Saltar para o conteúdo

Quando a pertença política do utilizador determina se estamos perante um escândalo ou perante um notável progresso

23 Março, 2018

2008: a campanha de Obama era apresentada como o paradigma do futuro.  A Blue State Digital era um caso de sucesso e o activismo online uma aŕea nobre da tecnologia e da política. Obama ganhava pq tinha consigo  Chris Hugues um dos criadores do facebook e a todos isso ouro osbre azul: os jornais encheram-se de artigos que descreviam fascinados a forma como a campanha do cadidadato democrata soubera usar as novas tecnologias: «O site da campanha de Obama contou com mais de 1.400.000 endereços de email dos simpatizantes e sobre essa informação criaram-se aproximadamente 100.000 perfis de utilizador, escreveram-se mais de 50.000 entradas de blogs e escreveram-se aproximadamente 20.000 eventos relacionados com a campanha, a que outros entusiastas assistiram depois de tomarem conhecimento deles e de se informarem sobre os mesmos através deste meio. Se se somar a eficácia na criação e gestão da rede social, o resultado é uma poderosa máquina que funcionou quase por si mesma e constituiu um dos aliados mais importantes da campanha de Obama.»

 

 

Anúncios
8 comentários leave one →
  1. 23 Março, 2018 10:07

    Quer vc HMatos, comparar a utilização de todos os tipos de media na campanha do Obama (normal num período eleitoral não só nos EUA) com o que aconteceu e continua a acontecer com o Trump ?
    Continua vc. com a sanha VS Obama…
    Ontem, Bob Dylan deu um magnífico concerto em Lisboa e, m’ai nada !

    Gostar

  2. weltenbummler permalink
    23 Março, 2018 10:40

    o buraco ó bama
    foi elogiado por ser preto

    Gostar

  3. 23 Março, 2018 17:40

    excelente Helena

    Liked by 1 person

  4. FGCosta permalink
    23 Março, 2018 22:25

    A reação do MJRB comprova que o artigo foi “na mouche”

    Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    24 Março, 2018 04:16

    O Obama fez bom uso da internet. O Trump não.

    É como conduzir um carro. Podemos ir a algum lado ou ir por um declive abaixo.

    Claro que a culpa não é do carro…

    Gostar

  6. Doublet permalink
    24 Março, 2018 13:04

    MIT Technology Review (Jan/2013): Big Data Will Save Politics https://www.technologyreview.com/magazine/2013/01/

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: