Saltar para o conteúdo

O Arguido “Sócrates da Bancarrota” foi Orador na Universidade de Coimbra

23 Março, 2018

Não podíamos enquanto Nação bater mais fundo ao aceitarmos que um ex-primeiro ministro, um falso engenheiro que tirou o curso aos domingos, que fingiu escrever livros, que foi preso preventivamente durante 10 meses por prática de 31 crimes cometidos durante seu mandato – 3 de corrupção passiva de titular de cargo público, 16 de branqueamento de capitais, 9 de falsificação de documentos e 3 de fraude fiscal qualificada –  num processo de 4000 folhas a que deram o nome de Operação Marquês, fosse a uma Universidade Pública como orador de uma conferência subordinada ao tema ” O Projecto Europeu depois da Crise Económica”. Logo ele que além de arguido num dos maiores processos judiciais de que há memória contra um ex-governante,  é ainda responsável pela bancarrota que Portugal suportou em 2011. Um fracasso de líder. Não, não é uma piada. Aconteceu mesmo. Na Universidade de Coimbra.

O núcleo de estudantes de Economia da Associação Académica de Coimbra entendeu que Sócrates  era uma mais valia para este ciclo de conferências por ter governado depois da crise de 2008. É verdade. E quiseram ouvi-lo falar sobre essa experiência.  Ora, isto é o mesmo que pôr um ladrão a dar o seu ponto de vista sobre um assalto – veja-se Camilo Mortágua a falar do seu passado de bandido e assassino com orgulho – ou um pedófilo sobre o “amor” a crianças. Se queriam saber como ele geriu a crise era só convidar o cidadão comum que viu e sentiu tudo na carne com  os famosos contratos ruinosos com PPP’s, os “negócios” na PT, as obras megalómanas do falido Parque Escolar, os favores a empresas de amigos, os negócios do “Magalhães”, o TGV que pagamos mesmo sem o ter, os aeroportos para moscas, do IVA que aumentou 2 vezes sendo o último para 23%, os cortes nos salários e pensões, a criação das sobretaxas, as falências das empresas, o desemprego, a austeridade assinada com a Troika. Enfim, toda a miséria provocada pela SUA bancarrota.

Mas não, convidaram o próprio ex-governante incompetente que recebia garrafas de vinho em envelopes colados com fita cola. E que fez ele? Aproveitou, claro,  a oportunidade para deturpar factos, reescrever a história  dizendo inverdades. Começou a sua brilhante apresentação criticando a austeridade implementada para tirar o país do lodo em que ele o meteu. Não se riam. Ele foi mesmo capaz de dizer isto! Ele que nos PEC’s carregou na austeridade, queria ainda mais PEC’s austeros com medo da bancarrota e que depois de ultrapassado por seu ministro das Finanças, foi obrigado a declarar falência e pedir ajuda à Troika com quem se comprometeu com mais austeridade severa e PRIVATIZAÇÕES! (veja aqui o documento). Mais hilariante foi dizer que este governo deixou a austeridade. Disse: “(…) a recuperação económica portuguesa não está a acontecer porque houve austeridade, mas sim porque se abandonou a austeridade”. Ou seja, este energúmeno tem a lata de dizer isto dum governo que em 3 OE não parou de aumentar significativamente os impostos, criou mais uns quantos e suspendeu todos os pagamentos na administração pública pondo em risco toda a população matando  até centenas de cidadãos com fogos e legionella!! Mas não falou na franca recuperação económica após 4 anos de assistência financeira dos herdeiros do pantanal que ele deixou. Claro. Enganar é preciso.

Tal como durante a sua governação desastrosa,  defendeu perante  estes futuros economistas que Portugal –  endividado por ele até ao pescoço penhorando até 2035 gerações vindouras – não precisa de austeridade precisa de projectos. Tal como ele, que nunca precisou de trabalhar para ter dinheiro, só precisou de ter otários para viver à conta “de empréstimos”  e assim dar largas à sua imaginação para viver como um lorde “num projecto arrojado” de novo rico sem rendimentos justificados.  Auto-elogiou-se, claro, porque os meninos que vestem Armani e se pavoneiam em Paris com os impostos dos contribuintes deste país, não têm vergonha na cara e acham-se um colosso na arte de governar (até o são: com o dinheiro extorquido aos  outros).

Foram duas horas de palestra com o Sócrates da Bancarrota a explicar, de forma inconsciente, tudo  o que não se deve fazer em governação para uma plateia de futuros economistas bacocos que acham que têm muito a aprender com os  falhados deste país.

Podia rir-me disto tudo se não fosse trágico ver manchar o prestígio da Universidade de Coimbra que aos olhos dos países civilizados verão com estranheza esta escolha. E com razão. Só mesmo um país do terceiro mundo põe ex-políticos indiciados por corrupção e pais de bancarrotas, a fazer palestras numa instituição desta natureza.

Mas é o país de crise profunda de valores que temos.

 

Anúncios
22 comentários leave one →
  1. Oscar Maximo permalink
    23 Março, 2018 11:54

    Os estudantes de Coimbra são muito diferentes dos de Lisboa. Uns convidam Sócrates, outros protestam contra Passos Coelho.

    Liked by 4 people

  2. 23 Março, 2018 11:55

    Óptimo post !

    Neste regime nada de negativo me surpreenderá. Siga o baile.

    Liked by 2 people

  3. carlos alberto ilharco permalink
    23 Março, 2018 11:59

    Eu acho que foi útil a presença do senhor engenheiro.
    E a autora coloca o dedo na ferido com a observação de que veio “explicar, de forma inconsciente, tudo o que não se deve fazer em governação”.
    Presumo que os futuros doutores economistas tenham aprendido a lição.
    Que Portugal já tenha batido no fundo, todos lá fora mais ou menos já o sabem.
    Isto não aqueceu nem arrefeceu, e o próprio Portugal é notícia de rodapé.
    Já não contamos para nada.

    Liked by 1 person

  4. Procópio permalink
    23 Março, 2018 12:41

    Suponho que ainda não batemos no fundo. A geringonça tem virtudes insuspeitadas e dar cabo de um país de séculos demora o seu tempo. Ainda vamos esperar uns tempos.
    E depois há os espinhos da rosa quiçá impeditivos de curiosidades atrevidas,
    https://www.dn.pt/portugal/interior/-tribunal-de-relacao-arrasa-juiz-que-deixou-espiao-ir-para-casa-5491966.html
    http://visao.sapo.pt/actualidade/portugal/2017-12-19-Juiz-Ivo-Rosa-sentiu-se-ofendido-e-apresentou-queixa-contra-os-procuradores-do-caso-EDP
    http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-10-11-Sorteio-decide-que-juiz-se-segue-na-Operacao-Marques
    http://visao.sapo.pt/actualidade/portugal/2018-01-15-Procuradores-pedem-afastamento-do-juiz-Ivo-Rosa
    A farsa das têvês, é uma coisa, o que se passa nos “bas fonds” é muito mais interessante.

    Liked by 1 person

  5. Mauritano permalink
    23 Março, 2018 12:53

    Eu saí de Portugal em 2007, já se via a crise a chegar em força, continuo a trabalhar fora e cada vez tenho menos vontade de regressar a esse cantinho cada vez pior frequentado.

    Liked by 2 people

  6. José Domingos permalink
    23 Março, 2018 13:07

    Excelente. De facto, o país está cada vez mais mal frequentado, até a Universidade de Coimbra, estranho é que sobre a palestra de Jaime Nogueira Pinto, noutra universidade madrassa, e ainda, com o pedido de esclarecimento, do pastel de Belém, ainda nada, deve ser tipo tancos.
    Os novos fascistas, estão em roda livre.

    Liked by 3 people

  7. 23 Março, 2018 14:05

    A academia de Coimbra sempre foi assim. No final da Monarquia era republicana, no começo da República era monárquica. Isto para dizer que sempre foi uma academia rebelde, insatisfeita com qualquer situação, como aquando da manifestação contra Américo Tomás em 1969.
    Receber alguém para fazer conferências, mesmo que seja um ex-primeiro ministro aguardando julgamento (s) não quer dizer que concordem ou não com as opiniões.
    Uma coisa é certa, sala cheia e comunicação social interessada com televisão em directo. Outros que por lá passaram, também a dizer coisas, tal não o conseguiram.
    Porém entendo a sua indignação expressa neste post, mas em democracia é assim, há a possibilidade de falar, de dar a opinião e a sala da universidade estava cheia com gente interessada. Foi quem quis ir.
    Eu, se estivesse em Coimbra, não teria ido. Não acredito no José Sócrates.

    Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      23 Março, 2018 15:42

      Negativo. Duvido que haja 1 país na Europa civilizada que levasse 1 indivíduo deste calibre como orador numa Universidade Pública. Presumo que em democracia, então não há valores morais e éticos. É isso?

      Liked by 2 people

    • saloio permalink
      23 Março, 2018 16:44

      Claro que a sala estava cheia e com forte presença dos meios de comunicação. O inusitado, o ridículo, o aberrante, ….atrai sempre a massas. Se fosse uma apresentação da “Mulher Barbuda”, seria idêntico.

      Liked by 2 people

      • Oscar Maximo permalink
        23 Março, 2018 18:47

        Já Albarran o dizia, antes de cair em desgraça. O que é uma sorte, nenhuma se queixa dele por assédio.

        Gostar

    • colono permalink
      23 Março, 2018 16:57

      Partebilhas….
      Tenho a certeza absoluta que EL CAPONE teria muito mais gente e televisões de todo mundo!
      haja quem te vá à bilha… eu já não consigo!

      Liked by 1 person

    • Miguel Santos permalink
      23 Março, 2018 18:16

      Convidar Sócrates para orador não é ser rebelde, é ser carneiro.

      Liked by 3 people

  8. André Miguel permalink
    23 Março, 2018 16:39

    Sócrates foi mau, mas Costa é bem pior. Esperem para ver. Já faltou mais.

    Liked by 2 people

  9. Chopin permalink
    23 Março, 2018 18:27

    Quem conhece o engenheiro, como é tratado nas tv’s apesar do esclarecimento da Ordem dos engenheiros já ter barbas brancas, sabe que o “convite” custou umas massas ao amigo Silva.
    O aparato televisivo faz parte. É a máquina de propaganda do PS a funcionar e a prova de que o gang do Rato não deixa cair o antigo Capo.
    Espero que os alunos da Casa Pia convidem o Ferrugento e o Pedroso, figuras ilustres reabilitadas pelo mesmo partido, para uma conferência sobre o direito das crianças à sexualidade. Como diz um sr mais acima, haverá sempre gente interessada.

    Liked by 2 people

  10. Manuel Oliveira da Silva (Vilarinho) permalink
    23 Março, 2018 18:59

    Somos um País da Republica das Bananas e estas Vergonhas deve-se ao actual sistema Instalado. Pobre País o Meu que mal fizeste ao Diabo.

    Liked by 1 person

  11. 23 Março, 2018 21:25

    A Universidade de Coimbra, nos idos de 2011, doutorou honoris causa Lula da Silva. Basta isto para qualificar aquela chafarica: parece haver ali uma tradição de adular criminosos.

    O pior é que eu, pessimista militante, fico com a impressão de que está em progresso o branqueamento de uma série de personagens daninhos que têm estado em hibernação mais ou menos activa. Pinto Monteiro saiu da toca e deu entrevistas; Marinho e Pinto desceu do poleiro dourado de Bruxelas e dá entrevistas, ao mesmo tempo que tem a sua benjamim Elina Fraga entrincheirada no PSD; Sócrates, que faliu o país, é convidado por estudantes de economia – seguramente daqui a semanas será convidado por estudantes de direito. Junte-se a isto o afastamento já pré-anunciado de Joana Marques Vidal e a pressa de Rui Rio em fazer um “pacto de regime” para a Justiça. Há uma série de peças que se estão a movimentar e a podridão, receio, vai voltar com ainda mais força e ainda menos possibilidades de escrutínio.

    Liked by 2 people

  12. Arlindo da Costa permalink
    24 Março, 2018 04:14

    Quando a Drª Cristina fala em «Europa Civilizada», gostava de saber onde fica essa Europa….

    Gente que pensa miudinho. è o que há, já dizia meu tio Euclides…

    Liked by 1 person

    • Ana permalink
      24 Março, 2018 19:00

      Provavelmente na tua palhota, como dizia a tua tia mikelina, surpreendida com a tua pesporrância

      Gostar

  13. Ana permalink
    24 Março, 2018 18:58

    Desde que a UC embarretou o lula da silva com a borla nunca mais parou de se abaixar

    Gostar

  14. 27 Março, 2018 13:30

    Cristina Miranda, que a tua voz não te doa…

    Liked by 1 person

Trackbacks

  1. O Arguido “Sócrates da Bancarrota” foi Orador na Universidade de Coimbra – PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: