Skip to content

Uma semana no recreio

21 Janeiro, 2018

O Governo proíbe as crianças-pais de comerem queques nos hospitais, já a PSP faz comunicados explicando às crianças-filhos que não devem engolir cápsulas de detergente. Estamos no país-recreio. E um dos dogmas desse mundo-recreio garante que se se ignorar os problemas eles deixam de existir. Por isso praticamente não tivemos notícias sobre os 1031 carros queimados em França na noite da passagem de ano, nem sobre as agressões aos polícias em Agression de Champigny, nem sobre mais uma explosão de granadas na Suécia, nem sobre o movimento de adultos nascidos através do recurso a dadores de espema e óvulos pelo direito a saber quem são os seus pais…

Pelo caminho até esquecemos que em 2012 andou meio país a tentar convencer e pagar a Woody Allen para vir filmar em Lisboa. E claro temos esse novo grupo de práticas para agit-prop neo-realista que são os inquilinos velhos e pobres despejados em Lisboa.

Por outras palavras, é o recreio

Anúncios
9 comentários leave one →
  1. Rocco permalink
    21 Janeiro, 2018 14:27

    O pior é que não é só uma semana…

    Gostar

  2. cachecol permalink
    21 Janeiro, 2018 15:24

    os radicais islamicos têm razão ???

    Gostar

  3. Juromenha permalink
    21 Janeiro, 2018 15:45

    Infantilização e domesticação de todo um povo.
    Apresentada,promovida e vendida pelos “merdia”, e pelos pulhíticos merdas, como modernidade, “pugresso” e passaporte instantâneo para um fecidade televisiva/cinematográfica.
    E a maioria acredita…

    Gostar

  4. Juromenha permalink
    21 Janeiro, 2018 15:46

    “uma felicidade”.
    Desculpas.

    Gostar

  5. lucklucky permalink
    21 Janeiro, 2018 16:12

    Entretanto a Marinha Americana tem um navio preso no gelo em Montreal

    https://news.usni.org/2018/01/19/uss-little-rock-ice-montreal

    Quando foi que os jornalistas disseram que o gelo acabava no Polo Norte?

    Liked by 1 person

  6. Filipe Costa permalink
    21 Janeiro, 2018 19:21

    Faça como eu, omita o lixo da sua cabeça, o lixo não são fake news, são omitir noticias, escondem o que querem, mas eu sei e todos sabem que os Árabes não se integram. Os povos invadidos tratam disso.

    Gostar

  7. Arlindo da Costa permalink
    21 Janeiro, 2018 21:51

    Agora imagine, Drª Helena, se o vosso amigo Dr. Santana Lopes, fosse primeiro-ministro! Portugal seria uma Lusitânialândia….

    Gostar

  8. 22 Janeiro, 2018 02:54

    “movimento de adultos nascidos através do recurso a dadores de esperma e óvulos pelo direito a saber quem são os seus pais”

    Existe algum link?

    Gostar

  9. licas permalink
    22 Janeiro, 2018 22:41

    Revolucionário mesmo, é não se ser Revolucionário… Pela simples facto que uma Revolução dizer-se vitoriosa porque teve de eliminar os adversários é um contrasenso total. Com excepção, claro, dos novos dirigentes ou melhor opressores.
    Se se prescinde de ouvir as razões dos contra corre-se o risco tremendo de que “a nova ordem” afinal se venha a revelar imprestável, ou inoperante ou pura e simplesmente atroz.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: