Skip to content

Eu teria mais orgulho de ir fazer sexo do que de ir marchar

19 Maio, 2018

Eles vão para Bragança marchar com a mensagem de orgulho por terem relações homossexuais. Não me parece: parece-me uma afronta aos pacatos habitantes da cidade. Porquê? Porque a melhor mensagem de orgulho por terem relações homossexuais é a de irem para casa para manter relações homossexuais. É que ninguém quer saber se são homossexuais. Excepto eles, que não querendo que ninguém queira saber, marcham porque querem que se saiba. Pronto, já sabemos. Agora ide mas é ter relações homossexuais e desamparem a rua.

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. Oscar permalink
    19 Maio, 2018 14:56

    acordem-me quando fizerem uma excursao a Riadh ou Mecca , ou apenas a uma ” no go zone ” de Londres ou de Paris ou de Estocolmo , ou ali mesmo na margem sul , a comunidade cigana ia gostar muito de ” participar” no evento

    Liked by 2 people

    • 20 Maio, 2018 00:40

      Ide, ide bragantinos, ide e sovai esses cús sem vergonha. Mostrai que sois gente de respeito e que não queirais poucas vergonhas nas vossas ruas.

      Gostar

  2. 19 Maio, 2018 15:38

    O Mundo anda estranho com tanta aberração!

    Liked by 1 person

  3. weltenbummler permalink
    19 Maio, 2018 17:57

    uns ‘pegam de empurrão’
    outros ‘de marcha atrás’

    Gostar

  4. Procópio permalink
    19 Maio, 2018 18:03

    As vantagens da descolonização.
    Em abril de 2009, o Parlamento de Uganda aprovou uma resolução permitindo que o deputado David Bahati enviasse um projeto de lei de um membro privado em outubro para fortalecer as leis contra a homossexualidade. Notas sobre o projecto:

    “proteger a família tradicional proibindo (i) qualquer forma de relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo; e (ii) a promoção ou reconhecimento de tais relações sexuais em instituições públicas e outros locais através ou com o apoio de qualquer entidade governamental em Uganda ou qualquer organização não governamental dentro ou fora do país “.
    “fortalecendo a capacidade da nação para lidar com ameaças internas e externas emergentes à família heterossexual tradicional.”
    “proteger a valorizada cultura do povo de Uganda, valores familiares legais, religiosos e tradicionais do povo de Uganda contra as tentativas de ativistas de direitos sexuais que buscam impor seus valores de promiscuidade sexual ao povo de Uganda.”
    “proteger as crianças e jovens de Uganda vulneráveis ​​a abusos e desvios sexuais como resultado de mudanças culturais, tecnologias de informação não censuradas, ambientes de desenvolvimento infantil sem pais e tentativas crescentes de homossexuais de criar filhos em relacionamentos homossexuais por meio de adoção, assistência social ou de outra forma.”
    O projeto de lei forneceu definições específicas de “a ofensa à homossexualidade”, pela qual um infrator poderia receber prisão perpétua, e “homossexualidade agravada”, pela qual um infrator poderia receber a pena de morte.
    Uma pessoa que promova ou apoie a homossexualidade, conforme amplamente definida na lei, pode ser multada e presa por cinco a sete anos, exceto que se a pessoa fosse um órgão corporativo, empresa, associação ou organização não-governamental, seu registro seria cancelado. e o “diretor, proprietário ou promotor” poderia ter sete anos de prisão.

    Liked by 3 people

  5. carlos alberto ilharco permalink
    19 Maio, 2018 19:08

    Provavelmente a melhor desmontagem deste “orgulho”.

    Liked by 1 person

  6. 19 Maio, 2018 19:23

    Post sucinto e perfeito !

    Com tanta bovinização nesta semana via comunicação social (SportingCP, casamento “real”, etc.) e certamente outra tanta até ao próximo sábado, o AC-DC pode tirar ums férias e entregar a governança por exemplo ao porteiro de S.Bento. Ou a um galamba que encontre na rua.

    Liked by 1 person

  7. Procópio permalink
    19 Maio, 2018 19:44

    Mais importante ainda do que a provocação em Bragança, caso as mães bragantinas estiverem pelos ajustes.

    Os factos
    http://www.lemonde.fr/ameriques/article/2018/05/19/la-crise-alimentaire-et-sanitaire-s-accentue-au-venezuela_5301740_3222.html

    O comentário socialista
    El ex jefe del Gobierno de España José Luis Rodríguez Zapatero llegará este jueves (17 de Mayo) a Caracas, donde realizará actividades como observador de las elecciones del próximo domingo, en las que Nicolás Maduro aspira a ser reelegido como presidente de Venezuela.

    Zapatero manifestó su confianza (19 e Mayo)) en que las elecciones de este domingo serán pacíficas y democráticas, porque “al pueblo venezolano le gusta votar”, y destacó que las garantías ofrecidas por el Consejo Nacional Electoral (CNE) “son las mismas” que las de 2015, cuando la oposición se alzó con la mayoría de las curules de la Asamblea Nacional (AN).

    Conclusão
    O xuxialismo é amigo da liberdade. Podem confiar nos resultados.

    Liked by 1 person

    • 19 Maio, 2018 20:01

      Então, o Soares,João, a Gomes,Ana e porque não também o Fé estou-me cagando não vão sancionar a democracia na Venezuela e dar sentidos abraços de solidariedade e de parabéns ao Maduro ?

      Liked by 1 person

  8. 19 Maio, 2018 21:57

    Muito, muito “tranquilizante”, senhor Zapatero:

    Procópio PERMALINK
    19 Maio, 2018 19:44
    las garantías ofrecidas por el Consejo Nacional Electoral (CNE) “son las mismas” que las de 2015, cuando la oposición se alzó con la mayoría de las curules de la Asamblea Nacional (AN)

    Gostar

  9. Eduardo Menezes permalink
    19 Maio, 2018 23:05

    Se Gil Vicente ainda andasse por cá, diria:
    — E agora ide para casa levar na peida

    Gostar

  10. Larilos permalink
    20 Maio, 2018 00:52

    Atão agora sempre que há f… é preciso avisar a malta? Não há direito à privacidade?
    Esta gentinha.Ide agitar as bandeiras policolores prá Rússia ou prós países muçulmanos e
    contai depois se puderdes. Na Europa o folclore multicolorido é fácil,lá fora é que daria luta séria.Ide.

    Liked by 1 person

  11. JgMenos permalink
    20 Maio, 2018 10:46

    É a luta pela ‘normalidade’.
    Não lhes basta que lhes reconheçam o direito de serem anormais, querem que todos adoptem a normalidade de os terem na cama!

    Gostar

  12. SRG permalink
    20 Maio, 2018 15:38

    Será que estes anormais ainda vão arregimentar mais paneleirada para as suas fileiras ?
    A continuar esta bandalheira, não tardará muito o desaparecimento da população portuguesa. Então seremos trocados por orgulhos “não crescereis nem vos multiplicareis” e as fábricas de preservativos fecharão todas, ou talvez não !!!. Como diria um tátaro, vivam os Gays e Gaínhas em estilo monárquico.

    Gostar

  13. Arlindo da Costa permalink
    20 Maio, 2018 21:33

    Bragança não é Portugal?

    Ou tendes algum preconceito… ou inveja?

    Gostar

    • colono permalink
      21 Maio, 2018 00:17

      Ar lindo

      Bragança é tão portuguesa como o cú é teu… cambada de invejosos!

      Gostar

  14. 21 Maio, 2018 21:53

    Como é que um blog tão liberal não aceita estas liberdades?

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: