Saltar para o conteúdo

Querida, temos que falar sobre os miúdos

11 Janeiro, 2018

A única diferença relevante entre Rui Rio e Pedro Santana Lopes está no posicionamento de cada um em relação a futuros governos minoritários do PS. Rui Rio pensa que consegue convencer António Costa a repartir o poder; Santana Lopes sabe que isso não é possível. Como ninguém se deu ao trabalho de explicar a Rui Rio que António Costa, líder do partido que possui o regime, não precisa de ninguém para governar, bastando-lhe fingir que até governa com os maluquinhos quando se limita ao chinfrim necessário para aparentar ser mais que o mero bruto de circunstância, as probabilidades de Rio sair vencedor para a liderança do PSD são enormes.

O partido, incapaz de se resignar à sua insignificância de varredora-a-dias do chiqueiro em momentos que a sujidade é insuportável até para os recos, poderá bem optar pela solução natural de qualquer português: acreditar que desta é que será diferente.

É pena.

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. Expatriado permalink
    11 Janeiro, 2018 18:41

    Só será diferente quando os porcos que vão levar a pocilga, mais uma vez, ao chiqueiro forem os que terão de fazer a limpeza. Será a única maneira de os recos nativos interiorizarem que “não há almoços grátis”!!!

    Gostar

  2. Os corruptos que se cuidem permalink
    11 Janeiro, 2018 18:48

    E mesmo assim não sei, Expatriado… há povos e pessoas que nunca aprendem.

    Gostar

  3. Terry Malloy permalink
    11 Janeiro, 2018 19:11

    É pena para alguns de nós.
    Para a maioria será um castigo absolutamente merecido.

    Se ganhar em 2019, o PS, no final dessa legislatura, terá governado 20 dos 27 anos anteriores.

    Como castigo, é merecido.

    Liked by 1 person

  4. Procópio permalink
    11 Janeiro, 2018 20:00

    Os miúdos não querem ir para a cama, mas acabam sempre por ir.

    Gostar

  5. Filipe Costa permalink
    11 Janeiro, 2018 20:01

    É preciso alternativas, não existe direita, nem liberais, quando voto é no minimo dano possivel. Como é possivel não existirem opções?

    Gostar

  6. Expatriado permalink
    11 Janeiro, 2018 20:30

    Falo muito a sério. Espero que, nas próximas eleições legislativas, não haja uma maioria absoluta do PSD (nem coligado com o CDS) para que os suínos se voltem a juntar. O ideal será os recos xuxialistas serem obrigados a repetir a última cena. Quero ver como irão resolver o pagamento das dívidas quando o dinheiro dos outros acabar.
    Isto só se endireita quando o povoléu sofrer na pele, mas não pelas mãos dos do costume. Terão de ser os porcos, que se julgam mais iguais que os outros, a servir a cicuta.

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      11 Janeiro, 2018 23:52

      Ora, Expatriado, os porcos compõem a coisa como sempre fizeram: a conjuntura internacional isto, os malandros dos banqueiros alemães aquilo, as exigências absurdas de Bruxelas…

      Como é que foi no passado, com outros desastres no pós-25A? Vai ser diferente, agora que o povo (seja lá isso o que for) consegue ser ainda menos esclarecido e mais apático?

      Gostar

      • Expatriado permalink
        12 Janeiro, 2018 00:08

        Por isso digo: quem faz mierda tem de a limpar!!!

        Gostar

  7. 11 Janeiro, 2018 22:02

    Curto e certeiro.

    Gostar

  8. Procópio permalink
    11 Janeiro, 2018 23:22

    No arame e todos vão bebendo ilusões.

    Aproximam-se tempos surpreendentes.
    https://www.ft.com/topics/themes/Europe_Quantitative_Easing
    Querida, temos que falar sobre os miúdos sem que eles ouçam.
    Os brinquedos estão-se a acabar.

    Gostar

  9. Procópio permalink
    12 Janeiro, 2018 00:20

    “Meninos vão para a cama!
    Tenho que mostrar uma coisa à mamã”.
    “Oh pai é sobre gente que conhecemos”?
    “Não filho, mas por cá também temos gente parecida!”
    https://interactive.aljazeera.com/aje/2018/ukraine-oligarchs/index.html

    Gostar

  10. carlos alberto ilharco permalink
    12 Janeiro, 2018 00:26

    Ontem vi-os.
    Dois velhotes quase calvos, de cabelos brancos, a dizerem baboseiras sem uma ideia para o país, pareciam os Marretas.
    Como diz aí em cima outra pessoa, isto só se safa a seguir ao próximo resgate, com um governo de direita.
    O problema é que já não se pode fabricar um Salazar, a matéria prima não presta.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      12 Janeiro, 2018 01:11

      Até parece que Salazar prestava. Portou-se como um paizinho e os tugas ficaram sempre adolescentes.

      Explica como 25 de Abril milhões de portugueses escolheram outra moda facilmente.

      Gostar

  11. Duarte de Aviz permalink
    12 Janeiro, 2018 00:43

    Desisto!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: