione basbaques nunca se houve percebida da Vida do Real que gira à sua volta, o mundo que nunca vê até morrrer mas que se arroga do Poder da ‘organizar’ para a ‘melhorar e conciliar’ e apenas a empobrece e afunda mais, mas morre felix :))
    .
    o exemplo do(a) velhote()a ou da balzaquiano(a) que se convence ou fantasia que é mais jovem por levar para a cama um(a) jovem que tantas vezes apenas se aproveita dele para fins variados desde o economico até ao subor social passando pela carreira politica ou artistica num esquema ‘low cost’
    .
    ora Maquiavel explicou ha tantos seculos como a coisa funciona sejam politicos, militares, funcionarios publicos, milionarios, padres, imãs, comunas, conservadores, deputados, centristas. jornalistas, empresários, banqueiros, gestores, reis, condes, abades, marquese, porteiros, continuos, chefes de secção, diretores gerais etc etc etc etc etc, com rarissimas excepções mas estas alem de criticadas com ‘anjinhos, otarios etc) são afastadas da opinião critoca do tal ‘check and balances’
    .
    A vida tem, e é, assim. Mudar como ?? Ora os politcamente corretos são a ‘solução para tudo continuar na mesma,
    .
    porém ….. talvez outros …. mas …… pois ……. o que será ? O que virá? Roma também caiu. Melhorou ? Piorou ? Mudou ? Mas neste sec XXI outros galos parece que cantarão donde mesmo se espera ou acredita enquanto somos seres dum universo; o busilis :)))
    .

    .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: