Skip to content

saudades do lápis azul

25 Dezembro, 2017
by

images

Para quem, como eu, acredita nas virtudes da democracia, constituem um autêntico enigma as ultimamente tão invocadas «interferências externas que se registaram em eleições como as dos EUA ou França». Na verdade, de duas três: ou se acredita no bom senso do povo, e acredita-se na democracia, ou admitimos que o bom povo é ingénuo e ignorante, e, então, a democracia torna-se inviável. Tratando-se de países com sociedades desenvolvidas, como terão sido intrujados os cidadãos americanos e franceses? Diabolizando a Sra. Clinton com falsas notícias sobre ela? Exaltando falsas virtudes da Mme. le Pen? Mas não houve também, para contrabalançar, toneladas de notícias caluniosas sobre os demais candidatos a essas eleições? O bom povo não conseguirá distinguir, no meio desse lamaçal plurilateral, o que verdadeiramente lhe interessa  e lhe julga convir? E, ademais, é precisamente para corrigirem os erros que os eleitores podem cometer, ou julgam ter cometido, que existe democracia e existem eleições. Se sábios e homens honestos estivessem sempre no poder, o valor destas seria decrescentemente menor…

Mas é com base nessa, esta sim, verdadeira intrujice, que o «nanny state» em que a União Europeia se tem vindo a transformar quer legislar para intervir na opinião publicada nas redes sociais e na comunicação social tradicional. Para já criaram um grupo de censores, dito doutro modo, «um grupo de peritos de alto nível para a apoiar no combate à desinformação online». O que será semelhante coisa? Onde conseguiram, estes cidadãos, alcançar semelhantes atributos? E por que têm eles que opinar sobre o que os outros cidadãos opinam, mesmo que as suas opiniões se fundamentem em falsidades? E, em política, o que é falso hoje não poderá ser verdadeiro amanhã? Em 2004, por exemplo, quantos militantes e dirigentes do PS não jurariam pela honradez de José Sócrates? Como reagiriam às supostas «fake news» que supostamente o difamavam? E quantos desses continuam a pôr hoje as mãos do fogo pelo seu antigo líder? Como reagiria, a montante, um «grupo de peritos» que tivesse de tomar decisões sobre essas notícias?

O velho «lápis azul» tem sempre mil e uma «boas» razões para existir. Da preservação da moralidade à segurança colectiva, não faltam pretextos. Invariavelmente alegados por quem o tem nas mãos.

mw-320

Anúncios
54 comentários leave one →
  1. licas permalink
    25 Dezembro, 2017 12:56

    Bravo!

    Liked by 2 people

  2. Colono permalink
    25 Dezembro, 2017 12:58

    O mais certeiro e lucido poste que li este ano ,
    Obrigado “ra” chega-lhes!

    Bom Ano de 2018

    Liked by 2 people

    • 25 Dezembro, 2017 21:14

      O Salazar governou 40 anos.
      A Esquerda levou 40 anos a estragar o que de bom Salazar construiu.
      Passos Coelho andou 4 anos a tentar remediar o mal feito e trabalhou para o bem de Portugal e dos portugueses.
      A Esquerda, em 4 anos vai dar cabo de tudo o que de bom o Passos Coelho fez.

      E siga a dança…

      Liked by 1 person

  3. licas permalink
    25 Dezembro, 2017 13:37

    Da Encicopédia (transcrição)

    António de Oliveira Salazar, na inauguração do Secretariado Nacional da Informação: “Politicamente, só existe aquilo que o público sabe que existe.”

    Bem observado . . .

    Gostar

  4. 25 Dezembro, 2017 14:02

    Não sabia que este blogue é moderado. Isso só torna mais estranha a permissão de certos comentários. Eu não gosto que me digam como lavar a minha casa, mas agradeço quando me apontam uma mancha que não vi. Gosto de manter a casa limpa.

    Gostar

  5. licas permalink
    25 Dezembro, 2017 14:18

    Muito simples, mesmo para um bronco como tu: o lápis
    azul foi abundantemente usado no Estado Novo. . .
    Percebeste?

    Gostar

  6. licas permalink
    25 Dezembro, 2017 16:58

    A actividade jornalistica é livre agora.
    É isso que “chateia” muita gente que preconiza
    a propaganda de uma só verdade.

    Gostar

  7. Manuel permalink
    25 Dezembro, 2017 18:38

    No regime anterior havia censura assumida, nesta democracia há auto-censura do jornalixo e o poder de turno condiciona a linha editorial.

    Liked by 1 person

  8. Procópio permalink
    25 Dezembro, 2017 18:40

    Hoje a censura não precisa do lápis azul. Ela está em todo o lado.
    As madrassas endoutrinam o jornalixo a tomar partido pelo pulhiticamente correto. Viveram bem com isso durante décadas, agora cada vez menos gente lhes liga.
    As escolas são as madrassas onde se despeja o marxismo inteletual todos os dias nos jornais e nas têvês com as pivots tendenciosas, cheias de tiques a abanar. Nota-se uma agitação poeirenta ao ler as mentiras, tornam-se arrogantes ao fazerem aquela merda de entrevistas vazias. Uns são interrompidos a cada minuto em contraste com o beneplácito para com as asneiras do convidado amigo. Deve ser para evitar a vinda do fássismo!…
    Na ordem do dia esá a consolidação das forças globalistas, a entrada macissa de refugiados para onde o soros canaliza milhões, a pressão sobre os tribunais de modo a que os criminosos possam sair livres. No sítio, o lápis azul electrónico não deixa sair disto.
    “Um relatório de 2017 da Quilliam Foundation, uma entidade privada do Reino Unido, afirma que o Estado Islâmico está envolvido nas operações de tráfico humano na Itália. Diz o relatório: “Enquanto alguns refugiados podem ter de pagar a contrabandistas até 560 dólares por uma passagem para a costa do Mediterrâneo, o Estado Islâmico oferece passagem livre para aqueles que desejam aderir ao grupos (…) Para os que chegam à costa do Mediterrâneo, o Estado Islâmico oferece ao potencial recruta até 1.000 dólares para se juntar à organização.”
    Várias das ONGs fretam barcos de contrabando de seres humanos ligadas ao patrocínio financeiro de George Soros. São elas além da Open Society: avaaz.org pertencente a financiada por Soros Moveon.org; Save the Children e Médicos Sem Fronteiras (MSF), que alistou um navio no mediterrâneo chamado Aquarius.
    O lápis azul encobre isto. “Oiça lá, menina você não vai tocar nisso, ponha a velhinha a morder o cão, o assalto ao multibanco, o acidente sangrento na EN 2578”
    Isso é eles gosta de ver, carago! Zelosos e ignorados que são os chefes de redação!
    “Open Society também recebeu dinheiro do governo dos EUA através da USAID (a mesma que financia o lobby do aborto e mente sobre os números de abortos no mundo), instituição ligada a CIA que também patrocina aquilo que chama de Iniciativa de Migração Internacional, uma ONG criada em 2010 pela Open Society”.
    O que está a dar é esconder a cara dos mesmos e a sua identidade. Apoiar os desgovernos, os banqueiros corruptos, os nepotismos colados à geringonça.
    O entretenimento foleiro estupidifica as gentes. Bom trabalho!
    O lápis azul afinal não fugiu, está lá para riscar qualquer veleidade.
    Que se lixem os indígenas. Com gorgetas eles lá sabem em quem votar. E estão felizes.
    Estarão mesmo? Quem não está leva com o lápis azul ou então com um beijinho.
    Querem melhor?

    Liked by 2 people

  9. licas permalink
    25 Dezembro, 2017 18:41

    São os mídia mais controlados pelo Estado aqueles
    em que é mais fácil serem enganados os cidadãos
    pela “verdade oficial” em exclusividade como por exemplo
    no “fascista” Estado Novo.

    Liked by 1 person

    • 26 Dezembro, 2017 11:52

      O escravo mais dócil é aquele que pensa que é livre.

      Gostar

      • licas permalink
        26 Dezembro, 2017 15:35

        Diz muito bem, F.M. Colaço, razão pela qual
        Salazar “gozou” (tendo-nos gozado) uma quase imperturbada
        férrea tirania. E se algum escravo ousava apenas perguntar
        “então, que é lá isto” tinha que se justificar perante a PIDE.
        a qual dirimia se o cidadão era do contra mas inofensivo, ou
        se era membro ou defensor de grupo ” subversivo”, tendo
        como resultado alguma “porrada” antes de libertá-lo, ou,
        encarcerá-lo em “instituições” famosas em toda a Europa
        pelo seus humanísimos procedinentos face aos detidos.

        Gostar

  10. Procópio permalink
    25 Dezembro, 2017 18:54

    O lápis azul ainda não chegou aqui.
    http://observador.pt/opiniao/o-natal-dos-partidos-politicos-e-a-grande/
    Enerva-os. Para já não se pode ter tudo, só com a “nova política” dos dinossauros, doidos andam eles por lá chegar!
    https://br.rbth.com/arte/historia/2017/08/23/censura-sovietica-ao-longo-das-decadas_827244

    Gostar

  11. 25 Dezembro, 2017 19:22

    O Rui já se esqueceu do que andou a debitar sobre o Brexit ? Agora que as labaredas de Bruxelas ameaçam-lhe queimar o rabiosque, socorro ai ai ai.

    Gostar

  12. licas permalink
    25 Dezembro, 2017 19:24

    Outubro de 1969
    Mário Soares responde a um discurso do Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas transmitido pela RTP com o artigo “Comentário interessado”, integralmente cortado pela censura

    Gostar

    • Artista português permalink
      26 Dezembro, 2017 09:27

      Oh ceguinho! Toma lá, a propósito de censura e Mário Soares:

      http://luminescencias.blogspot.pt/2005/11/o-polvo_04.html

      E esta foi em colaboração com o Balsemão. Outro indignado com a censura.

      Gostar

      • licas permalink
        27 Dezembro, 2017 15:28

        Quando os Lobos Uivam

        Edição apreendida e em parte destruída pela PIDE às ordens de Salazar, tinha então o Autor setenta e quatro anos de idade, da qual poucos exemplares se encontrarão hoje em dia. A Biblioteca Nacional de Lisboa fez reproduzir, na monografia Aquilino Ribeiro, 1885-1963 (Lisboa, 1985), cópia do mandado de captura do escritor emitido pelo Tribunal da Comarca de Lisboa.

        Gostar

    • 26 Dezembro, 2017 11:56

      Mg,

      Que eu saiba, o Correio da Manhã e a Rádio Renascença ainda não se mudaram para a Lituânia.

      Mais me assusta é o teor ideológico dos textos dos jornalixos portugueses: ao lê-los, até parece que a Hungria e a Polónia, ao recusarem a recepção forçada de islamotralha, não estão a fazê-lo em prol dos cidadãos da Polónia e da Hungria.

      Pista: há quanto tempo foi o último atentado em Varsóvia ou em Budapeste?

      Gostar

      • 26 Dezembro, 2017 12:34

        Esqueça lá a geografia dos jornais em questão. Poderia colocar links de jornais estrangeiros, que era igual para o que pretendia demonstrar no comentário acima que fiz. E que por estas bandas supostamente heréticas, cheias de blasfémias, nem uma palavra se ouviu. O que não é de admirar, sobretudo tendo em conta as ultimas aquisições do plantel …

        Gostar

      • 26 Dezembro, 2017 13:44

        Mg,

        Se disse que por estas bandas não se fala, colocar ligações de jornais portugueses desmente-o. Para desmentir que todos os corvos são negros basta encontrar e apresentar um corvo branco.

        Gostar

      • 26 Dezembro, 2017 16:38

        “Se disse que por estas bandas”, esqueceu-se de colocar “heréticas” cheias de “blasfémias”. Ainda não percebeu ou precisa que lhe faça um desenho ? Eu sei eu sei, o Natal ainda foi ontem, e o efeito do vinho do porto e o conhaque anda não passaram totalmente…

        Gostar

      • 27 Dezembro, 2017 12:42

        Mórmone. Abstémio, portanto.

        Terá de inventar outro ataque ad homine.

        Gostar

      • 28 Dezembro, 2017 01:51

        Acredito, assim como acredito na abstinência sexual dos Católicos…
        Mas não leve a mal a pequena graça, ou não fosse a época propicia a um brinde de celebração. Brindes sem uma pitada de alcool, é como comer comida sem sal. Em relação ao suposto ad hominem, o Francisco precisa novamente de estudar o significado de tal falácia no processo argumentativo, pois para além de estar equivocado quando à sua acusação, também anda confuso sobre a agenda politica Capitalista, agarrado a definições das boas vontades e intenções dos seus apologistas.

        Gostar

      • 28 Dezembro, 2017 13:14

        A beira da estrada não é a Estrada da Beira. Eu faço a Estrada da Beira para ir para casa e não ando pela beira da estrada.

        Gostar

    • licas permalink
      26 Dezembro, 2017 16:07

      Pois mg, 26 Dezembro, 2017 12:34

      A República Democrática de Portugal ainda virá a se realizar
      TENHA FÉ, muita.

      Gostar

  13. Procópio permalink
    25 Dezembro, 2017 20:15

    A UE não é flor que se cheire. Só constitui uma amarra aos indigentes do sítio porque parece uma tábua de salvação. Não quero com isto, nem por sombras, dar o beneplácito aos grupos que pretendem sair da UE para depois criarem os regimes totalitários das suas preferências. A razão principal para, até ver, se dever manter a presença na UE, o menor dos males, é justamente a existência de partidos anacrónicos favorecidos por massas de ignorantes. Se pensam que sou neo liberal enganam-se redondamente. Vejo no capitalismo selvagem a origem dos maiores males da civilização.
    Em verdadeira democracia e com apego à meritocracia, com uma justiça ágil capaz de perseguir a ladroagem e acabar com o nepotismo, sem censura encapotada, seria perfeitamente possível fazer do sítio um país de 900 anos, pleno de recursos, apesar da roubalheira imunda a que tem estado sujeito, um país respeitado a sério, capaz de honrar os seus antepassados ilustres e dar aos vindouros um futuro decente.
    A situação da catalunha com qiue não me congratulo, pode inesperadamente abrir uma reforma na UE e abrir caminhos inesperados. A Galiza aqui tão perto.

    Gostar

    • 26 Dezembro, 2017 12:12

      «Vejo no capitalismo selvagem a origem dos maiores males da civilização.»

      Capitalismo não é ausência de regras. Capitalismo implica a manutenção dos direitos de propriedade, e a necessidade de enforçar a execução dos contratos livremente tomados.

      Não existe qualquer capitalismo selvagem. Existe a anarquia, a lei do mais forte. Oposta ao capitalismo, que se substancia no estado de direito. Deve ser, portanto, óbvio que o capitalismo necessita de pessoas virtuosas ou morais, capazes de entender regras e de cumprir contratos. O capitalismo (ou economia de mercado) não serve para uma sociedade de chico-espertos, ou de patos bravos.

      Há boas notícias, pesando a História. Onde quer que tenha sido tentado, o capitalismo acaba por moldar as pessoas para serem virtuosas. Em uma única geração. Assim como o comunismo as torna complacentes e calaceiras; indigentes, numa palavra. O capitalismo não enriquece as pessoas. As pessoas acabam por se fazer à vida, descobrir os seus talentos, praticá-los e acabam, por simples consequência, a receber as recompensas dos seus talentos e a enriquecer.

      Pessoas morais não deixam o seu vizinho, por um azar, chafurdar na lama. É por isso que vê nos países capitalistas muito mais pessoas a voluntariarem o seu tempo e os seus recursos em prol dos que necessitam.

      No comunismo, a degeneração moral vem sempre antes do empobrecimento. Uns anos antes. Mas vem. E ninguém ajuda ninguém. Estão todos com fome.

      Não sou eu quem teorizou sobre isto. Faz parte dos cânones.

      Gostar

      • 26 Dezembro, 2017 12:50

        O seu cânones está errado. Não equivoque os valores morais religiosos com o capitalismo, que como bem sabe degenera-os tendo como único principio o lucro acima de tudo, assim como a captura o estado para implementar o socialismo oligarquico a seu comando. Acha que são verdadeiramente os pé rapados dos marxistas que andam a forçar as agendas migratorias e o islão no ocidente ?

        Gostar

      • 26 Dezembro, 2017 13:42

        Eu falei em religião? Há moral e virtude irrespectivamente da religião. Pelo menos assim o consideravam os fundadores da nação americana.

        Mais uma vez, confunde-se capitalismo com anarquia. Capitalismo, segundo Friedman, implica estado de direito, e manutenção de direitos de propriedade. É o oposto da anarquia ou do socialismo, onde o direito de propriedade é respectivamente violado em favor do Estado ou de quem tiver a arma de maior calibre.

        Cómico-capitalismo — ou capitalismo socratino, para referência nossa — está para o capitalismo como o Groucho Marx para a fundação da teoria do estado socialista.

        Gostar

      • 26 Dezembro, 2017 16:59

        Segundo Marx o comunismo significa igualdade/abolição de todas as classes sociais e a cada um segundo as suas necessidades. Também para eles Marx foi deturpado o comunismo corrumpido por “cómicos”. E a RDA era democratica. Portanto’s’, deixe lá Francisco as definições virtuosas dos autores de lado, e olhemos para as acções dos seus agentes que é tudo o que importa.

        Mais uma vez lhe pergunto acha que as agendas de politicas de fronteiras abertas, de migração em massa, a importação do islão, e toda parafernalia ideológica de destruição das identidades nacionais ocidentais, da sua cultura , religião e tradições, está a ser imposta, financiada e propagandeada, por pés rapados marxistas, ou antes, pela máquina Globalista Capitalista, aliado a todos os grupos que o ambicionam, financiando-os como idiotas uteis ?

        Gostar

      • 27 Dezembro, 2017 12:47

        Não e do interesse de um verdadeiro capitalista ter refugitralha a desestabilizar e a empobrecer os seus clientes e fornecedores. Pergunte de quem será o interesse de ver a Europa desestabilizada. Não é de certeza de quem faz negócios fora das órbitas do crápulo-capitalismo EDP.

        Será esse interesse o dos mesmos que financiaram a revolução comunista, a guerra na Ucrânia e a dita oposição demo-crápula na Síria? Sei a resposta, deixo-lhe a pergunta.

        Gostar

      • 28 Dezembro, 2017 10:51

        Está a falar (daqueles) que sendo o grande inimigo do Isis e cuja terra ocupada estava mesmo ali ao seu lado, estes decidiram ignora-los para destruir um país árabe muçulmano ? Peço desculpa, mas não sei de ((quem)) você esta a falar…

        Gostar

  14. Paulo Valente permalink
    25 Dezembro, 2017 22:28

    A verdade é que a agenda de Rui A. não parece andar muito longe da desinformação…

    Gostar

    • 26 Dezembro, 2017 11:58

      Paulo Valente,

      O facto de o Paulo Valente estar num sítio onde não gosta de estar, com o fito de dizer mal do articulista, dá total razão ao Rui A. neste artigo em específico.

      Gostar

  15. Colono permalink
    26 Dezembro, 2017 15:24

    r

    Presidente da Câmara de ´Santa Comba Dão

    Exmº Senhor

    Venho por esta via, pedir a V~.Excia o grande favor de mandar retirar a lápide de mármore que cobre a campa do Dr Oliveira Salazar”….

    É que, como sabe, a Oliveira pega de estaca” …. Nós precisamos Dele , como pão para a boca!

    Boas Festas

    Gostar

  16. Procópio permalink
    26 Dezembro, 2017 17:32

    A ganância infiltra facilmente todos os sistemas. O capitalismo selvagem? Sem dúvida.
    Não é o capitalismo propriamente dito, porém, que torna as pessoas gananciosas.
    Em todas as sociedades existem gananciosos que se aproveitam de sistemas mais on menos liberais para satisfazer os seus baixos instintos.
    A ganância assume contornos ainda mais preversos no quintal socialista. Lá não só se apoderam do poder económico concentrando-o nas mãos de alguns salafrários, capazes de todos os crimes incluindo de sangue como de tudo o resto incluindo o próprio cidadão.
    A história é pródiga em exemplos confrangedores, os apêndices da geringonça não hesitariam em repeti-los. A fúria incontida nos gestos e nos semblantes na central onde fazem os seus negócios é o sinal.
    “Os partidos (PS, PSD, PCP, BE, PEV) legislaram em benefício próprio, amealhando milhões de euros à conta do Estado. E, para fugir ao escrutínio público, fizeram-no da forma mais opaca possível”. http://observador.pt/opiniao/o-natal-dos-partidos-politicos-e-a-grande/
    Quem se revolta, muitas vezes com razão, contra as injustiças fariam bem em olhar para o outro lado da rua onde acena a alternativa socialista Burocratas governamentais em regra impreparados, familiares de amigos e amigos de familiares, controlam todos os aspectos das nossas vidas com o mais vil dos pretextos. É para nosso bem. Eles é que sabem qual é o nosso bem, pode ter que esperar vidas para o alcançar, o bem deles nunca falha.
    A reivindicação dos direitos é sadia quando pautada pela exigência do cumprimento da lei. Em ambiente de liberdade, a primera coisa a ser suprimida pelos magarefes, é sempre possível negociar e chegar a termos aceitáveis, nem que sejam temporários. Deem-lhes o poder, a liberdade de expressão é o primeiro bastião a cair.
    O socialismo é lindo por fora mas não deixa de ser uma tremenda distopia que ignora a natureza do ser humano e o subjuga sem dó nem piedade.
    “The problem with socialism is that you eventually run out of other people’s money.” M. T.
    Lá chegaremos.
    http://www.dw.com/pt-br/infla%C3%A7%C3%A3o-na-venezuela-passa-de-800/a-41286793

    Gostar

    • 27 Dezembro, 2017 12:51

      Capitalismo selvagem é uma contradição em termos.

      Se é selvagem é anarquia. Se é apoiado no Estado — o que é apanágio do PeiÉsse aqui e copiado com menos intensidade pelo Partido Socialista Dois — é compinchalismo. Ou, tecnicamente, corporativismo.

      Economicamente estamos com a doutrina de Salazar em pleno, mas sem os benefícios da prática financeira do regime antigo. Isto é, copiamos o que está mal na economia e lixamos as finanças por não saber ver o passado.

      Gostar

  17. Arlindo da Costa permalink
    26 Dezembro, 2017 17:35

    O que hoje é fake amanhã é verdadeiro. E vice-versa. É a vida!

    Gostar

  18. Procópio permalink
    26 Dezembro, 2017 18:19

    O que o lápis de hoje ainda não consegue cortar num jornal. mas nas têvês nem vês.

    JNegócios C.L.
    “Não seja cúmplice, sr. Presidente!
    Nos últimos 20 anos assistimos a uma quebra dramática da confiança na classe política e nas instituições democráticas. Essa quebra tem sido acompanhada de apelos dramáticos à mudança de comportamentos e até à “reforma compulsiva” de algumas figuras do “establishment”.
    Debalde… Veja-se a forma como o Parlamento votou a mudança do regime de financiamento dos partidos e da sua fiscalidade (IVA): 1 – a partir de agora, os partidos ficam livres para receberem o que quiserem: o limite de 1.500 vezes o Indexante de Apoios Sociais (atualmente em 419,9 euros) desaparece; 2 – os partidos deixam de pagar IVA em qualquer transação (até agora não pagavam IVA na transação de bens e serviços relacionados com a sua atividade, o que já era uma injustiça!).
    Está chocado? Veja o resto… O novo regime permite aos partidos resolverem situações passadas, em que o Fisco lhes exige milhões de euros de IVA.. Isso mesmo: a lei é retroativa!!!
    Se a tudo isto juntarmos a forma inacreditável como tudo foi feito (em segredo, pela mão do PCP-PEV, Bloco de Esquerda, PS e PSD) percebe-se que a falta de vergonha se transformou em insulto.
    O PCP safa-se com o IVA da festa do Avante e coisas afins? Óbvio. O PS e o PSD livram-se de processos em que lhe exigem milhões de Euros? Sim. O PS vai limpar as contas (o partido está pouco menos do que falido!)? Sim. Só há uma coisa que não se safa: a imagem da Democracia, cada vez mais podre. Depois admiram-se quando os eleitores lhes chamam corruptos…
    Alô Belém?! Não tem nada a dizer sobre isto?

    Gostar

  19. Procópio permalink
    26 Dezembro, 2017 18:42

    “Se pagas um peixe, eu vou comer o peixe”! E comeu mesmo. O Barroca gosta de peixe.
    Já no caso dos robalos o outro também gostou de pçeixe. Caiu-lhe mal.
    Os aventais não cobrem figuras secundárias. Com outros a coisa fia mais fino.
    Os pseudo advogados andam calados. O advogado principal vai nevegando na sombra.
    O lápis azul não cortas tudo, mas há muito peixe fora de água e não se vê nas bancas.

    Gostar

  20. Sigmund Vienna permalink
    26 Dezembro, 2017 19:07

    A mui democrática UE ostraciza os polacos enquanto vai tentando criar uma espécie de censura.

    Gostar

    • licas permalink
      26 Dezembro, 2017 19:10

      Não sou o primeiro a notar as semelhanças,
      1. Regime monopartidário
      2. Media e livros censurados se contiverem matéria supostamente contra o Governo
      3. Presidente não removido até à morte
      4. Polícia Política a que se concede actuar com total arbitrariedade contra os adversários do Regime, incluindo a tortura e o assassínio
      5. Invocação teimosamente persistente da sujeição à Pátria. Antipatriotismo imedia e automaticamente atribuidos a todo o resistente activo ao stato quo político.
      Pode ser a exURSS ou_________ Portugal Salazarista

      Gostar

  21. 7anaz permalink
    27 Dezembro, 2017 16:18

    Parece que afinal o PAN só votou contra porque foi excluído da equipa de feitura da lei e não pela nobre causa de estar liminarmente contra a forma como foi preparada e o seu conteúdo. Assim sendo, parece que só vai restando um justo (de forma genuína ou eleitoralista, não sabemos) que além de ter votado contra, diz que se a lei entrar em vigor, ele, partido, se auto-regulará. Aguardemos para ver no que esta trapalhada toda vai dar.

    Gostar

  22. licas permalink
    28 Dezembro, 2017 13:09

    Rui a. (a quem, adianto, não conheço) deste seu post já afirmei que estou 100% de acordo consigo, Bravo! Quanto aos comentários que provocaram assinalo o “panorama” apenas pavoroso numa Democracia em funcionamento.
    _1___Aventino 27 Dezembro, 2017 10:55 Je Suis S A L A Z A R
    ___2__David Rosa 28 Dezembro, 2017 00:06__ Je suis AUSSI!
    ___3__Os corruptos que se cuidem 27 Dezembro, 2017 15:37 …um passado [corrupto] que nunca existiu…
    ___4___Aventino 27 Dezembro, 2017 16:31 Muito pior é este regime.
    ___5___PiErre 27 Dezembro, 2017 13:11
    “…que se deixou manchar por quase todos os vícios … do regime que há mais de quarenta anos depôs.”
    Não me lembro que vícios seriam esses, eu que vivi lá boa parte do meu tempo.
    ___6___PiErre 27 Dezembro, 2017 19:56 Só os marxistas e os jacobinos é que foram perseguidos [?????]
    ___7___Euro2cent PERMALIN 27 Dezembro, 2017 22:00 Gente que ignora olímpicamente os milhões de mortos do comunismo agarra-se indignadamente a umas dúzias de comunistas que levaram uns tabefes [?????] antes que fizessem danos.

    Comentários meus, para quê?
    Se o Salazar tivesse montado e engravidado a Maria já iriamos
    nos netos do bebé – em completo semelhante ao que temos
    da Coeia do Norte para conforto dos citados.
    Benza-os deus!

    Gostar

  23. licas permalink
    28 Dezembro, 2017 15:42

    T. M. ColaçFrancisco Miguel Colaço PERMALINK
    28 Dezembro, 2017 13:16

    Não sabia.
    Há sempre alguem que esteja mais próximo/conhecedor das
    práticas dessas corporações para nos elucidar
    MUITO AGRADECIDO, F. M. Colaço

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: